quinta-feira, 31 de julho de 2008

Futebol - Resultados

Vasco 6 x 1 Atlético-MG Sport Recife 3 x 1 Ipatinga Coritiba o x 1 Grêmio

Aniversariante do dia

ÉDER LUIZ - 31/07/1965 - 43 anos (locutor esportivo de TV e rádio. Comanda uma equipe esportiva diariamente no programa Papo de Craque na rádio Transamérica/SP, conciliando narrações de futebol na TV Record. Foi locutor de Fórmula 1 na Rádio Bandeirantes. É pai de Giovanna, filha de seu primeiro casamento, e de Ana Luiza, fruto de sua união com a jornalista Cristiane Gumiero, que além de mãe e esposa, divide seu tempo coordenando toda a logística da equipe de esportes da rádio. Seu bordão conhecido é O 10 do Rádio, Eder Luiz. Santa Cruz do Rio Pardo-SP/Brasil).

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Futebol - Resultados

Cruzeiro 4 x 2 Náutico
Botafogo 2 x 0 Goiás
Vitória 2 x 1 Atlético-PR
Portuguesa 3 x 1 Fluminense
Palmeiras 1 x 0 Flamengo
Figueirense 1 x 1 São Paulo
Inter 0 x 1 Santos

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Aniversariante de destaque

OSMAR SANTOS - 59 anos (Osmar Aparecido Santos, radialista e pintor brasileiro. Formado em Educação Física, Administração e Direito, Osmar Santos trabalhou como locutor esportivo nas rádios Jovem Pan, Record e Globo. Trabalhou também como artista plástico em pinturas sobre telas, sendo este seu último emprego devido ao grave acidente de automóvel que sofreu em 22 de dezembro de 1994 e que afetou sua fala, que era seu dom. Trabalhou também nas redes de televisão Rede Globo, Rede Record e Rede Manchete. Narrou a Copa do Mundo de 1986 pela Rede Globo como primeiro locutor, na companhia de Galvão Bueno (2º locutor) e Luiz Alfredo (3º locutor). Fez para a Rede Manchete a Copa do Mundo de 1990 com comentários de Zagallo. Foi um dos melhores narradores de futebol do rádio brasileiro. Faziam parte da equipe comandada por Osmar na Rádio Globo, na fase de maior sucesso: Loureiro Júnior e Carlos Aymard (comentaristas), Fausto Silva, Roberto Carmona e Henrique Guilherme (repórteres de campo). E os também narradores: Oswaldo Maciel, Oscar Ulysses e Odinei Edson (esses dois últimos, seus irmãos). Juarez Soares também participou da equipe, como apresentador de um programa que falava de futebol e variedades. Com base nessa experiência, Osmar Santos e sua equipe passaram a apresentar o programa e variedades Balancê (que tinha na produção Odir Cunha, com Lucimara Parisi na produção artística). Osmar Santos vinha sendo preparado para trabalhar na TV Globo, onde atuou como narrador de futebol e apresentador, mas quem acabou sendo contratado para apresentar o programa dominical da Globo foi seu amigo Fausto Silva, em 1989, ele que havia se destacado no programa Perdidos na Noite, produzido pela TV Record a partir de 1982, e TV Bandeirantes, a partir de 1986. Osmar Santos teve uma participação importante como locutor dos comícios da campanha política de 1984 pelas Diretas Já!. Bastante popular, recebeu proposta para candidatar-se a cargos políticos, mas não aceitou. Sempre muito criativo, inovou também quando passou a narrar jogos pela TV Record. Em alguns momentos a câmera o mostrava na cabine e ele falava diretamente com o telespectador. Também criou bordões que foram tão bem aceitos pelo público, que ecoavam pelos estádios, como o famoso "Parou por quê, por que parou?". Entre suas expressões inesquecíveis, estão: Ripa na chulipa e pimba na gorduchinha, "Um prá lá, dois prá cá, é fogo no boné do guarda", "Sai daí que o Jacaré te abraça, garotinho", "No carocinho do abacate" "ai garotinho" e uma das narrações de gol mais marcante do rádio brasileiro "E que GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL". Também foi Osmar Santos quem criou a expressão "Animal", que melhor representou o jogador Edmundo, terminando por se tornar a sua marca registrada. Seu irmão Oscar Ulisses comanda a equipe de esportes da Rádio Globo. Seu outro irmão Odinei Edson narra a Fórmula 1 para a Rádio Bandeirantes. Na Bandeirantes trabalha também o seu primo Ulisses Costa. Em 1994 sofreu um grave acidente de carro que lhe produziu graves seqüelas devido aos danos cerebrais que sofreu. Após uma grande recuperação, pode recuperar várias funções, porém sua fala ficou comprometida, sendo capaz de pronunciar menos de cem palavras, inpedindo-lhe de continuar trabalhando como narrador. Hoje se dedica à pintura, e seus trabalhos se encontram em importantes coleções particulares em todo Brasil e no Exterior. Em sua homenagem foi criado o Troféu Osmar Santos, concedido cada ano à equipe que termina o primeiro turno do Campeonato Brasileiro de Futebol no primeiro lugar. Osvaldo Cruz/Brasil).

Tupi já tem novo técnico

Wellington Tavares de Fajardo é o novo técnico do Tupi para a Taça Minas.
O Presidente do Tupi Áureo Carneiro Fortuna anunciou o novo técnico do time para o final de temporada. Como atleta (goleiro) Wellington atuou: Cruzeiro, América-MG, Villa Nova-MG, Patrocinense, Manchester, América-SP, São José-SP e Vila Nova-GO; Como técnico: Tupi, Francana, Sobradinho, Democrata-GV e Uberlãndia. Wellington está concluindo o curso de Educação Física. Com ele chegam Cláudio Rogel e Pepe de Castro.

Série C 2008

TUPI/MG 2 x 1 NOROESTE/SP Estádio Mun. Mário Helenio – Juiz de Fora/MG – 16:00 h. A: Márcio Mendes Cabral (RJ) A1: Wenderson Mozzer (MG) A2: Janete Mara Arcanjo (MG) 4ºA: Elmivan Alves Andrade (MG) PÚBLICO PAGANTE: 117 pessoasRENDA: R$ 735,00 TUPI FC (MG): -Marcelo Cruz, 2-Serginho, 3-Reginaldo, 4-Fernando, 5-Caetano, 6-Henrique, 7-Lucas, 8-Daniel, 9-Ademilson, 10-Ronicley (17-Toledo aos 19’2ºT), 11-Allan (18-Índio no intervalo).Técnico: Augusto Clemente EC NOROESTE (SP): 1-Vizzotto, 2-Matheus, 3-Carlinhos, 4-Pablo, 5-Ralf, 6-Márcio Loyola, 7-Cafú, 8-Júlio, 9-Leandro Fonseca (18-Leleco aos 25’2ºT), 10-Éder Richartz (14-Marcelo Santos aos 36’2ºT), 11-Gilsinho (17-Danilo Dias aos 25’2ºT).Técnico: Luiz Carlos Martins GOLS:9-Ademilson aos 37’1ºT e 18-Índio aos 37’2ºT (Tupi/MG)9-Leandro Fonseca aos 39’1ºT (Noroeste/SP) CARTÕES AMARELOS:4-Fernando aos 11’2ºT, 5-Caetano aos 35’2ºT e 8-Daniel aos 26’1ºt (Tupi/MG). CONSIDERAÇÕES: O Tupi se mostrou tão atrapalhado que anunciou um técnico para o último jogo e na hora, apresentou outro. Cabe ressaltar que os dois já deram o que tinha que dar, se quiser prosperar, precisa se livrar dessa gente, pensar grande, ser profissional. Teve uma "comissão" muito grande, muita gente e pouca produtividade. - O clube Tupi não pode ser local de emprego para os amigos. - Vai ter que buscar uma vaga para a Série D, quarta divisão. - Acerta a diretoria se contratar Wellington Fajardo. - Moacir Júnior é retocesso, ele fica até ser seduzido por qualquer proposta, foi demitido e o Paulista eliminado.

domingo, 27 de julho de 2008

Futebol - Resultados

Série A
15ª rodada
Grêmio 1 x 1 Palmeiras
Goiás 1 x 2 Sport
Santos 5 x 2 Vasco
Atlético-PR 0 x 0 Figueirense
Flamengo 0 x 0 Botafogo
Atlético-MG 2 x 1 Vitória
São Paulo 3 x 1 Portuguesa
Série C
Grupo 1
Rio Branco-AC 2 x 0 Fast
Grupo 2
Holanda-AM 3 x 1 Progresso-RR
Remo 0 x 0 Cristal-AP
Grupo 3
Palmas-TO 0 x 3 Águia de Marabá
Bacabal-MA 1 x 1 Paysandu-PA
Grupo 4
Barras-PI 2 x 1 Sampaio Correa-MA
Horizonte-CE 1 x 1 Picos
Grupo 5
Potiguar de Mossoró 3 x 0 Central
Santa Cruz-PE 1 x 1 Campinense-PB
Grupo 6
Icasa 0 x 1 Santa Cruz-RN
Treze-PB 1 x 1 Salgueiro
Grupo 7
Confiança-SE 2 x 0 Atlético-BA
Petrolina 2 x 4 ASA
Grupo 8
CSA 1 x 0 Itabuna
Vitória da Conquista 3 x 1 Sergipe
Grupo 9
Mixto 1 x 1 Operário-MS
Águia Negra-MS 1 x 5 Atlético-GO
Grupo 10
Dom Pedro 1 x 1 Anápolis
Itumbiara 2 x 1 Legião
Grupo 11
Paulista 0 x 0 Duque de Caxias
América-MG 2 x 0 Serra-ES
Grupo 12
Guaratinguetá 0 x 1 Macaé
Boavista-RJ 6 x 0 Linhares
Grupo 13
Mirassol 0 x 2 Ituiutaba
Tupi 2 x 1 Noroeste
Grupo 14
Madureira 2 x 1 Guarani
Ituano 3 x 2 Linense
Grupo 15
Toledo-PR 0 x 0 Marcílio Dias-SC
Inter de Santa Maria 3 x 2 Engenheiro Beltrão
Grupo 16
Caxias 0 x 1 J. Malucelli
Metropolitano-SC 0 x 1 Brasil de Pelotas

Aniversariantes

PEPINO DE CAPRI - 69 anos (Giuseppe Fajella. Cantor romântico de sucesso nas décadas de 1960 e 1970. Nápoles/Itália);
BENVINDO SIQUEIRA - 61 anos (ator, humorista, autor e diretor de teatro, cinema e televisão brasileiro. Atuou em mais de quarenta peças teatrais e na televisão ficou famoso por sua interpretação como "Bafo de Bode" na novela Tieta, e como "Zebedeu" na novela Mandacaru. Também é lembrado o "Seu Brasilino", papel que fez na Escolinha do Professor Raimundo. Dirigente de Entidades Profissionais na área dos trabalhadores e de autores, possui curiosamente o Registro Profissional número 01 do Livro 01 às folhas 01, na Delegacia Regional do Trabalho - DRT BA. Ao lado de Lélia Abramo, Vanda Lacerda, e Otávio Augusto participou da elaboração da Lei 6533 que regulamentou a profissão de Artista e Técnico no Brasil. Criador do moderno Teatro de Rua no Brasil em 1977 em Salvador. Publicou o livro "Humor, Graça e Comédia" pela editora Litteris. No cinema, participou de Joana Angélica (1979), entre outros. Atualmente ele é ator contratado da Rede Record onde trabalhou na novela Cidadão Brasileiro como Alfredo e em Luz do Sol como Juarez Macedo. Carangola/Brasil);
PAULO SILVINO - 69 anos (Paulo Ricardo Campos Silvino, humorista e ator brasileiro. Filho de Silvino Neto e Naja Silvino, não tardou a despontar para a carreira artística. Com 20 anos, ao lado de nomes como Altamiro Carrilho, Durval Ferreira e Eumir Deodato, lançou o LP Nova Geração em Ritmo de Samba, compondo e interpretando com sua voz abaritonada a maioria das canções, ainda sob o nome de Silvino Júnior. Durante as décadas de 1960 e 1970, ampliou sua produção musical e teatral, escrevendo e atuando em peças e filmes. Passa pelas extintas TV Tupi, TV Continental, TV Rio e TV Excelsior. Estreou na TV Globo em 1967, em TV Ó – Canal Zero e ganha dois prêmios como o melhor comediante de televisão do ano. Desde então, apresentou e foi destaque em diversos programas de humor da TV Globo: Faça Humor, Não Faça Guerra, Satiricom, Planeta dos Homens, Balança Mas Não Cai, Viva o Gordo e Brasil Pandeiro. Em 1988, comandou inúmeras vezes o Cassino do Chacrinha, substituindo o Velho Guerreiro. Esteve no SBT de 1989 a 1992, onde atuou em A Praça É Nossa e na Escolinha do Golias, com Ronald Golias. Participou da Escolinha do Professor Raymundo (1993 – 1995), na Globo, e da Escolinha do Barulho (1999), na TV Record. De volta à Rede Globo, participa do programa Zorra Total, onde ja fez muitos personagens mas agora interperta o índio Pataco e o fiscal de rendas Velozo. Seu humor é fortemente baseado em bordões e piadas de duplo sentido. É, portanto, típico daquele que fez escola nos programas no qual atuou nos anos 60 e 70. São memoráveis o bordão do policial Fonseca, em quadro no qual contracenava com Jô Soares ("Güenta, doutor, ele güeeeeenta!!"), e, do porteiro Severino ("isso é uma tremenda bichona, seu diretor"). O ator busca a piada simples, mas de gosto popular, ao criar seus tipos, popularizando assim os bordões de seus personagens. No cinema, participou de Um Edifício Chamado 200 (1973), Com a Cama na Cabeça (1972), O Rei da Pilantragem (1968), Minha Sogra É da Policia (1958) e Sherlock de Araque (1957). É pai do atores Flávio Silvino e João Paulo Silvino. Rio de Janeiro/Brasil);

Fluminense 1 x 3 Cruzeiro

Cruzeiro derruba tabu A última vitória sobre o Tricolor no Rio de Janeiro foi em 31 de outubro de 1990.
O placar foi de 1 a 0.
O Fluminense apostava nos jogos em casa para sair da crise e se livrar da zona do rebaixamento. Mas a meta traçada por jogadores e comissão técnica não vem dando certo. Neste sábado, a equipe saiu derrotada pelo Cruzeiro por 3 a 1 e viu sua crise agravar ainda mais. Já a Raposa, passou a perna no Flu e após duas derrotas consecutivas, reencontrou o caminho das vitórias.
Ficha Técnica
Fluminense 1 x 3 Cruzeiro
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, RJ
Público: 13.808 pagantes
Renda: R$ 195.494,00
Árbitro: Wilson Luiz Seneme, SP
Cartões Amarelos: Sandro, Júnior César (Fluminense); Thiago Martinelli, Fabrício, Gerson Magrão, Fábio, Léo Fortunato (Cruzeiro).
Cartões Vermelhos: Luiz Alberto (Fluminense)
Gols: Washington 10’/1T, Guilherme 36’/1T, Fabrício 39’/1T e Wagner aos 40’/2T
Fluminense:
Ricardo Berna; Sandro (Somália), Luiz Alberto, Roger; Arouca, Fabinho, Igor (Felipe), Tartá, Junior César; Dodô (Alan) e Washington.Técnico: Renato Gaúcho.
Cruzeiro:
Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Thiago Martinelli e Carlinhos (Camilo); Henrique, Charles, Fabrício e Wágner; Guilherme (Weldon) e Gerson Magrão (Léo Fortunato).
Técnico: Adilson Batista

Série C 2008

Tupi-MG x Noroeste-SP - Liderança ainda é mais que um sonho
– Já classificado para a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C, o Noroeste enfrenta o eliminado Tupi-MG, no Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora, neste domingo, às 16 horas, na despedida da primeira fase da competição.
O time de Bauru é o segundo colocado do Grupo 13, com oito pontos, e busca uma vitória para tentar terminar no primeiro lugar da chave. Para isso, além de vencer, torce por uma derrota do líder Ituiutaba-MG para o desclassificado Mirassol. A vantagem de terminar na ponta é a chance de fazer a última partida da segunda fase em casa.
Já o eliminado Tupi-MG está em clima de fim de feira. O técnico do Galo Carijó, Toninho Moura, foi despedido do comando da equipe, que será dirigida pelo treinador da equipe júnior, Evaldo Carolino, ex-jogador do clube e com passagens como treinador do time principal.
Reformulação
No Tupi, o desmanche já começou e alguns jogadores já estão sendo dispensados.
Dois já saíram: Jorginho (lateral) e Luisinho(meio-campo). Mas o grupo em sua maioria continua no clube que vai disputar a Taça Minas Gerais, com início no dia 24 de agosto, contra o Uberlândia, fora de casa.
Tupi:
Marcelo Cruz; Serginho, Fernando, Reginaldo e Henrique; Caetano, Lucas, Ronicley e Daniel; Alan e Ademílson. Técnico: Evaldo Carolino.
Noroeste:
Fernando Vizzotto; Pablo, Matheus e Éder Monteiro; Cafu, Ralf, Júlio, Bruno Soares (Danilo Dias) e Márcio Loyola; Gilsinho (Julinho) e Leandro.Técnico: Luis Carlos Martins.

sábado, 26 de julho de 2008

Série A 15ª rodada
Fluminense 1 x 3 Cruzeiro
Náutico 1 x 2 Coritiba
Ipatinga-MG 1 x 0 Internacional
Série B 14ª rodada Paraná Clube 0 x 2 Corinthians
Ponte Preta 3 x 2 Avaí Gama 2 x 2 Vila Nova-GO
ABC 2 x 2 Brasiliense-DF
CRB 1 x 1 América-RN

Aniversariantes

MICK JAGGER - 65 anos (Michael Philip Jagger, vocalista dos Rolling Stones, uma das bandas inglesas de rock mais famosas do século XX. Dartford/);
DANUZA LEÃO - 75 anos (jornalista e escritora brasileira. Irmã de Nara Leão. Foi esposa do jornalista Samuel Wainer, fundador do extinto jornal Última Hora. Em 2006 lançou sua autobiografia Quase Tudo e em 1992 obteve um grande êxito editorial com Na Sala com Danuza. Outro livro de Danuza Leão é Danuza Leão Todo Dia. É mãe da artista plástica Pinky Wainer, do jornalista, já falecido, Samuel Wainer Filho e de Bruno Wainer, empresário do ramo cinematográfico. Itaguaçu/Brasil);
GUILHERMINA GUINLE - 34 anos (atriz brasileira. Sua última participação na televisão foi na telenovela Paraíso Tropical. Participou de Mulheres Apaixonadas, de Manoel Carlos, como a secretária da escola da personagem de Cristiane Torloni. Estreou no cinema como protagonista do filme Inesquecível, dirigido por Paulo Sérgio de Almeida, contracenando com Murilo Benício (de quem é a atual namorada) e Caco Ciocler. Foi casada com Fábio Júnior. Depois, casou-se com o ator José Wilker. Rio de Janeiro/Brasil);
SALVADOR ALLENDE - 100 anos (Salvador Allende Gossens, foi um médico, político e estadista chileno. Foi o primeiro marxista assumido eleito democraticamente presidente da república na América Latina. Valparaíso/Chile);
CELSO FURTADO - 88 anos (Celso Monteiro Furtado, foi um importante economista brasileiro e um dos mais destacados intelectuais do país ao longo do século XX. Suas idéias sobre o desenvolvimento e o subdesenvolvimento divergiram das doutrinas econômicas dominantes em sua época e estimularam a adoção de políticas intervencionistas sobre o funcionamento da economia. Pombal/Brasil);
TELÊ SANTANA - 77 anos (Telê Santana da Silva, foi um dos mais importantes treinadores da história do futebol brasileiro. Após perder duas Copas do Mundo no comando da Seleção Brasileira, amargou por muito tempo a fama de "pé-frio". Mesmo assim, em pesquisa realizada pela revista esportiva Placar, nos idos dos anos 90, foi eleito por jornalistas, jogadores e ex-atletas o maior treinador da história da Seleção Brasileira de Futebol. A partir de 1990 até o início de 1995, comandou o São Paulo, conquistando duas vezes a Taça Libertadores da América e o Mundial Interclubes. É considerado o maior treinador são-paulino em todos os tempos. Como jogador, é ícone do Fluminense pela intensa dedicação que ofereceu ao seu clube do coração — que valeu-lhe o apelido "Fio de Esperança" —, onde também começou a sua vitoriosa carreira de treinador de futebol. Esteve à frente da Seleção Brasileira nas Copas de 1982 e 1986. Encerrou a carreira no São Paulo, depois de ter levado o time a suas maiores conquistas na primeira metade dos anos 1990. Como jogador não chegou à Seleção Brasileira por concorrer com jogadores como Julinho Botelho e Mané Garrincha, nos anos 1950 e 1960. Começou no Itabirense Esporte Clube, cuja sede situava-se próximo a sua casa, e depois jogou no América de São João del Rei de onde saiu para jogar no Fluminense. Pelo Fluminense iniciou sua carreira sendo campeão de juvenis em 1949 e 1950 e promovido para os profissionais em 1951. A partir daí despontou seu melhor futebol e conseguiu suas maiores conquistas como atleta. Foi um dos primeiros pontas no futebol brasileiro a voltar para marcar no meio. A sua contratação pelo Fluminense se deu após fazer um teste contra o Bonsucesso e fazer cinco gols, referendada então pelo Diretor de Futebol do Fluminense daquela época, nada menos que outro ícone histórico deste clube, primeiro capitão e em 1930 o autor do primeiro gol da Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo, João Coelho Netto, o Preguinho. Com a camisa do Fluminense jogou 557 partidas e marcou 162 gols, sendo o terceiro jogador que mais atuou pelo clube tricolor e seu terceiro maior artilheiro. Conquistou como jogador os seguintes títulos, entre os mais importantes: Campeonato Carioca de 1951 e 1959; Torneio Rio-São Paulo de 1957; e Copa Rio (Internacional) de 1952. Quando Telê era jogador, tinha o apelido de "Fio de Esperança", que recebeu após um concurso entre os torcedores promovido pelo jornalista Mário Filho, diretor do extinto Jornal dos Sports. O concurso tinha surgido como idéia do dirigente tricolor Benício Ferreira. Na época, Telê tinha os apelidos pejorativos de "Fiapo" e "Tarzan das Laranjeiras", em função de seu corpo franzino. O dirigente achava que o jogador merecia algo mais honroso e deu a idéia ao amigo Mário Filho, que criou o concurso com o tema "Dê um slogan para Telê Santana e ganhe 5 mil cruzeiros". Ao seu final, mais de quatro mil sugestões tinham sido enviadas à redação do jornal. José Trajano conta que seu pai participou do concurso propondo o apelido "A Bola".Três leitores acabaram empatados no primeiro lugar na votação final, com as alcunhas "El todas", "Big Ben" e "Fio de Esperança". Foi a última que caiu no gosto dos torcedores tricolores. Telê deu mais uma demonstração de amor ao Fluminense, quando já no final de sua carreira como jogador, atuando pelo Madureira marcou o único gol de sua equipe na derrota por 5 a 1 para o Flu. Embora aquele gol não tenha influenciado no resultado, Telê chorou ao final da partida por ter feito um gol em seu clube do coração. Com um visão particular de futebol, formada nos muitos anos de trabalho no Fluminense, em que não acreditava em "ganhar por ganhar" ou "ganhar a qualquer custo", era um intransigente defensor de um futebol diferenciado e disciplinador exigente, que exigia de seus comandados uma postura profissional dentro e fora dos campos. Foi este futebol que transformou Telê em "Mestre", no comando do time do São Paulo que conquistou vários títulos no início da década de 1990. Ganhou um total de onze títulos, incluíndo um Campeonato Brasileiro, duas Libertadores da América e dois Campeonatos Mundiais. Após encerrar a carreira como jogador, foi aproveitado como técnico e acabou marcando uma época de glórias e estigmas. Começou na categoria de juvenis (atual juniores) do Fluminense, sendo campeão carioca em 1968. Em 1969, foi promovido a técnico do time profissional, sendo campeão carioca e formando a base do time campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1970. Lá também brigou pelos direitos de seus jogadores, que eram obrigados a entrar e sair do clube pela porta dos fundos. Depois de uma reunião à noite com dirigentes, pediu que abrissem a porta dos fundos para ele. Responderam que ele não era jogador e podia sair pela entrada social, mas Telê recusou-se e pulou o muro, porque não achou ninguém para abrir a porta dos fundos. "Eu disse que também fui jogador e que o aviso servia para mim também", contou, anos mais tarde. Curiosamente, o mesmo time do Fluminense disputou a final contra o Atlético Mineiro, na época dirigido por Telê, que seria campeão mineiro em 1970 e campeão brasileiro em 1971. Em 1972 passou pelo São Paulo, mas foi afastado ao entrar em conflito com os ídolos [Adhemir de BarrosParaná]] e Toninho Guerreiro. Em 1977, dirigiu o histórico time do Grêmio, levando-o a recuperar a hegemonia do Campeonato Gaúcho após oito anos de domínio do Internacional. Após ganhar fama de bom treinador de clubes, com mais uma passagem marcante, agora pelo Palmeiras, em 1979, quando fez um time sem estrelas realizar belos jogos, foi contratado para ser técnico da Seleção Brasileira. Como treinador da Seleção na Copa do Mundo de 1982, na Espanha, encantou o mundo com um futebol bonito e envolvente, aclamado como o melhor da época. Reconhecendo que privilegiava a técnica, escalou uma esquadra com jogadores como Zico, Sócrates e Falcão entre outros grandes jogadores. Nem assim sua seleção foi uma unanimidade, pois muitos — inclusive o humorista Jô Soares, que criou o bordão "Bota ponta, Telê!" — cobravam a presença de um ponta direita no time. "Eu me aborrecia um pouco com isso", contou Telê mais de vinte anos depois. "O time buscava ocupar o espaço ali na direita. Se eu tivesse um grande ponta, como o Garrincha, é lógico que ele iria jogar. Comigo sempre jogam os melhores." Mesmo assim, não conseguiu o almejado título, deixando o comando da Seleção. Retornou para a Copa do Mundo de 1986, no México, como grande esperança brasileira de levantar a taça. Desta vez, buscando valorizar a experiência, montou um time não tão vibrante, com jogadores remanescentes de 1982, alguns já em fim de carreira. Criticado anteriormente por não exigir muita disciplina dos jogadores, voltou mais vigilante, o que resultou no corte da principal revelação do time, o ponta-direita do Grêmio Renato Gaúcho, quando este chegou tarde à concentração, fato que levou o melhor amigo do jogador, o lateral Leandro, a pedir para também sair da equipe. Perdeu a Copa invicto, em uma disputa de pênaltis contra a França. Telê então foi marcado com a pecha de "pé-frio" por parte da imprensa brasileira, reforçada até por uma capa da revista Placar no ano seguinte, quando o Atlético-MG treinado por ele foi eliminado nas semifinais da Copa União depois de passar invicto pela primeira fase. Chegou ao tricolor paulista em outubro de 1990 e encontrou um time que três meses antes tinha sido rebaixado de grupo no Campeonato Paulista, com seu principal jogador, Raí, no banco e ocupando posição intermediária no Campeonato Brasileiro. O time recuperou-se a ponto de chegar à final, ficando com o vice-campeonato frente ao Corinthians, o que serviu para mais uma vez trazer à tona a fama de "pé-frio".Mas com Telê Raí e outros jogadores, como o lateral direito estreante Cafu, foram ganhando confiança e evoluíram, ajudando o São Paulo a conquistar o Campeonato Brasileiro de 1991, enterrando de vez a fama de azarado.Com o título paulista conquistado no mesmo ano, passou a ser o único técnico brasileiro a ter conquistado os cinco principais campeonatos estaduais do Páis (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul). Após sofrer uma isquemia cerebral em janeiro de 1996, teve que abandonar o futebol e viu a sua saúde debilitar-se bastante, com problemas na fala e na locomoção, entre outros. Apesar de debilitado, acreditava que poderia voltar a trabalhar e nos dias de mau humor culpava a família por "impedi-lo". No começo de 1997, chegou a fechar contrato para ser o técnico do Palmeiras, mas seus problemas de saúde impediram que ele assumisse o cargo. No dia 21 de abril de 2006, depois de ficar por cerca de um mês internado devido a uma infecção intestinal, que desencadeou uma série de outras complicações, o "Mestre" Telê Santana faleceu em Belo Horizonte. Em 15 de junho de 2007, o Fluminense inaugurou o Hotel Telê Santana no Centro de Treinamento que abrigará o futebol profissional do clube. Itabirito/Brasil);

Campeonato Carioca

BALANÇO DA SEGUNDONA - PARTE 1 Paulo Roberto Rodrigues
Começa neste sábado o Campeonato Estadual da Segunda Divisão de Profissionais, promovido pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).
A novidade, fora das quatro linhas, é a transmissão da competição pela rede NGT (canal 17 da Net). A cada rodada será transmitida uma partida aos sábados, às onze da manhã. Segundo a direção da emissora existe a possibilidade de os jogos passarem ao vivo já na terceira rodada.
Jogadores conhecidos dos grandes clubes como Válber (Miguel Couto), Viola (Angra dos Reis), Neném, Fábio Tosca e Zé Romário (Aperibeense), Fábio Augusto (Sendas) e Marcão (CFZ do Rio) serão atrações à parte.
Dos 27 clubes da Segundona, somente o Artsul, de Austin, Nova Iguaçu, não vai disputar por estar licenciado. Bangu, Bonsucesso, Céres, CFZ do Rio, Estácio de Sá, Olaria, Portuguesa, São Cristóvão e Villa Rio, vão representar a Capital. Os demais, como o Nova Iguaçu, Angra dos Reis, Goytacaz, Rio Branco, Serrano, Itaperuna, Aperibeense, Bréscia, Floresta, Guanabara, Independente, Profute, Teresópolis FC, Miguel Couto, Sendas, Silva Jardim e Tigres do Brasil, se prepararam e prometem batalhar por uma das duas vagas de acesso à elite em 2009. No ano passado o Resende conquistou o título da competição garantindo vaga na Primeira Divisão. Além do alvinegro do Sul-Fluminense Mesquita, Macaé Esporte, Cardoso Moreira e Duque de Caxias também alcançaram o objetivo.
Visando diminuir as despesas das equipes na fase classificatória, o Departamento Técnico da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, regionalizou os grupos da seguinte forma:
- Grupo A - Aperibeense, Floresta, Goytacaz, Independente, Itaperuna e Rio Branco;
- Grupo B - Angra dos Reis, Bangu, Céres, Estácio de Sá, Miguel Couto, Nova Iguaçu e Sendas;
- Grupo C - Bréscia, Bonsucesso, CFZ do Rio, Olaria, Portuguesa, São Cristóvão e Villa Rio;
-Grupo D - Guanabara, Profute, Serrano, Silva Jardim, Tigres do Brasil e Teresópolis.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Futebol - Arbitragem

Fluminense X Cruzeiro
Sábado - 26/07
Maracanã - 18h20
A: Wilson Luiz Seneme/SP
A1: Emerson Augusto de Carvalho/SP
A2: Anderson José de Moraes Coelho/SP
Ipatinga X Internacional
Sábado - 26/07
Ipatingão - 18h20
A: Sérgio da Silva Carvalho/DF
A1: Enio Ferreira de Carvalho/DF
A2: Renato Miguel Vieira/DF
4°A: Elmivam Alves Andrade/MG
Atlético/MG X Vitória
Domingo - 27/07
Mineirão - 18h10
A: Heber Roberto Lopes/PR
A1: Aparecido Donizetti Santana/PR
A2: Moises Aparecido de Souza/PR
4°A: Ricardo Marques Ribeiro/MG
Cruzeiro X Náutico
Quarta - 30/07
Mineirão - 19h30
A: Carlos Eugênio Simon/RS
A1: Vicente Romano Neto/SP
A2: Nilson de Souza Monção/SP
4°A: Renato Cardoso da Conceição/MG
Portuguese X Fluminense
Quarta - 30/07
Canindé - 20h30
A: Alício Pena Júnior/MG
A1: Márcio Eustáquio Santiago/MG
A2: Rodrigo Otávio Baeta/MG
Sport X Ipatinga
Quinta - 31/07
Ilha do Retiro - 20h30
A: Sandro Meira Ricci/DF
A1: Eremilson Xavier Macedo/DF
A2: Lourival Candido das Flores/RN
Vasco X Atlético/MG
Quinta - 31/07
São Januário - 20h30
A: Jailson Macedo Freitas/BA
A1: Alessandro Alvaro Rocha de Matos/BA
A2: Belmiro da Silva/BA

Aniversariantes:

NELSINHO PIQUET - 23 anos (Nelson Angelo Piquet, piloto brasileiro de automobilismo. Nasceu na Alemanha mas se mudou para o Brasil ainda criança sendo criado em Brasília. É filho do tricampeão brasileiro de Fórmula 1, Nelson Piquet. Nelsinho é filho de Nelson Piquet com a modelo neerlandesa Sylvia Tamsma. Começou sua carreira no kart em 1993, aos oito anos de idade, quando foi morar no Brasil. Permaneceu nesta categoria até 2000. Em 2002 se sagrou campeão da F-3 Sul-americana. Depois de uma temporada arrasadora na F-3 britânica, onde se sagrou campeão no seu segundo ano de disputa, Nelsinho, se transferiu para a GP2. Lá não obteve o mesmo sucesso na sua primeira temporada, contando com um equipamento mediano e prejudicado pelas desavenças entre a Piquet Sports (organização de seu pai, criada exclusivamente para ajudar em sua ascensão à Fórmula 1) e a Hitech, as duas companhias que dividiam a equipe Hitech Piquet Sports. Em 2006, pela equipe Piquet Sports, que assumiu o controle total da equipe, na GP2, e teve como maior adversário o inglês Lewis Hamilton, piloto que dominou a F-3 européia e que se tornou o campeão, Nelsinho garantiu a segunda posição. Já treinou em algumas oportunidades com equipes de Fórmula 1, a BMW Williams e a extinta BAR. Também participou da competição automobilística A1GP, uma competição entre nações, que foi disputada pela primeira vez entre a final de 2005 e início de 2006. Em 2007 foi um dos pilotos de testes da Renault, ao lado de outro piloto brasileiro, Ricardo Zonta. Foi anunciado para 2008 como piloto titular ao lado de Fernando Alonso, pela equipe Renault. Ainda em 2008, também pela equipe francesa, conseguiu seu primeiro pódio, ao chegar na segunda colocação no Grande Prêmio da Alemanha, disputado no dia 20 de julho de 2008. Heidelberg/Alemanha);
LEONARDO VILAR - 85 anos (ator brasileiro de teatro, cinema e televisão. Começou a carreira no teatro, mas tornou-se reconhecido nacionalmente ao interpretar o personagem Zé do Burro em O Pagador de Promessas (1962), o único filme brasileiro a receber a Palma de Ouro no Festival de Cannes. Leonardo Villar é considerado um dos melhores atores brasileiros, e é reverenciado principalmente entre seus colegas de profissão. Seu temperamento reservado e tímido, nunca fez dele uma estrela, mas sempre escolheu os papéis e fez as participações que quis. Participou das filmagens Chega de Saudade, filme dirigido por Laís Bodanzky, onde atua ao lado de Tônia Carrero, com estréia prevista para 2008. Piracicaba/Brasil); NEY LATORRACA - 64 anos (Antonio Ney Latorraca, ator brasileiro. Começou sua carreira com apenas seis anos de idade, participando de radionovelas na Rádio Record. Sua primeira telenovela foi na TV Tupi, em 1969, a Super Plá. Seu mais ilustre personagem de telenovela foi o terrível (e cômico) conde Vladimir Polanski, o Vlad, de Vamp. Outro personagem marcante de sua carreira foi o Barbosa da antiga TV Pirata. Grande ator de teatro, uma de suas peças que ficou anos em cartaz e foi grande sucesso de bilheteria foi O Mistério de Irma Vap, contracenando com Marco Nanini numa produção de Marília Pêra. Foi essa a primeira peça em que os atores trocavam rapidamente de roupa para cada cena e é utilizado hoje em vários outros espetáculos. Essa peça foi recentemente transformada em filme Irma Vap - o retorno, dirigido por Carla Camurati. Santos/Brasil);
BEATRIZ SEGALL - 75 anos (Beatriz de Toledo Segall, consagrada atriz brasileira de teatro, cinema e televisão. Era professora de francês e começou a estudar teatro no início dos anos 50. Trabalhou com Henriette Morineau. Em Paris, prosseguiu os estudos e conheceu Maurício Segall, filho do pintor Lasar Segall, com quem se casou em 1954 e teve três filhos: o diretor de cinema Sérgio Toledo, Mário - arquiteto e professor - e Paulo. Nessa época, abandonou a carreira para retomá-la somente em 1964. No início da década de 1970, seu marido foi preso, pois fazia parte da ALN - Aliança Libertadora Nacional, fazendo com que passasse por um período de dificuldades. Fez longa carreira, sempre voltada ao teatro, embora tenha trabalhado no cinema, onde estreou em 1950, no filme A beleza do diabo. Interpretou vilãs que marcaram a televisão brasileira, como Lourdes Mesquita, de Água Viva, em 1980, e Odete Roitman, de Vale Tudo, em 1988, na Rede Globo, considerada por muitos como 'a maior vilã da televisão brasileira de todos os tempos'. O jargão "Quem matou Odete Roitman?" (referindo-se ao assassinato da personagem) é até hoje repetido em alusão aos mistérios das tramas em telenovelas. Recebeu vários prêmios na carreira, dentre os quais, os prêmios Governador do Estado, Prêmio Shell, Mambembe. Rio de Janeiro/Brasil);
LEONARDO - 45 anos (Emival Eterno Costa, cantor brasileiro. Tornou-se Leonardo em 1981, quando ele e o irmão José Luis Costa, o Leandro, decidiram tentar a carreira artística e formaram a dupla sertaneja Leandro & Leonardo. No dia 23 de junho de 1998, Leandro faleceu em decorrência de um câncer raro de pulmão e Leonardo partiu para a carreira solo. Já vendeu mais de 25 milhões de discos. Goianápolis/Brasil);
YEDA MARIA VARGAS - 65 anos (Ieda Maria Brutto Vargas, elegeu-se em 1963, Miss Porto Alegre, Miss Rio Grande do Sul, Miss Brasil concurso, no qual foi realizado no Maracanãzinho, Rio de Janeiro, e transmitido pela TV Tupi no dia 22 de junho deste mesmo ano. Pelo sexto ano seguido a Cidade Maravilhosa recebeu o concurso. Vinte e quatro candidatas disputaram o concurso, vencido por Ieda Maria Vargas, do Rio Grande do Sul, que em 20 de julho de 1963 seria eleita Miss Universo. Ieda, foi a segunda brasileira a se tornar Miss Universo, em 1963, no concurso realizado em Miami Beach, na Florida, recebendo a coroa e a faixa da Miss Universo 1962 da Argentina, e passando em 1964 para a candidata do país da Grécia. Na época,Ieda chegou a ser convidada para trabalhar no cinema, mas ela recusou o convite. Casou-se em 1968 com José Carlos Athanázio, com quem tem dois filhos. Antes dela, em 1931, outra gaúcha, a pelotense Yolanda Pereira, tinha sido até então, a única brasileira a ter concretizado a façanha de tornar-se Miss Universo. Em 1968, Martha Vasconcellos da Bahia, repetiu o feito de Ieda e Yolanda, tornando-se a terceira brasileira a vencer o concurso. Até o momento,(2008)somente Yolanda, Ieda e Martha Vasconcelos(1968) foram as misses brasileiras a tornarem-se Miss Universo. Porto Alegre/Brasil).

Já foi tarde....

Técnico Toninho Moura é mandado embora O técnico Toninho Moura não comanda mais o Tupi. Depois da eliminação do time na Série C do Campeonato Brasileiro, ele e o preparador físico José Carlos Rodrigues foram demitidos pela diretoria. O novo técnico ainda não foi definido. Segundo o vice-presidente José Roberto Maranhas, as negociações já começaram para definir a contratação o mais rápido possível. Ele não adiantou nomes, mas, nos bastidores, os mais cotados são os ex-treinadores carijós Wellington Fajardo e Moacir Júnior.
Quanto à dispensa de jogadores, Maranhas adianta que esta semana não partirá nenhuma barca, o que só deve acontecer após a última partida da Terceirona, domingo, às 16h, contra o Noroeste, no Mário Helênio. Nos treinos de hoje e amanhã e no jogo de domingo, o time será comandado pelo auxiliar de preparação física Luiz Augusto Alves. O elenco recebeu folga ontem. Hoje, o trabalho está marcado para as 15h30, no Salles de Oliveira.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Futebol - Resultados

Série A

14ª rodada

Sport 1 x 0 Atlético-PR

Figueirense 1 x 7 Grêmio

Palmeiras 4 x 2 Santos

Aniversariantes

CACÁ BUENO - 32 anos (Carlos Eduardo Galvão Bueno, automobilista brasileiro,e bicampeão da categoria Stock Car Brasil de 2007. É filho do locutor e apresentador de televisão Galvão Bueno. Em 2006 e 2007 foi campeão da Stock Car.Seu carro é o Número 0 da montadora Mitsubishi O primeiro piloto a ser campeão da Stock Car com um carro da Mitsubishi. É torcedor do Fluminense. Rio de Janeiro/Brasil);
OSWALDO LOUREIRO - 76 anos (ator brasileiro de teatro, televisão e cinema, além de diretor teatral. Estudou no Teatro Duse, de Paschoal Carlos Magno, e seu primeiro trabalho profissional foi em 1955, na peça Vestido de Noiva, de Nelson Rodrigues, pela companhia de Henriette Morineau. Em 1956, faria Otelo, de Shakespeare, dirigido por Adolfo Celi, pela CTCA (Companhia Tônia-Celi-Autran). Em 1958, veio A Fábula do Brooklin, de Irwin Shaw, que lhe rendeu o prêmio de "ator revelação" pela ABCT (Associação Brasileira de Críticos Teatrais). Veio a década de 60 e, com ela, no Teatro dos Sete, encenou Com a Pulga Atrás da Orelha, de Georges Feydeau (dirigido por Gianni Ratto) e a rodrigueana Beijo no Asfalto, sob direção de Fernando Torres. Foi para São Paulo (1964) após o fechamento da CTCA, e lá atuou em A Ópera dos Três Vinténs, de Bertolt Brecht, no Teatro Ruth Escobar. Depois, integrou o grupo Opinião e, de volta ao Rio (1966), fez, de novo com Gianni Ratto, Se Correr o Bicho Pega, Se Ficar o Bicho Come, de Oduvaldo Vianna Filho (Vianinha) e Ferreira Gullar. Em 1967, seria dirigido por Flávio Rangel na montagem de Édipo Rei, de Sófocles, contracenando com Paulo Autran. Na década de 70 faria: Gota d'Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes; A Longa Noite de Cristal, de Oduvaldo Vianna Filho; Dois Perdidos numa Noite Suja, de Plínio Marcos; e Papa Higuirte, também de Vianinha. Como dirigente sindical, lutou pela subvenção do Estado ao teatro e pelo reconhecimento da profissão de ator. Chegou à presidência do Sindicato dos Artistas. Em 1982, recebeu o prêmio Mambembe por seu trabalho em Motel Paradiso, de Juca de Oliveira. Em 1983, novamente sob direção de Flávio Rangel, atua em Vargas, de Dias Gomes e Ferreira Gullar. Em 1990, dirigiu Baixa Sociedade, de Juca de Oliveira. Em 1993, tornou-se diretor do Teatro Guaíra (Curitiba), e levou mais de 700 pessoas ao teatro por meio do seu projeto "Teatro para o Povo". De volta ao Rio, trabalhou sob direção de Moacyr Góes na montagem de O Doente Imaginário, de Molière. Em seguida, contracenou com Jacqueline Laurence e Othon Bastos em A Profissão da Senhora Warren, de Bernard Shaw. Em 2000, novo trabalho com Moacyr Góes: Bonitinha mas Ordinária, de Nelson Rodrigues. Rio de Janeiro/Brasil);
HÉLIO RIBEIRO - 73 anos (José Magnoli, foi um radialista, jornalista e narrador brasileiro. Ribeiro tornou-se célebre na década de 1970 por suas crônicas de opinião para o Jornal do Meio Dia, da Rádio Bandeirantes. Sua voz de tom barítono inspirou Chico Anysio para criar o personagem Roberval Taylor. A partir de meados dos anos oitenta tornou-se correspondente das rádios Globo, Excelsior e Bandeirantes. Em 2000, veio a falecer, tendo sido sepultado no cemitério da Quarta Parada, deixou esposa e sete filhos. Chegou a atuar nos Estados Unidos como narrador para diversas empresas, incluindo a Paramount Pictures e a Twentieth Century Fox. Faleceu no dia 6 de outubro de 2000. São Paulo/Brasil);
JARDEL FILHO - 81 anos (Jardel Frederico De Bôscoli Filho, ator brasileiro. Filho de um empresário de espetáculos musicais, Jardel Frederico de Boscoli e da atriz Lodia Silva, ele foi aluno do Colégio Militar do Rio de Janeiro e estreou no teatro aos dezesseis anos, com a peça "Desejo", de Eugene O'Neill, em montagem dirigida por Zbigniew Ziembiński. Pela interpretação, recebeu o Prêmio de Revelação do Ano. Com a morte do pai e levado pelas mãos de Miroel Silveira, Jardel entrou para o teatro na década de 40 e nunca mais largou a carreira artística. Com a peça Jezebel, ganhou medalha de ouro da ABCT. Trabalhou na Companhia Cinematográfica Vera Cruz, para a qual fez, entre outros, filmes como Floradas na serra e Uma pulga na balança. Fez parte do elenco de trinta filmes, entre outros, Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade, Pixote, a Lei do Mais Fraco, de Hector Babenco, Terra em Transe, obra-prima de Glauber Rocha e filme emblemático do Cinema Novo'; "O Bom Burguês" de Oswaldo Caldeira, em 1982 e "Rio Babilônia" de Neville D'Almeida que foi seu último trabalho no cinema e que estreou depois da morte do ator. Versátil, trabalhou muito em televisão, onde atuou em 17 novelas e minisséries, como O Bofe, de Bráulio Pedroso, Verão Vermelho e O Bem Amado, de Dias Gomes, O Homem que Deve Morrer, Fogo Sobre Terra e Coração Alado, todas de Janete Clair; Brilhante de Gilberto Braga; "O Espantalho" de Ivani Ribeiro e "Memórias de Amor de Wilson Aguiar Filho. Ele morreu em plena atividade, vítima de um ataque cardíaco em sua casa numa manhã de sábado, quando gravava os últimos vinte capítulos da novela "Sol de Verão", escrita por Manoel Carlos, na Rede Globo, fazendo com que o fim do folhetim fosse antecipado. Foi homenageado no ano de seu falecimento pelo então governador Chagas Freitas que batizou o recém-construído viaduto da rua Soares Cabral com seu nome.Foi casado com a empresária Maria Augusta Nielsen e com as atrizes Márcia de Windsor, Glauce Rocha e Myriam Pérsia e deixou duas filhas, Tânia Bôscoli, também atriz, e Adriana de Boscoli, atriz e produtora, filha de Beth, sua última esposa, deixando como netos José Maria e Frederico de Boscoli. Faleceu no dia 20 de fevereiro de 83. São Paulo/Brasil).
JECE VALADÃO - 78 anos (Foi criado em Cachoeiro de Itapemirim, devido à transferência de seu pai, ferroviário, para a cidade. Valadão construiu como ator uma imagem de homem rude e machão. Associou-se voluntariamente à palavra "cafajeste" no plano pessoal. Trabalhou em mais de cem filmes, como ator, diretor e produtor. Foi casado com a atriz Vera Gimenez, padrasto da apresentadora Luciana Gimenez e era pai do ator Marco Antônio Gimenez. Casou-se seis vezes e teve nove filhos. Em 1995, converteu-se ao protestantismo, chegando a se tornar pastor da sua igreja, a Assembléia de Deus. Em 21 de novembro de 2006, Jece Valadão sentiu-se mal e foi internado na UTI do Hospital Panamericano, com insuficiência respiratória. E, às 17h20 do dia 27 de novembro veio a falecer. Valadão fez parte do elenco das primeiras montagens de Perdoa-me por Me Traíres e Os Sete Gatinhos, ambas peças de Nelson Rodrigues — então seu cunhado - e que o considerava o ator perfeito para suas peças. Nos anos 70, foi ator e sobretudo produtor de comédias e filmes policiais eróticos. Uma de suas últimas participações na televisão foi na série Filhos do Carnaval, onde interpretou um bicheiro dono de uma escola de samba. O papel de bicheiro também foi representado pelo ator nos filmes Boca de Ouro, Amei um Bicheiro] e Deu Águia na Cabeça. Após alguns anos sem representar, após a conversão em 1995, voltou para participar de O Cangaceiro (1997), Garrincha — Estrela Solitária (2003) e Em Nome de Jesus (2003). Na televisão, atuou com maior destaque na telenovela Transas e Caretas (1984), de Lauro César Muniz. Em 1991, participou dos primeiros trinta capítulos de O Dono do Mundo. Mais recentemente, fez participações especiais nos seriados Sob Nova Direção e A Diarista e nas telenovelas Bang Bang (Globo) e Cidadão Brasileiro (Record), além da série Filhos do Carnaval, transmitida pelo canal HBO, em 2006. Gravou o documentário O Evangelho segundo Jece Valadão, sobre a própria vida, em que disse ter-se arrependido por ter sido um pai ausente e em que conta como Jesus Cristo o salvou, tornou-se evangélico há dez anos. "O Jece Valadão morreu dez anos atrás e eu renasci espiritualmente", definiu ele certa vez. Seu último filme, totalmente finalizado, foi a produção mineira 5 Frações de Uma Quase História, com estréia prevista nos cinemas para maio de 2008. Ele interpreta um juiz corrupto que propõe a um funcionário que assuma o assassinato de uma prostituta, crime que ele cometera. Campos dos Goytacazes/Brasil). Fonte: http://tubaraumradioshow.blogspot.com/

Futebol - Arbitragem

Tupi/MG X Noroeste/SP
Domingo - 27/07
Mário Helênio - Juiz de Fora -16h
A:Márcio Mendes Cabral/RJ
A1:Wenderson Mozzer/MG
A2:Janette Mara Arcanjo/MG
4ºA:Elmivam Alves Andrade/MG
América/MG x Serra/ES
Domingo - 27/07
Independência - Belo Horizonte - 16h
A:André Luis de Freitas Castro/GO
A1:Helberth Costa Andrade/MG
A2:Celso Luiz da Silva/MG
4ºA:Luiz Carlos da Silva/MG
Mirassol/SP x Ituiutaba/MG
Domingo - 27/07
José Maria Campos Maia - Mirassol - 16h
A:Pathrice Wallace Corrêa Maia/RJ
A1:Giovani César Canzian/SP
A2:Evandro Luis Silveira/SP
4ºA:Elcio Pachoal Borborema/SP
Boa Vista/RJ x Linhares/ES
Domingo - 27/07
Eucy Resende - Saquarema - 15h
A:Juliano Lopes Lobato/MG
A1:Eduardo de Souza Couto/RJ
A2:Jorge Luiz Roque/RJ
4ºA:Leonardo Garcia Cavaleiro/RJ
Itumbiara/GO x Legião/DF
Domingo - 27/07
Juscelino Kubitschek - Itumbiara - 16h
A:Joel Tolentino Damata/MG
A1:Flávio Gilberto Kanitz/GO
A2:Jesmar Benedito Miranda de Paula/GO
4ºA:Marcelo Hugo Silva Nunes/GO
Madureira/RJ x Guarani/SP
Domingo - 27/07
Giulitte Coutinho - Mesquita - 16h
A:Cleisson Veloso Pereira/MG
A1:Rodrigo Pereira Jóia/RJ
A2:Flávio Manoel da Silva/RJ
4ºA:Leandro Noel Laranja/RJ
Dom Pedro II/DF x Anápolis/GO
Domingo - 27/07
Boca do Jacaré - Taguatinga - 16h
A:André Luiz Martins Dias Lopes/MG
A1:Eremilson Xavier Macedo/DF
A2:Evandro Gomes Ferreira/DF
4ºA:Sérgio Antônio dos Santos/DF

Radiodifusão

Entidades pedem debate sobre concessões da Rede Globo Entidades que defendem a democratização dos meios de comunicação querem a realização de audiências públicas na Câmara para debater as renovações das concessões da Rede Globo, que estão em análise na Casa. A Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais (Abong), a Associação Mundial de Rádios Comunitárias (Amarc), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Federação Interestadual dos Trabalhadores em Rádio e TV (Fitert) e o Coletivo Brasil de Comunicação Social (Intervozes) encaminharam comunicado ao presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara, deputado Walter Pinheiro (PT-BA), pedindo o debate. Atualmente, a comissão analisa quatro propostas de renovação de concessão da Rede Globo nas cidades de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. A quinta renovação de concessão da emissora, para operação na cidade de Recife, foi aprovada na comissão antes do recesso parlamentar. As entidades querem que as demais renovações sejam discutidas publicamente antes de serem votadas, como forma de ampliar o debate sobre o tema. Na avaliação do representante da CUT Antonio Carlos Spis, o debate é importante para informar a população sobre o caráter público das concessões de TV. "A sociedade não percebe que aquela transmissão é uma concessão que ela própria dá, a partir do Congresso Nacional." Spis ressalta que a população não tem idéia de que pode exigir uma grade mais cultural, um direito de resposta em um momento específico. "Ela não se sente com poder e se esquece de que os poderosos constituíram seu poder por meio de um sinal público que ela concedeu." Ato normativo A deputada Maria do Carmo Lara (PT-MG) concorda com a necessidade do debate. A parlamentar foi relatora, no ano passado, do ato normativo que alterou as regras de análise, pela Câmara, das renovações das concessões de rádio e televisão. Maria do Carmo Lara incluiu no ato normativo a possibilidade de, em caráter excepcional, o relator do processo de renovação de concessão requerer a realização de audiência pública para tratar da matéria. "Nós colocamos a possibilidade de se fazer audiência pública quando houver maior dúvida, quando forem apresentadas denúncias de irregularidades, porque é necessário que a população acompanhe mais e fiscalize." Relatores A renovação da concessão da Rede Globo em Belo Horizonte está sendo relatada pelo deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) e a renovação para a cidade do Rio de Janeiro pelo deputado Júlio Semeghini (PSDB-SP). Ambos já apresentaram pareceres favoráveis à aprovação. Os outros dois processos ainda não têm parecer. A renovação da concessão de Brasília será relatada pelo deputado Jorge Bittar (PT-RJ) e a de São Paulo, pelo deputado Bilac Pinto (PR-MG). Os processos devem ser analisados também pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Notícias anteriores: Proposta permite operação provisória de rádio e TV Relatora quer proibir político eleito de dirigir emissoras Relatório propõe mudanças na legislação sobre rádio e TV Câmara fiscalizará com mais rigor concessões de rádio e TV Reportagem - Geórgia Moraes/Rádio Câmara Agência Câmara Tel. (61) 3216.1851/3216.1852 Fax. (61) 3216.1856 E-mail:agencia@camara.gov.br CONSIDERAÇÕES: Não tenho nenhuma procuração para defender a Rede Globo, ela não precisa de minha defesa e se precisasse, eu não seria a pessoa indicada, mais um fato merece ser considerado. Eu não conheço, nunca tive notícias, e desafio quem que já teve, de políticos ou entidades representativas citadas na matéria, que viesse a público se manifestar contra as igrejas ditas "evangélicas" que continuam comprando ou alugando emissoras de rádio e tv, tirando emprego e espaços para a publicidade, para a utilidade pública, entretenimento e prestação de serviço. Por qual motivo eles se omitem? Seria o medo de perder a vaga no paraíso ou medo de perder o voto dos "fiéis"? A concessão só é do povo para a Globo? Para os "evangélicos" ela deixa de ser do povo?

Ituiutaba 1 x 0 Tupi

Estádio da Fazendinha - Ituiutaba - 15h Arbitragem: A:Renato Cardoso Conceição/MG, A1:Márcio Eustáquio Santiago/MG, A2:Rodrigo Otávio Baeta/MG e 4ºA:Cleisson Veloso Pereira/MG Público:820 pagantes, Renda:R$7.905,00 Gol:03-Amarildo, aos 44'do 1ºT Ituiutaba: 1-Leandro Lopes, 2-Carlinhos, 3-Amarildo, 4-André, 5-Zé Maria (14-Dudu,aos 41'do 2ºT), 6-Radar, 7-Machado, 8-Olívio, 9-Marinho, 10-Didi (19-Walderi, no intervalo), 11-Moreno(16-Jesiel,aos 29'do 2ºT). Técnico:Nei da Mata Tupi: 1-Marcelo Cruz, 2-Serginho, 3-Reginaldo, 4-Fernando (16-Rone Cley,aos 27'do 2ºT), 5-Caetano, 6-Jorginho (13-Henrique, aos 16'do 2ºT), 7-Lucas, 8-Sidney, 9-Ademilson, 10-Luizinho(17-Igor,no intervalo), 11-Allan. Técnico: Toninho Moura. Cartões Amarelos: 8-Olívio,aos 18'do 1ºT, 2-Carlinhos, aos 26'do 1ºT, 5-Zé Maria, aos 10'do 2ºT ((Ituiutaba). 4-Fernando, aos 15'do 1ºT e 7-Lucas,aos 15'do 2ºT (Tupi).

Fonte: http://www.fmfnet.com.br/

Futebol - Resultados

Série A
14ª rodada
Botafogo 4 x 0 Atlético-MG
Internacional 2 x 0 São Paulo
Vitória 2 x 0 Náutico
Portuguesa 2 x 2 Flamengo
Coritiba 1 x 0 Ipatinga-MG
Vasco 3 x 3 Fluminense
Cruzeiro 0 x 1 Goiás
Série C
Grupo 2
Cristal-AP 2 x 0 Progresso-RR
Remo 3 x 0 Holanda-AM
Grupo 3
Palmas-TO 1 x 0 Bacabal-MA
Águia de Marabá 1 x 1 Paysandu-PA
Grupo 4
Picos 0 x 0 Barras-PI
Sampaio Correa-MA 2 x 1 Horizonte-CE
Grupo 5
Campinense-PB 6 x 2 Potiguar de Mossoró
Central 0 x 0 Santa Cruz-PE
Grupo 6
Salgueiro 2 x 2 Icasa
Santa Cruz-RN 1 x 0 Treze-PB
Grupo 7
Atlético-BA 4 x 2 Petrolina
ASA 6 x 0 Confiança-SE
Grupo 8
Itabuna 2 x 0 Vitória da Conquista
Sergipe 1 x 0 CSA
Grupo 9
Atlético-GO 3 x 2 Mixto
Operário-MS 1 x 0 Águia Negra-MS
Grupo 10
Anápolis 1 x 0 Itumbiara
Legião 4 x 2 Dom Pedro
Grupo 11
Serra-ES 1 x 2 Paulista
Duque de Caxias 2 x 2 América-MG
Grupo 12
Linhares 0 x 1 Guaratinguetá
Macaé 0 x 0 Boavista-RJ
Grupo 13
Ituiutaba 1 x 0 Tupi
Noroeste 2 x 0 Mirassol
Grupo 14
Linense 1 x 0 Madureira
Guarani 1 x 0 Ituano
Grupo 15
Marcílio Dias-SC 1 x 1 Inter de Santa Maria
Engenheiro Beltrão 2 x 1 Toledo-PR
Grupo 16
J. Malucelli 1 x 1 Metropolitano-SC
Brasil de Pelotas 1 x 0 Caxias

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Série C 2008

Série C tem mais dois classificados e Guaratinguetá é o melhor time da competição Na abertura da quinta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C, nesta quarta-feira à tarde, o mineiro Ituiutaba e o gaúcho Caxias conquistaram a classificação antecipada à fase seguinte. Toledo-PR, Boavista-RJ e América-MG vacilaram e deixaram a definição para a última partida. O Caxias garantiu presença na segunda fase mesmo sem entrar em campo. Isto porque foi beneficiado com o empate entre J.Malucelli-PR e Metropolitano-SC, em 1 a 1, pelo grupo 16. Agora, os dois times ficaram com quatro pontos e só podem chegar à sete. O Caxias já tem oito e joga na noite desta quarta-feira, contra o Brasil-RS.
Gol isolado e valioso
Com um gol isolado do atacante Amarildo, o Ituiutaba bateu o também mineiro Tupi e chegou aos 11 pontos, na liderança isolada do Grupo 13. Noroeste e Mirassol ainda jogam à noite, mas, como a última rodada reserva os encontros entre Mirassol e Ituiutaba e Tupi e Noroeste, a classificação do Ituiutaba já está confirmada. Na lanterna da chave, com quatro pontos, o Tupi precisa torcer por um empate entre Mirassol e Noroeste e ainda bater o time de Bauru no final de semana.
Um pênalti desperdiçado no final do jogo contra o Duque de Caxias, fora de casa, tirou do América a vaga antecipada. Os dois times ficaram no empate, por 2 a 2, que manteve o América na ponta do Grupo 11, com oito pontos. Com o resultado, o Duque de Caxias chegou aos sete pontos.

terça-feira, 22 de julho de 2008

Rádio Record

Zé Bettio, Leão Lobo e Débora Santilli estréiam na Rádio Record
Da Redação A Rádio Record AM (1000 kHz) contratou três novos profissionais: Zé Bettio, Leão Lobo e Débora Santilli.
O programa do Zé Bettio, das 5h às 7h, traz o melhor da música caipira, da música sertaneja, e da "moda de viola", além de falar da cultura caipira do interior de São Paulo, com seus personagens tradicionais: a vaca Mimosa, o jumento Teimoso, o galo Lero Lero e o sapo "Bidú". A estréia está programada para 04/08.
Leão Lobo estréia o Programa Leão Lobo em 02/08, com entrevistas com personalidades do mundo artístico. Sempre aos sábados, das 11h às 13h. O apresentador também fará uma participação nos programas "Paulinho Boa Pessoa", "Mulher Nota 1000" e "Balanço Geral".
A jornalista Débora Santilli também inicia na Record em 02/08. Às segundas, das 22h às 22h30, participa do programa "Balanço Geral", que tem a apresentação de João Ferreira, entrevistando personalidades públicas e do mundo artístico.

Aniversariante de destaque

LÉO BATISTA - 76 anos (João Batista Belinaso Neto, jornalista brasileiro; comanda quadros esportivos na Rede Globo, sendo seu mais antigo apresentador em atividade. Antes de começar no rádio, que era sua paixão na infância, ele trabalhou como entregador de pão, garçom e servente de pedreiro. Em 1952, deixou o interior paulista rumo ao Rio de Janeiro, onde trabalharia na Rádio Globo. E foi aí que ganhou a alcunha artística de Léo Batista. Na verdade, o "Léo" veio do nome de sua irmã, Leonilda. Em 1955, trocou de emprego e se mudou para a hoje extinta TV Rio, onde comandou por 13 anos o Telejornal Pirelli, que foi um dos noticiários de maior sucesso na televisão. Chegou à Rede Globo em 1970 e logo se destacou devido ao seu estilo descontraído. Ele foi um dos que transmitiram o primeiro jogo da carreira de Mané Garrincha, em 1953. Léo Batista é o apresentador mais antigo em atividade na Globo, e foi um dos criadores, em 1978, do programa Globo Esporte, no ar até hoje. Nas décadas de 1980 e 1990 chegou a apresentar o Jornal Nacional, geralmente aos sábados. Seu rosto ainda pode ser visto nas edições de sábado da atração citada (apenas na edição carioca do programa), além de contar os gols da rodada nas transmissões esportivas da Rede Globo. Léo Batista ficou um tempo efêmero na dublagem brasileira, ainda na década de 1960. No entanto, ele deixou sua marca no setor, onde foi o narrador brasileiro original do desenho Super-Heróis Marvel, nos estúdios da Rio-Som, no Rio de Janeiro. Cordeirópolis/Brasil). Fonte: http://tubaraumradioshow.blogspot.com/

Série C 2008 - Arbitragem

Ituiutaba/MG x Tupi/MG Quarta-feira - 23/07 Fazendinha - Ituiutaba - 15h A:Renato Cardoso Conceição A1:Márcio Eustáquio Santiago/MG A2:Rodrigo Otávio Baeta/MG 4ºA:Cleisson Veloso Pereira/MG
Duque de Caxias/RJ x América/MG Quarta-feira - 23/07 Romário S.F. - Duque de Caxias - 15h A:Vinícius Costa da Costa/RS A1:Ediney Guerreiro Mascarenhas/RJ A2:Jackson Lourenço Massarra dos Santos/RJ 4ºA:Pathrice Wallace Correa Maia/RJ
Linhares/ES x Guaratingueta/SP Quarta-feira - 23/07 Conillon - Jaguaré - 15hs A:Elmivam Alves Andrade/MG A1:Gelson Pimentel Rodrigues/ES A2:Adailson Alves Pereira/ES 4ºA:João Luis Oliveira/ES

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Intertv

Crescem as suspeitas de que o grupo Coelho Diniz, de Governador Valadares, estaria vendendo a TV dos Vales para Fernando Camargo, dono da InterTV, afiliada da TV Globo em três estados. Por telefone, dois funcionários confirmaram as negociações e que a emissora está em processo de transição para um novo dono e que dois diretores estão vindos de Governador Valadares e de Montes Claros, cidade-sede da InterTV Grande Minas (de Fernando Camargo), para assumir a nova afiliada da TV Globo a partir do dia 02 de agosto. O caso cria expectativa, pois em anos anteriores a Rede Globo "brecou" a venda da Rede Integração, sua afiliada em Uberlândia, para o dono da EPTV Sul de Minas. Na época, afirmou-se que a emissora carioca não permite que uma mesma pessoa se torne dono de duas afiliadas em um mesmo estado. Por e-mail, o jornalista Flávio Ricco disse que em outros estados já ocorrem exemplos como este: "Não se surpreenda com isto. Concessões no Brasil sempre foi um caso muito complicado. Sei de pelo menos três estados, onde o mesmo dono, tem duas emissoras; uma delas engatada na Globo. Aí é que aparecem os "laranjas" para encobrir "eventuais" irregularidades.

Aniversariantes

GALVÃO BUENO - 21-07-1950 - 58 anos (Carlos Eduardo dos Santos Galvão Bueno, locutor esportivo da Rede Globo e radialista brasileiro que narrou para grande parte da população brasileira momentos relevantes do esporte nacional, como o tetracampeonato e o pentacampeonato da Seleção Brasileira de Futebol, os títulos mundiais e o acidente fatal de Ayrton Senna, além de vários Jogos Olímpico da era moderna. Começou a carreira no rádio paulista em 1974, depois de trabalhar numa fábrica de materiais plásticos. Trabalhou na TV Gazeta, na Rede Record e na Rede Bandeirantes. Seu primeiro trabalho na Rede Globo foi a narração da partida entre o Clube de Regatas Flamengo e o Club Jorge Wilstermann, da Bolívia, pela Copa Libertadores da América de 1981. No ano seguinte, já estava cobrindo sua primeira Copa do Mundo e, logo após o Mundial realizado na Espanha, tornou-se o narrador titular na emissora, com a saída de Luciano do Valle para a TV Record. Em 1992, Galvão deixou a Rede Globo para atuar em outra rede de televisão, a Rede OM (atual CNT), com sede no estado do Paraná, sempre na locução esportiva, na época em que aquela rede se lançava no sentido de alcançar a liderança nacional no segmento. Apesar de algum sucesso nas transmissões da Copa Libertadores da América daquele ano, o projeto não emplacou como se esperava, e no ano seguinte ele estava de volta à Globo. A partir daí, como principal narrador da emissora, atuou nos grandes momentos do esporte nacional, como as copas do mundo de 1994 e de 2002 - vencidas pela Seleção Brasileira de Futebol, os títulos mundiais e o acidente fatal de Ayrton Senna, além de vários jogos olímpicos. Nos últimos anos, já consagrado, Galvão passou a apresentar o programa Bem, Amigos, no canal de televisão a cabo SporTV. Ao mesmo tempo em que é considerado por seus admiradores um ícone da locução esportiva brasileira, Galvão Bueno é criticado pela visão ufanista com que narra qualquer esporte em que o Brasil esteja participando. São freqüentes as ofensas de torcidas brasileiras de futebol ao locutor em jogos em que está presente. Durante a final de basquetebol dos Jogos Panamericanos de 2007, entre aplausos para Oscar Schmidt e Hortência, mais uma vez o locutor foi motivo de escárnio dos torcedores. Dentre as suas paixões esportivas, destacam-se o basquete e o automobilismo, este último herdado por seus filhos Cacá Bueno e Popó Bueno, ambos pilotos da categoria stock car. Rio de Janeiro/Brasil).
AMELINHA -21-07-1950 - 58 anos (Amélia Claudia Garcia Colares, cantora e compositora brasileira. Foi casada com o cantor e compositor Zé Ramalho. Consagrou-se em 1982 cantando o tema "Mulher Nova, Bonita e Carinhosa Faz o Homem Gemer sem Sentir Dor". Nessa época já possuia diversas gravações e alguns discos produzidos por Zé Ramalho. Iniciou a carreira na década de 70 ao lado de outros cantores cearenses como Fagner, Belchior e Ednardo, o grupo ficou conhecido no meio artístico como o pessoal do Ceará. Fortaleza/Brasil); ROBIN WILLIANS - 57 anos (Robin McLaurin Williams, ator e comediante. Casou-se com Valerie Velardi, em 4 de Junho de 1978 e teve um filho. Separou-se e casou com Marsha Garces Williams em 30 de Abril de 1989, e teve dois filhos. Robin Williams ganhou o Oscar na categoria de Melhor Ator Coadjuvante pela atuação em Gênio indomável, em 1997. Chicago/EUA); JACARÉ - 36 anos (Edson Gomes Cardoso Santos, dançarino e ator brasileiro. Começou a ganhar notoriedade após integrar o grupo de axé music É o Tchan!, onde, além de dançarino, é também coreógrafo. Jacaré integra atulamente o elenco do humorístico A Turma do Didi, aos domingos, na Rede Globo. Salvador/Brasil).
MARCO MACIEL -21-07-1940 - 68 anos (Marco Antônio de Oliveira Maciel, político brasileiro, fundador do Partido da Frente Liberal, atual Democratas, ao qual é filiado, com base no estado de Pernambuco e membro da Academia Brasileira de Letras desde 2003. Foi deputado, governador de Pernambuco, senador e vice-presidente da República (de 1995 a 2002). Exerce o cargo de senador de 2003 até 2011. Professor de Direito Internacional Público da Universidade Católica de Pernambuco (licenciado). Presidente da Câmara dos Deputados (1977/1979). Ministro de Estado da Educação e Cultura (1985/1986). Ministro-chefe do Gabinete Civil da Presidência da República(1986/1987), quando assume o mandato de senador. Eleito Presidente do PFL, em 1987. Reeleito senador em 1990, em 1994 é eleito vice-presidente da República Federativa do Brasil. Retornou ao senado, eleito em 2002. Assumiu, em 2007, a presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. Recife/Brasil). Fonte: http://tubaraumradioshow.blogspot.com/

domingo, 20 de julho de 2008

Morre ex-prefeito de BH Célio de Castro

Alexandre Vaz - Portal Uai Morreu neste domingo, no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, o ex-prefeito da capital mineira Célio de Castro, vítima de uma parada cardíaca. Ele foi internado na última sexta, em decorrência de uma arritmia. Segundo os médicos, uma infecção urinária, seguida de uma infecção generalizada, agravaram o quadro clínico do ex-prefeito. Na manhã deste domingo, Célio teve a primeira parada cardíaca por cerca de 1 minuto, mas foi reanimado. Logo em seguida, entretanto, teve nova parada e morreu.
O prefeito Fernando Pimentel divulgou nota, lamentando a morte de Célio de Castro, e declarou luto oficial de três dias. Segundo Pimentel, Célio foi um exemplo de homem público que se dedicou toda a vida aos direitos das pessoas, em especial dos mais humildes. “Um exemplo de dignidade, delicadeza, inteligência e carinho pelas pessoas”, declarou na nota.
O governador Aécio Neves lembrou o humanismo com o qual Célio de Castro marcou sua trajetória, seja como médico ou homem público. Aécio lembrou os tempos em que foi colega do “doutor Célio” nos tempos de Assembléia Constituinte, dizendo que admirava a forma como defendia seus princípios. O Partido dos Trabalhadores (PT) também divulgou nota lamentando a morte.
Trajetória
O médico Célio de Castro nasceu no município de Carmópolis de Minas, em 11 de julho de 1932. Elegeu-se deputado federal em 1986 e vice-prefeito, em 1992, na chapa de Patrus Ananias (PT). Nas eleições de 1996, ficou conhecido como fenômeno das urnas, ao começar a disputa com apenas 2% das intenções de voto e derrotar os dois dos maiores partidos da capital mineira, o PSDB e o PT.
Conhecido como "doutor BH", Célio era conhecido como político que conhecia as necessidades do povo. À frente da administração municipal, trabalhou pela melhoria das condições de saúde da população e enfrentou a crise dos perueiros, quando a PBH proibiu o transporte alternativo nas ruas da cidade.
Em 2001, sofreu derrame cerebral, o que o levou à licença médica e ao afastamento da vida pública. Célio de Castro deixou seu legado político ao vice, Fernando Pimentel, que assumiu a prefeitura em seu lugar.

Futebol - Resultados

Série A
Domingo
13ª rodada
Goiás 3 x 2 Palmeiras
Santos 1 x 0 Sport
Atlético-PR 3 x 1 Vasco
Náutico 1 x 1 Internacional
Atlético-MG 3 x 2 Coritiba
São Paulo 2 x 1 Botafogo
Flamengo 0 x 1 Vitória-BA
Fonte: Uol

Série C 2008

Mirassol 3 x 1 Tupi

O Mirassol continua vivo no Campeonato Brasileiro da Série C. Na tarde deste domingo, jogando no Estádio José Maria Maia, em Mirassol, o time recebeu o Tupi-MG, e em uma partida vibrante, conseguiu vencer de virada, por 3 a 1, e ainda mantém chances de se classificar para a próxima fase.

Com a vitória, o Mirassol chegou quatro pontos e ainda tem grandes chances de conseguir a classificação à próxima fase, assumindo a terceira posição.

O Tupi se mantém com quatro pontos, na última colocação.

Próximos jogos:
Na próxima rodada, o Mirassol volta a campo na quarta-feira, para encarar o Noroeste, às 20h30, em Bauru.
O Tupi no Pontal, contra o Ituiutaba, às 15 horas.
Ficha Técnica
Mirassol 3 x 1 Tupi-MG
Local: Estádio José Maria Maia, em Mirassol-SP
Público: 242 pagantesRenda: R$ 2.205,00
Árbitro: Odair João Mattos-ES
Cartões amarelos: Muller, Acleisson e Neto Mineiro (Mirassol); Caetano, Robson, Roniclei, Ademilson e Índio (Tupi)
Gols: Cascata aos 2’/2T, Acleisson aos 27’/2T e Neto Mineiro aos 45’/2T (Mirassol); Índio aos 36’/1T (Tupi).
Mirassol-SP:
Alexandre Favaro (Carlos César); Diogo, Erivelton e André Turato; Ronaldo (Müller), Acleísson, Guilherme, Vina e Galego (Cascata); Nei Mineiro e Neto Mineiro.
Técnico: Roberval Davino.
Tupi-MG:
Marcelo Cruz; Serginho, Reginaldo, Fernando e Jorginho; Lucas, Caetano, Robson (Roniclei) e Luizinho (Léo Salino); Ademílson e Índio (Igor). Técnico: Toninho Moura.

Série C 2008

Três times garantem matematicamente vaga na 2ª fase
Encerrada a primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série C, três equipes podem comemorar a classificação antecipada à segunda fase. Uma delas é de São Paulo. É o Guaratinguetá, que derrotou o Boavista-RJ, fora de casa e chegou aos 10 pontos, se isolando na ponta do Grupo 12.
Os outros dois times são do Grupo 6, o único em que os dois classificados já estão definidos. Salgueiro-PE e Icasa-CE atropelaram Santa Cruz-RN e Treze-PB e chegaram aos 10 pontos, contra apenas um dos outros dois times. Desta forma, garantiram presença na segunda fase com duas rodadas de antecedência.
Confira a 4ª :
Grupo 1
Rio Branco-AC 2 x 5 Luverdense-MT
Grupo 2
Holanda-AM 2 x 0 Cristal-AP
Progresso-RR 0 x 1 Remo-PA
Grupo 3
Bacabal-MA 1 x 2 Águia-PA
Paysandu-PA 2 x 1 Palmas-TO
Grupo 4
Barras-PI 1 x 0 Horizonte-CE
Sampaio Corrêa-MA 0 x 0 Picos-PI
Grupo 5
Santa Cruz-PE 2 x 0 Potiguar-M-RN
Campinense-PB 0 x 1 Central-PE
Grupo 6
Icasa-CE 2 x 0 Treze-PB
Santa Cruz-RN 0 x 2 Salgueiro-PE
Grupo 7
Confiança-SE 3 x 0 Petrolina-PE
Atlético-BA 0 x 0 ASA-AL
Grupo 8
CSA-AL 1 x 3 Vitória da Conquista-BA
Itabuna-BA 2 x 1 Sergipe-SE
Grupo 9
Atlético-GO 3 x 0 Operário-MS
Águia Negra-MS 0 x 1 Mixto-MT
Grupo 10
Dom Pedro-DF 0 x 0 Itumbiara-GO
Anápolis-GO 2 x 0 Legião-DF
Grupo 11
América-MG 1 x 0 Paulista-SP
Serra-ES 2 x 0 Duque de Caxias-RJ
Grupo 12
Linhares-ES 2 x 2 Macaé-RJ
Boavista-RJ 1 x 3 Guaratinguetá-SP
Grupo 13
Mirassol-SP 3 x 1 Tupi-MG
Ituiutaba-MG 4 x 1 Noroeste-SP
Grupo 14
Ituano-SP 4 x 2 Madureira-RJ
Linense-SP 0 x 1 Guarani-SP
Grupo 15
Toledo-PR 2 x 1 Inter SM-RS
Marcilío Dias-SC 2 x 0 Engenheiro Beltrão-PR
Grupo 16
Caxias-RS 3 x 0 Metropolitano-SC
J. Malucelli-PR 0 x 0 Brasil-RS

Série C 2008

Mirassol e Tupi
Em último lugar do Grupo 13, com apenas um ponto e ainda sem vencer, o Mirassol recebe o Tupi-MG, neste domingo, às 16 horas, no Estádio José Maria de Campos Maia, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O Leão estréia o técnico Roberval Davino, e precisa vencer para não ser eliminado precocemente.
Já o Tupi-MG, que conseguiu sua primeira vitória na última rodada, justamente sobre o Mirassol, também precisa dos três pontos para compensar os pontos perdidos em casa no empate com o Ituiutaba-MG, na segunda rodada.
Ficha Técnica
Mirassol-SP x Tupi-MG
Local: Estádio José Maria Maia, em Mirassol-SP
Data: 20/07/08 (domingo)Horário: 16 horas
Árbitro: Odair João Mattos-ES
Mirassol:
Alexandre Fávaro; Diogo, Erivelton e André Turato; Ronaldo, Acleísson, Guilherme, João Gabriel e Galego; Nei Mineiro e Neto Mineiro.Técnico: Roberval Davino.
Tupi-MG:
Marcelo Cruz; Serginho, Reginaldo, Fernando e Jorginho; Lucas, Caetano, Marquinhos Alagoano e Luizinho; Ademílson e Índio. Técnico: Toninho Moura.
Ituiutaba 4 x 1 Noroeste
O Noroeste não resistiu à pressão do Ituiutaba-MG e perdeu para o time mineiro, por 4 a 1, na manhã deste domingo, em jogo válido pela quarta rodada do Grupo 13 do Campeonato Brasileiro da Série C. A goleada custou ao Norusca a perda da liderança da chave.O clube de Bauru estacionou nos cinco pontos, na segunda colocação, perdendo a ponta para o próprio Ituiutaba, que chegou aos oito. Agora, o Norusca torce para que o Mirassol vença o Tupi-MG na tarde deste domingo para não ser ultrapassado pelo Galo Carijó e se manter na vice-liderança do grupo.
Linense 0 x 1 Guarani
O Guarani assumiu a liderança isolada do Grupo 14 do Campeonato Brasileiro da Série C ao vencer o Linense, por 1 a 0, neste domingo cedo, no Estádio Gilbertão, na cidade de Lins. Na abertura do returno da primeira fase, o time campineiro agora tem sete pontos, contra quatro do adversário.
Ituano e Madureira, que jogam à tarde em Itu, também têm quatro pontos cada.O gol da vitória bugrina foi marcado por Dairo, aos 36 minutos do segundo tempo. Com este resultado, o Guarani devolveu a derrota sofrida em casa, por 1 a 0, na semana passada, para o próprio Linense.

Fórmula 1 - GP da Alemanha

Nelsinho e Massa sobem ao pódio Hamilton venceu o GP da Alemanha de Fórmula 1.
Hamilton dá mais um show, vence, e Nelsinho é segundo na Alemanha Inglês se recupera após pit stop e abre vantagem no Mundial
Lewis Hamilton deu mais um show e venceu o GP da Alemanha, disputado neste domingo, em Hockenheim. O inglês se recuperou muito bem mesmo com um pit stop tardio, após a entrada do safety car por causa do acidente de Timo Glock. Nelsinho Piquet se aproveitou da bandeira amarela e assegurou um segundo lugar brilhante após largar em 17º.
Felipe Massa chegou na terceira posição após tentar mudar a estratégia durante a entrada do safety car. O brasileiro da Ferrari fez seu pit stop e levou vantagem em relação a Hamilton, que não parou. No entanto, o piloto da McLaren tinha um ritmo mais rápido e fez a ultrapassagem a dez voltas do fim. Hamilton tomou a posição de Nelsinho três voltas depois. O feito dos brasileiros encerrou um jejum de 13 anos sem dois pilotos do país no mesmo pódio - o último foi na Bélgica, em 1991, com Senna em primeiro e Nelson Piquet em terceiro.
A próxima etapa da temporada 2008 da Fórmula 1 será disputada no dia 3 de agosto no circuito de Hungaroring. Lewis Hamilton chegará no GP da Hungria na ponta do Mundial de Pilotos, quatro pontos à frente de Felipe Massa, o segundo. Kimi Raikkonen, que estava empatado com os dois, está agora a sete da liderança.
Fonte: G1

sábado, 19 de julho de 2008

Futebol - Resultados

Série A
Fluminense 1 x 0 Figueirense
Grêmio 1 x 0 Cruzeiro
Ipatinga 4 x 1 Portuguesa
Série B
12ª rodada
Sexta-feira
Brasiliense-DF 1 x 2 Paraná Clube
Bragantino 0 x 2 Criciúma
Vila Nova-GO 2 x 2 Santo André
Sábado
Corinthians 0 x 1 Bahia
Fortaleza 0 x 3 Ponte Preta
América-RN 3 x 0 Marília
Série C
Grupo 12
Linhares 2 x 2 Macaé

Fórmula 1 - GP da Alemanha

Hamilton rouba pole de Massa no fim Brasileiro vinha com melhor tempo até últimos segundos da sessão
LANCEPRESS! O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, garantiu nos instantes finais do treino de classificação a pole position para o GP da Alemanha de Fórmula 1, cuja largada será neste domingo às 9h de Brasília. O inglês superou o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, que vinha com o melhor tempo até poucos segundos para o término da sessão na pista de Hockenheim.
A segunda fila terá outra McLaren, de Heikki Kovalainen, e a Toyota de Jarno Trulli. Kimi Raikkonen, da Ferrari, largará apenas na sexta posição, ao lado do espanhol Fernando Alonso, da Renault, o quinto colocado.
Os demais brasileiros não foram bem. Nelsinho Piquet e Rubens Barrichello foram eliminados logo na primeira parte da sessão e largarão respectivamente em 17º e 18º lugares.

Morre Dercy Gonçalves aos 101 anos

Ela estava internada no Hospital São Lucas, em Copacabana. A atriz era famosa por suas entrevistas irreverentes.
A atriz Dercy Gonçalves, de 101 anos, morreu às 16h45 deste sábado (19/07) no Hospital São Lucas, em Copacabana, Zona Sul do Rio. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, Dercy foi internada na madrugada deste sábado, com um quadro de pneumonia comunitária grave, que evoluiu para insuficiência respiratória.
Carreira Ainda jovem, em 1927, ela desafiou padrões da época ao fugir de casa atrás de uma companhia de teatro. Ela começou a carreira cantando, mas depois perdeu a voz. Ela trocou seu nome de batismo, Dolores Costa Bastos, para tornar-se Dercy Gonçalves, uma atriz da época do teatro rebolado e das chanchadas.
Dercy também passou pela televisão e foi uma das primeiras contratadas da Rede Globo, onde estrelou os dois primeiros programas de sucesso da emissora no horário nobre. Em 1989, fez o papel da mãe da rainha na novela “Que Rei Sou Eu?”.
Em 1991, aos 84 anos, sofreu um acidente de carro e quebrou a bacia. Ainda se recuperando, foi para a Marquês de Sapucaí com os seios à mostra, homenageada no enredo da Unidos da Viradouro (em 2004, voltou a ser destaque, dessa vez no carro da Salgueiro).
Também em 1991, passou por uma cirurgia por conta de uma úlcera e de um tumor. Em 1992, participou da novela "Deus nos acuda", fazendo o papel de anjo da guarda nada convencional da personagem de Cláudia Raia. A atriz, que ameaçou posar nua aos 90 anos, não gostava de água, nem a do mar.
Ela mandou construir seu túmulo - com formato de pirâmide, já concluído - em Santa Maria Madalena, sua cidade natal. Lá também fica o museu Dercy Gonçalves, com diversas peças da atriz, como chapéus, bolsas, perucas, sapatilhas, bijuterias, troféus, cartazes, programas, entrevistas, fitas de vídeo, textos, jornais, revistas e fotos.
Fonte: G1

Operação Pasárgada

Bejani recebia R$ 1,2 mi mensal de propina, aponta PF Ricardo Miranda ENVIADO ESPECIAL
Belo Horizonte - Quando o delegado Mário Veloso revelou, na última terça-feira, que a situação de Juiz de Fora era muito grave, ele se referia a um esquema generalizado de corrupção que rendia ao ex-prefeito Alberto Bejani (PTB) R$ 1,2 milhão mensal referente a pagamento de propina. O terceiro relatório parcial do inquérito da Operação Pasárgada, previsto para ser concluído na próxima semana, vai trazer todos os indícios de fraudes em contratos celebrados por várias empresas com a PJF. Como o material é farto e ainda não foi todo analisado pelos investigadores, apenas parte dos recursos repassados ao ex-prefeito em troca de vantagens já foi comprovada. Além da Polícia Federal, a CGU e os ministérios Público Estadual e Federal estão trabalhando na perícia dos documentos. O delegado espera que até o fim do ano o inquérito seja concluído. No entanto, como os relatórios parciais estão sendo entregues ao TRF, os envolvidos até agora já podem ser denunciados pela Procuradoria Geral da República.
Pouco mais de três meses após ser deflagrada a Operação Pasárgada, o que ainda causa certo espanto à PF é o esquema montado e encabeçado pelo Grupo SIM. De acordo com os investigadores, o lobista Paulo Sobrinho de Sá Cruz, apontado por certo tempo como líder da quadrilha, figura, na verdade, um escalão abaixo de Sinval Drumond, diretor do Grupo SIM. Nesse contexto, Juiz de Fora ganha destaque por ser considerada pelos próprios envolvidos com a “menina dos olhos”. Os valores repassados à empresa pela PJF - R$ 12,6 milhões - aparecem com freqüência nos depoimentos e nas escutas telefônicas. Apenas esse contrato, conforme a PF, levava todos mês para o bolso de Bejani R$ 100 mil. Fora isso, o Grupo SIM era acionado pelo ex-prefeito repetidas vezes para solucionar problemas financeiros de aliados e amigos.
Como não bastasse o envolvimento com a PJF, Grupo SIM já se preparava para abocanhar um contrato com a Câmara de Juiz de Fora no valor de R$ 700 mil por ano. A PF não tem mais dúvidas de que o negócio só não foi concluído por conta da deflagração da Operação Pasárgada no dia 9 de abril. Seria esse entendimento prévio com a turma de Sinval Drumond o principal motivo de o presidente licenciado da Casa, Vicente de Paula Oliveira (Vicentão, PTB) ter sido indiciado por formação de quadrilha e corrupção ativa. Ele, no entanto, nega tal intenção de acordo. Em sua defesa, o presidente licenciado confirmou que chegou a ouvir a proposta do Grupo SIM, mas a Procuradoria da Câmara teria se posicionado de forma contrária. De acordo com alguns vereadores, o contrato só não foi celebrado por conta de deficiência de saldo nas contas da Casa. Outro agravante seria o fato de que o mesmo serviço oferecido pelo Grupo SIM ser prestado por outra empresa que cobrava R$ 22 mil por ano.
A discrepância nos valores da equipe de Sinval Drumond em relação a outros prestadores de serviços da mesma natureza é tamanha que os investigadores não entendem ou consideram no mínimo estranho que o Ministério Público de Minas e o TCE nada tenham feito nos últimos anos para conter os desmandos. Mesmo agora, após as revelações, e ainda com a prisão de Sinval e Aquino, nenhuma providência foi tomada. O caso de Juiz de Fora é considerado emblemático. Após a CPI da Câmara confirmar, com base no inquérito da Operação Pasárgada, os danos causados ao município pelo esquema, a empresa ainda permanece prestando serviços normalmente para a PJF. O prefeito José Eduardo Araújo justifica a manutenção do contrato pela dificuldade de encontrar outro sistema para manter a máquina. O contrato da PJF com o Grupo SIM termina em novembro.
Leon Gilson depõe na PF, e Nininha será ouvida na 2ª
Já no início da tarde, o ex-procurador da PJF, Leon Gilson Alvim, também prestou depoimento, mas na condição de testemunha. Ele conversou com o delegado por cerca de duas horas. Na saída, informou apenas que havia colaborado com as investigações. Na segunda-feira, será a vez da ex-secretária de Saúde e Governo, Maria Aparecida (Nininha) Soares ser interrogada. O depoimento estava previsto para a última quinta-feira, mas ela acabou não comparecendo, alegando não ter tomado conhecimento da intimação. Ontem, o delegado confirmou a nova data para ouvir Nininha.
A ex-secretária deverá ser a última pessoa de Juiz de Fora a ser ouvida antes do término do terceiro relatório parcial. Nessa fase das investigações, serão apresentadas as investigações feitas até o momento a respeito do Grupo SIM - Instituto de Gestão Fiscal, o TCE e a PJF. O delegado não informou quantos envolvidos serão indiciados, bem como o valor movimentado. De acordo com a Polícia Federal, os investigados nessa parte do inquérito interagem num esquema de favorecimentos em troca de pagamento de propina. Com base em provas testemunhais, documentais e digitais, o relatório mostra o desinteresse do TCE de julgar ações contrárias ao Grupo SIM no que diz respeito à sua contratação com dispensa de processo licitatório. No caso de Juiz de Fora, os investigadores citam uma denúncia protocolada no tribunal pelo vereador Bruno Siqueira (PMDB) em maio de 2007, onde ele questiona o contrato milionário da Gestão Bejani com a empresa de Sinval Drumond. Passado um ano, a denúncia não teve nenhuma movimentação no TCE.
Cúpula do TCE é indiciada por corrupção e quadrilha
Depois de muitas idas e vindas, o delegado Mário Veloso finalmente conseguiu, na manhã de ontem, interrogar os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Elmo Braz, Wanderley Ávila e Antônio Carlos Andrada. Os três, no entanto, recorreram à prerrogativa de só se pronunciarem em juízo. A atitude não impediu que todos fossem indiciados por formação de quadrilha, corrupção passiva e prevaricação.
Ontem, após ser interrogado, Antônio Carlos Andrada, que é corregedor do Tribunal de Contas do Estado, falou com a imprensa. Ele criticou o indiciamento por não saber os motivos que levaram o delegado a tomar tal decisão.
Para o conselheiro, a forma como o processo foi conduzido lembra a ação dos nazistas na Alemanha de Hitler. “Estou sendo indiciado sem saber sobre os motivos. Isso não é próprio do regime democrático. Permanecemos calados no depoimento como forma de protesto”, criticou Andrada.
Morosidade
Em relação à morosidade para avaliar a denúncia relacionada a Juiz de Fora, ele recorreu à falta de estrutura do órgão para fazer diligências, que acabam sendo feitas por cartas. Quanto à suposta liberação de certidões negativas para prefeituras ligadas ao Grupo SIM - Instituo de Gestão Fiscal, Antônio Carlos Andrada argumentou que até hoje não apareceu nenhum documento forjado e que o sistema do Tribunal de Contas de Minas para emissão desse tipo de documento é eficiente. Fonte: Tribuna de Minas
Dá nojo, causa náuseas, sensação de impotência, culpa por praticar a honestidade.
Tem culpados? Tem sim, o eleitor, que num ato de irresponsabilidade, apostou "no quanto pior, melhor". Politiqueiros carreiristas que patrocinaram o caos, ou arregaçando as mangas ou se omitindo, para que após quatro anos, voltassem como "os salvadores da pátria". Parte da imprensa que de olho na verba publicitária da prefeitura e nos cargos de altos salários para parentes e apadrinhados, se omitiu, legislando em causa própria. A igreja e as autoridades públicas também contribuiram com o silêncio.
Só nos restam, as pessoas de bem, os muros das lamentações e a certeza de que Juiz de Fora viveu quatro anos de retrocesso.
Lamentável! Profundamente lamentável!