terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Um nome que marcou época na comunicação

Orlando Baptista (Orlando Baptista das Chagas) nasceu no bairro da Saúde, região central do Rio de Janeiro, em 11 de julho de 1928.

Família
Filho de João Baptista das Chagas, Rosália Felisbina Baptista das Chagas (ambos catarinenses de Florianópolis) e irmão de Oswaldo Baptista das Chagas e Maria Tereza Baptista das Chagas. Casado com Lindalva Baptista das Chagas* (1925/1994) e pai do jornalista e advogado Luiz Orlando Batista das Chagas.
*Lindalva Baptista das Chagas era cantora do "Programa do Guri" onde conheceu Orlando Baptista e amiga de Dolores Duran (1930/1959), nome artístico de Adiléia Silva da Rocha.

Estudos/Formação
Estudou nos colégios Vera Cruz e São Bento e formou-se em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Carreira
Radialista/jornalista/cantor, iniciou carreira cantando na Rádio Tupi do Rio de Janeiro, posteriormente, tornou-se locutor esportivo na Rádio Mauá. O ápice da carreira foi na Rádio Nacional.  Apresentou a "Turma do Bate-Papo", nas rádios Mauá e Nacional

TVs
Continental (prova dos 9), Globo (mesa Facit), Excelsior (o povo pergunta), TV Rio (Ducal nos esportes) e Record (camisa 9). 

Copas do Mundo
Transmitiu 14 Copas do Mundo. 

Japão
Transmitiu com exclusividade para o rádio brasileiro, em Tóquio, em 09 de janeiro em 1973, com vitória título do pugilista brasileiro, a luta de Miguel de Oliveira ( nascido em São Manuel-SP, em 30 de setembro de 1947) com Koishi Wagima (nascido em  Shibetsu-JP, em 21 de abril de 1943),brasileiro.

Orlando Baptista morreu no Rio de Janeiro, aos 83 anos, em  26 de janeiro de 2012.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Um nome que marcou época na comunicação

Cézar Rizzo nasceu em Vitória, a capital capixaba em 1935.
Atleta
Foi goleiro do Vitória de 1955 a 1957.
Carreira
Radialista (locutor esportivo), Iniciou carreira em 1959 na Rádio Capixaba de Vitória. Trabalhou nas rádios Espírito Santo e Vitória, além da TV Vitória.
Outras emissoras
Rádios Itatiaia e Guarani (Belo Horizonte), Poti (Natal), Sociedade (Salvador), Tupi (São Paulo), Vera Cruz, América, Tupi, Globo, Jornal do Brasil, Nacional, Tamoio, Tropical, Brasil e Manchete (Rio de Janeiro).
Copas do mundo
1982 (Espanha), 1986 (México), 1994 (Estados Unidos) e 1998 (França).
Olimpíadas
Moscou (1980)
Volei
Mundial de Volei masculino na Argentina.
Fórmula1
Transmitiu 50 grandes prêmios de fórmula um, todos in loco.
Cézar Rizzo morreu em Niterói, na região metropolitana do Rio em 21 de janeiro 2018.
Obs: É nome de rua na Vila Pinheiro, região de Pendotiba, em Niterói.


sábado, 16 de janeiro de 2021

Foto histórica

Uberlândia 2 x 3 São Paulo
(06/12/1959)
Dimas, De Sordi*, Raul e Mauro*
*De Sordi (1931/2013) lateral direito, nascido em Piracicaba-SP, campeão mundial pela seleção em 1958)
*Mauro Ramos de Oliveira (1930/2002). nascido em Poços de Caldas-MG, bi campeão mundial 1958/1962.

Gente de Expressão

Luiz Orlando Baptista (Luiz Orlando Baptista das Chagas) nasceu no Hospital da ABI (Academia Brasileira de Imprensa), no centro do Rio de Janeiro, em 16 de janeiro de 1954.

Família
Filho de Orlando Baptista das Chagas (1927/2012) e Lindalva Baptista das Chagas (1925/1994), casado desde 18 de maio de 1978 com Laides Baptista. Pai de três filhos: Maxmillian, Jenniffer e Kathyleen e avô de quatro netos: Luanna, Raphaella, João Gabriel e Victória. 

Estudos
Estudou no tradicional Colégio de São Bento por 10 anos, sendo o primeiro aluno da classe.

Formação
Formado em Direito pela Faculdade Nacional de Direito.

Carreira
Jornalista esportivo, 

Rádio
Mauá, América/Antena 1, Continental/Capital, Nacional, Bandeirantes, Manchete e Olho Vivo/Real FM.

TV
TVE/TV Brasil e TV Record

Jornal
Jornal dos Sports, 

Coberturas
Cobriu 07 copas do mundo em uma olimpíada (Barcelona).

Premiações
46 prêmios conquistados, com destaques para:
- Óscar concedido pela FERJ como melhor de rádio/jornal/TV de 1977
- Comenda da ordem JK.

Carnavalesco
Fundador e primeiro secretário geral da LIESA (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) e presidente da Escola de Samba Unidos de Lucas.

Foto histórica

 Carlos Ferreira (e) e Gérson (d)

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Notável personalidade

Gerson, o canhotinha de ouro (Gérson de Oliveira Nunes)  nasceu em Niterói, em 11 de janeiro de 1941.

Atleta
Começou a sua carreira nas categorias do Canto do Rio em 1957, em 1958 foi para a base do Flamengo, onde depois em 1959 tornou-se profissional, marcando 153 jogos e 86 gols, depois atuou pelo Botafogo, em 248 jogos e 96 gols. No São Paulo fez 75 jogos e marcou 12 gols, e por fim, no Fluminense  realizou 54 partidas e fez  04 gols. Com a camisa do Brasil disputou 96 jogos e marcou 28 gols.


Títulos
Campeão Mundial em 1970 com a seleção brasileira, campeão do Rio-São Paulo 1961 e carioca em 1963 pelo Flamengo.  No Botafogo foi campeão da taça Guanabara de 1967 e 1968, Carioca de 1967 e 1968, brasileiro em 1968 e do torneio de Caracas em 1968. Campeão Paulista pelo São Paulo em 1970 e 1971 e campeão Carioca em 1973 pelo Fluminense.

Comunicação
Após encerrar carreira tornou-se comentarista esportivo, tento atuado na TV Globo e na TV Bandeirantes, nas rádios Globo, Bradesco, Transamérica e atualmente está na Tupi.

Foto histórica

 Gerson em Matias Barbosa

Em pé: Tito, Gerson, Marcello (in memoriam) e agachados: Odomar e Aquino

domingo, 10 de janeiro de 2021

Notável personalidade

Leda Nagle (Leda Maria Linhares Nagle) nasceu em Juiz de Fora, em 05 de janeiro de 1951.

Família
Filha de Amim Nagle* (1916/1991) e Maria Araci Linhares Nagle (1926/2008), mãe do ator Duda Nagle (Eduardo Nagle Marques, nascido no Rio de Janeiro em 17 de maio de 1983) e prima do jornalista Fernando Gabeira (Fernando Paulo Nagle Gabeira (nascido em Juiz de Fora em 17 de fevereiro de 1941).

Formação
Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Carreira
Iniciou carreira artística como atriz no grupo de teatro "Divulgação", de Juiz de Fora.  

Rio de Janeiro
Na TV Globo iniciou como entrevistadora no "Jornal Hoje", passando posteriormente a apresentadora, sendo a segunda âncora que mais tempo comandou o JH. A primeira foi a jornalista Sandra Annemberg.
Trabalhou na TV Manchete, SBT e TVE/Rede Brasil, com destaque para a apresentação do programa de entrevistas "Sem Censura", atração que apresentou por 20 anos, de 1996 a 2016. Atualmente é editorado portal www.ledanagle.com.br

*Amim Nagle (que é nome de rua no bairro Jardim das Pedras Preciosas, região sudeste de Juiz de Fora) nasceu em Manhuaçu-MG, em 05 de setembro de 1916. Filho de Nacif Luiz Nagle e Fadua Chequer Abdala Nagle. Foi casado com Maria Araci Linhares Nagle (1926 /2008) e pai de três filhas: Leda, Iara e Adriana. Foi comerciante, bancário e gerente do Banco do Planalto e do Banco Nacional de Minas Gerais. Torcedor do Tupi, dirigiu equipes de basquete do Olímpico Atlético Clube e fundou o IARA, time de futebol de salão, cujo clube ele o homenageou, dando o nome de Iara a sua segunda filha. Amim Nagle morreu em Juiz de Fora, aos 74 anos, em 22 de agosto de 1991. 

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Notável personalidade do samba

Zezé do Pandeiro (José Almada Moreira), nasceu em Juiz de Fora em 08 de janeiro de 1944. 

Família 
Filho do José Eletricista da dona Dulce e pai de sete filhos. Militar da reserva do Exército, sambista (cantor;/compositor/panderista), nascido no bairro Costa Carvalho e criado no São Benedito, sede da escola de Samba Castelo de Ouro, fundada por Euclides Manoel (1914/2011) e Orlando dos Reis. 

Compositor
Autor de vários sambas-enredo gravados, entre eles "Festas folclóricas" (com Biné), "Zumbi Rei Negro dos Palmares" (com Roberto Medeiros e Flavinho da Juventude), "Festa no mar para Neturno"(com Walter de Paula). Festas folclóricas (c/ Bené) Trabalhadores do Brasil à época de Getúlio Vargas (c/ Edinel, Ailton, Edinho Leal e Amilton) No ano de 1977 a Escola de Samba Unidos dos Passos foi campeã com o samba-enredo "Exaltação ao Rio São Francisco", de sua autoria em parceria com Walter de Paula, Hegel Pontes e João Leonel. Neste mesmo ano, Elza Soares, no LP "Pilão + raça = Elza", pela CBS, gravou o samba "Exaltação ao Rio São Francisco". Outro samba-enredo de sua autoria que obteve sucesso na avenida foi "Trabalhadores do Brasil à época de Getúlio Vargas", em parceria com Edinel, Ailton, Edinho Leal e Amilton, com o qual o Grêmio Recreativo e Escola de Samba Portela desfilou no ano 2000, classificando-se em 10º lugar no Grupo Especial.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Gente de Expressão

Marcos Niemeyer (Marcos Dias de Melo Niemeyer) nasceu em Belo Horizonte, em 27 de julho de 1956.


Família
Filho de José Tecchio e Luzia Dias Duarte de Melo (ambos falecidos).

Governador Valadares
Passou a infância e adolescência em Governador Valadares, no Leste mineiro, onde ouvia no rádio da vizinha Dona Naná Lagares (in memoriam) as novelas e programas de auditório da Rádio Nacional do Rio de Janeiro. 

Rio de Janeiro
Aos 17 anos foi para o Rio, onde iniciou sua carreira na área da comunicação como office-boy na antiga TV Educativa, TVE, atualmente TV Brasil.

Na mesma emissora também atuou como operador de telecine. Frequentava naquela época a Rádio Nacional para assistir programas feitos ao vivo, onde conheceu inúmeros artistas e comunicadores, dentre os quais Sérgio Chapelin — então funcionário do Banco Estado da Guanabara (BEG) e noticiarista da emissora da Praça Mauá — que o estimulou em aperfeiçoar a dicção, pois via no mesmo um futuro profissional da voz.

Fez teste de locução na TV Globo (Canal 4) e foi contratado como locutor de cabine, permanecendo na emissora do Jardim Botânico por quase cinco anos. 

Rádio
Trabalhou como apresentador/redator nas rádios Cultura (Belo Horizonte), Ibituruna (Governador Valadares), Sociedade, Excelsior e CBN (Salvador), correspondente do Sistema Globo de Rádio em Salvador, Rádio Globo e Excelsior (São Paulo) e Rádio Itatiaia do Vale do Aço.

Estudos
Cursou Comunicação Social com habilitação em jornalismo na Universidade Católica de Salvador (UCSal).

Atualmente vive em Goianá, na região de Juiz de Fora, e com a produção musical de Carolina Julião, apresenta o “Momento MPB”, programa radiofônico independente apresentado toda sexta-feira, às oito da noite, na plataforma digital Mixcloud (https://www.mixcloud.com/momentompb). 
Com bons índices de audiência, a atração tem por objetivo resgatar, valorizar e divulgar a música brasileira de qualidade, incluindo seus novos talentos e canções instrumentais. 

sexta-feira, 1 de janeiro de 2021

Eleições - 2021-2024

Odeemes Braz (Odeemes Braz dos Santos) nasceu em Ituiutaba em 03 de fevereiro de 1970.  

Família
Filho de Orivaldo Divino dos Santos e Maria Trindade dos Santos, casado com Mara Ferreira e pai de dois filhos: Leonardo Henrique Ferreira Santos (formado em engenharia de produção) e Odeemes Braz dos Santos Júnior (formado em história). 

Profissão
Radialista (locutor esportivo) trabalhou no Sistema Cancella de Comunicação e na Rádio Difusora. 

Nomes relevantes com os quais trabalhou
Pereira Lisboa (in memoriam), Edmar Mariano, o Timburé (1960/2018) e Maurício Rocha. 

Futebol
Narrou todos os jogos do Ituiutaba Esporte (atual Boa Esporte), desde o início do projeto para profissionalização de 1994 a 2010, Copa Triângulo, Copa Amvap, campeonato mineiro da segunda divisão, Módulo II, taça Minas, brasileiro da série C. 
Narrou os jogos da Ituiutabana, da qual foi presidente,  na segunda divisão do mineiro e Módulo II.  

Eleições 2020
Reeleito vereador pelo  PL (Partido Liberal) para o segundo mandato, com 739 votos.

Eleições - 2021/2024

Adeilton José (Adeilton José da Silva) nasceu em Ituiutaba em 19 de março de 1977.  

Profissão

Radialista (locutor esportivo) trabalha no Sistema Cancella de Comunicação de Ituiutaba.

Eleições 2020
Eleito vereador em Ituiutaba pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro) no pleito de2020, com 657 votos. 

Eleições - 2021/2024

Ívson Gomes de Castro nasceu em João Pinheiro, no Noroeste de Minas, em 30 de maio de 1981.

Família
Casado com Katheryne Moura.

Carreira
Ex-atleta profissional (zagueiro), atuou no Democrata (Sete Lagoas) e Tupi (Juiz de Fora).

Política
Eleito vereador em 2020 em Sete Lagoas, pelo Cidadania, com 1.588 votos.

Eleições - 2021/2024

Fábio Rocha (Fábio Benedito Rocha) nasceu em Faria Lemos em 02 de dezembro de 1955.

Profissão
Radialista (comentarista esportivo) na Rádio Mais FM de Carangola e Representante Comercial no Laticínio Cortez, de Faria Lemos.

Política
Foi vereador em Faria Lemos no período 2005/2008, vice-prefeito em duas gestões, 2009/2012 e 2017/2020. Em 2020, foi eleito vereador pelo PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), com 235 votos, o mais votado.

Eleições - 2021/2024

Flávia Alves (Flávia Helena Dias Ferraz Alves) nasceu em Descoberto em 16 de outubro de 1976.

Família
Filha de Hermínio Dias Ferraz e Dinaura Helena Luciano Ferraz, casada com Adriano Alves e mãe da fisioterapeuta Gabrieli Aparecida Ferraz Alves e do professor Guilherme Ferraz Alves.

Profissão
Professora na prefeitura de Descoberto.

Serviço social
Componente da diretoria do Asilo e abrigo "São Francisco de Assis".

Eleições 2020
Vereadora eleita mais votada de Descoberto, pelo PDT (Partido Democrático Trabalhista) com 240 votos (terceira mais votada no geral).

Eleições - 2021/2024

Juninho Guelber (João Batista Neves Guelber Júnior) nasceu em Belo Horizonte, em 16 de março de 1983.

Família
Filho de João Batista Neves Guelber e Geralda Ivone Ribeiro Guelber, irmão de Adriana Cristina Ribeiro Guelber.

Guarani/Juiz de Fora
Aos dois anos de idade mudou com a família para Guarani, posteriormente para Juiz de Fora. Retornando a Guarani.

Formação
Formado em Educação Física pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo), campus de Juiz de Fora, turma de 2007.

Arbitragem
Foi árbitro da Liga de Futebol de Juiz de Fora (LFJF ), da  Liga Juizforana de Futsal (LJFS), da Federação Mineira de Futebol (FMF) e da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG) modalidade futsal.  

Política
Foi  Diretor de Esportes e Lazer na Prefeitura de Guarani na Administração 2013/2020 e candidato a vereador em  2016 ficando como primeiro suplente, com 183 votos. Em 2020 foi eleito o quarto mais votado obtendo 211 votos, num universo de 68 candidatos.

Eleições - 2021/2024

Renato Santiago (Renato Camargo Santiago) nasceu em Juiz de Fora em 19 de junho de 1977.

Carreira/atleta
Atacante, atuou no Sport e Tupi (Juiz de Fora), Fluminense-RJ, Brasiliense, Marília, Figueirense, Juventude, Atlético Sorocaba, Taubaté, Remo, Caldense, Americana, Campinense, São José e Joseense.

Formação
Formado em Educação Física.

Política
Radicado em São José dos Campos, foi secretário de esportes candidato a vereador, sendo eleito no último pleito pelo PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira),  com 3.971 votos.

Eleições - 2021/2024

Margarida Salomão (Margarida Maria Martins Salomão) nasceu em Juiz de Fora, em 10 de junho de 1950. Filha do médico e ex-secretário de saúde na gestão de Adhemar Rezende de Andrade (1897/1998), Gilson Salomão (1920/1983) e de Célia da Cruz Martins Salomão (1920/2001).

Carreira acadêmica
Professora de Letras, com Doutorado e Pós-Doutorado pela Universidade da Califórnia, em Berkeley,
foi professora e reitora da Universidade Federal de Juiz de Fora por dois mandatos.

Política
Foi deputado federal por oito anos: 
*2013/2014, 2015/2018 e 2019/2020.
*Primeira suplente do PT no pleito de 2010, assumiu o cargo em 2013, por ocasião da eleição de Gilmar Machado para prefeito de Uberlândia.

Prefeitura
Foi secretária de administração do governo do antigo PMDB no período 1983/1988, candidata a vice-prefeita na chapa pmdebista encabeçada pelo professor Murílio Híngel no pleito de 1988, candidata a prefeita em 2008, 2012, 2016 e 2020. quando foi eleita no segundo turno com 144.529 votos (54,98%). 

domingo, 27 de dezembro de 2020

Gente de Expressão

Guilherme Mendes (Guilherme Henrique Pimentel Mendes) nasceu em Juiz de Fora em 27 de dezembro de 1963.

Família

Filho de Edésio Fonseca Mendes e Myrian Pimentel Mendes


Formação
Formado em Comunicação Social (jornalismo) pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Carreira
Iniciou carreira na Rádio Capital AM, Passou pelas rádios Nova Cidade AM e Manchester FM (todas de Juiz de Fora).

TV
Em 1988 trocou o rádio pela TV. Trabalhou na TV Leste/Governador Valadares, EPTV/Varginha, TV Globo/Juiz de Fora, TV Globo/Belo Horizonte e SBT/São Paulo.

Cruzeiro
Em 2007 assumiu o cargo de diretor de comunicação do clube celeste, ficando no cargo até 2017.

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Amilcar Padovani/Juracy Neves/Lisandro Serrão

Morre em Vila Velha, aos 84 anos, o advogado e político juizforano, Amilcar Padovani.

Ele morreu no estado capixaba no último domingo, 20/12.

Amilcar Campos Padovani, o Timica, nasceu em Juiz de Fora, em 29 de outubro de 1936. 

Família
Filho de Armando Padovani e Geralda Soares Campos Padovani. Casado com Ana Lúcia Horta Pinto Padovani e pai de três filhos: Renato César, Fernando e Marina. 

Carreira
Advogado e político, foi vereador em Juiz de Fora por um mandato: 1962/1966 e deputado estadual por 06 mandatos: 1967/1971; 1971/1975; 1975/1979; 1979/1983; 1987/1991 e 1991/1995.  Ex-secretário administrativo da Casemg e ex-assessor da presidência da Copasa.  


Morre em Juiz de Fora, aos 88 anos, o médico e empresário Juracy Neves.

Ele morreu na manhã desta terça-feira, 22/10, de parada cardio-respiratória.

Juracy de Azevedo Neves nasceu em Lima Duarte em 15 de junho de 1932. 

Família
Filho de José Antunes Neves (falecido aos 37 anos em 1943) e Acitália de Azevedo Neves (in memoriam) e pai de cinco filhos: Márcia, Suzana, Marcos, André e .


Morre em Pádua, aos 82 anos, o radialista Lisandro Serrão

Ele morreu na manhã desta terça-feira, 22/10, de causas naturais, no Asilo Nossa Senhora do Carmo,

Lisandro Aguiar Serrão nasceu em Santo Antonio de Pádua, no Noroeste Fluminense, em 18 de dezembro de 1938.

Família
Filho de Walter Ney Serrão e Ozires Aguiar Serrão, ambos já falecidos. Foi casado com Maria da Penha Leal e é pai do locutor e diretor da Blof Promoções, Walter Leal Serrão (nascido em 03 de agosto de 1971) e da pedagoga Lisandra Leal Serrão Ferraz (nascida em 17 de julho de 1974). Da união com a radialista Dilma de Souza, não teve filhos. Era primo da professora e escritora Rita Amélia Serrão Piccinini (1922/2014), autora dos livros "A CASA DA ÁGUIA - Crônicas Paduanas" e "O CORONEL - O Poder Falível de um Semideus".

Morre em Juiz de Fora, aos 79 anos, o empresário Wamir Pifano

Ele morreu na manhã desta terça-feira, 22/12

Walmir Oliveira Pifano nasceu em Serraria*, na época distrito de Três Rios, em 13 de dezembro de 1941. Se mudou ainda jovem para Juiz de Fora e era empresário do ramo do vestuário. Torcedor do Fluminense, organizava com frequência excursões para jogos do time no Maracanã visitas à sede do clube nas Laranjeira.

Foi membro e fundador da turma do Largo do São Roque e um dos fundadores da Banda Daki  

*Serraria atualmente é o município de Comendador Levy Gasparian, que emancipou deTrês Rios em 1991.

domingo, 20 de dezembro de 2020

Notável personalidade

Halber Alvim Pedrosa nasceu em Ipatinga em 20 de dezembro de 1967.


Família 
Filho de Heber Gonçalves Pedrosa e Maria Aparecida Alvim Pedrosa. Era era o irmão caçula de Luciana Alvim Pedrosa e Lucilene Alvim Pedrosa, foi casado com Marilda Alves Pedrosa e pai de dois filhos: Pedro Alves Pedrosa e Daniela Alves Pedrosa (socióloga).

Formação 
Formado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e em Sociologia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Carreira 
Foi professor e escritor;

Escritor
- “A Epopéia dos Vencedores  - A Saga do Futebol em Juiz de Fora” 
- “De Palmyra a Santos-Dumont - Memórias do Futebol na Terra do Pai da Aviação”.  

Apelidos 
No seio familiar o Alber era o Bibinha, filho do "Sô Eber"e da dona Cidoca. 
Alber Alvim Pedrosa morreu em Santos Dumont, aos 50 anos, em 05 de junho de 2018.

Foto histórica

sábado, 19 de dezembro de 2020

Gente de Expressão

Carlos Bracher (Carlos Bernardo Bracher) nasceu em Juiz de Fora, em 19 de dezembro de 1940. Pintor, desenhista, escultor, escritore gravador.

Família
Filho de Waldemar Bracher e Hermengarda Bracher, casado com a pintora e jornalista Fani Gomes Bracher (nascida em Cel Pacheco em 1947), tem duas filhas, a jornalista e cineasta Blima Gomes Bracher (nascida em Juiz de Fora em 07 de julho)  e a atriz Larissa Gomes Bracher (nascida em Juiz de Fora em 17 de setembro de 1976).

Exposições
No exterior, fez exposições individuais em Roma, Milão, Madri, Moscou, Bruxelas, Bruges, Frankfurt, Ousseldorf, Praga, Estocolmo, Luxemburgo, Berna, Haia, Lisboa, Miami, Assunção e Santiago do Chile.

Obras

Tem obras no MASP de São Paulo, MAM do Rio, MAM de São Paulo, Museu Nacional de Belas Artes do Rio, Museu Vaticano de Roma e nas coleções Gilberto Chateaubriand, Roberto Marinho, Banco Bozzano Simonsen, Gianni Agnelli (FIAT, de Turim) e Henry Kissinger.

Carnaval
Em 2002 foi enredo da escola de samba Juventude Imperial com o título "Carlos Bracher - Uma Explosão de Luz e Cor ", de autoria do Flavinho da Juventude, o Flávio Aluízio Carneiro (1950/2020).

quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Notável personalidade do saber

Professor Lander (John McPhearson Lander) nasceu em Lincolntown, Carolina do Sul, nos Estados Unidos em 17 de dezembro de 1958. 

Formação 
Formado em ciências e letras, mestre em artes e teólogo, veio para o Brasil em 1889, trazido pelo bispo John Cooper Granbery, com o objetivo de fundar um colégio metodista no Brasil, que viria ser o Instituto Metodista Granbery. Foi o primeiro reitor do instituto entre os anos de 1889/1901.

John McPhearson Lander morreu em Santos Dumont, aos 63 anos,em 20 de março de 1924, sendo sepultado no cemitério municipal de Juiz de Fora.

Obs: É nome de rua no bairro Vitorino Braga, na região sudeste de Juiz de Fora..

O Logradouro público e seu patrono

AMIM NAGLE (rua)  
Jardim das Pedras Preciosas  
Nasceu em Manhuaçu-MG, em 05 de setembro de 1916. Filho de Nacif Luiz Nagle e Fadua Chequer Abdala Nagle. Foi casado com Maria Araci Linhares Nagle (1926 /2008) e pai de três filhas: Leda, Iara e Adriana. Foi comerciante, bancário e gerente do Banco do Planalto e do Banco Nacional de Minas Gerais. Torcedor do Tupi, dirigiu equipes de basquete do Olímpico Atlético Clube e fundou o IARA, time de futebol de salão, cujo clube ele o homenageou, dando o nome de Iara a sua segunda filha.
Amim Nagle morreu em Juiz de Fora, aos 74 anos, em 22 de agosto de 1991. 

CONSIDERAÇÕES:
A primeira filha Leda é a jornalista Leda Nagle (Leda Maria Linhares Nagle, nascida em Juiz de Fora em 05 de janeiro de 1951).

Na foto Amim Nagle aparece brincando com o neto Duda Nagle (Eduardo Nagle Marques, nascido no Rio de Janeiro em 17 de maio de 1983).

terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Gente de Expressão

Elso Venâncio (Elso Venâncio Vieira Fonseca) nasceu em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, em 27 de agosto de 1955.

Carreira
Iniciou carreira em 1971, junto com seu colega de turma  Liceu de Humanidades, na Rádio Continental da cidade campista. 

Do Norte para o Sul do estado
Aprovado em 1975 em um concurso público, é chamado para trabalhar no INSS em Volta Redonda. No Sul do Estado, fez Comunicação e Educação Física, passando pelas Rádios do Comércio de Barra Mansa e Nacional de Volta Redonda.    

Rio de Janeiro
Em 1984, chega ao Rio contratado pela Nacional e pede demissão do Serviço Público.  Em 1985, assina contrato com a Rádio Globo, onde fica 17 anos e 10 meses.  Em 1988, fundou com Luiz Carlos Silva, na época seu companheiro de Rádio Globo, a Sportplus, uma das empresas pioneiras no seguimento do marketing esportivo. Hoje, a Sportplus faz parte do Grupo Plus, ao lado da Mktplus (Empresa de Eventos) e da SK1 (soluções em tecnologia Led) em parceria com a Klefer Leite.  Na Rádio Globo, mesmo sendo torcedor do Fluminense, cobriu o Flamengo por 12 anos consecutivos, de 1989 a 2000 e a Seleção Brasileira nas Copas de 1990, 1994 e 1998. Apresentou o programa "Globo na Bola", após a "voz do Brasil" e nas tardes de domingo o programa Enquanto a Bola Não Rola..  

TV
Trabalhou na TV Brasil e na CNT (atuou por 10 anos no Mesa Redonda).

Novela
Atuou, representando ele próprio, na novela Irmãos Coragem, na TV Globo, no remake em 1995. Elso era o repórter que entrevistava Marcos Winter, que fazia o papel de um jogador de futebol, Duda Coragem. Em outubro de 2001 se afastou em definitivo da imprensa esportiva.
Atualmente Elso Venâncio é o diretor presidente do Grupo Plus de Comunicação. 

Literatura

Foto histórica

Orlando Duarte de Figueiredo

Morre em São Paulo, aos 88 anos e vítima da covid-19, o jornalista e escritor Orlando Duarte


Orlando Duarte (Orlando Duarte de Figueiredo) nasceu em Rancharia, região de Presidente Prudente, no Oeste Paulista, em 18 de fevereiro de 1932. 

Família
Casado com Conceição Duarte, tem quatro filhos e seis netos. 

Rádio
Bandeirantes (duas vezes), Jovem Pan, Trianon e Gazeta, 

TV
Cultura (que dirigiu), Jovem Pan, SBT, Globo, Band e Gazeta.    

Jornal 
A Gazeta Esportiva, A Gazeta, Mundo Esportivo, A Gazeta Esportiva Ilustrada, O Tempo, Última Hora e Diário da Noite.  

Coberturas
Cobriu 14 campeonatos mundiais de futebol, dez jogos olímpicos e todas as Copas do Mundo durante o período entre 1950 e 2006.  

Escritor
Escreveu 32 livros sobre a história e as regras de diversos esportes, conheceu 50% do mundo e preencheu 17 passaportes. 

Livros
The Encyclopedia of World Cup Soccer,
Todas as Copas do Mundo,
Fried XS Pelé,
História dos Esportes,
Futebol Regras e Comentários,
Futebol Histórias e regras, 
Palmeiras, Alviverde Imponente, 
Corinthians, o time da Fiel, 
São Paulo Futebol Clube, o Supercampeão,
Na mesma Sintonia, 
Lusa, Uma História de Amor.
Deus criou a bola- E o homem descobriu o que fazer com ela. 

domingo, 13 de dezembro de 2020

Ivanir José Yazbeck

Morre em Juiz de Fora, aos 79 anos, o jornalista Ivanir Yazbeck

Ivanir José Yazbeck nasceu em Juiz de Fora, em 22 de junho de 1941. Jornalista e escritor, trabalhou nos seguintes veículos: Binômio (JF – 1963), Correio de Minas (BH – 1964), Jornal do Brasil (Rio – 1964/83), O Globo (1985/90), O Dia (1991/95) e Extra (1998/2000). Em Juiz de Fora foi um dos fundadores da Banda Daki e do jornal Panorama.                                          

Na literatura, destaque para as obras:
"O ESPÍRITO DO SÃO ROQUE", coletânea de histórias reais, transpostas em linguagem literária/jornalística, vividas por um grupo de amigos, em Juiz de Fora, nos anos 50/60.  
"UMA NOITE NO RAFFA’S", a história do célebre night-club, em Juiz de Fora, palco de memoráveis acontecimentos sociais e musicais, contando a trajetória de Rafael Jorge à frente do empreendimento.
"EU ME LEMBRO", 350 fatos, personagens e curiosidades da história de Juiz de Fora, desde meados do Século 20. 
"O COLUNISTA", biografia do jornalista César Romero e reprodução das principais notícias publicadas em sua coluna diária ao longo de três décadas na imprensa em Juiz de Fora.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Zora Yonara

 Morre no Rio de Janeiro a astróloga Zora Yonara

Creusa Gramacho Carosella, a Zora Yonara nasceu em Vitória, no Espírito Santo. Era radialista, radioatriz e astróloga. Iniciou carreira no rádio capixaba, transferido posteriormente, para o Rio d Janeiro. Era é viúva do italiano Bruno Carosella, falecido em 1998.

Foto

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Juiz de Fora 2021/2024

Com 10 mulheres e 10 homens, prefeita Margarida Salomão anuncia o seu secretariado
Aline Junqueira (Sustentabilidade, Meio Ambiente e Atividades Urbanas), Ana Pimentel (Saúde), Cidinha Louzada (Governo), Fabíola Ramos (Planejamento), Fabíola Paulino (Agropecuária e abastecimento), Fernanda Finoti (Fazenda), Geane Elisa (Cultura/FUNALFA), Lígia Inhan (Tecnologia), Malu (Assistência Social), Nádia Ribas (Educação), 

Carlos Junqueira (procurador), Gabriel dos Santos Rocha (Direitos humanos), Ignácio Delgado (Desenvolvimento sustentável), Júlio Tadeu (Desenvolvimento urbano), Marcelo do Carmo (Turismo), Marcelo Matta (esportes), Márcio Guerra (comunicação), Martvs das Chagas (Planejamento territorial), Rogério Freitas (Recursos humanos), Tadeu Davi (Segurança pública).

Foto

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Um nome que marcou época na comunicação

Horácio Carlos (Horácio Carlos da Rosa) nasceu em Santa Júlia, distrito de São Roque do Canaã*, que na época pertencia ao município de Santa Teresa-ES, em 13 de março de 1941.

Família
Casado com Zenaide Valvassori Rosa e pai da Ivy Carla Valvassori Rosa.

Carreira
Radialista (locutor) iniciou na Rádio Difusora de Colatina, no início da década de 1960, apresentando o programa "Boa noite ouvinte". Posteriormente, mudou-se para Vitória, foi trabalhar no comércio e montou sua loja HCR Modas. Na capital Capixaba foi ser narrador esportivo na Rádio Vitória. Em 1976 foi integrar a equipe esportiva da Rádio Espírito Santo. 
Na emissora estatal, passou a trabalhar com Adam Emil (diretor de rádio), Enock Borges (diretor de jornalismo), Gilson Félix (chefe do departamento esportivo), Cristiano Aguiar (comentarista), Clóvis Mendonça (comentarista), Luís Carlos Peixoto (repórter), Moacir Guizan (repórter), Oscar Júnior (repórter) e Sebastião Soares (repórter).
Com estilo de narrar semelhante ao de Jorge Curi (1920/1985), era torcedor do Botafogo e do Vitória.
Horácio Carlos morreu em Vitória, aos 53 anos, em 08 de dezembro de 1994 (mesma data do falecimento de Tom Jobim).
Obs: São Roque do Canaã* se emancipou de Santa Teresa em 15 de dezembro de 1995.

Maria Izabel Gasparete Marques, a dona Táta

Morre em Juiz de Fora, aos 92 anos, dona Táta, uma das fundadoras da APAE.

Maria Izabel Gasparete Marques, a dona Táta, morreu na madrugada desta terça-feira, 08/12. O sepultamento está previsto para às 16 horas, no cemitério Parque da Saudade, no bairro de Santa Terezinha. 
Dona Táta foi uma das fundadoras da APAE (Associação dos Pais e Amigos do Excepcional) e sua presidente por 25 anos. 
Fui um dos frequentadores da APAE por mais de 10 anos, sempre na rua Custódio Tristão, próximo a delegacia de Polícia, dewsde o nascimento do meu filho Raphael, em 1992. Depois, mesmo sem mais precisar dos ótimos serviços da APAE, sempre lá comparecia em suas festividades de meio e de fim de ano. Dona Táta, uma perda irreparável! 

Foto

sábado, 5 de dezembro de 2020

John Cowper Granbery nasceu em Norfolk, no estado da Virginia em 05 de dezembro de 1829.  

Família
Filho de Richard A. Granbery e Mary Granbery, foi casado com Ella Fayette Winston Granbery (1837/1906). 

Carreira
Foi professor de Teologia Prática e Filosofia Moral da Universidade Vanderbilt em Nashville, Tennessee entre 1875 e 1882.  

Bispo
Em 1882 foi eleito Bispo da Igreja Metodista Episcopal Sul.  

Campo de batalha
Granbery serviu como capelão no exército confederado e foi ferido em 1862 nos campos de batalha na fazenda de Frazier, onde perdeu a visão em um olho. Capturado, ele foi levado para Fort Warren, Boston, mas foi trocado em 03 de julho. 

Brasil
Com sua filha Ella Granbery, viajou para o Brasil em 1886 para estabelecer a presença metodista no país. 

Rio de Janeiro
Eles chegaram ao Rio de Janeiro em 04 de julho de 1886. Em setembro, ele havia cumprido os requisitos de residência para a realização de propriedade e, em seguida, organizou a Conferência Anual da Missão Brasil da Igreja Metodista Episcopal do Sul, realizando a primeira Conferência em 1888. 
 
Juiz de Fora
Em 1889 ele autorizou a fundação, em Juiz de Fora, da escola metodista no Brasil, que em 1890 recebeu o nome de Colégio Americano Granbery, e posteriormente, Instituto Granbery da Igreja Medodista. 

EUA
Em 1891, voltou para Ashland, Virginia, sede do Randolph Macon College. 

John Cowper Granbery morreu em Ashland, na Virgínia, aos 78 anos, em 1907.

Tupi Foot Ball Club

quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

Dia Nacional do Samba

 02 de dezembro

O presidente Wenceslau Braz, nascido em Brazópolis e falecido em Itajubá, tem um papel na história deste ritmo tão brasileiro

No Início do Século XX, o samba se desenvolvia sobretudo na região central do Rio de Janeiro, ligado sempre aos terreiros das religiões africanas, do qual o mais famoso foi o da casa da baiana tia Ciata na Praça Onze.
O quintal de tia Ciata, no coração do centro carioca, era reduto da música, da fé e da resistência. A casa de Ciata era frequentada por negros, mestiços e brancos, pobres e ricos para festejarem, cantarem e dançarem samba de roda.
Entretanto, as festas na casa de Ciata eram marginalizadas e recebiam visitas constantes da polícia. A polícia mandou por várias vezes fechar a casa da mãe de santo.
Até o dia que sua vida cruzou com a do presidente da República Wenceslau Braz.
O chefe do executivo estava adoentado em virtude de uma ferida na perna que os médicos não conseguiam curar. Um investigador, que já havia sido curado por tia Ciata, pediu um remédio para sarar a enfermidade do político.
Em uma sessão em seu terreiro, tia Ciata disse haver cura para a tal ferida e recomendou a Wenceslau Braz que fizesse uma pasta com ervas que deveria ser colocada por três dias seguidos. O Presidente ficou curado e em troca ofereceu a realização de qualquer pedido.
Além de um serviço para o marido, Ciata requisitou ao político que intervisse para evitar as várias interrupções policiais durante as rodas de samba organizadas em sua residência.
Assim, o presidente passou a proteger a casa de Ciata e enviava dois soldados para ficarem na porta, enquanto aconteciam as festas. Em 1916, o samba encontrou terreno e liberdade para o desenvolvimento como música popular.
Foi naquele quintal festivo que Donga compôs "Pelo Telefone". Em 27 de novembro de 1916, ele registrou sua composição como “samba carnavalesco” na Biblioteca Nacional. Era o primeiro samba registrado e gravado na história do País.



Notável personalidade do samba

José Adriano (José Adriano da Silva) nasceu em Juiz de Fora, em 09 de janeiro de 1979.

Família
Filho único do casal José Teodoro e Aparecida Teodoro.

Política/carnaval
Funcionário da Câmara de vereadores de Juiz de Fora, e presidente da Associação de Moradores do bairro Retiro. No carnaval, além de integrar a diretoria da Liga das Escolas de Samba, foi presidente da Escola de Samba Unidos do Retiro e carnavalesco da Escola de Samba Turunas do Riachuelo.
José Adriano morreu na Santa Casa de Juiz de Fora, aos 39 anos, em 02 de dezembro de 2018, sendo seu corpo velado no cemitério municipal de Juiz de Fora e sepultado em Ewbank da Câmara, em 03/12.

Foto

terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Morre em Juiz de Fora, aos 91 anos, o radialista Humberto Zaghetto

Corpo será velado no cemitério municipal, no bairro do Poço Rico e sepultado na quarta-feira, 02/12, às 11 horas no cemitério da Glória.

Humberto Zaghetto nasceu em Matias Barbosa-MG, em 05 de março de 1929.  

Família 
Filho de Fortunato Zaghetto (1896/1981) e Maria Dias Zaghetto. Casado com Helena Apparecida Rocha Zaghetto e pai de duas filhas, Cláudia e Flávia.  

Carreira 
Foi funcionário da TEXACO (Texa Companhia) durante 17 anos. Trabalhou na Companhia Paulista de Gás Acumulado por quatro anos e Moinho Fluminense por três anos e meio.   

Rádio/TV 
Militou na radiodifusão desde 1975. Trabalhou no histórico programa "CAMISA DEZ" da antiga TV Industrial, de 1975 a 1979, na rádio Industrial, De 1979 a 1981 e na rádio Capital, sucessora da rádio Industrial, 1982 a 1997. Trabalhou também na rádio Juiz de Fora AM. Comentarista esportivo, repórter policial, torcedor do Fluminense e do Tupynambás.  

Filiação 
Fortunato Zaghetto nasceu em Pádova, na Itália, em 21 de junho de 1896, chegou ao Brasil em 1897. filho de Mário Camilo Zaghetto e Adriana Cardino Zaghetto. Casado com Maria Dias Zaghetto, pai de Augusto, Iracema, Odilon, Humberto e Fábio. Naturalizado brasileiro, era comerciante, foi proprietário de armazém, olaria e cerâmica em Matias Barbosa e armarinho, na praça da Estação, em Juiz de Fora. Fortunato Zaghetto morreu  em Juiz de Fora, aos 85 anos, em 07 de agosto de 1981.  


Foto

Morre em Juiz de Fora, aos 46 anos, vítima de apendicite, o ex-deputado Leonardo Moreira

Nascido em Juiz de Fora em 10 de 1974 e filho do ex-deputado Federal Edmar Moreira, Leonardo Fernandes Moreira será velado e sepultado em Carlos Alves, distrito de São João Nepomuceno nesta terça-feira, 01/12.
Leonardo Moreira foi deputado estadual em Minas Gerais por dois mandatos.

Foto

domingo, 29 de novembro de 2020

Eleições 2020

Chancelada por 144.529 mil votos, a deputada MARGARIDA SALOMÃO é a nova prefeita de Juiz de Fora.

Quem é MARGARIDA SALOMÃO:
Margarida Maria Martins Salomão nasceu em Juiz de Fora, 10 de junho de 1950. Filha do médico e ex-secretário de saúde na gestão de Adhemar Rezende de Andrade (1897/1998), Gilson Salomão (1920/1983) e de Célia da Cruz Martins Salomão (1920/2001).
Margarida Salomão é deputada federal e está no quarto mandato. Foi professora e reitora da Universidade Federal de Juiz de Fora por dois mandatos.

Foto histórica

sábado, 28 de novembro de 2020

Notável personalidade

Antonio Isair (Antonio Isair da Silva) nasceu em Itamarati de Minas em 19 de agosto de 1941 e foi criado em Cataguases. 

Formação
Formado em História pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Carangola.

Juiz de Fora
No início da década de 1980 mudou-se para Juiz de Fora. Foi fundador e editor do jornal "O Poeta". 

Escritor
“Quando chega a musa”, de 2015, 
“Menino dos arrozais”, de 2013,
Ambos de poesias, financiados com recursos da Lei Murilo Mendes de incentivo a Cultura.

Antonio Isair morreu em Juiz de Fora, aos 78 anos, em 28 de novembro de 2019.