terça-feira, 31 de maio de 2011

Redivisão territorial

Tapajós
Senado aprova plebiscito sobre criação do estado de Tapajós.
Novo estado ocuparia cerca de 58% da área total do Pará.
Plebiscito sobre criação de Carajás, também no Pará, já foi aprovado.

O plenário do Senado aprovou na tarde desta terça-feira, 31/05, o projeto que prevê a realização de plebiscito sobre a criação do estado de Tapajós, que seria uma divisão do estado do Pará.

matéria já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. E, em 5 de maio, o plenário da Câmara já havia aprovado um decreto legislativo que autoriza realização de plebiscito sobre a criação de Tapajós, que estaria localizado a oeste do Pará, ocupando cerca de 58% da área total do estado. Ao todo, 27 municípios estão previstos para o estado de Tapajós, que teria Santarém como capital, 27 municípios e 1,7 milhão de habitantes.

Após a promulgação da proposta pelo presidente do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), o plebiscito poderá ser realizado em até seis meses, de acordo com a organização da Justiça Eleitoral.

Carajás
O Congresso já aprovou projeto que prevê um plebiscito sobre a criação do estado de Carajás, que estaria localizado a sul e sudeste do Pará e teria como capital a cidade de Marabá, com 39 municípios e 1,4 milhão de habitantes.

Pará
O novo Estado do Pará ficaria com 78 municípios e 2,9 milhões de habitantes, numa divisão do Pará em três Estados.
O novo estado seria formado por 39 municípios, com área equivalente a 25% do atual território do Pará.
G1

2 comentários:

JabaNews disse...

olá carlos ferreira,
conforme informado transcrevemos, lá no blog, o seu e-mail divulgando a Rádio Cultura de Santos Dumont - MG.
quanto ao desmembramento das terras que lembram a revolta conhecida por "cabanagem", aos olhos céticos – céticos porque desconhecemos os reais interesses da população paraense - demonstra, apenas, aumento de gastos nos já combalidos cofres públicos, por interesses ainda "não claramente definidos": a política, tal como hoje praticada,já alcançou limites muitos superiores ao puro escárnio.
parabéns pelo blog.
abs.,
jaba

TADEU MIRACEMA disse...

Eu acho um absurdo a criação de novos estados aqui em nosso país. Os politicos deveriam ter mais vergonha na cara e providenciar com urgência uma reforma no código penal para punir essa onda de crimes e atentados que assola o Brasil. Quantos mais estados e municipios maior será a roubalheira. abrs