terça-feira, 31 de maio de 2011

Literatura

"Mariano Procópio Ferreira Lage - Sua Vida, Sua Obra, Descendência, Genealogia "
 Engenheiro, nascido em Barbacena-MG, em 23 de junho de 1821, filho de José Ferreira Armond e de Maria José de Santana, a Baronesa de Sant'Ana, casou-se com Maria Amália Coelho de Castro Ferreira Lage. Deputado provincial (1861) e representante de Minas Gerais na Assembléia Geral do império (1861-1864/1869-1872), fundou a Companhia União e Indústria, com a qual projetou, construiu e deu nome à primeira estrada de rodagem pavimentada no Brasil, a União e Indústria, com 144 km pavimentados, ligando Petrópolis-RJ e Juiz de Fora-MG, (1856-1861), onde manteve um serviço de diligências, extinto (1869) em função da concorrência da Estrada de Ferro D. Pedro II, futura Central do Brasil, da qual foi seu diretor. Nesse mesmo ano, fundou e construiu a Escola Agrícola União e Indústria. Também instalou uma usina hidrelétrica em Juiz de Fora e foi inspetor das obras da alfândega do Rio de Janeiro-RJ. Foi presidente do Jockey Club carioca e oficial da Legião de Honra da França. Construiu a Villa Ferreira Lage, embrião do Museu Mariano Procópio, em Juiz de Fora, um dos mais significativos acervos artísticos, históricos e de ciências naturais do país, o primeiro museu de Minas Gerais, fundado (1915) por seu filho, Alfredo Ferreira Laje, que posteriormente doou-o ao município (1936). Investidor imobiliário e acionário, deixou muitos bens a sua família e morreu em Juiz de Fora, em 14 de fevereiro de 1872. Sua vida foi biografada por Wilson de Lima Bastos no livro "Mariano Procópio Ferreira Lage - Sua Vida, Sua Obra, Descendência, Genealogia ", em 1991.

2 comentários:

DOESJKA disse...

Olá Carlos...
Trabalho no Colégio Estadual Mariano Procópio em Areal - RJ. Usei sua foto e dizeres sobre o Engenheiro Mariano Procópio.
Bem simplificado e sucinto.
Obrigada
Dusca

marcos disse...

Fazendo uma observação sobre o precioso livro do Dr.Wilson de Lima Bastos.Este importante livro de genealogia foi editado em Juiz de Fora,no ano de 1961, justamente o ano em que nasci.O livro faz referência a Sra.Terezinha Ferreira Armond,que foi amiga pessoal de minha mãe Leda Mendes,em Mariana. Dr.Wilson de Lima Bastos,escreveu também outras obras de genealogia,inclusive o importante tema:"Francisco Baptista de Oliveira- Sua Vida,Sua Obra e Sua Descendência"(1968)- cujo tronco genealógico, fazia parte minha avó: Isaura Ribeiro de Oliveira,de Entre-Rios de Minas.