quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

José Carlos Amaral

Tupi já tem novo técnico, trata-se de José Carlos Amaral que estava no Fluminense de Feira de Santana-BA. Amaral, que reside em Salvador, já dirigiu o Tupi no Campeonato Mineiro do Módulo dois de 1998. Na oportunidade Amaral, que estava com salários atrasados, deixou o Tupi na fase final do Campeonato, e retornou ao futebol Peruano, levando o preparador físico Luiz Cláudio Aguiar.
Jósé Carlos Amaral nasceu no dia 18 de março de 1957 no bairro de Cascadura, no Rio de Janeiro. É formado em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Além do Tupi, Amaral já trabalhou no Fluminense-RJ (foi preparador físico de Carlos Alberto Parreira), Fluminense de Feira de Santana-BA, Vitória da Conquista-BA, Vitória-BA, Paysandu-PA, Remo-PA, Sport Recife-PE, Santa Cruz-PE, Imperatriz-MA, Ipitanga-BA, Colo Colo-BA, Confiança-SE, Grêmio Maringá-PR, Fortaleza-CE, Átlético-GO, Coronel Boloñes-Peru, Aliança de Lima.
José Carlos Amaral é filho de Ivam Martins Amaral, que reside há 31 anos na cidade de Rio Novo-MG.
No nos últimos 12 anos, Amaral está incluído entre os seis melhores treinadores que já trabalharam no Tupi. Além dele, figuram na relação Wellington Fajardo, Jair Bala, Ademir Fonseca, José Angelo e Ricardo Strade. Não podemos considerar o período do Hilton Chaves, que tinha um time excepcional e mais recentemente, José Maria Pena, que não teve a tranquilidade necessária para trabalhar.

2 comentários:

Filipe Araújo disse...

não conheço o trabalho de José Carlos Amaral. De qualquer forma, desejo sucesso ao Carijó!

Saludos!

http://gambetas.blogspot.com

fernando_8814 disse...

Também não conheço! Mas tem um currículo decente!