quarta-feira, 15 de maio de 2013

Fluminense F.C.

Fluminense supera times europeus, vira base da seleção e iguala marca de 28 anos
Nem Chelsea-ING, Barcelona-ESP ou Bayern de Munique-ALE. O clube que mais cedeu jogadores à seleção brasileira na convocação da Copa das Confederações, na última terça-feira, 14/05, foi o Fluminense. O goleiro Diego Cavalieri, o volante/lateral Jean e o atacante Fred representarão o time carioca no torneio realizado em junho. O número de convocados também faz com que o time das Laranjeiras iguale uma marca de 28 anos.

Desde 1985, quando cedeu o goleiro Paulo Vitor, o lateral Branco e o volante Jandir, o Fluminense não tinha três atletas convocados para uma partida oficial, excluindo amistosos. O bom momento também se firmou com a chegada do técnico Luiz Felipe Scolari, que tem se mostrado fã do atacante Fred, que teve poucas oportunidades com Mano Menezes.
O Fluminense foi maioria apenas em uma das convocações de Felipão, na lista para os amistosos contra Itália e Rússia, quando teve os mesmos três atletas selecionados. Na ocasião, porém, o Chelsea-ING também foi representado pelo mesmo número de jogadores. 
Desde 2001, quando foi representado pelo meio Ramón e pelo atacante Magno Alves, o time das Laranjeiras não cedia jogadores à seleção em uma Copa das Confederações. Em Copas do Mundo, o 'jejum' é ainda maior. Branco, em 1994, foi o último representante tricolor, em marca que provavelmente será quebrada na próxima edição do Mundial.
Libertadores
Felipão também acalmou os clubes brasileiros e declarou que os jogadores serão liberados para a disputa das quartas de final da Libertadores. Os duelos de volta estão marcados para o dia 29 de maio. Apesar da apresentação dos jogadores estar marcada para dia 27, quem tiver compromisso por suas equipes poderá se apresentar após a data.
Fonte: www.uol.com.br

Um comentário:

Blog do HC disse...

Valeu; obrigado por divulgar as notícias do nosso Fluzão!
Parabéns sr.Carlos Ferreira e parabéns a Juiz de Fora pelo jornalista que possuem.