quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Gente de Expressão

Romeu de Souza Rainho
Radialista, radioator, redator, poeta, trovador, declamador, produtor e apresentador/animador de auditório. Nasceu em Juiz de Fora-MG, em 25 de abril de 1928, pai de Isabela e Renata.

Foi contratado como locutor na Rádio Barbacena AM 820, em julho de 1948. Em abril de 1949, assumiu o cargo de Diretor-Artístico da Rádio Barbacena, administrada pela Organização Radointerior de Alceu Nunes da Fonseca. Emissora gerenciada à época, por José Theodorico de Paula. Alcançou notoriedade, declamando poemas dos mais consagrados poetas da língua portuguesa.

Idealizou e apresentou o programa "Valsas e Canções". Colaborou com a divisão de radioteatro da Rádio Barbacena, através do programa "Cortina Sonora" ao lado dos companheiros Walmick Campos, Benedito Fernandes Carlos, Sérgio Fernandes, Nadyr Manoel da Silveira, Nilcea Prenassi e Elizabeth Dorotéia Araújo "Betty". A partir de abril de 1949, apresentou o programa de auditório "Parada Infantil" no Cine Brasil.

Em 1950, desligou-se da Rádio Barbacena, sendo contratado pelo cantor e compositor Luiz Gonzaga o "Rei do Baião" que, na oportunidade, estava fazendo "tournée" pelo Brasil sob o patrocínio do "Colírio Moura Brasil".

Romeu Rainho manteve-se por muito tempo nessa atividade, nessa mesma firma, como apresentador dos artistas que eram contratados para promoções publicitárias pelo interior do Brasil. Tornou-se mais tarde empresário nesse ramo artístico-comercial, tendo a seguir assumido sucessivos compromissos com outros famosos artistas e outras conceituadas empresas.

Romeu Rainho além de empresário, se tornou amigo Luiz Gonzaga, denominando-o carinhosamente como o "filho do velho Januário e da velha Santana" ou "pernambucano valente das redondezas da Serra do Araripe".

Em 1982, realizou uma entrevista com cantor Luiz Gonzaga, um trabalho histórico, realizado no Museu da Imagem e do Som da FUNALFA (Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage), de Juiz de Fora, MG. Gravou também um CD contendo as suas principais declamações com destaques para:
"Prece de São Francisco de Assis", "Oração de um Órfão de Guerra" de Orlando Cavalcante.
"Gente Humilde" e "Carolina" de Machado de Assis.

Em Juiz de Fora, foi assessor parlamentar do então Deputado estadual José Maria André de Barros e trabalhou na extinta Rádio Juiz de Fora AM 910 Khz.

Hoje, aposentado do rádio, Romeu Rainho reside em Além Paraíba.
Colaborações: Rogério Varandas e Isabela Rodrigues Rainho.

Um comentário:

Carlos Ferreira disse...

Romeu Rainho morreu em Além Paraíba, aos 88 anos, em 17 de outubro de 2017.