terça-feira, 11 de setembro de 2012

Literatura

"A Lenda - Cartas do Jequitinhonha"
O livro "A Lenda - Cartas do Jequitinhonha", escrito por Higino Pedro Filho produz uma narrativa, com inserções de descrição subjetiva e lampejos de poesia e prosa, a qual revela uma salutar defesa da identidade cultural do Jequitinhonha. Isso se faz, sobretudo, através do personagem "Seu Genésio", figura que representa legitimamente a cultura da região, seus costumes, bem como a consciência crítica da mesma.

Destaque especial nesse livro é o trato com a linguagem. Sem processar nenhuma alquimia, mostra fluentemente o linguajar típico da região e, com simplicidade, sem nenhuma sofisticação, como no capítulo "A chapada do Agachado", ele faz de um modesto almoço caipira um ritual majestoso, encantador.

Outro aspecto relevante no livro é a valorização da natureza. Demonstrando conhecimento sobre a mesma, o autor soube descrever a fauna e a flora do Jequitinhonha com muita precisão de detalhes e suas peculiaridades.

O "Seu Genésio", protagonista desse interessante epopéia do Vale, além de denunciar a desonestidade, a opressão do voto de cabresto, a degradação ambiental, funciona como a memória viva das tradições do Jequitinhonha.

Esse remoto e poético Jequitinhonha de Genésio, Tiziu, Cleonízia, Zenólia, Quincas Rabequeiro, que ainda resiste em alguns lugares, foi o foco de Higino Pedro na obra.

Nenhum comentário: