sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Orlando Batista (1927/2012)

Morreu nesta quinta-feira, 26/01, o narrador Orlando Batista, o Orlandão, que trabalhou em quase todas as emissoras de rádio do Rio de Janeiro.

Em sua abertura de apresentação, Orlando Batista tinha uma vinheta que ficou famosa no meio esportivo como o "Mais laureado locutor esportivo do Brasil".

Torcedor do Vasco da Gama, Orlando Batista Chagas nasceu em
11 de julho de 1927, em Tijucas-SC, fez a cobertura de 14 Copas do Mundo. Nas décadas de 50, 60 e 70 dividia a preferência dos ouvintes com Jorge Cury, Valdir Amaral, Doalcei Camargo e Oduvaldo Cozzi. Depois perdeu espaço para narradores mais jovens como José Carlos de Araújo e Luiz Penido.

Seu melhor momento no rádio esportivo foi quando comandava a equipe da Rádio Mauá (PRH-8), na década de 1950, tendo modernizado as transmissões esportivas na ocasião. Depois passou por vários outros prefixos, tendo seu último microfone sido o da Rádio Nacional (AM 1130), além de ter atuado em outras emissoras como Rádio Continental e Rádio Haroldo de Andrade.

Orlando Batista também trabalhou em emissoras de televisão, como TV Record, TV Bandeirantes e TV Brasil. Era viúvo de dona Lindalva, pai de Luiz Orlando e Oswaldo Batista.

3 comentários:

Rodeval Brito disse...

Com toda certeza foi o melhor locutor esportivo de todos os tempos.-BOTA NO MEIO MALCHER>ADEMAR PIMENTA COMENTA

Rodeval Brito disse...

Com certeza foi o melhor locutor esportivo de todos os tempos.

Rodeval Brito disse...

Com toda certeza foi o melhor locutor esportivo de todos os tempos.-BOTA NO MEIO MALCHER>ADEMAR PIMENTA COMENTA