segunda-feira, 4 de julho de 2011

Itamar Augusto Cautiero Franco

Algumas curiosidas:
O Governo Itamar teve seis ministros da Fazenda:
Gustavo Krause- outubro de 1992 a janeiro de 1993;
Paulo Haddad- janeiro a março de 1993;
Eliseu Resende- março a maio de 1993;
Fernando Henrique Cardoso- maio de 1993 a abril de 1994;
Rubens Ricupero – abril a setembro de 1994;
Ciro Gomes- setembro de 1994 a janeiro de 1995.

Itamar Franco na Prefeitura de Juiz de Fora:
Primeira administração: de 1967 a 1970.
Segunda administração: de 1971 a 1973 (maio). Desincompatibilizou para se canditar ao Senado, segundo a lenda, 45 minutos antes do prazo fatal, o dia 14 de maio. A lenda sustenta que o relógio da Prefeitura teria sido atrasado.
Nas eleições, tinha o hábito de votar no final do pleito.
 
O professor Murílio Hingel foi Ministro da Edução e Secretário da Educação. O engenheiro Marcelo Siqueira foi presidente de Furnas Centrais Elétricas (fornecedora de energia), quando Itamar era presidente e presidente da COPASA (fornecedora de água), quando governador.
 
Escritor:
Itamar escreveu os seguintes livros:
"Primeiras Intervenções" (1975);
"Homenagem à memória do ex-presidente Juscelino Kubstcheck de Oliveira" (1976);
"Inquietações" (1976);
"A Imprensa e o parlamentar" (1977);
"Denúncia Vazia" (1979);
"Trabalho parlamentar" - vol 01 (1979) e vol 02 (1984);
"O negro no Brasil atual" (1980);
"Tributo ao liberal Pedro Aleixo" (1980);
"Minas no Senado" (1980);
"Desproclamação da República" (1981);
"Dívida externa e soberania nacional" (1983);
"Poder legitimado: eleições diretas"  (1984);
"A atuação do congresso nacional no controle da política externa brasileira" (1986);
"Compromisso de um democrata com o povo mineiro" (1986);
"As lembranças que na alma já moram" (1980);
"Energia nuclear - sua história, nossa luta" (1989);

Livros sobre Itamar:
"Itamar, o Homem que redescobriu o Brasil", de José de Castro Ferreira,
"O Brasil de Itamar", de Gilson Rebello,

Obs: Os jornalistas e escritores Yvanir Yasbeck e Geraldo Muanis já está com um livro no prelo, cujo tema central é Itamar Franco.

Cremação
O corpo do ex-senador e ex-presidente da República Itamar Franco chegou para a cremação no Cemitério e Crematório Parque Renascer, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, às 15h45.
O ato de cremação teve início por volta das 16h e as cinzas do ex-presidente serão levadas para o túmulo da família, no cemitério Nossa Senhora Aparecida, em Juiz de Fora, onde estão os restos mortais da mãe do ex-presidente.

Avenida Presidente Itamar Franco
Uma das principais vias de Juiz de Fora, a Avenida Independência, deverá ser rebatizada como Avenida Presidente Itamar Franco. O prefeito da cidade, Custódio Mattos (PSDB), deve enviar à Câmara Municipal um projeto de lei para alterar o nome. A família do ex-presidente será consultada para saber se concorda com a homenagem.

Nenhum comentário: