sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Procópio Cardoso Neto

Procópio Cardoso Neto (Salinas-MG, 21 de março de 1939) é um ex-jogador e técnico de futebol brasileiro. Procópio atuava como zagueiro. Política O ex-zagueiro Procópio Cardoso, que fez história no grande time do Cruzeiro, ao lado de Raul, Pedro Paulo, Natal, Tostão, Dirceu Lopes e outros, assinou a sua ficha de filiação ao Partido Democratas. Ele será candidato a deputado estadual nas próximas eleições. História Revelação do Renascença, Procópio foi contratado pelo Cruzeiro em 1959. Em sua primeira passagem, formou zaga com Nilsinho, Massinha e Cléver nas conquistas dos estaduais de 1959 e 1960. Foi para o São Paulo em 1961, jogou no Fluminense em 1964, tornando-se campeão carioca neste ano, mas voltou ao Cruzeiro em 1966, durante a disputa da Taça Brasil, quando fez dupla com William na conquista deste título nacional. Num jogo contra o Santos, pela Taça de Prata de 1968, foi atingido por Pelé e rompeu o tendão do joelho. A contusão aconteceu na melhor fase da carreira, quando aguardava a convocação para a Seleção. Depois, afastou-se dos campos por cinco anos, período em que foi supervisor e técnico do juvenil do clube. Em 1973 Procópio retornou ao futebol e contribuiu para levar o Cruzeiro às finais dos Brasileiros de 1973 e 1974. Jogou também pelo Atlético Mineiro, mas por apenas duas temporadas (se tornando Bicampeão Mineiro de 1962-1962). Entretanto, foi bem-sucedido como treinador, pois levou o Atlético à final do Brasileiro de 1980, às semi-finais da Taça Libertadores de 1981, e ao título da Copa Conmebol de 1992. Além de ter treinado algumas das equipes que conquistaram o inédito Hexacampeonato Mineiro do Galo de 1978 a 1983. Carreira Renascença (1956-1958) Cruzeiro (1959-1961) (1966-1974) São Paulo (1961) Atlético Mineiro (1962-1963) Fluminense (1963-1964) Palmeiras (1965-1966) Títulos como treinador Clube Atlético Mineiro Campeão da Copa Conmebol - 1992 Tricampeonato Mineiro - 1978, 1979 e 1980 Campeão da Taça Minas Gerais - 1979 Campeão do Torneio da Costa do Sol/Espanha - 1980 Campeão do Torneio de Amsterdã/Holanda - 1984 Vice-campeonato Brasileiro - 1980 Vice-campeonato da Copa Conmebol - 1995 Vice-campeonato Mineiro - 1984, 1996, 2003 É o segundo treinador que mais dirigiu o Galo, só perdendo para Telê Santana (com 434 jogos). Em 6 passagens como treinador do Atlético Mineiro comandou o time 328 jogos com 199 vitórias, 71 empates e 58 derrotas. [Períodos como treinador: 1978/1981; 1984/85; 1992; 1995/96; 2003; 2004/05] Cruzeiro Esporte Clube Vice-campeonato Mineiro - 1978 Títulos como jogador Clube Atlético Mineiro Bicampeonato Mineiro - 1962, 1963 Cruzeiro Esporte Clube Taça Brasil - 1966 Campeonato Mineiro - 1959, 1960, 1967, 1968 e 1973 Vice-Campeão Brasileiro - 1973, 1974 Atuou em 212 jogos pela equipe Celeste (duas passagens - entre 1959 e 1961 e entre 1966 e 1974) Fluminense Football Club Campeonato Carioca - 1964 Sociedade Esportiva Palmeiras Torneio Rio-São Paulo - 1965 Seleção Brasileira de Futebol Pela Seleção Brasileira jogou 10 vezes entre 1963 e 1968 com 5 vitórias, dois empates e três derrotas. Fonte: www.redemomento.com.br/jornal

Nenhum comentário: