quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Literatura

"PRB - 3 - Meu ouvinte, meu amigo - A história de Padre Wilson Valle da Costa" 

Escrito pela jornalista e sobrinha do biografado, Mari Ângela Herédia da Costa, o livro tem o prefácio do bispo emérito de Juiz de Fora, dom Eurico dos Santos Veloso e manifestações dos jornalistas Wilson Cid e Leda Nagle.

Wilson Valle da Costa nasceu em Juiz de Fora, em 08 de outubro de 1920. Filho Nicanor Damaso da Costa e Edina Valle da Costa. Sendo avós paternos Francisco Damaso da Costa e Guilhermina Belmira da Costa, e, avós maternos, José de Araújo Valle e Carlota de Araújo Valle. Foi padre, capelão do exército (fez parte da força de Paz da ONU - Organização das Nações Unidas, no canal de Suez), taxista, radialista. Padre Wilson morreu em Juiz de Fora, aos 44 anos, em 23 de abril de 1965.

Obs: Em 2005 a Câmara de Vereadores de Juiz de Fora o homenageou, entregando a seu irmão, Gilson Gonzaga Valle da Costa, o título de cidadão benemérito "post mortem", iniciativa do então presidente da casa, vereador Vicente de  Paula Oliveira (Vicentão), que fora batizado pelo padre Wilson, na capela de Torreões, distrito de Juiz de Fora.
É nome do Hospital de Toxicômanos, no bairro Linhares, de uma escola municipal na zona rural de Juiz de Fora e nome de rua em Santos Dumont.

Nenhum comentário: