terça-feira, 25 de outubro de 2016

Carlos Alberto Torres (1944\2016)

LUTO
Morre no Rio, ao 72 anos, o ex-jogador Carlos Alberto Torres.

Carlos Alberto Torres nasceu na Vila da Penha, no Rio de Janeiro-RJ, em 17 de julho de 1944. Como atleta, jogou no Fluminense, Botafogo, Flamengo, Santos, New York Cosmos e Califórnia Surf. Revelado pelo Fluminense, sendo medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 1963, em São Paulo, e foi campeão do Carioca de 1964. Logo depois, se transferiu para o Santos, sendo cinco vezes campeão paulista (1965, 1967, 1968, 1969 e 1973). No Botafogo, em 1971, atuou por empréstimo em 22 jogos, onde também se destacou nos 03 meses do empréstimo. Em 1976 retornou ao Fluminense, onde fez parte do time que ficou conhecido como a "Máquina Tricolor", sendo campeão carioca em 1976, semifinalista do campeonato brasileiro de 1976, depois de eliminar o Flamengo. Atuou ainda no Flamengo em 1977. No Cosmos, de Nova York, de 1977 a 1980 e 1983, e no Califórnia Surf, em 1981. Disputou 53 jogos na seleção brasileira (1968\1970), marcando 08 gols.
Como treinador de futebol, Carlos Alberto dirigiu no Brasil: Fluminense, Flamengo, Botafogo, Atlético-MG, Corinthians, Náutico e Paysandu. No exterior, dirigiu Monterrey, Tijuana e Querétano (México), Once Caldas e Unión Magdalena (Colômbia), Miami Freedom (EUA), Omã (Catar) e Azerbaijão. Na política, foi vereador no Rio, pelo PDT, de 1989 a 1993.
Foi casado com a atriz Terezinha Sodré e era pai do ex-zagueiro Alexandre Torres.

Nenhum comentário: