quinta-feira, 26 de maio de 2016

Futebol

Tupi Football Club - 104 anos
por Maurício Menezes*

Antonio Maria Junior; Miguel Cautiero (parente do ex-presidente Itamar Franco); Francisco de Salles Oliveira (deu nome ao estádio); Áureo Gomes Carneiro; José Calil Ahouagi; Tomás Bernardino; Carlos Magnavacca; Walter Correa de Souza (Canário); Mauricio Baptista de Oliveira (apontado por muitos como o maior presidente da história do clube); João Carlos Pires; Ouadí Nagib Salomão (Dadu) e outros. O Tupi teve, também, grandes colaboradores como: Adão Acauí (o maior diretor de futebol do clube em todos os tempos); Gabriel Gonçalves da Silva, o saudoso Bié, ex-radialista, vereador e deputado federal (a quem o Tupi deve muito), Calil Raad, Conceição Salomão, Carlos Alves, Antonino Bellini, José Paulo Correa de Souza; Pedro Bargiona, José Bonetti. Luís Gonzaga Báccara, Tabajara Toledo, Geraldo Magela Tavares, José Breviglieri e outros, muitos outros, pois a lista é interminável. Ótimos jogadores também passaram pelo clube como: Dimas, Cotoco, Zé do Correio, Pescoço, Bianco (marcou o gol de inauguração do Estádio Salles de Oliveira num amistoso com o Vasco, 1 a 1), os goleiros Hélio, Waldir, Herrera e Lumumba , Manoel, Murilo, Dário, Ely Flores, Faninho, Walter, Mauro, França, Jorge Ramalho, Jorge Guimarães, Celso, Henrique, Ipojucan, Nino Panconi, Pirilo, Walmir, Divino, Oswaldo Guariba, Evaldo, Zózimo, Laurindo, João Pires, Toledo, Vicente, Eurico, Ademilson, Alan, Ricardo Estrade, Luisão, enfim, outra lista interminável. Títulos o Tupi tem aos montes: 23 campeonatos de Juiz de Fora; 17 do Torneio Início da Liga de Juiz de Fora; 1 da série D do brasileiro; 2 da segunda divisão de Minas; 5 vezes campeão mineiro do interior; 1 da Taça Minas Gerais; 1 da Supercopa de Minas; 1 da Taça Juiz de Fora; 1 do quadrangular dos 140 anos de Juiz de Fora; 1 do Torneio de Integração Regional; 2 do Quadrangular Intermunicipal de Juiz de Fora; 1 vez vice-campeão mineiro, em 1933, etc. Sem dúvida, um clube vitorioso, e agora disputando, pela primeira vez, a série B do campeonato brasileiro. Certamente ainda falta muito para figurar entre os grandes clubes brasileiros, mas, aos poucos, vai chegando lá. Desejo ao clube muito sucesso e que continue orgulhando Juiz de Fora. Saiba o Tupi que os juiz-foranos o amam e que estarão sempre na torcida para que ele chegue cada vez mais longe. Parabéns!
*Maurício Menezes é advogado e locutor esportivo

Nenhum comentário: