sábado, 19 de março de 2016

José Carlos de Lery Guimarães (1933/1999)

por Maurício Menezes*

José Carlos de Lery Guimarães foi um dos maiores talentos da comunicação em Juiz de Fora. Irmão de Heitor Augusto de Lery Guimarães - o maior redator que conheci em JF - e primo de Mário Helênio de Lery Santos - um craque do rádio e que deu nome ao nosso estádio - José Carlos era extremamente culto, de inteligência privilegiada, ótima voz, muito criativo e de fácil improviso. Entre tantos programas de rádio de sucesso - um deles foi Contraponto - que eu ouvia, lançou a revista Momentos e a cidade o admirava por " Cristo Total " e " Mascarada Veneziana ". Um craque. Quando eu já estava no Rio, certa vez o encontrei na Av. Rio Branco, em Juiz de Fora, e ele disse: Mauricio, parabéns pelo seu talento e por honrar nossa cidade no rádio carioca. Respondi: meu amigo José Carlos, muito obrigado, mas quanto ao talento, o meu ainda está um pouco distante do seu. Ele sorriu, nos abraçamos e seguimos o caminho. Saudade.
*Maurício Menezes o "Danadinho' é advogado em Juiz de Fora.

CONSIDERAÇÕES:
José Carlos de Lery Guimarães (nome de rua no bairro Grama), nasceu em Juiz de Fora no dia 21 de janeiro de 1933, filho de Phintias Caiaffa Guimarães (nome de galeria no centro) e Maria da Conceição de Lery Guimarães. Foi, além de jornalista, advogado, professor universitário, compositor e trovador. 
Morreu em Juiz de Fora em maio de 1999.

Nenhum comentário: