domingo, 31 de janeiro de 2016

2015

Algumas perdas que pouco (ou não) repercutiram na mídia.

Carlos Alberto Mangabinha Ribeiro, cantor, acordeonista, compositor e fundador do Trio Parada Dura, morreu, aos 73 anos, em Belo Horizonte, em 23 de abril. Mangabinha nasceu em 16 de março de 1942, na cidade de Corinto, região central de Minas.

Ronaldo Mineiro (Ronaldo Duque Ozório), Radialista, sambista, filho de um ex-jogador do Tupi, morreu em Juiz de Fora, em 02 de agosto.

Floriano Antonio Quaresma da Silva, médico e advogado, morreu em 13 de outubro, aos 64 anos. Deixou esposa e duas filhas.

Wagner Silveira Caiafa, médico, morreu em 03 de dezembro, deixou Maria Clara Caiafa e os filhos Alan, Thiago e Jordana


Um comentário:

Carlos Ferreira disse...

Ronaldo Mineiro - Só o blog do Luiz Eduardo Schmitz (www.colunaacontecendo.blogspot.com.br) publicou uma nota da escola de samba Real Grandeza, assinada pelo .

Carlos Netto - Nenhuma referência.

Em tempo de internet, mídias sociais, as notícias relevantes não entram na pauta. Exemplo: Ocorreu um assassinato nesta madrugada no bairro Bairu (bairro que não faz parte das estatísticas de homicídio) e até agora, nenhuma nota na imprensa. Por aqui domingos e feriados não temos pauta.