segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Série D 2014 - Decisão

                         Tombense-MG 0 x 0 (4 x 2) Brasil-RS
Depois de mais um empate sem gols contra o Brasil de Pelotas, o Tombense conquistou o título da Série D neste domingo, 16/11. Disputando a partida em casa, no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, os mineiros garantiram a taça ao vencer os gaúchos por 4 a 2 nos pênaltis. Francismar, Joilson, Mazinho e Elvis converteram as cobranças para o time da casa. Coutinho foi o único a desperdiçar, chutando para fora. Nena e Fernando Cardoso fizeram para o Brasil, mas Chicão perdeu (chutou para fora) e a cobrança de Léo Dias (ex-jogador do Tupi) foi parada na defesa de Darley. Com a conquista, o time de Tombos repete o feito do Tupi, que foi campeão brasileiro da Série D em 2011. Com a permanência do Tupi na Série C e com o acesso da equipe de Tombos, a Zona da Mata terá dois representantes na competição nacional em 2015.
Marcaram: Franscismar, Joilson, Mazinho e Elvis (Tombense), Nena, e Fernando Cardoso (Brasil),
Perderam: Coutinho (Tombense) e Chicão e Léo Dias (Brasil).
Obs: com 4 x 2 no placar, Ricardo Behals não precisou bater o último penalti do Brasil.
Local: Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé (MG)
Tombense: Darley, Douglas (Lucas Silva), Heitor (Edimário), Xandão, Mazinho, Coutinho, Joílson, Betinho, Francismar, Elvis e Daniel Amorim. Técnico: Eugênio Souza.
Brasil: Eduardo Martini, Wender, Ricardo Bierhals, Fernando Cardozo, Leandro Leite, Ricardo Schneider (Billy), Chicão, Márcio Hahn (Léo Dias), Felipe Garcia (Raulen), Nena e Alex Amado. Técnico: Rogério Zimmermann.
Arbitragem: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC), Eduardo de Souza Couto (RJ), Gabriel Conti Viana (RJ) e Wanderson Alves de Sopuza (MG).
Cartões amarelos:  Mazinho e Daniel Amorim (Tombense) e Ricardo Bierhals, Felipe Garcia e Nena (Brasil).
Cartões vermelhos: Betinho (T) e Alex Amado (B)
Público pagante: 3.586 torcedores.
Renda: R$ 57.720,00
Desfalques:
Tombense: Juninho, Mateus, Wellington e Denilson (campeão em 2011 e 2014).
Brasil: Brock, Cirilo, Ederson, Nunes, Washington, Gustavo Martins, Jenner Zottele, Marcio Jonathan e Rafael Forster.
Campanhas:
Tombense: 09 vitórias, 05 empates e duas  derrotas.
Brasil: 08 vitórias, 05 empates e 03 derrotas.
O Brasil de Pelotas foi o segundo clube gaúcho a atuar no novo estádio do Nacional, em Muriaé. O primeiro, foi o Juventude, de Caxias do Sul, quando enfrentou o Tupi de Juiz de Fora-MG, pela Série C 2014 e empatou por 1 x 1.

OBS: 
01 - A imprensa gaúcha se fez presente em Muriaé com as Rádios Pelotense AM 620, Tupanci AM 1250 e Universidade AM 1160, TV RBS e Jornais. Presença também do jornalista Régis Rösing (gaúcho de Cachoeira do Sul), repórter da TVGlobo/Sportv.

02 - As rádios Muriaé AM, Catedral FM, Mais FM de Caranngola, Jovem Rádio FM, de Tombos, TV Integração, de Juiz de Fora, Globo Esporte.com, jornais e portais de internet também deram ampla cobertura ao evento.

Nenhum comentário: