sexta-feira, 16 de março de 2012

Fernando Antônio Rainho Thomáz Ribeiro

Morreu na madrugada de quinta-feira, 15/03, em São Paulo, aos 73 anos, o ex-deputado estadual Fernando Rainho. Ele sofria de pericardite, inflamação na membrana que envolve o coração, diagnosticada em novembro de 2011. Natural de Juiz de Fora, Fernando Rainho estava internado há mais de quatro meses no Hospital São Luiz, no Bairro Morumbi, em São Paulo. O corpo está sendo velado na capela 03 do Cemitério Parque da Saudade, onde será sepultado hoje, às 16h. O ex-deputado deixa mulher e quatro filhos.

Bacharel em Direito, Fernando Antônio Rainho Thomáz Ribeiro foi um importante político durante a década de 1970, quando se tornou secretário de Governo da Prefeitura e, posteriormente, deputado estadual. Mas foi antes, na década de 1960, que a vocação política emergiu, por entre os corredores da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

O ex-deputado também foi professor de direito constitucional na UFJF, além de ter ajudado a fundar outras duas importante escolas superiores da cidade, o Centro de Ensino Superior (CES) e a Estácio de Sá, da qual foi reitor. Em 1977, integrou o primeiro escalão do Governo Mello Reis, na Secretaria de Governo. Logo após, concorreu e venceu as eleições para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Foi deputado estadual entre 1983-1987 pelo extinto Partido Democrático Social (PDS).

De tradicional família e filho da escritora juiz-forana, Cleonice Rainho, Fernando também desempenhava importante papel no meio cultural. Atualmente compunha o Conselho de Amigos do Museu Mariano Procópio.

Nenhum comentário: