quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Contorno Ferroviário

RETIRADA DOS TRILHOS DA FERROVIA
por Tarcísio Delgado*

Este é o assunto mais importante para Juiz de Fora. Quando estive à frente da Prefeitura, lutei por todos os lados, para viabilizar o projeto do contorno ferroviário. Cheguei a ter a promessa do Presidente Tancredo Neves, depois das eleições, e duas semanas antes da posse, de que a Presidência da República iria liderar essa obra. Infelizmente, Tancredo não chegou à posse. Quando o Presidente Lula esteve em Juiz de Fora, na campanha para a reeleição, entreguei a ele pessoalmente, no aeroporto, uma exposição de motivos defendendo a necessidade da retirada dos trilhos do centro da cidade. Entreguei o mesmo documento ao então ministro Dulci, no seu gabinete, em Brasília.

Agora, fala-se em grandes investimentos até as olimpíadas e a Copa. Vão gastar bilhões. Fala-se também em TREM BALA, Rio/São Paulo. E, esta importante cidade, que foi a encruzilhada que levou o litoral para o interior, a antiga Manchester Mineira, o grande centro universitário de hoje, ninguém se lembra dela!.. Se Juiz de Fora, para salvar sua única saída urbanística, não merece esta obra, não há quem possa merecer.
Entendo que deve haver uma PPP, com participação dos governos Federal, Estadual e Municipal, além e principalmente, da MRS e da VALE. Só a elas hoje serve a ferrovia. Tem que haver uma pressão forte, inclusive, com manifestações populares, porque não podem continuar infernizando à cidade, com esses trens enormes, cortando-a de minutos em minutos.

De minha parte, como cidadão, me disponho a participar de qualquer movimento que force a tomada de providências concretas
*Tarcísio Delgado é Advogado e ex-prefeito de Juiz de Fora por três mandatos, perfazendo um total de 14 anos no poder municipal.


CONSIDERAÇÕES:
Eleição não é SANTA mas faz milagre. Sempre que aproxima o período eleitoral essa "bandeira" é ressuscitada. O próprio autor foi vereador, deputado, prefeito por três mandatos, pai de deputado (bastante atuante) e nada andou, mas o tema está sempre na pauta, pena que só é lembrado no período eleitoral. Passa a eleição e não se lembra mais do assunto. Essa é a "nossa" Juiz de Fora, dos cacarecos e dos forasteiros, do criador e da criatura.

Um comentário:

Luiz Carlos Martins Pinheiro disse...

Amigo Carlos Ferreira

Que nos desculpem, mas é uma tremenda injustiça à ferrovia e um grande desserviço à gente de JF, expulsá-la do seu espaço primitivo.

O que se deve lutar é à recuperação dos serviços de passageiros que não cabem ficar fora de onde sempre estiveram, mas sim da transferência para fora dos serviços decarga que apenas por lá trafegam.

Outrossim não que não se condene projetos tão importantes como o TVA Brasil na defeza de uma tal idéia.

Abraços, saúde e Paz de Cristo.
Luiz Carlos/MPmemória.