segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Eleições 2016

Por falta de dinheiro, eleições de 2016 serão manuais, diz portaria da Justiça

Por falta de dinheiro, as eleições municipais de 2016 serão realizadas manualmente. É a primeira vez que isso acontecerá desde 2000, quando todo o eleitorado brasileiro começou a votar eletronicamente. A informação de que o contingenciamento impedirá eleições eletrônicas foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta segunda-feira, 30/11.

As urnas eletrônicas foram usadas pela primeira vez em 1996. Mas somente nas eleições de 2000 todo o eleitorado votou eletronicamente.


quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Literatura

"A vida é uma Festa, a história de Amaury Jr"
Escrito pelo jornalista Bruno Méier, o livro revela que há 35 anos, Amaury Junior criava o colunismo social eletrônico, formato campeão na televisão brasileira, que inspirou centenas de apresentadores regionais pelo país e o mantém no ar até hoje. Nas festas mais luxuosas, nos eventos mais sofisticados ou nas viagens para endereços pouco frequentados, Amaury é a janela para um mundo pouco acessível a milhões de espectadores. Inúmeras celebridades brasileiras e internacionais já foram entrevistadas ao menos uma vez por Amaury: de presidentes da república aos maiores nomes do empresariado, esportistas, cantores, atores e artistas. A vida é uma festa apresenta pela primeira vez o que Amaury Junior viu, ouviu e viveu nos últimos 35 anos. Casos da noite, da televisão, dos grandes nomes que já passaram por seu programa. Também conta como um rapaz de classe média do interior paulista se transformou em um dos mais populares e longevos apresentadores da TV brasileira. A vida é uma festa para Amaury. Agora é hora de saber o que acontece nela.

sábado, 7 de novembro de 2015

07 de novembro - dia do Radialista

Dia do Radialista
O Dia do Radialista foi instituído pela primeira vez num decreto de 1945, criado pelo presidente Getúlio Vargas. Na época, a celebração era no dia 21 de setembro. Em 2006, a data foi mudada para 7 de novembro, em homenagem ao nascimento do músico e radialista Ary Barroso. Ele ficou conhecido como um dos mais inventivos compositores nacionais.
Na década de 1980, por ocasião do IV Congresso Brassileiro de Radiodifusão, realizado na Bahia, os proprietários de emissoras de rádio (radiodifusores), decidiram que 21 de setembro permaneceria como dia do radialista e do rádio, e no dia 25 de setembro, data de nascimento do médico, antropólogo e professor Edgar Roquette-Pinto, seria o dia do Radiodifusão.

Em 2006, um decreto assinado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, instituiu que a data seria mudada mudada para 07 de novembro, em homenagem ao nascimento do músico e radialista mineiro de Ubá, Ary Barroso (Ary Evangelista de Rezende Barroso), deixando o dia 21 de setembro, que é o dia da árvore, para o dia do rádio. 


Obs:
Radialista é o profissional que trabalha com todos os processos na produção de programas para TV, rádio e, hoje em dia, na internet também. Podem ser diretores, produtores, editores, roteiristas, apresentadores e, os mais famosos, locutores.

Literatura

"Kiss, Uma Porta para o céu"
Escrito pelo padre Lauro Trevisan, o livro relata o drama dos 241 jovens tragados pelo incêndio da boate Kiss, em Santa Maria, e descobre que o voo celestial dessa juventude cometeu o milagre de inspirar o nascer de uma nova humanidade, mais amorosa, mais solidária, mais fraterna e mais elevada espiritualmente. O livro busca responder aos por quês do sofrimento, onde está Deus diante de tanta dor e como reaver a vontade de viver e a felicidade.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Edgar de Almeida Negrão de Lima (1913-2015)

Morre no Rio, aos 102 anos, Bob Lester

Morreu na madrugada desta sexta-feir, 06/11, o dançarino e sapateador Bob Lester, de 102 anos.  Nascido Edgar de Almeida Negrão de Lima, ele se notabilizou nas décadas de 1930 e 1940, quando chegou a dançar ao lado de Frank Sinatra e Bob Hope.

Edgar de Almeida Negrão de Lima nasceu em 17 de janeiro de 1913, no distrito de Boca do Monte, na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O nome artístico foi criado pelo comediante americano Bob Hope, quando já trabalhava nos Estados Unidos. O americano achava que o nome de batismo dificultaria a vida artística em um país de língua inglesa.
Bob Lester, que vivia no Retiro dos Artistas, estava internado desde o dia 04 de novembro no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Segundo o hospital Bob Lester morreu por volta das 3h desta sex-feira.
Bob Lester participou da segunda formação do Bando da Lua, o conjunto que acompanhava a cantora e atriz Carmen Miranda em suas apresentações nos Estados Unidos. 
Ao lado de Carmen Miranda, Bob Lester participou de produções no cinema americano como ‘Uma noite no Rio’ (1941), ‘Entre a loura e a morena’ (1943).

Nos anos de 1960, Bob Lester perdeu a mulher e as duas filhas em um acidente de carro. O impacto da tragédia o desorientou, levando-o a buscar ajuda psiquiátrica. Depois, acabou morando nas ruas, sem residência fixa, vivendo da ajuda de amigos. Há dois anos, chegou a morar no Retiro dos Artistas, mas saiu "por vontade própria"

Até voltar ao Retiro dos Artistas, Bob viveu em Niterói, num apartamento emprestado pelo cantor Luiz Fernando, que cuidava dele e que cuidou da volta dele ao Retiro dos Artistas..