terça-feira, 29 de outubro de 2013

Copa do Mundo

Michel Platini defende Copa do Mundo com 40 seleções
Essa seria essa a solução para incluir mais asiáticos e africanos no torneio

 Presidente da Uefa e candidato à presidência da Fifa, Michel Platini defendeu a ideia de que a Copa do Mundo passe a ter 40, e não mais 32 seleções, como tem sido desde a edição de 1998, realizada na França. Segundo Platini, essa seria a solução para incluir mais asiáticos e africanos no torneio, sem tirar vagas de seleções da Europa.

Já em pré-campanha para as eleições de 2015, Joseph Blatter afirmou, em sua coluna na revista da Fifa,que Ásia e África merecem mais vagas na Copa do Mundo. A declaração não foi dada à toa. Os dois continentes, juntos, têm quase metade dos 207 associados à Fifa e, por isso, serão determinantes na eleição direta.

Ásia (46) e África (54) somam 100 federações nacionais, contra 53 da Europa.  Ainda assim, os europeus, com mais tradição no futebol, terão 13 seleções na Copa do Mundo no Brasil, enquanto a África terá cinco representantes e a Ásia no máximo cinco - a Jordânia joga repescagem contra o Uruguai.

Pela proposta de Platini, Ásia e África ganhariam mais duas vagas já na edição de 2018 do Mundial, na Rússia. Mas a Europa e a América também teriam direito a levar mais duas seleções à Copa do Mundo. Nas contas de francês, a competição precisaria de apenas três dias a mais para ser realizada.

A Copa da Espanha, em 1982, foi a primeira a contar com 24 seleções, uma vez que até a edição anterior, na Argentina, eram apenas 16 participantes. Nova mudança no número de vagas aconteceu em 1998, quando o Mundial da França foi o primeiro com 32 equipes. As quatro edições seguintes (contando a do ano que vem) mantiveram a fórmula.

Ao defender a mudança, Platini mantém uma postura histórica. Afinal, foi exatamente com a proposta de ampliar os horizontes do futebol que ele foi eleito, em 2007, para a presidência da Uefa. No cargo, ele facilitou o acesso de clubes de países com menor tradição à Liga dos Campeões e à Liga Europa. Também aumentou o número de seleções na Eurocopa, que passou de 16 para 24, alteração que será posta em prática na próxima edição, em 2016.

Literatura

"A bula da vida – Uma fábula sobre meditação e medicação"
Com ilustração de Juçara Costa e escrito pela médica Acely G. Hovelacque, a obra apresenta uma tocante fábula sobre a vida e o bem-estar. Voltado às pessoas que estão mergulhadas e sufocadas na roda viva da atualidade, propõe a reconstrução do homem fragmentado, por meio do acesso à ampliação de consciência, à mudança do olhar e à transformação. O personagem central da fábula é um médico às vésperas da aposentadoria, que discute com seus assistentes a impermanência e o repasse do seu legado para as novas gerações. Como somar as diferenças e multiplicar as afinidades? Como salvar o que é essencial? É possível preservar a sabedoria em meio ao mar de informações a que estamos sujeitos no nosso dia a dia? Como encontrar uma linguagem universal com tantos ruídos? Essas e outras questões são colocadas nesse livro, que oferece ao leitor um novo olhar sobre a existência e alerta que o melhor medicamento disponível a todos é justamente a própria vida.  Para tanto, a autora revela sua experiência terapêutica e aborda, na fábula, como a meditação e as medicações existentes podem auxiliar as pessoas, a partir dos conceitos propostos pela Medicina Integrativa. De acordo com a filósofa e escritora Dulce Magalhães, que assina a orelha da obra, a autora proporciona, com sabedoria de seus textos, remédio para a alma dos que buscam e daqueles que pensam ter encontrado.

sábado, 26 de outubro de 2013

Meia, Meia ou Meia?

O português praticado no Brasil ...

*Na recepção dum salão de convenções, em Fortaleza*

- Por favor, gostaria de fazer minha inscrição para o Congresso.
- Pelo seu sotaque vejo que o senhor não é brasileiro. O senhor é de onde?
- Sou de Maputo, Moçambique.
- Da África, né?
- Sim, sim, da África.
- Aqui está cheio de africanos, vindos de toda parte do mundo. O mundo está
cheio de africanos.
- É verdade. Mas se pensar bem, veremos que todos somos africanos, pois a
África é o   berço antropológico da humanidade...
- Pronto, tem uma palestra agora na sala meia oito.
- Desculpe, qual sala?
- Meia oito.
- Podes escrever?
- Não sabe o que é meia oito? Sessenta e oito, assim, veja: 68.
- Ah, entendi, *meia* é *seis*.
- Isso mesmo, meia é seis. Mas não vá embora, só mais uma informação: A
organização   do Congresso está cobrando uma pequena taxa para quem quiser ficar com o
material:
  DVD, apostilas, etc., gostaria de encomendar?
- Quanto tenho que pagar?
- Dez reais. Mas estrangeiros e estudantes pagam *meia*.
- Hmmm! que bom. Ai está: *seis* reais.
- Não, o senhor paga meia. Só cinco, entende?
- Pago meia? Só cinco? *Meia* é *cinco*?
- Isso, meia é cinco.
- Tá bom, *meia* é *cinco*.
- Cuidado para não se atrasar, a palestra começa às nove e meia.
- Então já começou há quinze minutos, são nove e vinte.
- Não, ainda faltam dez minutos. Como falei, só começa às nove e meia.
- Pensei que fosse as 9:05, pois *meia* não é *cinco*? Você pode escrever
aqui a hora que  começa?
- Nove e meia, assim, veja: 9:30
- Ah, entendi, *meia* é *trinta*.
- Isso, mesmo, nove e trinta. Mais uma coisa senhor, tenho aqui um folder
de um hotel que está fazendo um preço especial para os congressistas, o senhor já
está  hospedado?
- Sim, já estou na casa de um amigo.
- Em que bairro?
- No Trinta Bocas.
- Trinta bocas? Não existe esse bairro em Fortaleza, não seria no Seis
Bocas?
- Isso mesmo, no bairro *Meia* Boca.
- Não é meia boca, é um bairro nobre.
- Então deve ser *cinco* bocas.
- Não, Seis Bocas, entende, Seis Bocas. Chamam assim porque há um encontro
de seis   ruas, por isso  seis bocas. Entendeu?

- E há quem possa entender?

Literatura

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Paulo Roberto Braga

Morre o locutor esportivo Paulo Roberto Braga
Morreu ontem, 24/10, vítima de complicações cardiorrespiratórias, no Rio de Janeiro, o locutor esportivo Paulo Roberto Braga. Com passagens pelas rádios Tupi, Nacional e Bandeirantes e pelas radios comunitarias Stillus FM e Bangu FM, Paulo Roberto Braga tinha um estilo de narrar futebol parecido com o de Doalcey Camargo (1940-2009). O corpo vai ser sepultado no cemitério Jardim Sulacap

Literatura

“Segurança Pública e Jornalismo: desafios conceituais e práticos no século XXI”
Escrito pelo jornalista e profresor Ricardo Bendo e editado pela editora Insular, o livro se divide em dois eixos de pensamento. O primeiro é sociológico e apresenta as trajetórias de algumas instituições policiais no mundo e a discussão acerca do contemporâneo conceito de Policiamento Comunitário. O segundo foco é na formação jornalística, com ênfase em aspectos teóricos e práticos do dia a dia da imprensa diante desse especializado fluxo de informações. A obra é prefaciada pelo tenente-coronel da Polícia Militar de Minas Gerais, Alexandre Nocelli, considerado uma das maiores referências no país sobre o estudo e a aplicabilidade de conceitos e de ações da filosofia de polícia comunitária.

Uma das questões centrais do livro é a proposta de reafirmação da expressão Jornalismo de Segurança Pública, em substituição à tradicional terminologia “jornalismo policial”. Para o autor, é fundamental o entendimento de que boa parte dos fatos e pautas da área não são apenas de origem ou de resolução policial. Nesse sentido, Bedendo observa que é preciso ampliar os olhares e experiências sobre os contextos da vida e perceber a fundo as inter-relações de circunstâncias que acompanham os registros. Para tanto, é importante uma sólida formação já nas escolas de comunicação, que capacite o profissional a interagir com os diversificados cenários e lhe faça pensar sobre as dimensões e ligações entre credibilidade e ética.
Fonte: www.ufjf.br

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Eurico Gade (1940-2013)

Morre Eurico Gade
Morreu na noite de domingo, 20/10, Hospital Paulo de Tarso, em Belo Horizonte, aos 73 anos, o empresário e radialista, Eurico Gade. Fundador e presidente do Grupo Sistec de Comunicação (TV Sistec e Rádio Caratinga AM/FM), Eurico Gade, nasceu em Teófilo Otoni em 19 de outubro de 1940 e chegou em Caratinga em setembro de 1964.
Eurico Gade foi presidente da AMIRT (Associação Mineira de Rádio e Televisão), no período de 1987 a 1998, e membro da AMCE (Associaçção Mineira de Cronistas Esportivos).
O corpo está sendo velado no Santuário de Adoração Perpétua, em Caratinga, no leste mineiro, com sepultamento previsto para às 16h, no cemitério São João Batista.

Literatura

"Províncias – Crônicas da Alma Interiorana"

O jornalista Marcelo Canellas reúne 70 crônicas publicadas no jornal Diário de Santa Maria, da cidade onde viveu. Embora tenha nascido em Passo Fundo, mas foi na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), que se formou em jornalismo. Nos textos, ele fala sobre o convívio vida interiorana e faz uma declaração de amor à terra natal.

A primeira crônica do livro, por exemplo, ‘O Janeiro em que o Brasil me Perdeu’, é sobre a tragédia da da boate Kiss e a cidade  Santa Maria é abordada nas 160 páginas do livro.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Prêmio São Paulo de Literatura

Professor da Facom (Faculdade de Comunicação) é indicado para um dos maiores prêmios literários do país
O secretário adjunto de Comunicação e professor da Faculdade de Comunicação (Facom) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), jornalista Rodrigo Barbosa (foto), é um dos finalistas ao Prêmio São Paulo de Literatura. O concurso, organizado pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, é um dos mais importantes do país. O docente está entre os dez indicados da categoria de autores estreantes com o livro “O homem que não sabia contar histórias”.

Ele ressalta que a premiação foi uma surpresa. “Não esperava todo esse reconhecimento logo no meu primeiro romance. Já escrevia como jornalista e compositor quando decidi me aventurar nessa área. A premiação é mais do que o reconhecimento, é uma maneira de divulgar meu trabalho, além de uma grande alegria e um estímulo para continuar escrevendo.”

Além do prêmio, que contempla com R$ 100 mil o vencedor, o evento também promove encontros com os autores, para debater literatura. “É uma oportunidade para trocar experiências e opiniões sobre o fazer literário” completa Rodrigo, que participará de sessões como essas nos próximos dias.

O Prêmio São Paulo de Literatura surgiu em 2008 e prestigia romances em língua portuguesa lançados no Brasil. Os vencedores serão selecionados por um júri formado por cinco profissionais do meio literário e a premiação será realizada no dia 25 de novembro, no auditório do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.

O livro “O homem que não sabia contar histórias” foi lançado em abril de 2012 pela Editora Record.
Fonte: www.ufjd.br

Literatura

"Particular Cuba"
O livro, escrito por Du Ribeiro, é um registro da frota de veículos antigos da ilha que a tornaram um museu a céu aberto. A beleza das imagens, registradas em película com câmeras analógicas, extrapola o mero prazer estético, revelando ao observador um país permeado por contrastes – onde os investimentos na saúde e na educação convivem com as restrições ao consumo e a falta de liberdade política, e os automóveis, ícones do capitalismo banido da ilha, são um fiel retrato do regime comunista. 

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Tião Carreiro e Pardinho

Há exatas duas décadas, em 15 de outubro de 1993, falecia, aos 58 anos, o violeiro José Dias Nunes, o Tião Carreiro, vítima de complicações trazidas pelo diabetes.

Tião Carreiro (José Dias Nunes), nasceu em São Francisco-MG, região de Montes Claros, no Norte de Minas, em 13 de dezembro de 1934 e morreu em São Paulo-SP, em 15 de outubro de 1993;
Pardinho (Antonio Henrique de Lima), nasceu em São Carlos-SP, em 14 de agosto de 1932 e morreu em Sorocaba-SP, em 02 de junho de 2001. 

Outras duplas:
Tião Carreiro e Carreirinho, Tião Carreiro e Paraíso e Tião Carreiro e Praiano.

Literatura

"História e memória do Centro-Oeste Mineiro"

Escrito por Batistina Maria de Souza Corgozinho, o livro reúne artigos que buscam pensar no Centro-Oeste mineiro como objeto de pesquisa, em termos de história regional e local. Os textos foram produzidos a partir das discussões no II Seminário História e Memória do Centro-Oeste Mineiro - cidade, memória e cultura, organizado pela FUNEDI, com o objetivo de sedimentar e sistematizar abordagens sobre a história regional.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Futebol

Mundial de Clubes 2013
Atlético estreia no Mundial contra Raja Casablanca, Auckland City ou Monterrey, no dia 18 de dezembro, em Marrakesh.
 A Fifa realizou, nesta quarta-feira, o sorteio do Mundial de Clubes no Hotel Mamounia, em Marrakesh, no Marrocos. O Atlético, que já entra na semifinal, estreia no dia 18 de dezembro, em Marrakesh. O adversário sairá do confronto entre o vencedor do jogo 1 (Raja Casablanca e Auckland City) contra o Monterrey, do México.

Na outra chave, o Bayern de Munique espera o vencedor do representante asiático (FC Seoul ou Guangzhou) contra uma equipe africana (Al-Ahly, Coton Sport, Espérance Tunis ou Orlando Pirates).

A competição terá início no dia 11, em Agadir, com o duelo eliminatório entre Raja Casablanca e Auckland City. A decisão está marcada para o dia 21 de dezembro, em Marrakesh.

Sedes
Marrocos terá duas sedes: Marrakesh e Agadir. A primeira cidade tem cerca de 1 milhão de habitantes e se localiza no Sudoeste do país. O moderno estádio de Marrakesh, com capacidade para 45.240 torcedores, foi inaugurado em 2011 e será palco de quatro partidas – incluindo a decisão, no dia 21.

Por sua vez, a litorânea Agadir, ao Sul, tem cerca de 350 mil habitantes. O estádio local tem capacidade para 45.480 pessoas e terá quatro jogos.

Participantes
Conmebol (campeão sul-americano): Atlético
Uefa (campeão europeu): Bayern de Munique
Concacaf (campeão norte-americano): Monterrey
OFC (campeão da Oceania): Auckland City
Campeão do país-sede: Raja Casablanca
AFC (campeão asiático): FC Seoul ou Guangzhou
CAF (campeão africano): Al-Ahly, Coton Sport, Espérance Tunis ou Orlando Pirates.

Literatura

"Dias Gomes"

O livro é uma compilação de depoimentos organizada por suas filhas Luana e Mayra Dias Gomes com sua segunda mulher, a atriz Bernadeth Lyzio. 

Criador de uma série de personagens que perduram no imaginário popular com seus trejeitos e bordões, Sinhozinho Malta e Viúva Porcina (de "Roque Santeiro"), Odorico Paraguaçu (de "O Bem-Amado"), Tucão (de "Bandeira 2") etc, Dias, pai da telenovela genuinamente brasileira, era primordialmente um homem de teatro.

Começou a escrever aos 15 anos e foi encenado pela primeira vez aos 19, quando Procópio Ferreira montou "Pé-de-Cabra" (1942), que foi sua primeira obra censurada.

Socialista até o fim da vida, filiado ao Partido Comunista, imprimiu à sua produção um tom de crítica política e sátira social que lhe renderia fama e perseguição.

Futebol

Copa do Nordeste 2014
Em sorteio realizado em Salvador (BA) os grupos da Copa do Nordeste foram definidos. O torneio, com início no dia 20 de janeiro de 2014, conta com 16 clubes.

Os grupos:
Grupo A
Vitória-BA
América-RN
River Plate-SE
Sergipe-SE

Grupo B
Bahia-BA
Santa Cruz-PE
CSA-AL
Vitória da Conquista-BA

Grupo C
Ceará-CE
CRB-AL
Treze-PB
Potiguar-RN

Grupo D
Sport-PE
Náutico-PE
Guarany-CE
Botafogo-PB

Regulamento
A Copa do Nordeste 2014 será disputada em quatro fases, na primeira, 16 equipes serão divididas em quatro grupos (A, B, C e D) e jogarão entre si partidas de ida e volta. Os dois melhores times de cada chave se classificam para as quartas de final cujo cruzamento será da seguinte forma:

1º Grupo A x 2º Grupo C
1º Grupo C x 2º Grupo A
1º Grupo B x 2º Grupo D
1º Grupo D x 2º Grupo B

Após duas partidas, serão conhecidos os semifinalistas e, na sequência, após outras duas partidas, os finalistas.

Em caso de empate em pontos ganhos entre dois ou mais clubes na primeira fase, o desempate para efeito de classificação será definido observando-se os critérios abaixo:

1º) maior número de vitórias;
2º) maior saldo de gols;
3º) maior número de gols pró;
4º) confronto direto (quando o empate ocorrer entre dois clubes);
5º) menor número de cartões vermelhos recebidos;
6º) menor número de cartões amarelos recebidos;
7º) sorteio.

Na fase eliminatória (quartas de final, semifinais e final), em caso de empate de pontos, serão considerados:
1º) maior saldo de gols;
2º) maior número de gols pró assinalados no campo do adversário;
3º) cobrança de pênaltis, de acordo com os critérios adotados pela International Board.



Literatura

"Odorico na cabeça"

Da peça teatral 'O bem-amado' ao vitorioso seriado de TV com o mesmo título, uma das melhores produções televisivas de todos os tempos, em qualquer país, e finalmente aos contos de 'Sucupira, ame-a ou deixe-a', e deste 'Odorico na cabeça', o que resultou não foram apenas variantes da irresistível crônica desse tão contraditório chefete político do interior, mas recriações completas, com linguagem e características adequadas a três veículos de comunicação com sintaxe própria. Dias Gomes foi de tal modo bem-sucedido em cada uma delas que, hoje, Sucupira é um município conhecido em todos os cantos do Brasil, e suas figuras mais evidentes - Odorico, Zeca Diabo, Dirceu Borboleta, Lulu Gouveia, as Cajazerias, Dona Chica Bandeira e Padre Honório - transformaram-se em personalidades nacionais. Talento e engenho são duas qualidades marcantes em toda a produção literária de Dias Gomes. Profundamente ligado às alegrias e tristezas de nosso povo, ele não apenas escolhe temas que estabelecem comunicação ampla com grandes massas humanas, mas que, como ocorre nas obras de Brecht, contribuem para edifica-las, ajudando-as a tomar consciência de si próprias e de seu legítimo direito (freqüentemente usurpado ou restringido) de ter voz e voto sobre assuntos de interesse nacional. Notável, também, é a versatilidade com que às vezes elabora um dado tema, apresentando-o sob várias formas, todas elas com estrutura e estilo bem definidos. Foi o que ocorreu, por exemplo, com os três aproveitamentos que teve a sempre divertida, mas ora doce-amarga, ora cortantemente crítica, narrativa das andanças de Odorico Paraguaçu, o Prefeito de Sucupira.

Futebol

Copa Verde 2014
A CBF vai promover entre 19 de janeiro e 16 de fevereiro de 2014 a Copa Verde, torneio em formato mata-mata com 16 clubes das regiões Norte, Centro-Oeste e do estado do Espírito Santo.A competição vai ocupar oito datas e dará ao campeão uma vaga na Copa Sul-Americana de 2015.

São três clubes do Pará (Paysandu, Remo e Paragominas), dois do Amazonas (Nacional e Princesa do Solimões), dois do Mato Grosso (Cuiabá e Mixto), dois do Distrito Federal (Brasília e Brasiliense), um do Acre (Plácido de Castro), um do Amapá (Santos),  um de Rondônia (Vilhena), um de Roraima (Náutico), um de Tocantins (Interporto), um do Mato Grosso do Sul (Cene) e um do Espírito Santo (Desportiva).

A ideia do torneio, parecida com a da Copa Nordeste, era reunir apenas clubes da região Norte (por isso o nome Copa Verde em alusão à Floresta Amazônica), mas ampliou-se o torneio para o Centro-Oeste e o Espírito Santo.

Os confrontos serão definidos pelo ranking da CBF em uma reunião no fim do mês de outubro na sede da entidade. O problema fica por conta do calendário brasileiro, que já está apertado em virtude da Copa do Mundo 2014.
O Ministério do Esporte e a TV Esporte Interativo, que vai transmitir o torneio, vão dividir os custos do torneio.

Literatura

"Sucupira, Ame-a ou Deixe-a"
Dias Gomes desentranhou da peça "O Bem-Amado" uma novela de televisão de amplo êxito e, a seguir, um seriado de TV, também de vasta repercussão popular. Agora, desta gesta eletrônica, selecionou sete divertidíssimos episódios que narram as "venturas e desventuras de Zeca Diabo e sua gente nas terras de Odorico Paraguaçu". "Sucupira, Ame-a ou Deixe-a" é livro ameno e alegre, zombeteiro e hilariante que, através da gozação e da galhofa, critica a realidade político-social brasileira, dessacralizando mitos, comportamentos, costumes e posturas. Um livro para rir, mas também para meditar.

domingo, 6 de outubro de 2013

Série 2013

O Tupi está de volta à série C do futebol nacional. O Galo Carijó venceu a equipe do Mixto por 3 a 2 e garantiu vaga nas semifinais do Campeonato Brasileiro da Série D. O atacante Ademilson (de penalti), o meia Michel e o zagueiro Kall (contra) marcaram os gols da vitória alvinegra. Jonata Obina marcou os dois gols do Mixto.

Eleições
A chapa "Mais Tupi", encabeçada por Myrian Fortuna e Geraldo Magela Tavares, venceu em 05/10, as eleições do Tupi. A chapa da situação obteve 135 dos 178 votos registrados nas urnas.

Literatura

"0 Bem Amado"

Odorico, o Grande, o Pacificador, o Bem-Amado é a encarnação mesma, em escala provinciana, de personagens bem mais sinistros da vida politica latino-americana, ditadores, caudilhos, demagogos de todos os tipos-e cujo perfil, ora cômico, ora patético, a rica imaginação do Autor delineia de forma precisa e contundente.


Futebol

Série D 2013
O Tupi tem a chance de garantir o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro neste domingo, às 16h, no Estádio Radialista Mário Helênio. A equipe de Juiz de Fora recebe o Mixto-MT e garantirá presença na Terceira Divisão nacional se vencer por qualquer placar ou empatar sem gols. O primeiro jogo, em Cuiabá, terminou empatado em a 1 a 1.

Campanha  
O Tupi de Juiz de Fora fez a melhor campanha da primeira fase, com 21 pontos conquistados, com sete vitórias e apenas uma derrota, com 17 gols marcados e oito sofridos. Nas oitavas de final, empate em 1 a 1 contra a Aparecidense no primeiro jogo. No jogo de volta, venceria por 3 a 2 se não fosse a invasão de campo por parte do massagista da equipe goiana, ato que causou a eliminação da Aparecidense. No primeiro jogo das quartas de final, empate em 1 a 1 diante do Mixto. Somando todo campeonato e considerando vitória na segunda partida contra a Aparecidense, o Tupi teve oito vitórias, dois empates  e apenas uma derrota, o que resulta em aproveitamento de 78,78%. O Tiradentes-CE, foi o segundo melhor, com 19 pontos, o Botafogo da Paraíba ficou em terceiro, com 17 e o Mixto-MT, em quarto, com 16 pontos conquistados.

Tupi: Victor Souza, Henrique, Sílvio, Fabrício Soares e Rafael Estevam; Felipe Lima, Genalvo, Michel e Adriano Felício; Ademillson e Núbio Flávio. Técnico: Felipe Surian.
Mixto: Bruno, Lucas Newton, Kal, Wellington e Robinho; Jamba, Kiko, Felipe Blau e Geovane; Geílson e Rafael Paty (Jonatas Obina). Técnico: Ito Roque.
Arbitragem: Marcelo Aparecido de Soza (SP).

Literatura

"O Pagador de Promessas"
É um livro que conta a história de um rapaz que vive na roça, e que por adoração a seu melhor companheiro, seu burro, faz uma promessa de cura para ele depois que um pedaço de árvore cai sobre sua cabeça. A promessa de carregar uma cruz quase do tamanho da de Jesus até uma Igreja de Santa Bárbara, era muito difcil, no entanto Zé do Burro não pensou em desistir nem por um só segundo.
A maior dificuldade encontrada por ele foi que o Padre não queria deixá-lo entrar na Igreja, pois dizia que aquilo era obra do Satanás, que Zé do Burro seria supostamente uma pessoa ruim por trás de uma promessa pelo fato da mesma ter sido feita em um Candomblé. Porém, o roceiro não desistia de jeito nenhum, então foi chegado a um acordo pelo Monsenhor (Papa), o Padre e o Sacristão de que ele poderia descartar aquela promessa e fazer outra no lugar, só que ele não quis com medo da Santa não gostar e ficou com a sua promessa inicial. A história se prolonga através desse desejo de entrar na igreja e o impedimento dos 3 discípulos de Jesus.

Transporte Ferroviário

Ministério dos Transportes pretende reativar antigas linhas férreas em 14 trechos do país
Em Minas, governo vai leiloar ligação ferroviária entre municípios da Grande BH

A reativação de antigas linhas de trens de passageiros está na pauta do governo federal. O Ministério dos Transportes tem feito a atualização de estudos de 14 trechos considerados prioritários em todo o país, que totalizam quase 2 mil quilômetros. A proposta é permitir a ligação ferroviária entre municípios distantes até 200 quilômetros. Seis desses projetos encontram-se em fase mais adiantada.

As linhas estão localizadas no Rio Grande do Sul (duas), Paraná (uma), Bahia (uma), Piauí (uma) e Maranhão (uma). Recentemente, representantes de prefeituras mineiras estiveram em Brasília com a missão de sensibilizar o governo a incluir três trechos no pacote: Montes Claros, Janaúba e Januária (Norte do estado); Uberaba, Uberlândia e Araguari (Triângulo Mineiro); Araxá (Alto Paranaíba); e Lavras e Varginha (Sul).

Uma das dúvidas do Palácio do Planalto é se as obras serão custeadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) ou se poderiam ser bancadas por meio de parcerias públicos-privadas (PPP’s). Paralelamente ao projeto nacional, a Secretaria Estadual de Gestão Metropolitana prepara a modelagem do sistema de trem de passageiros da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A expectativa é que no ano que vem sejam feitos os leilões de três linhas, ligando municípios da área Central à capital. A conexão permitiria, por exemplo, fazer o percurso de trem de Sete Lagoas, Brumadinho, Divinópolis, Ouro Preto e Conselheiro Lafaiete até Belo Horizonte. Um ramal permitiria conectá-lo ao aeroporto de Confins.

Vitória-Minas
O poder público e a iniciativa privada têm muito o que aprender no único transporte ferroviário de passageiros diário no Brasil. Muitas coisas que ocorrem na Vitória-Minas podem ser copiadas em futuras linhas. Por outro lado, há situações que precisam de soluções para beneficiar ainda mais os passageiros. O EM listou tantos pontos positivos quanto negativos em cinco itens – alimentação, internet, segurança, comunicação e embarque/desembarque.

Em se tratando da alimentação, os preços cobrados no vagão-restaurante e no vagão-lanchonete estão longe de serem abusivos como os dos aeroportos. A refeição mais cara é o PF com picanha, arroz, feijão, batata frita, salada e farofa: R$ 16,00. O do frango com macarrão sai a R$ 10,00.

Internet 
Por outro lado, a mesma empresa não trabalha com cartões de crédito e débito. O motivo é a falta de sinal de internet em boa parte do trecho de BH a Cariacica. Nos dias de hoje, porém, é cada vez maior o número de brasileiros que substituem o dinheiro pela moeda de plástico. Ao lado do vagão-restaurante, há um vagão com bancada e tomadas para quem desejar usar o notbook.

O sistema de comunicação interno na Vitória-Minas é outro item a ser destacado. O lado positivo é que todas as estações são anunciadas com antecedência pelo alto-falante. Da mesma forma, qualquer parada ou redução da velocidade da locomotiva é comunicada aos usuários.

O lado negativo é que, ao contrário da aviação, os anúncios são informados apenas na língua nacional. Levando-se em conta que o Brasil está prestes a sediar uma Copa do Mundo e que tanto Minas quanto o Espírito Santo têm vários pontos turísticos, é importante que o sistema de comunicação também pronuncie as informações em inglês.

Segurança 
Já a presença de vigilantes no interior da composição e nas estações é o ponto positivo do tema segurança. Por sua vez, vândalos promovem a violência em dois trechos. Próximo à estação de Ipaba (MG) e à de Flexal (ES), um comunicado sugere aos usuários que fechem as cortinas e janelas dos vagões, pois os trechos correm risco de “apedrejamento”. A solução do problema é de competência do poder público e da própria sociedade, que precisa denunciar os “atiradores” de pedras.

Por fim, em se tratando do embarque e do desembarque, as locomotivas partem no horário previsto. O que precisa mudar é a infraestrutura em algumas estações, onde as plataformas são pequenas e os passageiros, dependendo dos vagões, descem nos trilhos e a muitos metros da plataforma.

Mais conforto 
A Vale investirá uma fortuna para trocar todos os vagões da Vitória-Minas. A mineradora mantém sigilo sobre o assunto, confirmando apenas o interesse em renovar a frota. O EM apurou, porém, que a ex-estatal já fechou contrato de compra com a romena Astra Vagoane Arad de algumas dezenas de vagões, os quais devem chegar ao Brasil até 2015. Há uma possibilidade de todas as novas unidades terem ar-condicionado, privilégio apenas dos usuários que viajam na classe executiva.
Fonte: www.em.com.br


Literatura

"Entre a cruz e o arco-íris: A complexa relação dos cristãos com a homoafetividade"
Em um tom jornalístico fluido e investigativo, a jornalista Marília de Camargo César traz à tona fatos e informações a partir de pesquisas sólidas em fontes históricas, nas quais procura a origem do pensamento de exclusão social e religiosa dos homossexuais pelos cristãos.
Além disso, evidencia sentimentos e opiniões sobre o tema por meio de dezenas de entrevistas com religiosos, pastores, gays, ex-gays, ex-ex-gays, familiares, historiadores, teólogos, psicólogos, sociólogos e especialistas da área médica e das ciências humanas.
O resultado é um mosaico de histórias profundamente humanas, que mostram, além de argumentos e discussões em torno de questões polêmicas, muitos conflitos e atitudes causadoras de sofrimento.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Futebol na TV

Novos acordos têm vencimentos até 2017. Pela ampliação de vínculo, os clubes receberão um bônus de R$ 30 milhões até o fim do ano.

Os campeões de arrecadação com a TV continuam sendo Flamengo e Corinthians, maiores torcidas do Brasil e líderes de audiência nas transmissões. Cada clube deve receber cerca de R$ 170 milhões, com a condição de que a Globo faça mais jogos deles.

Já São Paulo, Vasco e Palmeiras receberão por ano R$ 100 milhões. Internacional, Grêmio, Botafogo, Fluminense, Atlético Mineiro e Cruzeiro devem receber algo em torno de R$ 60 milhões. E os demais clubes da primeira divisão vão receber R$ 30 milhões.

Atualmente, mesmo não tendo uma audiência astronômica de outrora, o Futebol ainda é uma das grandes fontes de renda da Globo, graças aos patrocínios de empresas privadas, que lhe dão grande lucro.

Veja abaixo quanto cada um recebe hoje e quanto receberá a partir de 2016. A tabela não inclui o pay-per-view. Quanto mais torcedores inscritos no canal Premiere um clube tem, maior a porcentagem do que recebe à parte pelo sistema pague-para-ver.

01. Flamengo e Corinthians – De R$ 110 milhões/ano para R$ 170 milhões/ano
02. São Paulo – De R$ 80 milhões/ano para R$ 110 milhões/ano
03. Vasco e Palmeiras – De R$ 70 milhões/ano para R$ 100 milhões/ano
04. Santos – De R$ 60 milhões/ano para R$ 80 milhões/ano
05. Atlético-MG, Cruzeiro, Grêmio, Internacional, Fluminense e Botafogo – De R$ 45 milhões/ano para R$ 60 milhões/ano.
06. Outros integrantes da Série A – De R$ 27 milhões para R$ 35 milhões/ano.


terça-feira, 1 de outubro de 2013

Literatura

 “O livro de Isis”  
“O livro de Isis” é o resultado de experiências pessoais e coletivas vividas pela autora, personalidade marcante, tanto quanto a decisão de lançar, pela primeira vez na vida, aos 78 anos, o primeiro livro. Nele, há uma coletânea de textos que registram sua vocação e amor pelas letras ao longo da vida, como descreve a filha e jornalista Heloísa Aline de Oliveira.


A vida de professora, de sindicalista que ousou bater de frente com a ditadura militar empunhando apenas a coragem no peito e frases articuladas e firmes nos lábios durante a repressão à greve histórica dos professores em 1979 – está presente na obra. 
O livro tem prefácio do ex-ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, amigo de longa data, é dividido em seis capítulos e reúne parte da produção intelectual da educadora – são contos, crônicas, poesias, dramaturgia e discursos

Curiosidades

Literatura

"Mulheres: Sob Todas as Luzes" 

Para entender melhor este universo, Patricia Souza, autora do "Mulheres: Sob Todas as Luzes", traz um estudo completo sobre as questões tecnológicas, culturais, sociais, históricas, éticas e filosóficas. O perfil feminino sobre todos os olhares. O livro é uma pesquisa relativa à presença das mulheres desde os tempos mais remotos até a atualidade. Não se trata de uma história sobre a mulher, mas uma análise sobre a presença dela na sociedade, sua participação na família e, principalmente, sua contribuição como ser humano e como ser pensante.