quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Os 104 ausentes

Conheça os deputados que não votaram na sessão para cassar Natan Donadon
por Fernando Rodrigues*

A lista completa com nome, partido e e-mail de cada um dos 104 ausentes

A seguir, a lista completa dos 104 deputados que não votaram na sessão de ontem, 28/08, quando foi analisado (e rejeitado) o pedido de cassação do deputado Natan Donadon (ex-PMDB), de Rondônia.

Muitos desses deputados estavam presentes na Câmara, mas preferiram não votar. Para efeitos práticos, é como se tivessem faltado (aqui, a lista de quem esteve presente e não votou).

Para todos os efeitos, portanto, estavam ausentes da sessão de votação. Ou seja, esses 104 deputados foram explicitamente a favor de salvar o mandato de Natan Donadon: ajudaram a reduzir o quórum e tornaram mais difícil atingir os 257 votos, o mínimo necessário para uma cassação.

No post a seguir, uma contabilidade desses gazeteiros mostrando que foram os partidos governistas, alinhados ao Palácio do Planalto, os que mais tiveram deputados ausentes.

A lista com os nomes, telefones do gabinete e e-mails dos 104 deputados foi montada a partir de uma comparação entre a composição completa da Câmara com a relação de quem estava presente ontem (tudo com dados oficiais da Câmara dos Deputados).

Eis a relação completa dos ausentes (os que não votaram) na sessão de 28.ago.2013:

Abelardo Camarinha (PSB-SP) – (61) 3215-5609 – dep.abelardocamarinha@camara.leg.br
Abelardo Lupion (DEM-PR) – (61) 3215-5515 – dep.abelardolupion@camara.leg.br
Afonso Hamm (PP-RS) – (61) 3215-5604 – dep.afonsohamm@camara.leg.br
Alceu Moreira (PMDB-RS) – (61) 3215-5445 – dep.alceumoreira@camara.leg.br
Alexandre Roso (PSB-RS) – (61) 3215-5742 – dep.alexandreroso@camara.leg.br
Alice Portugal (PCdoB-BA) – (61) 3215-5420 – dep.aliceportugal@camara.leg.br
Almeida Lima (PPS-SE) – (61) 3215-5726 – dep.almeidalima@camara.leg.br
André Zacharow (PMDB-PR) – (61) 3215-5238 – dep.andrezacharow@camara.leg.br
Angelo Vanhoni (PT-PR) – (61) 3215-5672 – dep.angelovanhoni@camara.leg.br
Anselmo de Jesus (PT-RO) – (61) 3215-5948 – dep.anselmodejesus@camara.leg.br
Antonio Balhmann (PSB-CE) – (61) 3215-5522 – dep.antoniobalhmann@camara.leg.br
Arnaldo Jardim (PPS-SP) – (61) 3215-5245 – dep.arnaldojardim@camara.leg.br
Arthur Oliveira Maia (PMDB-BA) – (61) 3215-5537 – dep.arthuroliveiramaia@camara.leg.br
Artur Bruno (PT-CE) – (61) 3215-5467 – dep.arturbruno@camara.leg.br
Asdrubal Bentes (PMDB-PA) – (61) 3215-5410 – dep.asdrubalbentes@camara.leg.br
Bernardo Santana De Vasconcellos (PR-MG) – (61) 3215-5854 – dep.bernardosantanadevasconcellos@camara.leg.br
Betinho Rosado (DEM-RN) – (61) 3215-5840 – dep.betinhorosado@camara.leg.br
Beto Albuquerque (PSB-RS) – (61) 3215-5338 – dep.betoalbuquerque@camara.leg.br
Beto Faro (PT-PA) – (61) 3215-5723 – dep.betofaro@camara.leg.br
Beto Mansur (PP-SP) – (61) 3215-5616 – dep.betomansur@camara.leg.br
Biffi (PT-MS) – (61) 3215-5260 – dep.biffi@camara.leg.br
Bohn Gass (PT-RS) – (61) 32155269 – dep.bohngass@camara.leg.br
Carlos Bezerra (PMDB-MT) – (61) 3215-5815 – dep.carlosbezerra@camara.leg.br
Carlos Magno (PP-RO) – (61) 3215-5213 – dep.carlosmagno@camara.leg.br
Carlos Roberto (PSDB-SP) – (61) 3215-5568 – dep.carlosroberto@camara.leg.br
Claudio Cajado (DEM-BA) – (61) 3215-5630 – dep.claudiocajado@camara.leg.br
Darcísio Perondi (PMDB-RS) – (61) 3215-5518 – dep.darcisioperondi@camara.leg.br
Dr. Luiz Fernando (PSD-AM) – (61) 3215-5520 – dep.dr.luizfernando@camara.leg.br
Edson Pimenta (PSD-BA) – (61) 3215-5403 – dep.edsonpimenta@camara.leg.br
Eduardo Sciarra (PSD-PR) – (61) 3215-5433 – dep.eduardosciarra@camara.leg.br
Eli Correa Filho (DEM-SP) – (61) 3215-5519 – dep.elicorreafilho@camara.leg.br
Eliene Lima (PSD-MT) – (61) 3215-5837 – dep.elienelima@camara.leg.br
Eliseu Padilha (PMDB-RS) – (61) 3215-5222 – dep.eliseupadilha@camara.leg.br
Enio Bacci (PDT-RS) – (61) 3215-5930 – dep.eniobacci@camara.leg.br
Eurico Júnior (PV-RJ) – (61) 3215-5375 – dep.euricojunior@camara.leg.br
Fernando Torres (PSD-BA) – (61) 3215-5462 – dep.fernandotorres@camara.leg.br
Gabriel Chalita (PMDB-SP) – (61) 3215-5817 – dep.gabrielchalita@camara.leg.br
Genecias Noronha (PMDB-CE) – (61) 3215-5244 – dep.geneciasnoronha@camara.leg.br
Giovani Cherini (PDT-RS) – (61) 32155468 – dep.giovanicherini@camara.leg.br
Giovanni Queiroz (PDT-PA) – (61) 3215-5618 – dep.giovanniqueiroz@camara.leg.br
Guilherme Mussi (PP-SP) – (61) 3215-5712 – dep.guilhermemussi@camara.leg.br
Heuler Cruvinel (PSD-GO) – (61) 3215-5275 – dep.heulercruvinel@camara.leg.br
Homero Pereira (PSD-MT) – (61) 3215-5960 – dep.homeropereira@camara.leg.br
Inocêncio Oliveira (PR-PE) – (61) 32155963 – dep.inocenciooliveira@camara.leg.br
Iriny Lopes (PT-ES) – (61) 3215-5469 – dep.irinylopes@camara.leg.br
Jandira Feghali (PCdoB-RJ) – (61) 3215-5622 – dep.jandirafeghali@camara.leg.br
Jaqueline Roriz (PMN-DF) – (61) 3215-5408 – dep.jaquelineroriz@camara.leg.br
João Lyra (PSD-AL) – (61) 3215-5720 – dep.joaolyra@camara.leg.br
João Paulo Cunha (PT-SP) – (61) 3215-5965 – dep.joaopaulocunha@camara.leg.br
Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP) – (61) 3215-5538 – dep.jorgetadeumudalen@camara.leg.br
José Carlos Araújo (PSD-BA) – (61) 3215-5246 – dep.josecarlosaraujo@camara.leg.br
José Genoíno (PT-SP) – (61) 3215-5967 – dep.josegenoino@camara.leg.br
José Linhares (PP-CE) – (61) 3215-5860 – dep.joselinhares@camara.leg.br
José Otávio Germano (PP-RS) – (61) 3215-5424 – dep.joseotaviogermano@camara.leg.br
José Priante (PMDB-PA) – (61) 3215-5752 – dep.josepriante@camara.leg.br
Josias Gomes (PT-BA) – (61) 3215-5642 – dep.josiasgomes@camara.leg.br
Jovair Arantes (PTB-GO) – (61) 3215-5504 – dep.jovairarantes@camara.leg.br
Júnior Coimbra (PMDB-TO) – (61) 3215-5274 – dep.juniorcoimbra@camara.leg.br
Laercio Oliveira (PR-SE) – (61) 3215-5629 – dep.laerciooliveira@camara.leg.br
Leonardo Quintão (PMDB-MG) – (61) 3215-5914 – dep.leonardoquintao@camara.leg.br
Lira Maia (DEM-PA) – (61) 3215-5516 – dep.liramaia@camara.leg.br
Luiz Alberto (PT-BA) – (61) 3215-5954 – dep.luizalberto@camara.leg.br
Luiz Fernando Faria (PP-MG) – (61) 3215-5339 – dep.luizfernandofaria@camara.leg.br
Manoel Salviano (PSD-CE) – (61) 3215-5506 – dep.manoelsalviano@camara.leg.br
Manuel Rosa Neca (PR-RJ) – (61) 3215-5341 – dep.manuelrosaneca@camara.leg.br
Marco Tebaldi (PSDB-SC) – (61) 3215-5483 – dep.marcotebaldi@camara.leg.br
Marcon (PT-RS) – (61) 3215-5569 – dep.marcon@camara.leg.br
Marcos Montes (PSD-MG) – (61) 3215-5334 – dep.marcosmontes@camara.leg.br
Marcus Pestana (PSDB-MG) – (61) 3215-5715 – dep.marcuspestana@camara.leg.br
Marina Santanna (PT-GO) – (61) 3215-5279 – dep.marinasantanna@camara.leg.br
Mário Feitoza (PMDB-CE) – (61) 3215-5371 – dep.mariofeitoza@camara.leg.br
Miguel Corrêa (PT-MG) – (61) 3215-5627 – dep.miguelcorrea@camara.leg.br
Nelson Padovani (PSC-PR) – (61) 3215-5513 – dep.nelsonpadovani@camara.leg.br
Newton Cardoso (PMDB-MG) – (61) 3215-5932 – dep.newtoncardoso@camara.leg.br
Odair Cunha (PT-MG) – (61) 3215-5556 – dep.odaircunha@camara.leg.br
Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) – (61) 3215-5254 – dep.pastormarcofeliciano@camara.leg.br
Paulo Foletto (PSB-ES) – (61) 3215-5839 – dep.paulofoletto@camara.leg.br
Paulo Maluf (PP-SP) – (61) 3215-5512 – dep.paulomaluf@camara.leg.br
Pedro Eugênio (PT-PE) – (61) 3215-5902 – dep.pedroeugenio@camara.leg.br
Pedro Henry (PP-MT) – (61) 3215-5829 – dep.pedrohenry@camara.leg.br
Pedro Uczai (PT-SC) – (61) 3215-5229 – dep.pedrouczai@camara.leg.br
Pinto Itamaraty (PSDB-MA) – (61) 3215-5933 – dep.pintoitamaraty@camara.leg.br
Renan Filho (PMDB-AL) – (61) 3215-5907 – dep.renanfilho@camara.leg.br
Renato Molling (PP-RS) – (61) 3215-5337 – dep.renatomolling@camara.leg.br
Renzo Braz (PP-MG) – (61) 3215-5373 – dep.renzobraz@camara.leg.br
Rogério Carvalho (PT-SE) – (61) 3215-5641 – dep.rogeriocarvalho@camara.leg.br
Romário (sem partido-RJ) – (61) 3215-5411 – dep.romario@camara.leg.br
Ronaldo Zulke (PT-RS) – (61) 3215-5858 – dep.ronaldozulke@camara.leg.br
Rosinha da Adefal (PTdoB-AL) – (61) 3215-5230 – dep.rosinhadaadefal@camara.leg.br
Sabino Castelo Branco (PTB-AM) – (61) 3215-5911 – dep.sabinocastelobranco@camara.leg.br
Sandra Rosado (PSB-RN) – (61) 3215-5650 – dep.sandrarosado@camara.leg.br
Sérgio Brito (PSD-BA) – (61) 3215-5638 – dep.sergiobrito@camara.leg.br
Sergio Guerra (PSDB-PE) – (61) 3215-5754 – dep.sergioguerra@camara.leg.br
Toninho Pinheiro (PP-MG) – (61) 3215-5584 – dep.toninhopinheiro@camara.leg.br
Valdemar Costa Neto (PR-SP) – (61) 3215-5542 – dep.valdemarcostaneto@camara.leg.br
Vanderlei Macris (PSDB-SP) – (61) 3215-5348 – dep.vanderleimacris@camara.leg.br
Vicente Arruda (PR-CE) – (61) 3215-5603 – dep.vicentearruda@camara.leg.br
Vicentinho (PT-SP) – (61) 3215-5740 – dep.vicentinho@camara.leg.br
Vilalba (PRB-PE) – (61) 3215-5915 – dep.vilalba@camara.leg.br
Vilson Covatti (PP-RS) – (61) 3215-5228 – dep.vilsoncovatti@camara.leg.br
Waldir Maranhão (PP-MA) – (61) 3215-5541 – dep.waldirmaranhao@camara.leg.br
Weliton Prado (PT-MG) – (61) 3215-5862 – dep.welitonprado@camara.leg.br
Zé Vieira (PR-MA) – (61) 3215-5405 – dep.zevieira@camara.leg.br
Zoinho (PR-RJ) – (61) 3215-5619 – dep.zoinho@camara.leg.br

Post scriptum: Alguns desses 104 deputados tiveram razão real para não votar. Por exemplo, algum problema de saúde. Ainda assim, todos poderiam (mesmo doentes), pelo menos ter dado uma declaração pública ontem, defendendo ou não a cassação Natan Donadon. Não foi o que o ocorreu.

Fonte: www.fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br

Literatura

"A criação segundo a mitologia iorubá" 

Escrito por Fernanda Cruzick e Gisela Barbosa o livro versa sobre as diferenças entre os seres humanos, o nascimento do planeta e dos seres sob a ótica da cultura africana, que utiliza as figuras simbólicas dos orixás.
A base gráfica do trabalho lançado pela Lei Murilo Mendes traz os ladrilhos hidráulicos mais antigos da cidade, resgatando a memória histórica e arquitetônica da Cia. Pantaleone Arcuri, estudada por Fernanda, que é graduada em artes. Os fundos das páginas fazem uma alusão à linguagem pictórica de Candido Portinari, em seu painel do Edifício Clube Juiz de Fora.

Brasil: 201.032.714 habitantes

A população estimada do Brasil é de 201.032.714 habitantes, de acordo com os dados mais recentes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), referentes a junho deste ano. De acordo com os dados projetados pelo instituto, há 1.790.252 habitantes a mais do que o estimado para 2012. Os dados foram publicados nesta quinta-feira, 29/08, no Diário Oficial da União.

Na resolução, o IBGE divulgou as estimativas de população para os 26 Estados mais o Distrito Federal e para os mais de 5.000 municípios do país. Os números são levantados segundo estimativas baseadas no Censo 2010.

São Paulo é o Estado mais populoso do país, com 43,6 milhões de habitantes, seguido por Minas Gerais com 20,5 milhões de residentes e Rio de Janeiro com 16,3 milhões de pessoas.

A Bahia registra 15 milhões de habitantes, o Rio Grande do Sul 11,1 milhões e o Paraná, 10,9 milhões de residentes. Em seguida aparecem Pernambuco com 9,21 milhões de habitantes, Ceará com 8,78 milhões, Pará com 7,97 milhões, Maranhão com 6,79 milhões, Santa Catarina com 6,63 milhões e Goiás com 6,43 milhões.

Com menos de cinco milhões de habitantes, estão Paraíba (3,91 milhões), Espírito Santo (3,84 milhões), Amazonas (3,81 milhões), Rio Grande do Norte (3,37 milhões), Alagoas (3,3 milhões), Piauí (3,18 milhões), Mato Grosso (3,18 milhões), Distrito Federal (2,79 milhões), Mato Grosso do Sul (2,59 milhões), Sergipe (2,19 milhões), Rondônia (1,73 milhão) e Tocantins (1,48 milhão).

A região Norte tem três Estados com menos de 1 milhão de habitantes. Roraima é o menos populoso, com 488 mil habitantes. O Acre tem 776,5 mil habitantes e o Amapá, 735 mil.

A projeção da população tem como objetivo atender a lei 8.443, de 16 de julho de 1992, que dispõe sobre a Lei Orgânica do TCU (Tribunal de Contas da União). A lei determina a divulgação dos números pelo governo federal para que o TCU possa, por exemplo, efetuar e fiscalizar o cálculo das quotas referentes aos fundos de participações dos Estados e municípios.

A população brasileira deve começar a diminuir em 2043, segundo a projeção. o estudo projeta a população total do Brasil em 201 milhões de habitantes em 2013, atingindo 212,1 milhões em 2020, até alcançar o máximo de 228,4 em 2042. A partir de então, o número deve começar a cair, atingindo o valor de 218,2 em 2060, o mesmo projetado para 2025.

De 2042, quando o contingente populacional atingirá seu ápice, com 228 milhões de pessoas, até 2060, ano em que haverá 218,1 milhões de habitantes no Brasil, o país perderá 10,1 milhões de habitantes. O número chega próximo à perda de uma cidade de São Paulo. Segundo o Censo de 2010, a capital paulista tem 11,2 milhões de habitantes.

Segundo os dados do estudo, os idosos no Brasil deverão representar 26,7% da população (25,6 milhões de idosos para uma população de 106 milhões de pessoas), em 2060. Os dados do estudo, baseados no Censo Demográfico 2010, projetam o percentual em 2013 para 7,4% de idosos (6,3 milhões de idosos em um população de 99,3 milhões de pessoas).

Migração
Segundo a projeção, as maiores perdas de população, em 2030, serão na Bahia e no Maranhão. Por outro lado, os maiores ganhos populacionais serão de Santa Catarina, São Paulo e Goiás, seguindo a tendência observada nos últimos anos.

De acordo com as projeções para a migração internacional, o percentual de pessoas que sairá do país vai aumentar até 2020, quando atingirá 0,001 da população. A partir de então, a taxa vai cair até 2035, quando o percentual será o mais baixo desde o ano 2000, em torno de 0,0002.
Fonte: www.uol.com.br

Literatura

"A história das três bonecas" 
Escrito por Fernanda Gruzich e Gisela Barbosa, o livro é uma livre adaptação de um conto indiano.
A obra conta a história de três personagens de naturezas diferentes. Salete era feita de sal, Ariane, composta de areia, e Guta, de gotas. Brincando na beira das águas do mar, as três resolvem disputar qual delas era mais parecida com o oceano e, em sua busca pela verdadeira identidade, acabam descobrindo que a unidade pode residir na diferença.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Rádio Goiano

Paulo Francisco Ferreira (Goiãnia-GO)
Uma das emissoras brasileiras mais tradicionais dá AVÍSIO PRÉVIO para todos os funcionários. A Rádio 730 que é na verdade a RÁDIO CLUBE DE GOIÂNIA S/A já foi dos Diários Associados. Emissora que foi a primeira na vida de WALDIR AMARAL e teve em sua história JORGE KAJURU em um projeto importante com o nome Rádio K do Brasil e transmitiu 6 Copas do Mundo. Como RÁDIO 730 a 9 anos já tem os direitos adquiridos para a transmissão da Copa no Brasil e chega neste momento triste e é lamentável pela tradição, qualidade e audiência no Futebol. Última amostragem do Ibope chegamos a 89% no Pré Jogo, Bola Rolando e Pós Jogo, talvez a maior audiência proporcional do País. Me preocupo com a situação do rádio brasileiro e com profissionais talentosos sem uma empresa para desempenhar a sua vocação. Eu continuo aqui até o dia 26 de Setembro a espera de uma reviravolta na decisão dos gestores e sigo na Direção de programação da Rádio de segmento Gospel VINHA FM.
Considero essa informação lamentável para a classe no Brasil.

por Auvaro Maia (Goiãnia-GO)
- Em reunião realizada agora há pouco na Rádio 730, a direção da emissora comunicou aos funcionários da equipe de esportes e de jornalismo que a partir de hoje, 26/08, todos estão de aviso prévio. Durante esses trinta dias se a emissora conseguir faturar no mínimo 300 mil reais, alguns avisos podem ser cancelados. No ultimo mês a folha de pagamento foi paga com atraso e no entendimento dos diretores não há como gerar mais uma folha, já que a emissora se encontra numa situação absolutamente inviável financeiramente.

- A direção da rádio Difusora Goiânia não chegou a um acordo com o cronista esportivo Adolfo Campos e a equipe esportiva não vai voltar a atuar na programação da emissora. Segundo o diretor, padre Paulo César de Oliveira, a intenção é de não terceirizar mais o horário, “se for ter esporte na rádio será com equipe própria”. Adolfo já está negociando para levar o Show de Bola para outra emissora, que seria uma rádio FM.

Veja o comunicado da direção da rádio:
A Rádio Difusora de Goiânia esclarece a todos os seus ouvintes que infelizmente não terá mais transmissões esportivas do futebol da equipe do cronista Adolfo Campos. A razão do encerramento abrupto da programação no meio de um campeonato foi motivada por exigências legais de órgãos fiscalizadores. Esclarece ainda que a Rádio Difusora é mantida pela Fundação Padre Pelágio que é fiscalizada rigorosamente pelo Ministério Publico estadual. Com as dificuldades diversas enfrentadas pelo Show de Bola, o contrato não vinha sendo cumprido há mais de 8 meses tornando a situação insustentável, o que forçou a direção da Rádio Difusora, para cumprir com as exigências legais, encerrar a parceria. A direção pede desculpas aos ouvintes e assegura que está trabalhando pra colocar no ar uma programação de qualidade e de gosto.
Padre Paulo Cézar Nunes de Oliveira – Diretor da Rádio Difusora.
Fonte: www.auvaromaia.com

Literatura

 “A música de Milton Nascimento” 
Que biografias são indispensáveis para o mergulho na vida e na obra de um artista isso não se discute. O passo além é que demonstra a relevância de cada um, como fica claro em 'A música de Milton Nascimento', do compositor belo-horizontino Chico Amaral. O autor se dedicou exclusivamente ao exame minucioso das canções que fizeram Bituca ganhar o mundo. 

Chico fez cerca de sete entrevistas com Milton, cada uma com cerca de três horas de duração, e optou por não transformar a montanha de informações em texto corrido. Adotou o formato pergunta e resposta, preservou a espontaneidade do registro e teve a boa ideia de inserir na conversa trechos de outras entrevistas (com Wagner Tiso, Eumir Deodato e Wilson Lopes, entre outros músicos). Pelas histórias, bastidores e detalhes (e pelo fato de ele próprio ser músico talentoso), o livro é imperdível.


Com prefácio do crítico Tárik de Souza, o volume traz dois ensaios escritos por Chico, além de discografia comentada e entrevistas centradas em Milton feitas por ele com Wagner Tiso, Nivaldo Ornelas, Nelson Ângelo, Tavinho Moura e Amilton Godoy. Os músicos terão interesse especial pela seleção de partituras acompanhada por comentários do autor, que evidencia intenções e sutilezas impressionantes.

domingo, 25 de agosto de 2013

Série D 2013

A primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D se encerrou, neste domingo, com a definição dos últimos seis classificados. Salgueiro-PE, Central-PE, Sergipe-SE, Juventude-RS, Santo André e Metropolitano-SC carimbaram as últimas vagas.
A primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D se encerrou, neste domingo, com a definição dos últimos seis classificados. Salgueiro-PE, Central-PE, Sergipe-SE, Juventude-RS, Santo André e Metropolitano-SC carimbaram as últimas vagas.

A próxima fase será marcada por alguns confrontos interessantes. Após ostentarem as melhores campanhas em boa parte da competição, Tiradentes-CE e Sergipe se enfrentarão nas oitavas. O mesmo acontecerá com outros dois clubes tradicionais: Botafogo-PB x Central de Caruaru.
Na chave do “sul”, o campeão da Copa do Brasil de 1999, Juventude, terá pela frente um duro embate contra o Londrina. O único paulista classificado é o Santo André, que terá de encarar o Metropolitano-SC.

O Tupi de Juiz de Fora fez a melhor campanha da primeira fase, com 21 pontos conquistados, com sete vitórias e apenas uma derrota. O Tiradentes-CE, foi o segundo melhor, com 19 pontos, o Botafogo da Paraíba ficou em terceiro, com 17 e o Mixto-MT, em quarto, com 16 pontos conquistados.

Na segunda fase, os clubes se enfrentarão no sistema mata-mata, com os clubes de melhor campanha decidindo em casa. Assim como ocorre na Copa do Brasil e na Libertadores, quem marcar mais gols na casa do adversário garantirá a vaga em caso de empate. Persistindo a igualdade, a disputa será definida nos pênaltis.

Confrontos:
Nacional-AM x Salgueiro-PE
Gurupi-TO x Plácdo de Castro-RO
Tiradentes-CE x Sergipe-SE
Botafogo-PB x Central-PE
Mixto-MT x Resende-RJ
Tupi-MG x Aparecidense-GO
Juventude-RS x Londrina-PR
Metropolitano-SC x Santo André-SP
Fonte: www.futebolinterior.com.br

Literatura

“Os Olhos do Jacaió”
Jacaió é o apelido que o autor deu ao pássaro sobrevivente da ‘região da mata de Minas', a região onde nasceu. Trata-se do jacamaralcyon tridactyla, segundo alguns, em extinção. Só tomou conhecimento desse fato, quando terminou de escrever o romance e foi procurar sua fotografia no site wikiaves para postá-la no seu livro, para o leitor saber quem é esse tal de jacaió. O jacaió foi a testemunha principal das aventuras de dois adolescentes, Edu e Tami, ali pelos idos de 1940, alguns anos antes e já no decorrer da segunda guerra mundial, quando o principal personagem do livro, Edu, e outros jovens foram convocados para a guerra. Se eles foram ou não para a guerra, você só saberá lendo o livro. É o resgate de um passado longínquo, feito nas asas da fantasia sexual dos tempos atuais, cheio de aventuras e implicações de uma guerra, a segunda guerra mundial. O que era para ser simplesmente um ‘conto’, transformou-se num romance de 288 páginas, que faz um resgate ficcional da história, através da análise do comportamento, das emoções e das lutas internas desses jovens.

sábado, 24 de agosto de 2013

Tônia Carrero (Maria Antonieta de Farias Portocarrero)

Nascida no Rio de Janeiro em 22 de agosto de 1922, filha de Hermenegildo Portocarrero, militar, e de Zilda de Farias . Descendente do barão Hermenegildo de Albuquerque Porto Carrero, Tonia é graduada em educação física e se formou como atriz cursos realizados em Paris, quando já era casada com o artista plástico Carlos Arthur Thiré, pai do ator e diretor Cecil Thiré.

Em um Rio de Janeiro infestado de paparazzi, a bela senhora de 91 anos toma seu banho de sol diário em uma praça do Leblon. Não merece o foco de nenhum fotógrafo de celebridades de plantão. Mariinha faz o trajeto em cadeira de rodas. Logo retorna ao apartamento que, há cinco anos, divide com o sobrinho Leonardo Thierry, a governanta e duas cuidadoras. Os cabelos louros, sempre arrumados, e os olhos azuis raramente são reconhecidos pelos fãs de Tônia Carrero. Há dois anos, a atriz vive reclusa.

Mariinha vive cercada do afeto de quatro netos e cinco bisnetos. O xodó é o neto caçula, João, único que a chama de avó. Gosta de estar sempre arrumada: manicure e cabeleireiro a atendem em domicílio. Leva uma vida confortável, graças à venda do casarão no Jardim Botânico onde morou por 30 anos. Recebe pensão por ser filha de general, benefício vitalício que deixou de ser concedido às herdeiras de militares em 2000.

Virou matriarca de uma família de artistas: um filho (Cecil Aldary Thiré, nascido no Rio de Janeiro em 28/05/43), três netos (Carlos Pesce Thiré e Miguel Pesce Thiré, gêmeos, nascidos no Rio de Janeiro em 08/07/82 e Luisa Pesce Thiré, nascido no Rio de Janeiro em 19/11/73, todos filhos de Cecil Thiré), e dois bisnetos (Vítor Thiré, filho de Luísa e ?) são atores. O neto João Pece Thiré é músico.

Foi casada com Carlos Thiré (de 1940 a 1951), Adolfo Celi (de 1951 a 1963) e César Thedim (de 1964 a 1977). Em entrevistas ela admite ter sido amante do escritor Rubem Braga (1913-1990) e do ator Paulo Autran (1922-2007). Quanto a Juscelino Kubitschech (1902-1976), ela nega.

No livro de memórias "O Monstro de Olhos Azuis", lançado em 1986 e com 154 páginas, Tônia confessa sonhos de criança (ser estrela de cinema), descobertas (do sexo) e inseguranças de adolescente criada sob a rigidez da mãe e o encantamento do pai.


Literatura

“Reflexões do Esporte para o Desempenho Humano”
Escrito pelo professor da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Renato Miranda, o livro tem a apresentação feita pelo jornalista da Rede Globo, Tino Marcos, e o posfácio é assinado pelo ex-jogador Zico.

Renato Miranda, que é especialista em psicologia do esporte e possui uma ampla experiência em orientação sobre prática desportivas, tem como objetivo tornar mais aberto ao grande público o conhecimento sobre hábitos ligados ao esporte e como eles auxiliam a saúde física e mental das pessoas.

A influência que temas como estresse, disciplina, concentração, motivação e equilíbrio emocional possuem na melhoria do desempenho humano pessoal e profissional, aliados à qualidade de vida e à prática de exercícios físicos, são trabalhados por toda a obra. Miranda também ressalta que tópicos polêmicos e complexos são citados, com o cuidado de serem observados sob a ótica psicofísica (psicológica e física) que envolvem casos esportivos e o cotidiano humano.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Trem de passageiros

                         "EXPRESSO PAI DA AVIAÇÃO"
O projeto original quer fazer viagens diárias entre seis cidades da Zona da Mata:
Barbacena, Antônio Carlos, Santos Dumont, Ewbank da Câmara,  Juiz de Fora e Matias Barbosa.
O trecho todo tem 125 quilômetros e será feito, segundo o presidente do "Movimento Nacional Amigos do Trem", Paulo Henrique do Nascimento, em duas horas e 45 minutos. A intenção é que ele fique pronto até a Copa de 2014 e atraia turistas para região.

Literatura

"Paixão - o Brasil de todos os mundiais"
Escrito pelo jornalista Orlando Duarte, o livro traz todas as participações do Brasil em cada Copa até a Copa das Confederações e é repleto de curiosidades e de pequenas histórias, percorrendo a contextualizada de cada Copa, que o autor acompanha pessoalmente desde 1950. É tão atual que traz as informações da Copa das Confederações e até uma análise de como o Brasil está com o Felipão. O livro se propõe a ser uma leitura gostosa, recheada de histórias, com algumas notas de estatísticas e muitas, muitas curiosidades. 

O autor
Orlando tem 81 anos (nasceu em Rancharia-SP, em 18 de fevereiro de 1932), 50 deles dedicado ao jornalismo, cobriu 14 Copas do Mundo, 10 Olimpíadas, passou pelos principais veículos de imprensa e é um dos mais influentes profissionais da imprensa esportiva brasileira. Escreveu 28 livros. 

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Geraldo Domingos da Transfiguração Coelho

Ortopedista Geraldo Coelho morre em acidente

Coronel Fabriciano-MG 
Um grave acidente ocorrido no fim da noite de terça-feira, 20/08, no contorno rodoviário da BR-381 em Coronel Fabriciano, envolvendo um caminhão e um automóvel, deixou duas pessoas mortas.
O médico ortopedista  Geraldo Domingos da Transfiguração Coelho, de 70 anos, dirigia o Corolla, placas HHU 9020, de Ipatinga, e tentava atravessar a rodovia com seu carro, por voltas das 23h30, quando foi atingido pelo caminhão Mercedes Bens, placas GSW 5400, de Capelinha-MG. Uma mulher que estava no carro, no banco do carona também morreu.

A mulher não portava documentos e os socorristas acreditaram se tratar da esposa do médico, mas algumas pessoas que passaram pelo local afirmaram que a vítima seria a empresária Rosângela Soares, proprietária de uma agência de turismo, localizada no bairro do Horto, em Ipatinga.

Segundo testemunhas que conversam com o PLOX, o médico usou uma via de acesso, apontada pela Polícia Rodoviária como clandestina, para sair de Coronel Fabriciano, na altura no Bairro Mangueiras e entraram na rodovia no momento em que o caminhão seguia no sentido Ipatinga – Belo Horizonte. O carro do médico foi atingindo na lateral (seu lado) e arrastado por cerca de 50 metros. O médico e a mulher tiveram morte instantânea.

O motorista do caminhão, Jardel Pereira, de 26 anos, confirmou a versão de que o médico teria entrado em sua frente vindo do bairro de Fabriciano pelo acesso “clandestino”. Segundo Jardel, ele tentou, mas não conseguiu evitar o choque com o automóvel do médico.

Médico do Futebol Regional
Geraldo Coelho  especializou-se em ortopedia e cirurgia de joelho. Após ter atuado no Hospital Márcio Cunha de Ipatinga por 37 anos, passou a se dedicar ao atendimento de jogadores de futebol em alguns times do Vale do Aço.

Geraldo Coelho foi o médico do Ipatinga Futebol Clube e atualmente atuava no recém-criado time de futebol Novo Esporte. Ele também foi colaborador no Social de Coronel Fabriciano.

O médico, casado por mais de 40 anos com Milene Albeny, da tradicional família Albeny de Coronel Fabriciano, deixa cinco filhos. Luiz Felipe Coelho, Paulo Henrique e Ana Beatriz, que seguiram a carreira do pai e também Ana Carolina, advogada e Letícia Albeny Coelho, formada em turismo.

Uma curiosidade chama a atenção neste fato. O caminhoneiro, Jardel Pereira, que conduzia o caminhão que se chocou contra o carro do médico Geraldo Coelho é de Capelinha, localizada no Vale do Jequitinhonha. O médico também é natural de Capelinha. O caminhão chegava daquela cidade para atender a Aperam em Timóteo.
Fonte: www.plox.com.br

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Literatura

"Dzem que sou eu - Narrativas e relatos da homofobia Carioca"
Vivemos em tempos de profundos anseios por mudanças no mundo. Isso requer de nós um grau de sensibilidade e reflexão como talvez jamais se fez realmente necessário. Ao lado da homofobia histórica que vem se desdobrando ao longo de séculos, há um fenômeno cada vez mais visível em nossa sociedade - o da homofobia religiosa, ambientada no integrismo e no fundamentalismo religioso. Outro fenômeno visível é o da intolerância ao outro; a alteridade aparece na cena cotidiana, ora como o surpreendente, ora como o aberrante; mas ambos desnaturalizados, impedidos de sua expressão na ordem do natural, do banal, do anônimo. A cidadania LGBT que vem construindo aos poucos uma agenda cada vez mais tangível, enfrenta na ordem do dia obstáculos aparentemente instransponíveis. Este livro de crônicas busca fotografar alguns acontecimentos que evidenciam nossa cultura da homofobia, nosso cotidiano de intolerâncias e nossa resistência de cada dia.

Variedades

A partir desta terça-feira, dia 20 de agosto, a Rádio Globo vai estrear novas atrações.

Rio de Janeiro (AM 1.220 e FM 89,5 MHz)
No Rio, a nova "Tarde Feliz" apresenta o "Boa Tarde, Globo" reformulado, com Alexandre Ferreira passando a ter a companhia de Elisângela Salaroli, ao lado de Lolô Penteado. De segunda à sábado das 13h às 15h.

Em seguida, o "Vale Tudo" de Tino Júnior apresenta o novo quadro, "Autorádio", um bate-papo sobre curiosidades do mundo dos carros e motos, com Felipe B, ex-VJ da MTV e editor da revista Nitro. De segunda à sexta das 15h às 17h.

À noite, Zeca Marques apresenta o novo formato do seu Panorama Esportivo, em que o noticiário dos clubes ganha quadros de entretenimento, como o "Papo Reto", (com a ajuda de atores, os jogadores dão respostas mais sinceras e menos politicamente corretas às perguntas de nossos repórteres de futebol) e a música das torcidas. De segunda à sexta e também aos domingos, das 22h à meia-noite.

São Paulo (AM 1.100 kHz) e Belo Horizonte (AM 1.150 kHz)
Em São Paulo e Belo Horizonte, Vanessa di Sevo e Luiz Torquato estreiam "Gente como a Gente", programa sobre comportamento e relações humanas, sempre com um tema, um convidado, muito humor e música. No programa de estreia o convidado será Francisco Cuoco e o tema felicidade. De segunda à sexta, de 13h às 15h.
Fonte: www.bastidoresdoradio.com

CONSIDERAÇÕES:
Rádio é local, é regional. E o que fazer com os "JENIOS", com J mesmo, que causaram esse estrago tão grande na marca GLOBO? Alguns já levaram pé no traseiro, mas isso ainda é pouco, tamanho o prejuízo causado!

Rádio Clube Paranaense
A RB2 ex-Rádio Clube Paranaense prepara-se para colocar novamente no ar sua programação através das Ondas Curtas em três frequências nas quais a emissora atuou até 2008. Abaixo artigo publicado no site da emissora na íntegra.
Ondas. Você só consegue ouvir a sua emissora de rádio predileta graças a elas. As Ondas de rádio são um tipo de radiação eletromagnética com comprimento de onda maior (e frequência menor) do que a radiação infravermelha. Como todas as outras ondas eletromagnéticas, viaja à velocidade da luz na atmosfera. Por enquanto, a RB2 AM 1430 transmite apenas em ondas médias, Também conhecida como AM – Amplitude Modulada. Essa banda de rádio é compreendida entre as frequências de 500 KHz e 1.600 KHz, e utilizada em quase todo o mundo para radiodifusão. O prefixo ZYJ 200 1.430 KHz, com transmissor de 50 mil watts de potência, é o mais potente do Paraná. Mas, em breve, ele vai ter companhia. São as ondas curtas, que estão voltando à emissora mais tradicional do Estado.
Ondas curtas, ou short wave, estão no espectro de frequência que vai de 3.000 KHz a 30MHz (HF – High Frequence), independente do tipo de modulação (cw,fm,am,ssb). São faixas usadas para transmissão de áudio ou sinal digital, Broadcast, radioamadorismo, navegação, telemetria, etc. Essas frequências precisam de propagação de ondas eletromagnéticas na camada de ionosfera da atmosfera terrestre, para poder atingir uma boa distancia, obedecendo às épocas do ano e clima.

Até 2008, a então PRB2 Rádio Clube Paranaense, transmitia em ondas médias e curtas. Cinco anos depois, a RB2 vai voltar a levar o seu conteúdo de notícias, entretenimento e esporte para o mundo! Isso mesmo! Na época, ouvintes de outros países, como Japão, Estados Unidos, África e Itália, mandavam mensagens e gravações de transmissões da emissora paranaense, que atravessavam o continente americano.
As ondas curtas são a única forma de comunicação entre continentes, sem a necessidade de satélite. Se, em algum dia, a internet parar de funcionar, esta será a única forma de comunicação com o mundo. Os ouvintes da RB2 no Brasil e em outros países podem aguardar ansiosos, pois a previsão é de que até dezembro de 2013, as três faixas de frequências estejam ativadas.
Frequências
A RB2 estará transmitindo sua programação por estas Ondas Curtas:
ZYE 725 6.040 KHZ – Onda de 49 metros – Alcança estados como São Paulo e Rio de Janeiro.
ZYE 725 9.725 KHZ – Onda de 31 metros – Alcança estados mais distantes do Paraná, como Minas Gerais e Goiás.
ZYE 725 11. 935 KHZ – Onda de 25 metros – Alcança outros países.
FONTE: www.edemarannuseck.blogspot.com.br/

Literatura

“Devassos no paraíso – a homossexualidade no Brasil”
O livro instiga a uma mirada no espelho de nossa sexualidade e, não sem espanto, pode-se constatar quão complexa é nossa práxis. O autor não a contempla de fora, mas a apresenta com lentes de aumento para que a dúvida se instaure. Neste livro, João Silvério Trevisan revê sem temor suas próprias hipóteses, reescreve e atualiza cada uma delas, estabelece um profícuo dialogo com a historiografia brasileira, arremata toda a pesquisa documental com novas e preciosas informações e acirra as tensões de uma máscara que se indaga acerca do ser brasileiro e do ser homossexual: do confinamento da sexualidade provocado pela inquisição ao medo da Aids, o amplo painel traçado neste livro contribui para não negligenciemos o elo entre a História e a experiência pessoal.

Miss Brasil Gay 2013

                  Carioca Sheila Veríssimo, de 32 anos, é a Miss Brasil Gay 2013
O título de Miss Brasil Gay 2013, realizado em 17/08, no Cine-Theatro Central, em Juiz de Fora-MG, ficou com a representante do Espírito Santo, Sheila Veríssimo, que obteve 55 pontos. A eleita participou do evento pela terceira vez. A primeira foi em 2009, representando o Piauí, e a segunda em 2011, representando São Paulo.

Classificação:
Miss Brasil
01º - Espírito Santo - Sheila Veríssimo (55 pontos)
02º - Bahia - Eduarda Brigida (48 pontos)
03º - Pernambuco - Nicolle Shiva (44 pontos)
04º - Amazonas - Nycolle Syros (42 pontos)
05º - Mato Grosso do Sul - Kauanny Motta (41 pontos).

Miss Simpatia
Piauí - Hellen Cristhnne Ânderllee

Trajes típicos
01º - Bahia - Eduarda Brigida
02º - Espírito Santo - Sheila Veríssimo
03º -  Pará - Bueno de Palermo.

Trajes de gala
01º - Espírito Santo - Sheila Veríssimo
02º - Bahia - Eduarda Brigida
02º - Espírito Santo - Sheila Veríssimo
03º - Paraná - Mirella Ayella

12 finalistas
Amazonas - Nycolle Syros
Bahia - Eduarda Brigida
Ceará - Narrasha Delatorre
Distrito Federal - Jéssika Vilallon
Espírito Santo - Sheila Veríssimo
Mato Grosso do Sul - Kauanny Motta
Minas Gerais - Amanda Vidall
Pará - Stela Bueno de Palermo
Paraná - Mirella Ayella
Pernambuco - Nicolle Shiva
Rio Grande do Sul - Roberta Luma
Roraima - Natally Matarazo

Despedida da Miss 2011
A Miss Brasil de 2011, Raika Bitencourt, entregou a coroa à Miss de 2013, Sheila Verrísimo, após dois anos de reinado.

Literatura

“Pássaros poemas - aves na Pampulha"
O cantor, instrumentista e letrista juiz-forano, Tavinho Moura, integrante do Clube da Esquina, autor de "Maria de Matué - Uma estória do Rio São Francisco", lança seu segundo livro, “Pássaros poemas - aves na Pampulha".  A obra conta com fotos de 150 espécies de aves, todas tiradas pelo músico, e também com textos e poemas, a maior parte de sua autoria. Participam com textos sobre as aves Manoel de Barros, Tom Jobim, Fernando Brant, Márcio Borges, Murilo Antunes, Chico Amaral, Milton Nascimento e Ronaldo Bastos e Renato Teixeira. Integram também o volume enxertos de obras consagradas de autores como Lima Barreto, Coelho Neto e Guimarães Rosa. A obra é enrriquecida com ilustrações em aquarelas de Aandra Bianchi e arrojado projeto de Mariana Hardy.

De acordo com Tavinho Moura, o projeto teve início em caminhadas despretensiosas no Parque da Pampulha, em Belo Horizonte, “onde observava as aves e, eventualmente, realizava alguns registros fotográficos das diversas espécies que encontrava”. Além do livro, o passatempo resultou na descoberta de oito espécies de aves que não haviam sido catalogadas na área, como a lavadeira-de-nossa-senhora e a gaivota trinta-réis, e nos prêmios Dr. Hugo Werneck e Livro Bom Exemplo. O autor lembra que o trabalho também reforçou a campanha de preservação da vida na região da lagoa, assim como sua revitalização e tombamento da Pampulha como patrimônio da humanidade.

Jornal

"Hoje em Dia"
Durante a semana foi noticiado que o líder da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário do jornal “Hoje em Dia” estava negociando a venda do jornal, segundo o portal iG a negociação não foi concluída por falta de garantias contratuais para fechar o negocio.
O jornal “Hoje em Dia”, do bispo Edir Macedo, não vai mais para as mãos do grupo Axial Medicina Diagnóstica, do médico Rogério Aguiar. A negociação deu errado na última hora. Os compradores já tinham feito até reunião com os funcionários da empresa. Mas, na hora do pagamento, não houve acerto.

O grupo não deu garantias. Queria saldar a dívida em dez promissórias. E dar como garantia o próprio jornal. A compra envolvia a marca “Hoje em Dia”, os prédios e dois parques gráficos.
O diretor-presidente do “Hoje em Dia”, Fabiano Rogério de Freitas, já havia sido transferido para um outro jornal do grupo Universal, no Rio Grande do Sul, o Correio do Povo. O diretor de redação, Hélcio Zolini, já reassumiu o cargo. A intermediação havia sido feita pelo prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, que é empresário e seria um dos seis sócios do jornal. Ele é do PRB, partido ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, de Macedo. O prefeito de Montes Claros teria grande interesse no jornal por pretender voos maiores na política. Circulavam comentários de que pretendia ser candidato a governador de Minas em 2014.
Ruy Muniz se especializou em comprar faculdades em situação financeira difícil. Já o médico Rogério Aguiar havia se apresentado à redação do jornal, na quinta-feira da semana passada. Em sua chegada, disse ser o representante de um grupo de investidores. Afirmou que o jornal iria passar por uma etapa de “saneamento”. Sediado em Belo Horizonte, o “Hoje em Dia” tem 25 anos e ocupou o 31º. lugar entre os jornais de maior circulação no País, em 2010, com 35,3 mil exemplares diários vendidos, de acordo com o IVC (Instituto Verificador de Circulação).

Literatura

 "Maria de Matué - Uma estória do Rio São Francisco"

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Rádio e Jornal

Rede Vitoriosa 
A Rede Vitoriosa de Rádio é a mais nova afiliada da Rede Bandeirantes de Rádio. O anúncio aos funcionários aconteceu nesta terça-feira, 13 de agosto de 2013. Quase todos os colaboradores foram demitidos. Vários programas foram extintos da grade das rádios.

O Grupo Vitoriosa de Comunicação decidiu retransmitir os principais programas da Rádio Bandeirantes de São Paulo nas quatro emissoras da rede: Rádio Vitoriosa Uberlândia (AM 1390), Rádio Vitoriosa Araguari (AM 930), Rádio Vitoriosa Uberaba (AM 670) e Rádio Vitoriosa Lagoa Formosa (AM 650).

A Rede Vitoriosa de Rádio entrou no ar em 23 de maio de 2011. Durante esse tempo, alguns programas foram gerados pela cabeça de rede em Uberlândia/MG e outros ficaram por conta de cada uma das praças. As emissoras focaram a programação no jornalismo e no esporte. A expectativa de retorno financeiro não apareceu e ficou insustentável manter a estrutura.


Jornal Hoje em Dia
O Grupo Record deve anunciar a venda do jornal mineiro Hoje em Dia, negociado com o Grupo Axial de Medicina Diagnóstica por R$ 40 milhões. A operação foi comandada por Honorilton Gonçalves, da Record.

O jornal, que circula há 25 anos em Minas Gerais, deverá ter um novo dono. De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, o título, de propriedade do bispo Edir Macedo, deverá ser adquirido por Rogério Aguiar, médico e sócio do Grupo Axial de Medicina Diagnóstica, que atua na capital mineira. Mas o prefeito de Montes Claros, dono de várias emissoras de Rádio em Minas, seria um dos investidores.

A Record, depois de promover mudanças na direção geral da TV e emissoras filiais agora negocia o jornal. Rogério fez uma fez uma apresentação para a equipe de funcionários do jornal na semana passada, dizendo representar um grupo de investidores. Não foram divulgados, no entanto, os nomes das demais pessoas envolvidas no negócio e nem o valor de aquisição do título.  O médico deverá ser nomeado presidente do Hoje Em Dia. Além da própria marca do jornal, também estariam incluídos na venda os prédios da empresa e dois parques gráficos.

Literatura

"Guia de Bens Tombados Iepha/MG"
O rico patrimônio histórico de Minas poderá ser apreciado em um livro repleto de fotografias, mapas e plantas. O “Guia de Bens Tombados Iepha/MG”, lançado nesta terça-feira (13) como parte das comemorações da Semana do Patrimônio Histórico, traz 99 processos de tombamento feitos pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha), desde a criação do órgão, na década de 1970.

A obra apresenta uma vasta documentação. “Para o Estado que detém o maior patrimônio cultural do país, esse guia servirá como importante ferramenta para a preservação e a fiscalização dos bens”, diz o presidente do instituto, Fernando Cabral.

Ampliação
O título, com 400 páginas e foco em 40 cidades, contempla tombamentos feitos até 2002. A segunda edição, ampliada, está sendo organizada.

A produção do guia contou com a participação de mais de 40 técnicos do instituto, responsáveis pela edição dos textos e pesquisa de imagens.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Ênnio Rodrigues

Morre o locutor esportivo Ênnio Rodrigues

O locutor esportivo Ênnio Rodrigues Carraça, criador do bordão “o que vale é bola na rede”, morreu na madrugada desta segunda-feira, 12/08, aos 78 anos, no hospital Sancta Maggiore, no bairro do Paraíso, em São Paulo. Ênnio Rodrigues, paulista de Araraqura, lutava contra uma doença pulmonar crônica.

Começou carreira em sua terra natal, na Rádio Cultura, posteriormente na Rádio Voz Araraquarense, hoje Rádio Morada do Sol. Em São Paulo trabalhou na Rádio Bandeirantes AM por 27 anos, na Rádio TUPI am 1040, Gazeta AM e Tupi AM 1150.

Esteve presente em 08 Copas do Mundo: 1966 (Inglaterra), 1970 (México), 1974 (Alemanha), 1978 (Argentina), 1982 (Espanha), 1986 (México), 1994 (Estados Unidos) e 1998 (França).
O corpo de Ênnio Rodrigues foi velado e sepultado no cemitério da Vila Mariana, na capital paulista.Ênnio Rodrigues Carraça, criador do bordão “o que vale é bola na rede”, morreu na madrugada desta segunda-feira, 12/08, aos 78 anos, no hospital Sancta Maggiore, no bairro do Paraíso, em São Paulo. Ênnio Rodrigues, paulista de Araraqura, lutava contra uma doença pulmonar crônica.


Literatura

"O que é que a baiana tem? - Dorival Caymmi na era do rádio"
Nessa nova obra, Stella Caymmi se dedica à análise da carreira do avô entre os anos 1930 e 1950, evidenciando sua atividade durante a Era do Rádio. Além das longas conversas com o avô, morto em 2008, a autora se dedicou a minuciosa pesquisa em seu acervo particular e no Arquivo Dorival Caymmi. O livro apresenta rico panorama de um dos períodos mais efervescentes da produção musical no Brasil, partindo da ascensão meteórica de Dorival desde sua chegada ao Rio de Janeiro, em 1938.

A música que dá título ao livro, imortalizada na voz de Carmen Miranda, é o eixo central da narrativa, que revela declarações inéditas de Dorival. Os depoimentos mostram sua importância na trajetória artística da cantora e vice-versa, além de retratar a difícil relação entre a classe artística e o Estado Novo de Getúlio Vargas. Também ganha destaque a influência que Dorival teve dos intelectuais de esquerda, como Jorge Amado; dos grupos do empresário Carlos Guinle e dos compositores envolvidos na luta pelo direito autoral.

Filha de Nana Caymmi e de seu primeiro marido, o médico venezuelano Gilberto José Aponte Paoli, Stella é doutora em literatura brasileira pela PUC-Rio, onde é professora. Trabalha há mais de 20 anos na área cultural, com artigos publicados em vários jornais e revistas do país e ensaios para edições acadêmicas, songbooks e CDs. É autora dos livros "Dorival Caymmi - O mar e o tempo" (Editora 34) e "Caymmi e a Bossa Nova" (Íbis Libris). 

domingo, 11 de agosto de 2013

Nacional (de Nova Serrana, de Patos de Minas e de Muriaé)

Nacional de Muriaé deve voltar à elite em união com time de Patos de Minas
Longe dos gramados há 8 anos, diretoria da equipe da Zona da Mata está em negociação com Búfalo e parceria pode ser anunciada nos próximos dias
Longe das competições oficiais desde 2005, quando disputou a segunda divisão do Campeonato Mineiro, o Nacional Atlético Clube (NAC), de Muriaé, está próximo de retornar ao cenário do futebol estadual. E de quebra, o time de coração do ex-vice-presidente da República, José Alencar, pode voltar na elite mineira em 2014.
Está em fase avançada de negociação uma parceria com o Nacional Esporte Clube, que já foi de Nova Serrana e atualmente está em Patos de Minas. Segundo o presidente do clube de Muriaé, Dornele Francisco Almeida, foram feitas quatro reuniões com os dirigentes Búfalo e a expectativa é de fechar acordo em breve.

Segundo o presidente do NAC, a proposta é de uma parceria de um período de quatro anos. O Nacional-MG será responsável pela montagem de elenco, comissão técnica e pelo CNPJ junto à Federação Mineira de Futebol (FMF), para arcar com os encargos. Já o NAC colocaria à disposição o estádio Soares de Azevedo, que está em fase de finalização das obras e contará com capacidade para 15 mil pessoas, o centro de treinamento e alojamentos para atletas. O time vai receber o nome de Nacional de Muriaé.

História
O Nacional Atlético Clube foi fundado em 25 de dezembro de 1927 e tem no currículo o título da segundo divisão do Campeonato Mineiro, que hoje leva o nome de Módulo II, conquistado dentro do Mineirão, diante do Atletic Club (São João del Rei), em 1969. Depois deste triunfo, o clube de Muriaé disputou, por 11 anos seguidos, a divisão principal do estadual.
A melhor campanha do time no Campeonato Mineiro foi em 1979, quando ficou em quarto lugar. O Nacional ainda disputou a segunda divisão em 1991, 1995, 2000, 2003 e 2005, antes de interromper as atividades.
Fonte: www.ge.com.br

Literatura

 "Caymmi e a Bossa Nova - O Portador Inesperado" 
A obra, escrita por Stella Caymmi, neta de Dorival Caymmi, é um relato sobre a trajetória desse compositor brasileiro e que a mídia e a crítica tentaram aprisionar no folclore e na temática baiana. A prova de que Caymmi não comporta reduções é que seus sambas-canções urbanos, 'cariocas', também estão entre os melhores do nosso cancioneiro. E que, dos grandes compositores do período clássico, ninguém como ele atravessou tão Bossa Nova, passando por ela e saindo do outro lado ainda maior do que quando entrou.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Goleiro "artilheiro"

Lauro volta a ser carrasco do Flamengo

Goleiro da Lusa repetiu feito conquistado em 03 de agosto de 2003, quando atuava na Ponte Preta
Um raio cai duas vezes no mesmo lugar? O goleiro Lauro é a prova de que pode cair sim. Dez anos após marcar um gol de cabeça pela Ponte Preta contra o Flamengo (relembre no vídeo ao lado), o camisa 1 voltou a repetir a dose, desta vez, vestindo o uniforme da Portuguesa, na noite desta quarta-feira.

Para delírio dos supersticiosos, as coincidências são muitas. A começar pelo adversário que foi o mesmo. O gol marcado de cabeça por Lauro nos acréscimos garantiu o empate por 1 a 1, em ambos os casos. Os dois clubes começam pela letra “P” e são times de São Paulo.

Literatura

"Dorival Caymmi - O Mar e o Tempo"
Esta é uma biografia escrita pela neta do biografado e lançada pela Editora 34. Dorival Caymmi, um dos principais artífices do que se entende por música popular brasileira, radiografado em vida e obra por Stella Caymmi, filha da cantora Nana Caymmi.

Fruto de dez anos de minuciosa pesquisa, esta biografia, com cerca de 300 imagens, além de uma compilação completa da obra do cantor e compositor, revela pela primeira vez a trajetória completa de Dorival Caymmi, que dedicou sua vida à música e à felicidade.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Copa do Brasil 2013

Vasco, Internacional e Corinthians, na teoria, foram os maiores beneficiados nos confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil, em sorteio realizado nesta terça-feira, 06/08, no Rio de Janeiro. O Vasco enfrenta o Nacional/AM e o Inter enfrenta o Salgueiro-PE, ambos da Série D. Já o Corinthians enfrenta o Luverdense-MT, da Série C nacional. O sorteio não apontou clássicos regionais nesta etapa da competição.

Outros duelos: Fluminense x Goiás; Grêmio x Santos; Palmeiras x Atlético-PR; Atlético-MG x Botafogo; Flamengo x Cruzeiro.

As partidas estão marcadas para 21 e 28 de agosto. O mando dos jogos das oitavas será definido em sorteio marcado para as 16h desta terça-feira. A fórmula deste ano contempla equipes que participaram da Libertadores. As edições anteriores excluíam os clubes que atuavam na competição sul-americana. Campeão da Copa Sul-Americana no ano passado, o São Paulo está fora do torneio de mata-mata nacional.

No cruzamento das chaves ficou descartada a realização de clássicos regionais nas finais. Isso porque Corinthians, Palmeiras e Santos caíram no mesmo grupo: A. Já Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense ficaram no grupo B. Internacional e Grêmio estão no grupo A.
Fonte: www.carlosferreirajf.blogspot.com

Literatura

"Vidas Provisórias"
A vida de brasileiros no exterior durante a ditadura militar é tema da obra lançada pelo jornalista Edney Silvestre. Em texto que mistura ficção com realidade, o livro intitulado "Vidas Provisórias" é inspirado em histórias de pessoas comuns, que foram obrigadas a viver no exílio por questões políticas ou econômicas.

Apresentador do 'Globo News Literatura', Edney Silvestre usou o regime militar para conduzir a abordagem da obra. Matéria do 'Jornal da Globo' mostra que as histórias contadas no livro foram colhidas e construídas por meio de conversas com amigos, pesquisas e experiência do jornalista como correspondente em Nova York.

Em 2010, o jornalista foi reconhecido com o Prêmio Jabuti de Melhor Romance pela obra Se eu fechar os olhos Agora. O livro traz referências a momentos políticos e culturais. Silvestre também é autor de Contestadores, Outros Tempos, Dias de Cachorro Louco e Grandes entrevistas do Milênio.

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Expectativa de vida

Boa notícia!

A expectativa de vida do brasileiro aumentou 11,24 anos de 1980 (62,52 anos) a 2010 (73,76 anos). O resultado faz parte da pesquisa Tábuas de Mortalidade 2010 – Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação, divulgada nesta sexta-feira, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o gerente de Componentes de Dinâmica Demográfica do IBGE, Fernando Albuquerque, com o resultado de 2010, o Brasil ocupa o 91º lugar no ranking da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre expectativa de vida. O Chile está na 34ª posição e a Argentina, na 59ª. No grupo Brics (formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o país fica atrás apenas da China (70º). Depois do Brasil, estão Rússia (134º), Índia (149º) e África do Sul (179º).

Na Região Nordeste, para cada mil pessoas que atingiram 60 anos de idade, 656 não chegaram aos 80 anos em 1980. Trinta anos depois, o número caiu para 503. “
Na Região Sul, em 1980, para cada mil pessoas que atingiam 60 anos de idade 635 não chegavam aos 80. Em 2010, nesta mesma faixa, 427 não atingiriam os 80.”

A maior diferença das expectativas de vida entre homens de mulheres foi registrada no estado de Alagoas. De acordo com a pesquisa, as mulheres vivem 9,37 anos a mais que os homens. O estado foi o que mostrou o maior índice de sobremortalidade (7,4 vezes), resultado da divisão da taxa de mortalidade dos homens pela das mulheres, na faixa entre 20 e 24 anos, determinando a possibilidade de um homem não chegar aos 25 anos. Em 1980 o índice era de 1,7 vez. Esse crecimento, segundo os especialistas, é devido aos atos violentos na população masculina em Alagoas. Os óbitos são por causas diversas, homicídios, suicídios acidentes de trânsito. Nesse grupo, entre 20 e 24 anos, a maioria é homicídios e acidentes de trânsito.

A região com a taxa mais alta de expectativa de vida em 2010 foi a Sul (75,84 anos), seguida da Sudeste (75,40), Centro-Oeste (73,64 anos), Nordeste (71,20 anos) e Norte (70,76 anos).

Entre os estados, Santa Catarina foi o que teve o maior crescimento tanto em homens (73,73 anos) como em mulheres (79,90). No total, ficou com 76,80 anos. A menor taxa foi encontrada no estado do Maranhão (68,69).
Fonte: www.uai.com.br

Literatura

Betty Faria / Rebelde Por Natureza-livro"Betty Faria: rebelde por natureza"'Budista praticante (da corrente do budismo de Sutra de Lótus), Betty Faria (Elisabeth Maria Silva de Faria nascida no Rio de Janeiro-RJ, em 08 de maio de 1941), analisa o passado, tem certezas sobre o presente e o futuro dentro de uma ótica bem particular'. É assim que a autora Tânia Carvalho apresenta esta biografia de uma das mais famosas estrelas do cinema e da televisão. Carioca, dançarina, estrela dos shows musicais de Carlos Machado, com uma vasta carreira, principalmente na televisão, onde estrelou inúmeras novelas (Tieta, Baila Comigo, Água Viva, Pecado Capital, América) e programas musicais (Brasil Pandeiro). Além do teatro (montagens famosas como 'Onde canta o sábia' e o show 'Camaleoa') e o cinema onde atuou com frequência sob a direção de Carlos Diegues ('Bye, bye Brazil', 'Um trem para as estrelas'), Bruno Barreto ('A estrela sobe', 'Romance da empregada') e Carlos Reichenbach ('Anjos do Arrabalde', 'Bens Confiscados'). No livro, Betty Faria conta sua vida, suas paixões, seus medos, desvenda os segredos das filmagens e da arte de representar.