sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Campeonato Mineiro 2013

O Tupi de Juiz de Fora vai estreiar no Campeonato Mineiro de 2013 no dia 02 de fevereiro, um sábado, contra o Villa Nova, no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima.
Tabela:
02 /02 – sábado – Villa Nova x Tupi, 17h, em Nova Lima (Estádio Castor Cifuentes)
16/02 – sábado – Tupi x Caldense, 17h, em Juiz de Fora (Estádio Mário Helênio)
24/02 – domingo – Boa Esporte x Tupi, 10h, em Varginha (Estádio Melão)
03/03 – domingo – Tupi x América-BH, 18h30, em Juiz de Fora (Estádio Mário Helênio)
09/03 – sábado – Tupi x Guarani, 16h, em Juiz de Fora (Estádio Mário Helênio)
16/03 – sábado – Nacional x Tupi, 16h, em Patos de Minas (Estádio Bernardo Queiroz)
23/03 – sábado – Tupi x América-TO, 16h, em Juiz de Fora (Estádio Mário Helênio)
31/03 – domingo – Atlético x Tupi, 16h, em Belo Horizonte (Estádio Independência)
06/04 – sábado – Tupi x Araxá, 16h, em Juiz de Fora (Estádio Mário Helênio)
14/04 – domingo – Tombense x Tupi, 16h, em Ipatinga (Estádio Lamegão)
21/04 – domingo - Tupi x Cruzeiro, 16h, em Juiz de Fora (Estádio Mário Helênio).

Literatura

"Televisão, Cinema e Mídias Digitais"
O curso de Especialização em TV, Cinema e Mídias Digitais da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) lançará, nesta quinta-feira, dia 29, o livro “Televisão, Cinema e Mídias Digitais”, primeiro volume da série Comunicação Audiovisual, e a publicação “O Brasil (é)ditado”. O evento será realizado às18h30, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM).

O livro “Televisão, Cinema e Mídias Digitais” é uma coletânea de artigos de professores e alunos, produzidos a partir de discussões e reflexões feitas ao longo das disciplinas do curso, apresentando novos conhecimentos e percepções sobre o universo comunicacional. Organizada pelos professores Paulo Roberto Figueira Leal, Cristina Brandão e Iluska Coutinho, a publicação é dividida em três partes, cada uma abordando um dos temas da especialização.
Fonte: www.ufjf.br

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Ministério Público Federal

O Ministério Público Federal de São Paulo (MPF/SP) recomendou ao Ministério das Comunicações que fiscalize o funcionamento de 16 emissoras de rádio FM que têm antenas instaladas na capital paulista mas que possuem permissões de funcionamento outorgadas para outros municípios. 

O Ministério Público recomendou também a imediata instauração de processo de apuração de infração cometida pelo grupo CBS (Comunicação Brasil Sat), por duplicidade de outorga concedida no município.

Em relação ao grupo CBS, que abrange as rádios Kiss, Mundial, Tupi, Scalla e Terra, um inquérito do MPF investigou possível duplicidade de outorga de um mesmo tipo de serviço de radiodifusão em uma mesma localidade, o que é vedado pelo Decreto 52.795/63, que rege o setor. 

Nota técnica da Secretaria de Serviços de Comunicação Eletrônica, do Ministério das Comunicações, reconheceu o descumprimento do decreto.

Das 39 emissoras FM que operam em São Paulo, 16 receberam outorga de funcionamento para outra cidade. “Duas dessas estão em situação comprovadamente irregular", segundo o Ministério das Comunicações.

O Ministério das Comunicações, em conjunto com a Anatel terá o prazo de 180 dias para estabelecer um “Plano de Ação” que fiscalize se o estúdio principal de cada uma das 16 rádios situa-se na localidade para a qual foi autorizada. Segundo a recomendação, a fiscalização deverá ser fundamentada em critérios objetivos que identifiquem se a maior parte da programação irradiada por cada uma das emissoras é produzida em estúdio localizado no município da outorga.

Entre os critérios que deverão ser observados estão o número de horas da programação produzida em cada estúdio, a estrutura dos equipamentos do estúdio e o número de empregados em cada estúdio.

Taça Libertadores

Com Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Fluminense, Grêmio e Atlético-MG representando o Brasil, a Taça Libertadores de 2013 já tem 28 equipes conhecidas. As dez vagas que restam serão preenchidas ainda antes do sorteio, marcado para o dia 21 de dezembro, no Paraguai, onde fica a sede da Conmebol. Desta forma, todos saberão seus adversários antes da virada do ano, não havendo mais casos como o "Bolívia 3" ou "Chile 2", por exemplo, durante o evento que determinará os grupos.
Entre os participantes já confirmados, cinco são estreantes em Libertadores. Tigre, da Argentina, Real Garcilaso e Universidad Cesar Vallejo, do Peru, além de Tijuana e León, do México, participarão do torneio pela primeira vez.
Haverá ainda, pelo menos, sete ex-campeões disputando a edição de 2013 da taça mais cobiçada do continente. Além dos brasileiros Corinthians, Palmeiras, Grêmio e São Paulo, o argentino Vélez Sarsfield, e os uruguaios Nacional e Peñarol já têm participação garantida.
Situação das vagas em cada país

01 - Argentina
Com direito a cinco vagas na competição, a Argentina só tem três participantes definidos até o momento. Campeão do Torneio Clausura 2012, o Arsenal de Sarandí foi o primeiro classificado, enquanto o Tigre garantiu sua vaga como melhor colocado da Copa Sul-Americana de 2012 - este entrará na Pré-Libertadores.
Ainda restam as vagas destinadas ao campeão do Torneio Inial 2012, ao clube com maior pontuação na tabela agregada de 2012 e ao clube com a segunda maior pontuação na tabela anual. O Vélez Sarsfield já tem participação garantida, mas ainda sem saber se como campeão do Inicial 2012 ou como um dos maiores pontuadores na tabela anual.

02 - Bolívia
Os dois clubes bolivianos já confirmados na Libertadores 2013 são o The Strongest, campeão do Clausura 2012, e o San José, vice-campeão do mesmo torneio. Ainda resta a vaga destinada ao campeão do Apertura 2012, que vem sendo liderado justamente por The Strongest e San José, respectivamente. Caso a classificação se mantenha desta forma, o terceiro colocado do Apertura jogaria contra o terceiro colocado do Clausura para definir o dono da terceira vaga. Se o San José se mantiver na segunda ou na primeira colocação do Apertura, vai direto para a fase de grupos. No entanto, se cair na classificação e der lugar a outro clube, vai para a Pré-Libertadores.

03 Brasil
O Brasil é um dos cinco países com todos os representantes definidos. O Corinthians volta ao torneio como atual campeão, enquanto o Palmeiras se classificou através da Copa do Brasil. No Campeonato Brasileiro, Fluminense, Grêmio, Atlético Mineiro e São Paulo ficaram com as vagas, restando apenas a definição de quem irá para a Pré-Libertadores (terceiro e quarto colocados).
Há ainda a possibilidade de o São Paulo se tornar campeão da Copa Sul-Americana. Mesmo neste caso, o Tricolor continuaria com sua vaga através do Campeonato Brasileiro, enquanto a vaga destinada ao campeão do torneio continental se perderia.

04 - Chile
Um dos principais clubes do cenário sul-americano nos últimos anos, o Universidade de Chile foi o primeiro clube do país a conseguir uma vaga para a Libertadores, ao se sagrar campeão do Apertura 2012. O estreante Deportes Iquique já garantiu a segunda melhor pontuação na tabela anual - a primeira é de La U -, o que lhe daria uma vaga na Pré-Libertadores. Porém, o Universidad Católica ainda pode ser campeão da Copa Sul-Americana, o que lhe daria o posto de "Chile 3", no lugar do Iquique. A segunda vaga chilena será destinada ao campeão do torneio Clausura.

05 Colômbia
Campeão do Apertura 2012, o Independiente Santa Fé é o único clube colombiano com vaga assegurada até o momento. As outras duas vagas serão destinadas ao campeão do Clausura e ao clube com melhor pontuação na tabela agregada anual – este último jogará a Pré-Libertadores. O Millionarios, que está nas semifinais da Copa Sul-Americana, pode roubar uma das vagas caso seja campeão do torneio continental.

06 - Equador
O Barcelona de Guayaquil é o único classificado do Equador até o momento, consagrado como o campeão da primeira fase do Campeonato Equatoriano. A segunda vaga fica com o vencedor da segunda fase - que pode ser o Barcelona novamente ou Emelec, que já assegurou sua vaga na Libertadores 2013 ao garantir a segunda melhor pontuação na tabela anual. Caso vença a segunda fase, o time azul e branco vai direto para a fase de grupos. Se o Barcelona de Guayaquil levar o título, haverá um mata-mata entre o Emelec e o terceiro colocado da tabela anual, com o vencedor ganhando a vaga para a fase de grupos, e o perdedor levando um lugar na Pré-Libertadores. Se o vencedor da segunda fase for o Emelec, a vaga na Pré-Libertadores será definida por um mata-mata entre o terceiro e o quarto melhores colocados na tabela anual.

07 - México
O México é um dos países com todas as vagas definidas. Com a melhor campanha na primeira fase do Apertura 2012, o Toluca é o dono do primeiro posto mexicano na Libertadores 2013, enquanto o Tijuana e o León, segundo e terceiros colocados na fase inicial do Apertura, ocupam as vagas de "México 2" e "México 3", respectivamente. O León terá que passar pela Pré-Libertadores.

08 - Paraguai
O tradicional Cerro Porteño é o único já classificado do futebol paraguaio até o momento, tendo levado o título do Apertura 2012. O campeão do Clausura levará a segunda vaga, enquanto a terceira - que leva para a Pré-Libertadores - ficará com o clube de melhor pontuação no ano.

09 - Peru
Os donos das vagas do futebol peruano também já estão definidos. O Sporting Cristal, com a melhor campanha na primeira fase do campeonato nacional, é o dono da primeira vaga, enquanto o Real Atlético Garcilaso é o dono da segunda. O Universidad César Vallejo, terceiro colocado na primeira fase, garantiu a última vaga e jogará a Pré-Libertadores.

10 - Uruguai
O Nacional foi o primeiro clube uruguaio ao se classificar para a Libertadores 2013, com o título da edição 2011/12 do campeonato local. Peñarol e Defensor conseguiram suas vagas com a melhor e a segunda melhor pontuação na tabela anual, respectivamente. O clube carrasco do Flamengo em 2007 jogará a Pré-Libertadores.

11 - Venezuela
Na Venezuela, o Deportivo Lara foi o primeiro a conseguir uma vaga para a Libertadores 2013, ao vencer tanto o Apertura de 2011 como o Clausura de 2012. Desta forma, os dois outros representantes foram definidos pelas melhores pontuações na tabela anual. Caracas e Deportivo Anzoátegui conseguiram a classificação, ficando a vaga para a Pré-Libertadores com o segundo.
Fonte: www.globoesporte.com 

Cidadão honorário

O reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Henrique Duque, recebe nesta sexta-feira, 30/11, o título de Cidadão Honorário de Santos Dumont. Este será o quarto título de cidadania recebido por Henrique Duque. Ele já foi condecorado como Cidadão Honorário de Juiz de Fora e de Governador Valadares, além de Cidadão Benemérito de Rio Casca, sua cidade natal. A cerimônia será às 20h, no salão nobre do Clube Grêmio Recreativo e Literário Mário de Lima, no centro de Santos Dumont.

O vereador Labenert Mendes Ribeiro, do PT, que propôs a homenagem, informou  que todo ano a Câmara Municipal de Santos Dumont confere títulos de cidadania às personalidades públicas que, de alguma forma, contribuíram para o desenvolvimento da cidade. Geralmente pessoas que não são naturais do município.
Cada vereador sugere um nome e, em seguida, votam. Labenert Mendes Ribeiro explica que a escolha do reitor se deve à relação da UFJF com a cidade, já que muitos sandumonenses estudam na instituição e recebem o apoio estudantil. O vereador ressaltou que a Fundação de Apoio ao Hospital Universitário da UFJF é a atual gestora do Hospital de Misericórdia de Santos Dumont.
Fonte: www.ufjf.br

Retrocesso...

Parreira e Felipão

A CBF apresentou oficialmente Luiz Felipe Scolari como novo treinador e Carlos Alberto Parreira como coordenador técnico, em evento na manhã de hoje, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.


Luiz Felipe Scolari volta para a seleção brasileira após treinar o Palmeiras campeão da Copa do Brasil e que foi rebaixado para a Série B do Brasileiro. Em sua primeira passagem, o treinador assumiu a equipe brasileira a menos de um ano da Copa do Mundo do Japão/Coreia do Sul.

Em 2001, o técnico foi para a vaga de Emerson Leão, demitido após a Copa das Confederações. Leão tinha substituído Vanderlei Luxemburgo demitido pela eliminação precoce na Olimpíada de Sydney, na Austrália.

O treinador era unanimidade entre os torcedores. Hoje, Scolari é visto com outros olhos. Em setembro, foi demitido do Palmeiras. Em dois anos na equipe alviverde, conquistou apenas a Copa do Brasil.

Depois de comandar a seleção no pentacampeonato mundial, Scolari assumiu a seleção de Portugal e foi vice-campeão da Europa-2004. Dois anos depois, foi quarto colocado na Copa do Mundo-2006.

Ele ainda dirigiu Portugal na Europa-2008, quando foi eliminado pela Alemanha nas quartas de final.

Logo após, deixou o selecionado português para assumir o Chelsea, da Inglaterra. Porém, ficou menos de um ano no clube inglês e foi demitido por maus resultados e crise com jogadores mais veteranos.

O treinador ainda se aventurou no Bunyodkor do Uzbequistão, onde conquistou o Campeonato Uzbeque de 2009.

Em 2010, Scolari assumiu o Palmeiras, mas não obteve sucesso. O treinador se envolveu em polêmicas com jogadores e conquistou apenas o título da Copa do Brasil.

Joelmir Beting


Morreu à 01h desta quinta-feira, 29/11, em São Paulo, aos 75 anos, o jornalista paulista Joelmir Beting.
Internado há mais de um mês no Hospital Albert Einstein, Beting estava em estado de coma, decorrente de um acidente vascular encefálico hemorrágico, ocorrido no último domingo, 25/11, e respirava com auxílio de aparelhos.
Mauro Beting passava por um tratamento para combater uma doença autoimune desde 22 de outubro.
Nascido em Tambaú (SP), a 255 quilômetros da capital paulista, Joelmir Beting foi um dos pioneiros da imprensa econômica brasileira.
Sua coluna diária, lançada em 1970 na "Folha de São Paulo", foi publicada durante 34 anos em mais de 50 jornais de todo o país.
Beting também inaugurou o comentário econômico para a rádio e a televisão, com colaborações nas emissoras Record, Bandeirantes, Globo, TV Gazeta e Globonews.
Desde 2004, o jornalista participava do "Jornal da Band", na TV Bandeirantes.
Ao usar linguagem simples e clara para tratar de temas áridos de economia e finanças, Beting ficou conhecido pela capacidade de "traduzir" o jargão econômico para o público em geral.
Ao fugir do economês, foi chamado por alguns críticos, principalmente do meio acadêmico, de "Chacrinha da economia".
A alcunha não o incomodava. "Não falo para a dona de casa, mas para a empregada dela", costumava afirmar o jornalista, formado em sociologia pela USP (Universidade de São Paulo).

terça-feira, 27 de novembro de 2012

REDE GERAIS DE RÁDIO

O empresário Geraldo Magno de Almeida lança nesta quarta-feira, 28/11, a REDE GERAIS DE RÁDIO (www.redegeraisderadio.com.br), rede que abrigará 16 emissoras (AM/FM). O evento está marcado pa às 14 horas, na sede da Rede, praça Sete, centro de Belo Horizonte, e a Rádio Cultura de Santos, administrada  pela Sociedade Mineira de Comunicação e integrante da rede, se fará presente no evento com a presença do seu diretor comercial.

Emissoras Próprias
Rádio Gerais Itabirito 1340 AM
Rádio Gerais Santos Dumont 1580 AM
Rádio Gerais Carangola 900 AM
Rádio Gerais Brasópolis 1380 AM
Rádio Gerais Raul Soares 1460 AM
Rádio Gerais Ubá 1590 AM
Rádio Gerais Almenara 1530 AM
Rádio Gerais Nanuque 1480 AM 
Rádio Gerais Salinas 107,7 FM
Rádio Gerais Cataguases 105,7 FM 
Rádio Mais FM Caragola 92,7 FM

Emissoras Afiliadas
Rádio Buritis 1460 AM
Rádio Caratinga 970 AM
Rádio Muriae 98,7 FM
Rádio Leopoldina 104,3 FM
Rádio Educativa de Três Corações 105,7 FM

Joelmir Beting

Jornalista, comentarista de economia e política do Grupo Bandeirantes de Comunicação, Joelmir Beting sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) na manhã do último domingo, 25/11. O jornalista de 75 anos estava internado desde 22 de outubro no hospital Albert Einstein, em São Paulo, por causa de complicações renais, resultantes de doença autoimune. O estado de saúde do jornalista, segundo seu filho Mauro Beting, é considerado grave e irreversível.
Em dezembro de 2001, Beting havia sido internado com pneumonia na Unidade do Hospital do Coração, na zona sul de São Paulo (SP).

Desde que retornou à Bandeirantes, o jornalista participa diariamente do Jornal da Band e do Primeiro Jornal. Foi âncora do Canal Livre, apresentado aos domingos, e fez comentários diários no canal BandNews, além dos programas Jornal Gente e Três Tempos, na rádio Bandeirantes. Na TV, também trabalhou na Gazeta, Record e Globo – nesta última, de agosto de 1985 até julho de 2003 –, passando pelo Espaço Aberto, na Globo News, e de volta para a Bandeirantes, em março de 2004.

Nascido em Tambaú (SP), iniciou a carreira jornalística como repórter esportivo nos jornais "O Esporte" e "Diário Popular". Trabalhou também na rádio Panamericana, que anos depois se tornaria a Jovem Pan (SP). Em 1962, já formado sociólogo, mudou de área, passando para o jornalismo econômico, inicialmente na redação de estudos de uma empresa de consultoria.

Em 1966, foi contratado pela "Folha de São Paulo" para lançar a editoria de Automóveis, tornando-se dois anos depois editor de Economia do mesmo jornal, lançando uma coluna diária a partir de 1970.

A coluna tornou-se célebre por desmistificar a economia numa época de inflação astronômica e reiteradas medidas desastradas do governo. É de lá que nasceram alguns dos bordões de Joelmir, como "quem não deve não tem" e "na prática, a teoria é outra". Em 1991, transferiu-se para O Estado de S.Paulo (SP), onde sua coluna diária continuou sendo publicada, ininterruptamente, até 30 de janeiro de 2004.

Também publicou os livros "Na Prática a Teoria é Outra" e "Os Juros Subversivos". Em coautoria com o cardeal Paulo Evaristo Arns e João Pedro Stédile, lançou o livro "Igreja, Classe Trabalhadora e Democracia". Desde 2000, mantém seu próprio site na internet, dedicado à análise macroeconômica.
Fonte: www.uol.com.br

domingo, 25 de novembro de 2012

Síndrome de Burnout

Aversão ao trabalho é doença, aponta estudo

O INSS registrou em 2011 mais de 12 mil afastamentos por depressão, transtorno ansioso e estresse. Entre os problemas está a síndrome de burnout, marcada por desânimo grave, vazio interior e sintomas físicos

O afastamento de trabalhadores por transtornos mentais no Brasil subiu 2% no ano passado, atingindo a marca de 12.337 casos, segundo o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). No universo desses problemas, as doenças que mais se destacaram em 2011 foram episódios depressivos, transtornos ansiosos, reações ao estresse grave e transtornos de adaptação. Colaborando com o número crescente desses problemas está a síndrome de burnout, doença detectada e denominada pela primeira vez em 1974 pelo pesquisador e psicanalista norte-americano Herbert Freudenberger, que a definiu como sendo um estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional.

A descoberta se deu depois de Freudenberger notar oscilações de humor e desinteresse pelo trabalho entre alguns de seus funcionários da área de saúde. Burnout significa queima (burn) e para fora, até o fim (out), ou seja, pode-se traduzir ao pé da letra como combustão completa. Em português, a tradução é algo parecido como “perder o fogo” ou “perder a energia”.

A prevalência da síndrome de burnout na população ainda é incerta, mas dados sugerem que ela acometa um número significativo de indivíduos, variando de 4% a 85,7%, conforme a população estudada. Um estudo desenvolvido pela Universidade de Brasília (UnB) em 2010, em uma população de 8 mil professores, indicou prevalência de 25% da síndrome.

Segundo a psiquiatra, psicanalista e membro da diretoria da Associação Mineira de Psiquiatria Gilda Paolielo, este é apenas um novo nome para um problema que sempre existiu. “George Miller Beard, médico americano do século 19, o descreveu como neurastenia, um mal-estar causado pelas exigências da vida moderna. Sigmund Freud o contestou, mostrando que o furo estava mais embaixo: considerava que o mal-estar seria consequência das repressões sexuais impostas pela cultura, uma espécie de preço pago pela humanidade para se tornar civilizada. Chaplin descreve o Burnout de forma brilhante e hilária em Tempos modernos, mostrando as consequências drásticas de uma sociedade massificada pela revolução industrial”, explica a especialista.

Gilda, que também é preceptora do curso de residência em psiquiatria do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), salienta que o quadro em geral começa com sinais de cansaço, desânimo em relação a atividades nas quais a pessoa encontrava prazer, chegando à anedonia (perda da capacidade de sentir prazer), comprometimento do sono, com sonolência diurna e insônia noturna. “Como a pessoa em geral não fica alerta a esses sinais de esgotamento e continua se ‘esticando’, o quadro vai evoluindo com sintomas depressivos, descaso com as necessidades pessoais, isolamento, irritabilidade, sensação de vazio interior, que se tenta preencher com mais e mais trabalho automatizado, trazendo como consequência um sério comprometimento do desempenho profissional e até uma paralisação forçada da vida.”

Manifestações físicas como dor de cabeça, enxaqueca, cansaço, sudorese, palpitações, pressão alta, dores musculares, insônia, crises de asma e distúrbios gastrintestinais podem surgir e estar associadas à síndrome. Clinicamente, diagnosticar a síndrome de burnout não é difícil, pois a pessoa sempre relata uma exaustão, levando ao comprometimento de sua atuação profissional e pessoal, chegando, `as vezes, a uma aversão ao ambiente de trabalho. “Há técnicas mais específicas para o diagnóstico, como questionários estruturados e outros métodos, como a Escala Likert. Muitas vezes, a própria chefia ou colegas de trabalho percebem as mudanças na pessoa e a encaminham para tratamento”, cita Gilda.

Estágios da síndrome de Burnout
Necessidade de se afirmar no trabalho;
Dedicação intensificada – com predominância da necessidade de fazer tudo sozinho;
Descaso com as necessidades pessoais, como dormir, comer, sair;
Recalque de conflitos – percebe que algo não vai bem, mas não enfrenta o problema;
Reinterpretação dos valores – isolamento, fuga dos conflitos;
Negação de problemas – os outros são desvalorizados e considerados incapazes;
Recolhimento;
Mudanças evidentes de comportamento;
Despersonalização;
Vazio interior;
Depressão – indiferença, desesperança, exaustão;
Colapso físico e mental.
Fonte: www.uai.com.br

Mineiro UAI...


Fluminense F.C.


sábado, 24 de novembro de 2012

Futebol

Tupi
A diretoria do Tupi de Juiz de Fora estuda a possibilidade de firmar uma parceria na gestão do departamento de futebol com a Traffic Sports. Pelo acordo a Traffic entraria com parte da comissão técnica (treinador e um preparador físico) e cerca de 15 jogadores, custos incluídos – e teriam dois assentos no Conselho Gestor. Ao Tupi caberia disponibilizar os demais integrantes da Comissão Técnica, também aproximadamente 15 atletas – e ficaria com três nomes neste Conselho, um deles o presidente do Clube, Áureo Fortuna.

Ipatinga/Betim
O presidente do Ipatinga Futebol Clube Itair Machado prtotocolou na Federação Mineira de Futebol um documento em que informa a intenção da agremiação em mudar de sede e denominação para 2013, seguindo as normas da RDP Nº08/2011 da Confederação Brasileira de Futebol.O documento será  avaliado pela FMF e posteriormente enviado para aprovação da CBF. Caso o pedido seja acolhido, a equipe passará a se chamar Betim Esporte Clube.

Série B
Foi realizado em Belo Horizonte o arbitral do Módulo II (Série B) do Campeonato Mineiro de 2013.
A fórmula do torneio será a mesma da temporada passada.
Os doze clubes serão divididos em dois grupos de seis equipes cada, que se enfrentam em jogos de ida e volta. As duas melhores de cada chave avançam ao quadrangular final, que também será disputado em turno e returno. Os dois primeiros colocados ascendem ao Modulo I. As chaves foram definidas de acordo com a região de cada equipe.
Período:  De 16 de fevereiro a 19 de maio.
Chave A
Sociedade Esportiva Patrocinense (Patrocínio)
Uberaba Sport Club
Uberlândia Esporte Clube
União Recreativa dos Trabalhadores (URT) (Patos de Minas)
Esporte Clube Mamoré (Patos de Minas)
Sociedade Esportiva Guaxupé.

Chave B
Minas Futebol Brasil (Sete Lagoas)
Ipatinga Futebol Clube ou Betim Esporte Clube
Social Futebol Clube (Cel Fabriciano)
Esporte Clube Democrata (Governador Valadares)
Poços de Caldas Futebol Clube
Clube Atlético Tricordiano (Três Corações).

ACIDENTE
Um grave acidente ocorrido na madrugada da última sexta-feira, 23/11, provocou a morte do volante Henrque (José Henrique Fernandes Marques) e ferimentos em outra pessoa que foi conduzia para o Hospital de Miracema, no Noroeste Fluminense. De acordo com as fotos publicadas no portal "jornal sem limites", de Pádua, o veículo, que parecer se um Santana, chocou-se  violentamente contra a base de um poste, que ficou inclinado e derrubou um "orelhão" localizado na margem da estrada. O acidente aconteceu na estrada que liga Campello (distrito de Pádua) a Miracema. Essa estrada está sendo preparada para ser asfaltada, e o local do acidente já é onde está pavimentada.

Henrique, nascido em Campello em 13 de setembro de 1983, era de origem humilde, como boa parte dos moradores do distrito, atuou no Itaperuna-RJ, Mineros-GO, Atlético-MG, Remo-PA, Rioverdense-MT, Gama-DF, Aperibeense-RJ, Canadense-GO, Rio Verde-GO, Trindade-GO, Anápolis-GO, Goiânia-GO, Anapolina-GO e Crac de Catalão-GO. O sepultamento foi realizado no cemitério de Paraoquena, já que Campello não possui cemitério.

Literatura


"Em Nome do Pai dos Burros"

A história se desenrola no dia 13 de outubro de 1977 – marcado, na História do Brasil, por dois episódios marcantes – a queda do general Sylvio Frota, um dos baluartes da chamada "Linha dura" que remanescia do golpe militar de 1964; e o primeiro título paulista do Corinthians depois de quase 23 anos de abstinência. Conheça a jornada de Marcello Brancaleone, um jovem editor, adversário do golpe e torcedor do Corinthians, alinhando-se a esses dois eventos.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Seleção brasileira

O técnico Mano Menezes foi demitido no comando da seleção brasileira na tarde desta sexta-feira.

Toda comissão técnica foi dissolvida, incluindo Rodrigo Paiva, ex-diretor de comunicação. Os substitutos serão divulgados apenas em janeiro de 2013. Muricy Ramalho, Abel Braga, Carlos Alberto Parreira, Luiz Felipe Scolari, e até mesmo Pepe Guardiola, são os nomes do momento.

Mano Menezes disputou 33 partidas a frente da seleção brasileira, e teve 21 vitórias, seis empates e seis derrotas, o que dá um aproveitamento de 69,69% (69 pontos de 99 disputados).

O novo treinador terá que assumir o time a seis meses do início da Copa das Confederações. Antes de Mano Menezes, o último técnico demitido no meio de um trabalho na seleção brasileira foi Emerson Leão, após fiasco na Copa das Confederações de 2001, quando perdeu para a Austrália e ficou na quarta colocação. Leão, que não ficou nem um ano à frente do cargo, substituiu Vanderlei Luxemburgo, que havia sido demitido depois de fracassar nos Jogos Olímpicos de 2000.

Depois de Leão, Luiz Felipe Scolari assumiu o cargo e foi até a Copa do Mundo de 2002, quando foi campeão. Filipão saiu para assumir o comando da seleção portuguesa e foi substituído por Carlos Alberto Parreira, que fez trabalho de quatro anos, até o fim da Copa de 2006.

Após o fracaso na Copa da Alemanha, Parreira deixou o comando da seleção, e Dunga (sem jamais ter dirigido qualquer time ou seleção) assumiu e foi até a Copa de 2010, com novo fracasso da seleção e a inevitável dissolução da comissão técnica.Sem treinador fixo, Muricy Ramalho, então técnico do Fluminense foi convidado, mas por motivos não esclarecidos, não aceitou. Sem Muricy, Mano Manezes, mesmo sem conquistas relevantes no currículo, e com um forte lobby do "diretor" de seleções da CBF, Andres Sanches, Mano Menezes foi o "escolhido". Muito teórico e pouco prático, o novo treinador não conseguiu esboçar uma seleção, e sua demissão era questão de tempo.

Aviação civil



                  Gol anuncia fim da Webjet 
A Gol Linhas Aéreas anunciou nesta sexta-feira, 23/11, o fim das atividades da Webjet, comprada pela empresa em julho de 2011. A Gol também informou que vai cortar mais 850 empregados entre tripulação técnica, tripulação comercial e manutenção de aeronaves.
Segundo a empresa, os clientes da Webjet com passagens compradas serão atendidos pela Gol, sem custo adicional.
A Gol concluiu a compra da WebJet em outubro de 2011, por R$ 70 milhões, além de ter assumido dívidas de cerca de R$ 200 milhões. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a fusão das duas empresas em outubro.

Em nota, a Gol afirma que o modelo de negócios da Webjet deixou de ser competitivo com a alta nos preços do combustível e o elevado consumo dos aviões que eram utilizados pela empresa. De acordo com a Gol, a Webjet possui um modelo de operação com base em uma frota composta majoritariamente por aviões modelo Boeing 737-300, de idade média elevada, alto consumo de combustível e defasagem tecnológica. Esse modelo deixou de ser competitivo.

Desde a meia-noite de hoje, os seis Boeings-737/300 da Webjet pararam de voar. Segundo a Gol, os clientes e passageiros da Webjet serão integralmente assistidos pela empresa, e terão seus voos garantidos.
Uma das medidas que deve ser implementada em todos os voos da Gol é a venda de lanches a bordo. O modelo de negócio foi inaugurado no país pela Webjet.

Após o corte de quase 3 mil funcionários desde o início do processo de fusão entre as duas empresas, a Gol não prevê novas demissões. Além dos 850 funcionários anunciados nesta sexta-feira, outros 2 mil já tinham sido desligados da empresa neste ano. A Gol, que vai absorver 450 funcionários da WebJet, ficará com um contigente de 17 mil funcionários.

A Gol irá devolver as 20 aeronaves Boeing 737-300 da Webjet até o final do primeiro semestre de 2013.
A empresa aérea informou ainda que estima um aumento pontual de custos no 04º trimestre deste ano. Em 2013, a empresa prevê redução na oferta doméstica de assentos de 05% a 08%.

Estado do Triângulo

Zona da Mata Mineira


Trajetória de Joaquim Barbosa, o 01º presidente negro do STF (Tribunal Superior Eleitoral).


1954 - Nasce em Paracatu (MG). Seu pai era pedreiro e, mais tarde, dono de um caminhão. Joaquim Barbosa estudou no Colégio Estadual Antônio Carlos. Desde criança ajudava o pai fazendo tijolos e entregando lenha no caminhão da família.

1971 - Aos 16 anos muda-se para Brasília para fazer o 02º grau. Mora na casa de uma tia na cidade-satélite do Gama. Trabalha como compositor gráfico do Senado (1973-1976) e oficial do Ministério das Relações Exteriores (1976-1979)

1975 - Começa a cursar a Faculdade de Direito da Universidade de Brasília, formando-se em 1979. Deixa o Ministério das Relações Exteriores e começa a trabalhar como advogado do Serviço Federal de Processamento de Dados

1980 - Começa a pós-graduação na UnB e se casa com Marileuza Francisco de Andrade, com quem tem seu único filho, Felipe. Em 1982 conclui a pós-graduação na universidade, tornando-se especialista na área de direito e Estado.

1984 - Torna-se procurador do Ministério Público Federal, atuando inicialmente em Brasília (1984-1993) e, a partir dos anos 90, no Rio de Janeiro (1993-2003). Em 1985 nasce seu único filho, Felipe de Andrade Barbosa Gomes

1985 - Assume a chefia da consultoria jurídica do Ministério da Saúde. Em setembro de 1986, sua ex-mulher registra boletim de ocorrência no qual acusa Barbosa de tê-la espancado. Mais tarde, ela afirma que o episódio foi superado

1988 - Com bolsa do CNPq, faz o mestrado (1989-1990) e o doutorado (1990-1993) em direito na Universidade de Paris. Retoma sua carreira de procurador. Publica, em 1994, "La Cour Suprême dans le Système Politique Brésilien"

2001 - Após dois anos de pesquisa nos Estados Unidos, onde lecionou na Universidade Columbia, publica o livro "Ação Afirmativa e Princípio Constitucional da Igualdade". Em 2002 e 2003, leciona na Universidade da Califórnia.

2003 - Nomeado pelo presidente Lula para o STF. Em mais de uma ocasião bate boca com os ministros Marco Aurélio, Gilmar Mendes e Eros Grau. Em 2006 torna-se relator do inquérito sobre o mensalão, convertido em ação em 2007

2008 - Torna-se ministro efetivo e vice-presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Vota a favor da tese de que políticos condenados em primeira instância poderiam ter sua candidatura anulada, sendo porém voto vencido

2009 - Ele acolhe a denúncia contra o senador Eduardo Azeredo (PSDB), acusado pela Procuradoria de peculato e lavagem de dinheiro no mensalão mineiro. Desiste de presidir o Tribunal Superior Eleitoral por problemas de saúde.

2012 - Em 2011, Barbosa libera aos colegas o relatório final sobre o mensalão. O julgamento começa no dia 2 de agosto de 2012 e resulta na condenação de 25 acusados, entre eles José Dirceu, Marcos Valério e Delúbio Soares

*Na história do STF já houve dois ministros afrodescendentes: Pedro Lessa, ministro de 1907 até sua morte, em 1921, e Hermenegildo de Barros, ministro de 1919 até a aposentadoria, em 1937.

Nenhum deles chegou a ocupar a presidência do Supremo.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Dicas de português


Transporte Ferroviário

              Foto: Humberto Nicoline (maio de 1982)
              Colaboração:

22 de novembro - dia da Música


SINIAV – Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos

       SINIAV começa monitoramento a partir de janeiro
O ano de 2013 vai começar diferente para uma parte dos motoristas brasileiros. Pelo menos inicialmente para quem vai pegar um carro novo. O SINIAV – um tipo de SIVAM para carros – vai entrar em operação em todo o país, começando obrigatoriamente pelos carros novos. Todos – sem exceção – terão que sair de fábrica com o chip de rastreamento. Não se trata daquele rastreador que o proprietário pode ou não ativar no momento da compra.

O chip do SINIAV estará sempre ativo e identificando o veículo em qualquer ponto do território nacional, seja em estradas ou vias urbanas. O dispositivo vai custar R$ 5,00 e será cobrado do proprietário na hora de licenciar. Ele vai permitir que os órgãos de trânsito fiscalizem a frota nacional, a fim de evitar roubo/furto de veículos/cargas, controlar tráfego, restringir acesso em zonas urbanas, fiscalizar velocidade média, aplicar multas, localizar veículos roubados, enfim, uma série de funções agregadas.

O sistema vai utilizar uma série de antenas fixas ou móveis para fiscalizar a frota. Além disso, os carros usados também deverão ser equipados com o chip até julho de 2014. Os estados vão programar as instalações individualmente.

O serviço deve ser feito no momento do licenciamento. Quem não portar o chip terá de pagar multa de R$ 127,69, além de ter cinco pontos na CNH e ter o veículo retido.

PS: Faltou avisar que se o tempo gasto entre duas antenas for menor que o estipulado, conforme as placas de velocidade, ou seja, andou acima do limite, portanto gastou menos tempo entre as antenas, vai ser multado por excesso de velocidade também!!!
Fonte: www.denatran.gov.br

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Literatura


“Luiz de Castro, o poeta da natureza”

O livro “Luiz de Castro, o poeta da natureza”, conta a historia do consagrado compositor de música sertaneja Luiz de Castro. Natural de Campo do Meio e morador de Pouso Alegre há mais de 30 anos, Luiz de Castro é um dos maiores compositores deste segmento no Brasil.
De autoria dos jornalistas William Sanches e Luciene Ferreira de Castro e executado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Pouso Alegre-MG, o livro de 150 páginas resgata um pouco da história de Luiz de Castro, de menino pobre a compositor consagrado. Traz também algumas das 1.749 composições que o poeta escreveu ao longo de 51 anos de carreira e foram gravadas por duplas consagradas como Tião Carreiro e Pardinho, Liu e Leo, Chitãozinho e Xororó, Pedro Bento e Zé da Estrada e o cantor Daniel. O leitor também encontrará fotos de parte das homenagens recebidas e as amizades construídas ao longo dos seus 74 anos de vida.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Futilidades....

O que escrever em seu túmulo , se você é....

ADVOGADO: Disseram que morri...mas vou recorrer!!!
AGRÔNOMO: Favor regar o solo com Neguvon. Evita vermes.
ALCOÓLATRA: Enfim, sóbrio.
ARQUEÓLOGO: Enfim, fóssil.
ASSISTENTE SOCIAL: Alguém aí, me ajude!
BROTHER: Fui.
CARTUNISTA: Partiu sem deixar traços.. 
DELEGADO: Tá olhando o quê? Circulando, circulando...
ECOLOGISTA: Entrei em extinção. 
ENÓLOGO: Cadáver envelhecido em caixão de carvalho, aroma Formol e com presença de Microorganismos diversos.
ESPÍRITA: Volto já.
FUNCIONÁRIO PÚBLICO: É no túmulo ao lado.
GARANHÃO: Rígido, como sempre. 
GAY: Virei purpurina. 
HERÓI: Corri para o lado errado.
HIPOCONDRÍACO: Eu não disse que estava doente?!?!
HUMORISTA: Isto não tem a menor graça. 
INTERNAUTA: www.aquijaz.com.br  
JANGADEIRO DIABÉTICO: Foi doce morrer no mar.
JUDEU: O que vocês estão fazendo aqui? Quem está tomando Conta do lojinha? 
PESSIMISTA: Aposto que está fazendo o maior frio no inferno. 
PSICANALISTA: A eternidade não passa de um complexo de superioridade mal resolvido.
SANITARISTA: Sujou!!!  
SEX SYMBOL: Agora, só a terra vai comer.  
VICIADO: Enfim, pó!  

Literatura

"Memórias do Brasil grande - A história das maiores obras do país e dos homens que as fizeram"

Escrito por Wilson Quintella, o livro fala sobre empreendedorismo, relacionamento com pessoas, sobre o modo antigo e o atual de fazer negócios, de administrar uma empresa, de lidar com os vários públicos, dos altos escalões do governo aos mais diferentes tipos de colaboradores: de diretores e engenheiros extremamente especializados à figura do "barrageiro". 

O autor, Wilson Quintella é pioneiro da construção de grandes obras no Brasil, entre elas, linhas de trem, ao longo de quarenta anos na Camargo Corrêa, uma parte deles como presidente da construtora.

Eleições 2012

Prefeitos itinerantes Proibidos pelo Supremo de pular de cidade em cidade para se perpetuar no poder, prefeitos saem de cena, mas planejam disputar uma vaga no Legislativo federal ou estadual em 2014

Um fim de carreira para comemorar, e outro melancólico para os dois mais famosos prefeitos itinerantes de Minas Gerais. Depois de colocarem nos currículos a administração de duas cidades, o prefeito de Pirapora, Warmillon Braga (DEM), que também governou Lagoa dos Patos, e o de Diamantina, Padre Gê (PMDB), que foi eleito ainda em Três Marias, concluem mandatos em dezembro impedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de repetir a façanha, mas planejando briga por outros cargos.

O recordista de mandatos consecutivos como prefeito é Warmillon. Antes de oito anos no comando de Pirapora, Região Norte de Minas, venceu duas eleições na vizinha Lagoa dos Patos, a 60 quilômetros da cidade que hoje governa. O prefeito afirma que será candidato a deputado federal em 2014 e que já trabalha em 67 municípios da região.

Warmillon, que elegeu o sucessor em Pirapora, Heleomar Silveira (PSB), é acusado pelo Ministério Público estadual de desvio de dinheiro público, enriquecimento ilícito e, na hipótese de vencer a disputa para a Câmara dos Deputados, ganharia mais tempo até a conclusão dos processos, já que a instância para crimes de parlamentares, beneficiados pelo foro privilegiado, é o STF. Ao todo, Warmillon, que é empresário do setor agrícola, responde a 85 ações na Justiça.

Destino diferente teve Padre Gê, que governou Três Marias, na Região Central de Minas, por quatro anos (2001-2004), e encerra em dezembro outros quatro anos de mandato em Diamantina (2009-2012), no Vale do Jequitinhonha. O prefeito tentou a reeleição, mas perdeu a disputa para Paulo Célio de Almeida Hugo (PSDB). A distância entre as duas cidades é de 258 quilômetros. O Padre que já não celebra missas e entrou com processo no Vaticano para abandonar as funções religiosas, planeja disputar uma vaga na Assembleia Legislativa em 2014.
 
A proibição para que prefeitos se candidatassem a novo mandato em outra cidade foi votada pelo STF em 02 de agosto de 2012. A Corte decidiu que candidatos reeleitos em um município não podem disputar pela terceira vez o cargo no mesmo estado, ainda que em cidade distante daquela em que exerceu, por duas vezes consecutivas, a chefia do Executivo. O primeiro questionamento à Justiça contra os prefeitos itinerantes foi feito pela procuradora da República em Alagoas Niedja Kaspary, em 2008. O entendimento era que a prática é inconstitucional, por possibilitar mais de dois mandatos consecutivos.

URNAS E NAMORADAS
 
O prefeito eleito de Biquinhas, na Região Central de Minas, pode não assumir o cargo também por ter ficado tempo superior ao permitido por lei não no poder, mas ao lado de quem o exercia. Arisleu Ferreira Pires (PSDB) governou a cidade de 1997 a 2000 e de 2001 a 2004. Hoje, a prefeita, que passaria o comando ao candidato vencedor, é Valquíria da Silva (PSDB), que seria a mulher de Arisleu. O casal tenta se desvencilhar da “acusação”. Afirmam serem apenas namorados. No entanto, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entendeu que os dois têm um relacionamento estável.

A decisão foi sustentada pelo parágrafo 7º do artigo 14 da Constituição Federal, que diz: “São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o cônjuge e os parentes consanguíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do presidente da República, de governador de estado ou do Distrito Federal, de prefeito ou de quem os haja substituído dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de mandato eletivo e candidato à reeleição”. Cabe recurso da decisão, mas, ao menos por enquanto, pelo entendimento do TSE, uma nova eleição deverá ser realizada na cidade, já que Arisleu teve mais que 50% dos votos válidos.

Literatura

“Eles também são fãs”
A jornalista Regiane Souza  lançou  o livro 'Eles também são fãs', onde os ídolos abrem a intimidade e falam da relação estreita que mantém com alguns profissionais e discutem por que nem toda profissão é valorizada pela sociedade.

Participaram da obra personalidades como Ana Maria Braga, Claudia Leitte, Márcio Garcia, Walcyr Carrasco, Gustavo Borges, Lobão, Astrid Fontenelle, Adriane Galisteu, Ana Hickmann, Zezé Di Camargo e Luciano, Magic Paula, Nívea Stelmann, Luigi Baricelli, Bruno Mazzeo, Marcelo Médici, Silvio de Abreu e Manoel Carlos.


Os relatos trazem histórias curiosas, inéditas e, sobretudo, emocionantes como a do cantor Luciano, da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, que cita as palavras do pai, Seu Francisco, sobre o seu primeiro ofício, de engraxate : "(...)aqui está seu material de trabalho. Seu primeiro ofício será o mais nobre de todos: dar brilho aos passos dos outros.  Sabe por que? A gente só aprende a brilhar quando dá luz aos caminhos do próximo"

domingo, 18 de novembro de 2012

Eleições 2012

Minas elege prefeitos com mais de 80 anos 
No Brasil 111 prefeitos e 388 vereadores tem mais de 70 anos

Paiva-MG
Com quantos anos um trabalhador deve se aposentar? A questão nunca foi tão debatida quanto nos últimos meses, quando em pleno julgamento do maior escândalo de corrupção do Brasil dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) foram obrigados a pendurar as togas por chegarem aos 70 anos: Cezar Peluso, em 3 de setembro, e Carlos Ayres Britto, que completa a idade hoje. No mesmo país cuja lei considera que o servidor público em geral – incluindo os magistrados, conforme estabelece o artigo 93, inciso VI, da Constituição – não está mais apto a exercer a carreira ao completar sete décadas de vida, nada menos que 111 prefeitos e 388 vereadores com mais de 70 anos, alguns deles com mais de 80, saíram vitoriosos das urnas e vão assumir cadeiras nas prefeituras e câmaras municipais de cidades com dezenas de milhares de habitantes. Até mesmo para assumir funções da mais alta relevância, como a Presidência da República, não há limite máximo de idade.

Com 87 anos, Jair Toledo Paiva (PMDB) que será pela quarta vez prefeito de Paiva, cidade com cerca de 2 mil habitantes, na Zona da Mata é o mais velho eleito em Minas e segundo no país.

Atual vice-prefeito, Jair tem um laboratório de homeopatia no qual oferece consultas gratuitas à população, e planeja fazer um curso de aperfeiçoamento no ano que vem. É solteiro e não tem filhos. Neto do fundador da cidade, que tem seu sobrenome, também se orgulha do fato de o pai ter sido o primeiro político que comandou Paiva, que viveu 102 anos.

Jair Paiva não entende por que os ministros do Supremo precisam se aposentar aos 70 anos. “Deveriam ficar até uns 80 anos pelo menos. Com mais idade teriam até mais condições de julgar a corrupção no Brasil, estariam mais maduros”, avalia o vice-prefeito, que tem ideias modernas para a cidade. Pretende levar uma indústria para o município para tentar assegurar a presença dos moradores com emprego.

Morada Nova-MG
Um pouco mais jovem na carteira de identidade, o prefeito eleito de Morada Nova de Minas, com cerca de 10 mil habitantes, na Região Central, Walter Francisco de Moura (PSDB), pretende melhorar os serviços de saúde da cidade. Aos 79 anos, ele assume também pela quarta vez o posto de Prefeito.


Amparo do Serra-MG
Outro que toma posse em janeiro é Francisco Paradela (PSDB), de 75 anos, prefeito eleito de Amparo do Serra, na Zona da Mata mineira.

BENGALA
Se depender do Congresso Nacional, a idade de aposentadoria compulsória dos ministros do STF pode aumentar para 75 anos. Sem sucesso, tramita desde 2005 na Câmara dos Deputados uma proposta de emenda à Constituição, de autoria do senador Pedro Simon (PMDB-RS), conhecida como a PEC da Bengala, fazendo essa alteração. Ela chegou a ser discutida no plenário em primeiro turno, mas foi retirada de pauta em 2009 sem ser aprovada. Desde então, vários requerimentos foram feitos para incluir o projeto na ordem do dia.
Fonte: www.uai.com.br 

sábado, 17 de novembro de 2012

Expresso Pai da Aviação

Assunto: Nota de Esclarecimentos/Expresso Pai da Aviação
O projeto trem turístico de passageiros Expresso Pai da Aviação, está paralisado a quase 2 meses por intransigência da MRS Logística, uma vez, que a Litorina (trem) foi toda reformada voluntariamente, existe a obrigatoriedade do Contrato de Concessão celebrado entre a União e MRS que obriga a passagem de 02 pares de trens de passageiros por dia, ou seja, duas idas e duas voltas, do Decreto nº 1.832 de 04 de Março de 1996, Art 34., que os trens de passageiros terão prioridade de circulação sobre os demais, exceto os de socorro , do Marco Regulatório, disciplinado pela Resolução nº 3.695/11, que diz a respeito do Direito de Passagem e Trafego Mutuo, da da Resolução da ANTT nº 3.609, de 01 de 12 de 2010, publicada no D.O.U, de 13 de dezembro de 2010, que autoriza sua circulação em 125km entre as cidades de Matias Barbosa, Juiz de Fora, Ewbank da Câmara, Santos Dumont, Antônio Carlos e Barbacena, sendo considerado um trem de médio percurso, que irá interligar a Zona da Mata aos Campos da Vertentes no Estado de Minas Gerais, e que seria o primeiro trem regional de passageiros na malha da MRS que opera trens de cargas em 3 estados brasileiros (MG,RJ e SP).

Pelo motivo da paralisação equivocada do Expresso Pai da Aviação, por parte de MRS Logística, a população da cidade de Santos Dumont esta se mobilizando, com sito, acontecerá uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Santos Dumont, na terça-feira dia 27/11/2012, às 19:00hs.

Participe desta Audiência Pública e ajude diretamente a viabilizar o trem de passageiros turístico em Santos Dumont, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Barbacena, Ewbank da Câmara e Antonio Carlos/MG.

Cordialmente,
Ong Movimento Nacional Amigos do Trem

Literatura

"Ferrovias e Desenvolvimento – Esse é o caminho”
O livro, de autoria do Deputado Federal Pedro Uczai (PT-SC) e presidente da Frente Parlamentar das Ferrovias, é uma sistematização de idéias originadas a partir de aprofundamentos e debates realizados pela Frente Parlamentar.
A obra apresenta uma perspectiva sobre os benefícios e resultados que um projeto estratégico de malha ferroviária, aliando aos demais modais de transporte, e que pode representar para o desenvolvimento do Brasil. 
Para o autor, o livro apresenta uma amplitude de opiniões enriquecendo o debate sobre o mdelo ferroviário.

O livro tem a participação de outros 23 autores:
- Ana Júlian Faccio (Mestre em Geografia);
- Angelina Wittmann (Arquiteta e Urbanista);
- Carlos Eduardo do Nascimento (Ferroviário);
- Daniel Lena Souto (Engenheiro Civil e de Segurança do Trabalho);
- Diovani Batista Gonçalves (Advogado);
- Eldon Egon Jung (Coordenador da Comissão Pró-Ferrovias do Vale do Itajaí-SC),
- Evaristo Almeida (Mestre em Economia Política);
- Francisco Augusto Oliveira (Economista);
- Gilberto Munhoz de Macedo (Advogado e Produtor Rural);
- Jerônimo Miranda Netto (Ferroviário);
- Nilson Tadeu Ramos Nunes (Professor);
- Paulo Borges Campos Júnior (Economista).
- Paulo Roberto Franco (Administrador de Empresas);
- Paulino Rodrigues de Moura (Ferroviário);
- Raul Carrion (Deputado Estadual pelo Rio Grande do Sul);
- Roberta Zanenga de Godoy Marchesi (Economista);
- Rodrigo Vilaça (Presidente-executivo da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF);
- Roque José Ferreira (Ferroviário e vereador em Bauru-SP);
- Ronaldo Guimarães Gouvêa (Professor);
- Sérgio Guedelha Coutinho (Ferroviarista);
- Valdir Raupp (Senador da República pelo Estado de Rondônia);
- Vicente Abate (Presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária - Abifer);
- Wilder Morais (Senador pelo Estado de Goiás);
Fonte: www.pedrouczai.com.br

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Carta aos atleticanos

por Paulo Cézar da Costa Martins Filh*
Estas linhas se dirigem principalmente aos torcedores do Clube Atlético Mineiro, mas também aos dirigentes e jogadores do clube, ao jornalista Milton Neves e ao treinador Cuca (por quem sinto gratidão, admiração e carinho). Agora que a briga pelo Campeonato Brasileiro está encerrada, com o triunfo do Fluminense, convido os atleticanos a esta reflexão.
Apesar da enorme vantagem do Fluminense (que hoje tem 10 pontos de frente para o Grêmio e 11 para o Atlético), vejo muitos torcedores mineiros contestando a conquista do Tricolor. Insistem na tese de conspiração favorável ao Fluminense e contrária ao Atlético Mineiro (teoria facilmente desmanchada pelas evidências.
Nas próximas linhas, vou expor a minha visão acerca do que teria causado a derrocada do Atlético Mineiro neste Campeonato. Pensei em nem publicá-la, porque não gosto de parecer provocativo. Mas decidi fazê-lo, por achar que assim estarei prestando um serviço ao clube, que é um dos mais importantes na história do futebol brasileiro.
Amigos, o Atlético Mineiro começou a perder esse Campeonato quando assumiu para si a pecha de coitadinho. Ao invés de olhar para o Fluminense como um rival à altura, o Atlético preferiu menosprezar a capacidade do oponente, atribuindo suas vitórias a arbitragens tendenciosas.
Na condição de torcedor do Fluminense, só posso, sinceramente, agradecê-los por essa postura. Imagino como os craques Diego Cavalieri, Fred, Deco, Wellington Nem, Thiago Neves, Gum, Jean, Carlinhos e companhia se sentiram motivados ao verem sua capacidade ser assim contestada em público. O chororô descontrolado e injustificado de vocês foi o maior incentivador, o melhor combustível do Fluminense, tenham certeza disso.
Aqui em Laranjeiras, nós não estamos acostumados a conquistas tão tranquilas como foi a deste Campeonato Brasileiro, com três rodadas de antecedência. Costumamos dizer que as nossas vitórias são as mais cardíacas, que preferimos vencer no último minuto do último jogo. Quando, ao final do primeiro turno, o Atlético Mineiro liderava com 43 pontos, contra 42 do Fluminense, pensei que a briga entre os dois gigantes iria até o jogo derradeiro. Afinal, com o Fluminense tem que ser sofrido.
E eu realmente acredito que o Atlético Mineiro tinha capacidade de brigar com o Fluminense até a última rodada. O elenco montado é muito forte, tem o goleiro Victor, os bons zagueiros Réver e Leonardo Silva, o gênio Ronaldinho, o talentosíssimo Bernard, o goleador Jô, o estrategista Cuca. Como duvidar da capacidade de um time desses?
A postura de vocês, torcedores, jornalistas e dirigentes, foi a responsável pela queda de rendimento do time. Foram vocês que incutiram na cabeça dos seus jogadores que a vitória era improvável. Foram vocês que mais motivaram os nossos jogadores a darem sangue, suor e lágrimas pela taça. O mosaico (foto acima) e os gritos de "vergonha" de vocês, no primeiro tempo daquele grande jogo no Independência, foram o combustível perfeito para catalisar mais um título do Fluminense. Ali, vocês abriram mão da taça. E o Fluminense, sem concorrentes, teve a sua ascensão para a glória facilitada.
Para terminar, um conselho de quem levantou 2 dos 3 últimos Campeonatos Brasileiros: se vocês quiserem sair da fila de quatro décadas, precisam aprender a respeitar os adversários e, mais que isso, precisam aprender a respeitar a própria história do Clube Atlético Mineiro, um dos grandes do futebol brasileiro.
Abraços tetracampeões,
*Paulo Cézar da Costa Martins Filho é engenheiro
Colaboração: Alexandre Magno Barreto Berwanger