sábado, 31 de outubro de 2009

Taca Minas

Wagner Augusto* O Villa Nova garantiu na tarde deste sábado sua presença na Final da Taça Minas Gerais, apesar da derrota para o Uberlândia por 2x1, no Parque do Sabiá. Todos os gols saíram no fim da partida. Eraldo, de pênalti, colocou o Villa na frente aos 33 minutos do segundo tempo, porém, o Uberlândia virou o placar em menos de cinco minutos: aos 39, Edílson empatou, também de pênalti, e aos 43 o zagueiro Reginaldo pôs o time verde na frente. Com o gol marcado, o atacante Eraldo chegou aos 12 e se mantém como artilheiro isolado da competição. O adversário do Leão do Bonfim na decisão da Taça Minas Gerais será o Uberaba, que eliminou o Tupi, ao empatar por 1x1 em Juiz de Fora. Será a reedição da Final de 2006, quando o Villa Nova se sagrou campeão pela segunda vez do torneio (a primeira foi em 1977). Os dois jogos decisivos estão marcados pela Federação Mineira de Futebol (FMF) para os dias 8 e 15 de novembro. FICHA TÉCNICA 31/10/2009 – sábado – 17h – Taça Minas Gerais Uberlândia 2x1 Villa Nova Gols – Edílson (pênalti) (39’ do 2º), Reginaldo (43’ do 2º) (U) – Eraldo (pênalti) (33’ do 2º) (V) Público – 2.469 Renda – R$20.192,50 Local – Estádio João Havelange — Parque do Sabiá (Uberlândia-MG) Árbitro – Juliano Lopes Lobato (MG) Assistente 1 – Guilherme Dias Camilo (GO) Assistente 2 – Janete Mara Arcanjo (MG) 4º Árbitro – Wallace Alberto Borges Pena (Liga Uberlandense de Futebol) (MG) Cartão Amarelo – Bruno Bueno, Mateus (U) – Osvaldir, Renan Vieira, Fernando, Alex Santos, Fabinho, Silas (V) Uberlândia – Felipe Sanchez; Joílson (Caio Mendes) (20’ do 2º); Carlão (Souza) (10’ do 2º), Bruno Bueno e Reginaldo; Geison; Wertinho, Marcelo Labarthe (Mateus) (intervalo) e Edílson; Bruno Maranhão e Roberto Jacaré Técnico – Wellington Fajardo Villa Nova – Thiago Vampirinho; Alex Santos, Carciano, Fernando (João Paulo) (32’ do 2º) e Osvaldir (Silas) (34’ do 1º); Renan Vieira, Leandro Paraná, Carlos Magno e Allan; Fabinho e Eraldo (Ely Thadeu) (37’ do 2º) Técnico – Moacir Júnior *Wagner Augusto e Jornalista

Associação Brasileira dos Jornalistas

A Associação Brasileira dos Jornalistas lança site oficial (www.abjornalistas.org) A Associação Brasileira dos Jornalistas (ABJ) lançou seu site oficial esta semana. A entidade é formada por jornalistas com ou sem diploma, e dirigida por Antonio Vieira. A ABJ foi criada após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que decidiu pela não obrigatoriedade do diploma de jornalismo para atuação na área. O site reúne informações sobre legislação, liberdade de imprensa, além de matérias sobre jornalismo e o embate travado na questão do diploma. Atualmente os membros da ABJ pressionam parlamentares contra a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 389/2009), que restitui a obrigatoriedade de diploma para o exercício da profissão. Por outro lado, a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), que atua na frente contrária, defendendo a profissionalização do jornalismo, mobiliza seus sócios e também parlamentares em campanha para a aprovação do Proposta. Fonte: www.comunique-se.com.br

Futebol mineiro

Taça Minas Tupi 1 x 1 Uberaba Sábado - 31/10 Estádio Mário Helênio - 16h30 A: Joel Tolentino Da Mata Júnior A1: Breno Rodrigues A2: Wesley Moreira de Carvalho 4°A: Leonardo Aquino Gomes (Liga local) Gols: Samir,aos 12'do 1ºT(Uberaba)e Rafael,aos 25'do 2ºT(Tupi) Público: 1.001 pagantes Renda: R$4.095,00 Uberlândia 2 x 1 Villa Nova Sábado - 31/10 Parque do Sabiá - 17h A: Juliano Lopes Lobato A1: Guilherme Dias Camilo A2: Janette Mara Arcanjo 04°A: Wallace Alberto Borges Pena (Liga local) Gols: Edilson,aos 38'do 2ºT e Edinilton,aos 44'do 2ºT(Uberlândia) Eraldo,aos 34'do 2ºT(Villa Nova) Público: 2.469 pagantes Finalistas; Uberaba e Villa Nova Módulo três Unitri 3 x 1 Fabriciano Sábado - 31/10 Estádio Sebastião César - 16h A: Átila Carneiro Magalhães A1: Celso Luiz da Silva A2: Pedro Araújo dias Cotta 04A: Júlio César Samuel (Liga local) Público: 169 pagantes Renda: R$1.560,00 Mamoré 2 x 0 Tombense Sábado - 31/10 Bernardo Rubinger Queiroz - 17h A: Cleisson Veloso Pereira A1: Marconi Helbert Vieira A2: Frederico Soares Vilarinho Árb. Reserva: Evane da Silva Rosa (Liga local) Gols:11-Leandro,aos 32'do 2ºT e 04-Cipriano,aos 38'do 2ºT Público:1.139 pagantes Renda:R$8.755,00 CONSIDERAÇÕES: Filme repetido. O tupi mais uma vez ficou no quase. Quase classificado, quase alguma coisa, quase nada. A exemplo de 2004, a equipe participou de quatro competições oficiais. Em 2004, na Copa do Brasil, eliminou o Bangu na primeira fase e parou no Flamrngo na segunda. No Mineiro, foi rebaixado, na Série C, não passou da primeira fase e na Taça Minas não obteve êxito, apesar dos esforços do Portella e do Adil. Cinco anos depois o tupi conseguiu, na Copa do Brasil, ser eliminado por um medíocre Criciúma, no mineiro, saiu pela porta dos fundos, ao ser no goleado pelo Cruzeiro popr 7 x 2. Na série D (quarta divisão nacional), ficou no quase. Veio a Taça Minas e com ela mais um quase. Chega de quase!!!

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Campeonato Carioca 1959

Técnicos: América: Délio Neves Bangu: Elba de Pádua Lima (Tim) Bonsucesso: Daniel Pinto Botafogo: João Saldanha Canto do Rio: Antonio Ferreira (Antoninho) Flamengo: Jaime de Almeida (12/7 a 22/11)/Modesto Bria (a partir de 25/11) Fluminense: Zezé Moreira Madureira: Salvador Mariz (até outubro)/Lourival Lorenzi (a partir de novembro) Olaria: Jair Boaventura (até agosto)/Ademir de Menezes Portuguesa: Lourival Lorenzi (até outubro)/Alipio Rodrigues São Cristovão: Newton Anet Vasco da Gama: Francisco Ferreira de Aguiar (Gradim) (até novembro)/Dorival Knippel (Yustrich). Colaboração: Alexandre Magno Barreto Berwanger, Gilberto Maluf e Marcos Galves

Futebol mineiro

Taça Minas Tupi x Uberaba Sábado - 31/10 Estádio Mário Helênio - 16h30 A: Joel Tolentino Da Mata Júnior A1: Breno Rodrigues A2: Wesley Moreira de Carvalho 4°A: Leonardo Aquino Gomes (Liga local) Uberlândia x Villa Nova Sábado - 31/10 Estádio Parque do Sabiá - 17h A: Juliano Lopes Lobato A1: Guilherme Dias Camilo A2: Janette Mara Arcanjo 4°A: Wallace Alberto Borges Pena (Liga local) Módulo três Unitri (Uberlãndia) x Fabriciano Sábado - 31/10 Estádio Sebastião César - 16h A: Átila Carneiro Magalhães A1: Celso Luiz da Silva A2: Pedro Araújo dias Cotta 4°A: Júlio César Samuel (Liga local) Mamoré (Patos de Minas) x Tombense Sábado - 31/10 Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz - 17h A: Cleisson Veloso Pereira A1: Marconi Helbert Vieira A2: Frederico Soares Vilarinho 4°A: Evane da Silva Rosa (Liga local) Pouso Alegre X Tricordiano Domingo - 01/11 Estádio Cel. Erasmo Cabral (Santa Rita do Sapucaí) - 10h30 A: André Luiz Martins Dias Lopes A1: Marcus Vinícius Gomes A2: Ricardo Júnio de Souza 4°A: Rafael Vítor de Mendonça (Liga de Pouso Alegre)

Seguro-Desemprego

Para requerer o Seguro-Desemprego, o trabalhador apresenta, no ato da solicitação, o formulário do Seguro-Desemprego específico de cada modalidade de benefício, preenchido pelo empregador e entregue ao trabalhador na sua dispensa sem justa causa. O trabalhador formal tem direito de três a cinco parcelas do benefício, a cada período aquisitivo de 16 meses, sendo esse o limite de tempo que estabelece a carência para recebimento do benefício, contado a partir da data de dispensa que deu origem à última habilitação ao Seguro-Desemprego. A quantidade de parcelas refere-se à quantidade de meses trabalhados nos últimos 36 meses anteriores à data da dispensa, na forma a seguir: De 6 a 11 meses: 3 parcelas; De 12 a 23 meses: 4 parcelas; De 24 a 36 meses: 5 parcelas. A quantidade de parcelas, de três a cinco meses, poderá ser excepcionalmente prolongada em até dois meses, para grupos específicos e segurados, conforme Lei nº 8.900, de 30/06/1994. A lei garante ao pescador artesanal receber tantas parcelas quantos forem os meses de duração do período de defeso. Se o período de proibição da pesca durar além do prazo determinado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), o pescador tem direito a mais uma parcela. O empregado doméstico e o trabalhador resgatado recebem, no máximo, três parcelas. Colaboração: Nilton Laureano Ferreira

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Ser de Juiz de Fora

VOCÊ SABE QUE ALGUÉM É DE JUIZ DE FORA, QUANDO... Na fala: a) chama o semáforo de 'sinal'; b) diz 'biscoito' em vez de bolacha; c) diz "terreno" em vez de lote; d) diz 'quebra mola" em vez de lombada; e) diz 'balão' em vez de bexiga; f) diz 'sorvete', tanto para picolé como para sorvete de massa; g) acha que não tem sotaque nenhum; h) ri do sotaque de todo mundo (gaúcho, carioca, paulista, nordestino,etc...); i) vê uma pessoa mal vestida e chama de 'baiano'; j) Acha que Cabo Frio é a melhor cidade do mundo. l) diz "Meio Fio" em vez de guia ou sarjeta. m) Está por dentro da política e sempre tem uma reclamação ou sugestão do novo prefeito/governador sendo que nem mesmo ano de eleição é. No clima: a) fala sobre o tempo para puxar assunto; b) enfrenta sol, chuva, frio, calor, tudo no mesmo dia e acha legal... c) sai todo agasalhado de manhã, tira quase tudo a tarde e põe tudo de volta à noite; d) tem mania de levar o carro para polir no sábado ou no domingo. O carro fica brilhando, só que toda vez que vai sair com ele para passear... CHOVE.. Na praia: a) fala que vai para praia sem especificar qual; b) fica a temporada em Cabo Frio, mesmo que chova mais do que faça sol; c) fala mal de Cabo Frio, mas toda virada de ano fica sem dinheiro e acaba indo para lá. d) e o seu sonho de consumo é ir a Cabo Frio. Nas esquisitices: a) faz fila para tudo (elevador, banheiro, ônibus, banco, mercado, casquinha do MC'DONALDS, etc.); b) repara nas pessoas como se fossem de outro planeta; c) cumprimenta os vizinhos apenas com 'oi' e 'tchau'; d) espera a semana inteira pelo final de semana e quando ele chega, acaba não fazendo 'nada'; e) convida: 'Passa lá em casa', mas nunca dá o endereço; f) não tem o que fazer e vai dar uma volta no calçadão; g) não tem mesmo o que fazer e vai passear no shopping novo (já não tão novo assim), e encontra as mesmas pessoas que vê no calçadão.

Fórmula 1

Bruno Senna correrá pela Campos na Fórmula 1 em 2010 O piloto brasileiro Bruno Senna irá realizar sua estreia na Fórmula 1 em 2010. O piloto guiará pela equipe Campos Racing, que também debutará na principal categoria do automobilismo. Segundo a revista alemã Motorsport Magazin, o brasileiro assinou contrato com a escuderia no último domingo e deverá ter como parceiro o espanhol Pedro de la Rosa, de 38 anos, que ocupava a condição de reserva na McLaren. O anúncio oficial de Senna, porém, deve ocorrer apenas após o encerramento da atual temporada, ou seja, depois do Grande Prêmio de Abu Dhabi. O brasileiro não terá que levar seus patrocínios pessoais para o time, o que é corriqueiro para pilotos estreantes em escuderias de pouca tradição. Isto porque um dos financiadores da Campos para 2010 deverá ser a prefeitura de Murcia, cidade que abriga a sede da equipe, e que tem o interesse de promover o turismo mediante a exposição dos automóveis na F-1. Sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna, Bruno Senna Lalli nasceu no dia 15 de outubro de 1983 e só começou sua carreira no automobilismo em 2004, na Fórmula BMW da Inglaterra. Após alguns resultados interessantes, o brasileiro foi para a GP2 em 2007, ano em que terminou como oitavo colocado. Em sua segunda temporada pela categoria, o piloto foi vice-campeão, tendo vencido em Mônaco e Silverstone. No final do último ano, Senna chegou a fazer testes para a Honda, mas com a extinção da equipe não conseguiu espaço na F-1. Com isto, em 2009 ele participou de três provas da Le Mans Series e ficou em terceiro em todas. Fonte: Gazeta Esportiva

Rádio Manchete

A Rádio Manchete AM (760 kHz), surpreende ao fazer alterações na grade programação. O programa Manchete Esportiva 1ª edição - apresentado por João Guilherme deixa a grade da emissora. Apenas o programa Manchete Esportiva 2ª edição - apresentado por Daniel Pereira continuará no ar. Na próxima segunda-feira (02/11), ao meio-dia, estreia (horário á ser confirmado), o programa de "Funk" da "Mãe Loira" Verônica Costa. A direção ainda não divulgou sobre a nova grade programação, e se pode haver novas mudanças até o final do ano. A coluna do jornalista Daniel Pereira (www.danielpereira.blog-se.com.br), informa que o programa Manchete Esportiva 1ª edição vai ao ar até sexta-feira (30/10). Fonte: Brasil Rádio News

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

É HORA DE FAZER O BALANÇO

Carlos Roberto Sodré* Com a chegada do final do ano toda empresa e todo empresário, atento, faz o seu balanço, certamente não será diferente com o esporte de nossa região e sobretudo com o futebol. E o dirigente como está? Cabeça tranqüila, ou a consciência está cobrando algo que ficou sem fazer, ou pior, alguma coisa que foi mal elaborada? Todos os anos o discurso é sempre o mesmo: a Liga Atlética Ubaense fez tantos campeonatos, movimentou muitos atletas, a arbitragem esteve em evidência o ano todo. Fez tudo que pode para o torcedor. Mas não ouço falar da valorização dos nossos futuros craques. Não ouço ninguém dizer que alguma coisa esteja sendo feita, de forma efetiva, para tirar o garoto das drogas. Então, se todos os anos eles dizem que o resultado foi sempre positivo, porque não há revelação no nosso futebol? Assim que terminou o campeonato regional do ano passado eu perguntei ao treinador José Carlos Ferrari, do Bonsucesso Futebol Clube, quantos jogadores do clube, formados nas divisões de base, vestiram a camisa alvirrubra na disputa do campeonato naquele ano. Para minha decepção ele respondeu que nenhum. Olhei bem nos lhos do Ferrarinho e disse a ele: então o seu trabalho deve ser muito ruim. Para trabalhar tantos anos com as divisões de base de um clube, quando a equipe vai para uma disputa nenhum jogador foi aproveitado? Faça meu favor! É de desanimar. Sai dali inconformado. A partir desse dia todas as pessoas, ligadas ao futebol, que eu encontro pergunto se esse é o modelo que todos querem ver, a maioria absoluta responde que não. A esmagadora maioria responde que em um tempo menor que se imagina vamos sentir saudades de Maurício Singulane. Saudades do senhor Maurício nós já sentimos, porem agora falamos do dirigente que soube como poucos valorizar a prata da casa. Se você é torcedor e está gostando do modelo com que estão conduzindo a situação, tudo bem, é um direito seu depois não venha com chorumelas. Há algum tempo falei das cabines de imprensa nos estádios, sinto a falta de banheiros confortáveis, de água para beber, de um ambiente onde possamos trabalhar com tranqüilidade, usando o direito à privacidade. Nada disso nós temos. Quando tem uma coisa falta outra, conheço outros casos que falta é tudo mesmo. Se você quer saber, temos um punhado de estádios acanhados, dirigentes apaixonados, imaturos e sem nenhuma experiência. O balanço precisa ser feito e começar agora sem perder mais tempo. E pelo amor de Deus, pare de enganar os meninos com o Eldorado do futebol. Diga para eles a verdade. A verdade é que estamos importando mais do que exportando. Vou usar uma frase do professor Joaquim Carlos de Souza: “já estou enfarado de Júnior Baiano, Paloma, Roma...”. *Carlos Roberto Sodré é Locutor Esportivo

Imprensa

Jornal/SP O empresário J. Hawilla, controlador da Rede Bom Dia de jornais, da Tv Tem/afiliada Globo em São José do Rio Preto, Sorocaba, Bauru e Itapetininga e da Traffic, comprou o Diário de São Paulo, único título da Infoglobo na capital Paulista. O jornal foi comprado pelas organizações Globo em 2001 e sua marca original era Diário Popular. Com a aquisição, a Rede Bom Dia passa a contar com oito títulos. Além do Diário de S. Paulo, a rede controla também o Bom Dia Jundiaí, Bom Dia Bauru, Bom Dia Sorocaba, Bom Dia Rio Preto (próprias), além dos licenciados Bom Dia Fernandópolis, Bom Dia Marília e Bom Dia Catanduva. Depois da capital, o próximo jornal da Rede Bom Dia será o Bom Dia Itatiba, cidade que fica a pouco mais de 70 km de São Paulo. Até o final do próximo ano, a meta do Grupo Traffic, de Hawilla, formar uma rede com 23 jornais. Tv/RJ A jornalista Renata Capucci vai deixar a bancada do RJ TV 1ª Edição, função que exerceu por 14 anos. De acordo com a Central Globo de Comunicação, o pedido partiu da própria apresentadora. Renata, que está de férias, deixará o noticiário local e passará a fazer reportagens especiais para os jornais de rede, como o Jornal Nacional e Fantástico. Atualmente, o noticiário está sendo apresentado pela Jornalista Tatiana Nascimento.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Série A 2009

Cinco times brigam para escapar do rebaixamento à Série B Enquanto no topo da tabela cinco times (Palmeiras, Atlético-MG, Inter-RS, São Paulo e Flamengo) brigam pelo título brasileiro, na parte de baixo outros cinco clubes estão em uma luta bem menos inglória. Fluminense, Sport, Botafogo, Náutico e Santo André estão com a corda no pescoço e apenas um vai respirar aliviado no começo de dezembro, quando termina o Brasileirão. O Fluminense, com 27 pontos, tem 97% de chances de rebaixamento, O Sport Recife tem 86% O Botafogo tem 69% O Náutico tem 68% O Santo André tem 66% Ainda estão ameaçados matematicamente o Coritiba (09%), o Atlético-PR (02%), o Barueri, o Santos e o Corinthians (01% cada).

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Stanislaw Ponte Preta e o futebol

por Laércio Becker, de Curitiba-PR Stanislaw Ponte Preta, como é sabido, foi o heterônimo criado por Sérgio Porto (1923-1968), com qual escreveu o famoso Febeapá (Festival de Besteiras de Assolam o País) e o imortal Samba do Crioulo Doido. Gostava de futebol, de qualquer jeito: de campo, de areia e até de botão. Torcedor do Fluminense, goleiro de futebol de praia, parece que atuou num time conduzido pelo lendário Neném Prancha, em Copacabana, onde morava. No futebol, suas crônicas sobre a Copa de 1962 foram reunidas no livro Bola na rede: a batalha do bi, editado pela Civilização Brasileira em 1993. Frasista de mão-cheia (ou de boca-cheia), assim como o tricolor Nelson Rodrigues, deixou várias pérolas que ficaram para a posteridade. Utilizando o universo do futebol como referência, quando queria criticar, dizia: “estava tão mal que mais parecia reserva do Bonsucesso”. Mais especificamente sobre futebol, dizia que “quem diz que futebol não tem lógica ou não entende de futebol ou não sabe o que é lógica”. Dizer que antecipou as lógicas paraclássicas é um exagero, já que não sabemos o que ele entendia por “lógica”. De qualquer modo, foi, a seu modo, visionário, porque antecipou em décadas o que depois veio a ser objeto de pesquisas acadêmicas, como a tese de doutorado em antropologia de Luiz Henrique de Toledo, intitulada Lógicas no futebol. Mas a pergunta que não quer calar é: Sérgio Porto escolheu esse nome por quê? Por acaso era pontepretano? A Associação Atlética Ponte Preta tem torcedores ilustres, mas tudo indica que não era o caso do carioca Sérgio Porto. A princípio, a inspiração para seu heterônimo com o qual queria ironizar os cronistas sociais de sua época foi, na realidade, o personagem Serafim Ponte Grande, do romance de mesmo título, assinado pelo paulistano Oswald de Andrade – que não gostava de futebol. Fonte: www.campeoesdofutebol.com.br Colaboração: Alexandre Magno Barreto Berwanger

domingo, 25 de outubro de 2009

Futebol Mineiro

Taça Minas Uberaba 2 x 1 Tupi Domingo - 25/10 A: Cleisson Veloso Pereira A1: Flamarion Sócrates da Silva A2: Ricardo Vieira Rodrigues 04°A: Douglas da Silva Petres (Liga local) Gols: Rogério, aos 12'do 2ºT e André Nascimento, aos 19'do 2ºT (Uberaba) e Rafael Aguiar, a 01'do 2ºT (Tupi) Público: 1.507 pagantes Renda: R$ 8.245,00 Uberaba: Glaysson; Ivonaldo; Rodrigão Mineiro, Rodrigo Paulista (Hugo) e Fabiano; Balduíno, Rogério, Gustavo e Rafael Ipuã (Gabriel); André Nascimento e Danilo (Bruno Lopes). Técnico: Marcos Birigui. Tupi: Gonçalves; Marcelinho, Fabrício Soares e Cedrola (Darlan); Serginho e Michel; Marcel, Marcones e Felipe Canavan (Felipe Fernandes); Rafinha e Raphael Aguiar (Bigu). Técnico: Leo Condé. Villa Nova 2x0 Uberlãndia A: André Luiz Martins Dias Lopes A1: Márcio Eustáquio Santiago A2: Frederico Soares Vilarinho 4°A: Cláudio da Silva Prado Gols: Eraldo, aos 32' e 38'2T (Villa Nova) Módulo três Tombense 1x1 Mamoré Campo Tombense - 17h A: Emérson de Almeida Ferreira A1: Celso Luiz da Silva A2: Breno Rodrigues 04ºA: Antônio José de Oliveira (Liga de Muriaé) Gols: Tiago, aos 42'1T (Tombense), Ludemberg, aos 4'2T (Mamoré) Público: 256 Renda: R$1.680,00 Fabriciano 0X2 Unitri Louis Ensch - 17h A: Juliano Lopes Lobato A1: Marconi Helbert Vieira A2: Wesley Moreira de Carvalho 04ºA: Moacir Gomes (Liga local) Gols: Paulo Gomes aos 12'1ºT e Léo Salino aos 44'2ºT (Unitri) Tricordiano 5x0 Pouso Alegre

Copa do Mundo

Abaixo a relação dos 22 atletas que disputaram a Copa de 1990 pela Iugoslávia e suas nacionalidades. Note que a quantidade de croatas (que jogaram a Copa de 98 pela Croácia) e bósnios era grande. Sérvios mesmo, poucos. 01 GK Tomislav Ivkovic - Croácia 02 DF Vujadin Stanojkovic - Macedônia, porém filho de pais sérvios 03 DF Predrag Spasic - Sérvia 04 DF Zoran Vulic - Croácia 05 DF Faruk Hadzibegic - Bósnia-Herzegovina 06 DF Davor Jozic - Bósnia-Herzegovina 07 MD Dragoljub Brnovic - Montenegro 08 MD Safet Susic - Bósnia-Herzegovina 09 FW Darko Pancev - Macedônia 10 MD Dragan Stojkovic - Sérvia 11 FW Zlatko Vujovic - Bósnia-Herzegovina 12 GK Fahrudin Omerovic - Bósnia-Herzegovina 13 MD Srecko Katanec - Eslovênia 14 FW Alen Boksic - Croácia 15 MD Robert Prosinecki - Croácia 16 MD Refik Sabanadzovic - Montenegro 17 DF Robert Jarni - Croácia 18 DF Mirsad Baljic - Bósnia-Herzegovina 19 FW Dejan Savicevic - Montenegro (Atual presidente da federação montenegrina de futebol) 20 FW Davor Suker - Croácia 21 DF Andrej Panadic - Croácia 22 GK Dragoje Lekovic - Sérvia Técnico - Ivica Osim - Bósnia-Herzegovina (Sucedeu Zico no comando da seleção japonesa após a Copa de 2006, mas se aposentou depois de ter sofrido um derrame cerebral). Colaboração: Alexandre Anibal

Fluminense F.C.

JOGADORES DO FLUMINENSE EM COPAS AMÉRICA E COPAS DO MUNDO. 01) JOGADORES DO FLUMINENSE EM COPAS AMÉRICA . TOTAL DE JOGADORES QUE DISPUTARAM PARTIDAS: 27. TOTAL DE CONVOCAÇÕES DESTES JOGADORES: 37. GOLS MARCADOS: 16. Relação de Jogadores convocados, com detalhes de suas participações enquanto jogadores do Fluminense: Afonsinho (Afonso Guimarães da Silva), médio-esquerdo, 6 jogos, edição de 1942. Bigode (João Ferreira), médio-esquerdo, 2 jogos, edição de 1949. Carlos Alberto Pintinho (Carlos Alberto Gomes), 1 jogo, edição de 1979. Castilho (Carlos José Castilho), goleiro, 11 jogos, levou 15 gols, edições de 1953, 1957 e 1959. Chico Neto (Francisco Bueno Neto), zagueiro, 3 jogos, edição de 1917. Coelho (José Manoel Ferreira Coelho), 1 jogo, edição de 1923. Didi (Waldir Pereira), meio campista, 5 jogos, edição de 1953. Edinho (Edino Nazareth Filho), zagueiro, 5 jogos, edição de 1979. Floriano (Floriano Peixoto Corrêa), centromédio, 3 jogos, edição de 1925. Fortes (Agostinho Fortes Filho), médio-esquerdo, 13 jogos, edições de 1919, 1920, 1922 e 1925. Lagarto (Severino Franco da Silva), meia-direita, 4 jogos e 4 gols, edição de 1925. Laís (Arthur Antunes de Moraes e Castro), médio-direito, 8 jogos, edições de 1921 e 1922. Machado (Ernesto Duarte Machado da Silva), 3 jogos e 2 gols, edição de 1921. Marcos Carneiro de Mendonça, goleiro, 7 jogos, levou 6 gols, edições de 1916, 1919 e 1922. Nascimento (Carlos de Oliveira Nascimento), médio-direito, 4 jogos, edição de 1925. Nilo (Nilo Murtinho Braga), meia-esquerda, 3 jogos e 4 gols, edição de 1925. Norival (Norival Pereira Silva), zagueiro, 2 jogos, edição de 1942. Orlando de Azevedo Vianna, meia-esquerda, 3 jogos e 2 gols, edição de 1949. Pedro Amorim (Pedro Amorim Duarte), ponta-direita, 4 jogos e 2 gols, edição de 1942. Pinheiro (João Carlos Batista Pinheiro), zagueiro, 6 jogos, edição de 1953. Procópio (Procópio Cardoso Neto), zagueiro, 6 jogos, edição de 1963. Russo (Adolpho Milman), centroavante, 1 jogo, edição de 1942. Romerito (Julio César Romero), meio campista, 2 jogos, edição de 1987, pela Seleção do Paraguai. Tim (Elba de Pádua Lima), meia-esquerda, 6 jogos e 1 gol, edição de 1942. Vidal (Sylvio Vidal leite Ribeiro), zagueiro, 3 jogos, edição de 1917. Zezé (Antônio José da Silva Gouveia), ponta-esquerda, 1 jogo, edição de 1979. Zezé (José Carlos Guimarães), ponta-direita e meia-direita, 8 jogos e 1 gol, edições de 1920, 1921 e 1923. 02) JOGADORES DO FLUMINENSE EM COPAS DO MUNDO . TOTAL DOS JOGADORES QUE DISPUTARAM PARTIDAS: 19. TOTAL DE JOGADORES CONVOCADOS: 24. TOTAL DE CONVOCAÇÕES: 31. GOLS MARCADOS: 11. COPA DO MUNDO DE 1930 : Agostinho Fortes Filho (Fortes), centro-médio, não jogou. Fernando Giudicelli (Fernando), centro-médio, 2 jogos. João Coelho Netto (Preguinho), atacante, 2 jogos e 3 gols. Ivan Mariz, centro-médio, não jogou. Osvaldo de Barros Velloso (Velloso), goleiro, 1 jogo e nenhum gol tomado. Curiosidade: Preguinho foi o primeiro autor de gol pela Seleção Brasileira em Copas do Mundo e seu primeiro capitão. COPA DO MUNDO DE 1934: Curiosidade: A CBD nesta época era comandada por dirigentes ligados às ligas amadoras, que não admitiam convocar jogadores ligados aos clubes profissionais (como o Fluminense), liderados por Carlito Rocha, dirigente do Botafogo. A Seleção Brasileira teve convocados 9 atletas do Botafogo (nesta época clube amador) e pagou atletas de outros clubes "por fora", obrigando-os a se desfiliarem de seus clubes para que viessem a se juntar aos botafoguenses, vindo a negar posteriormente este fato. Vem daí a vantagem que o Botafogo tem sobre outros clubes em estatísticas de convocações de jogadores, pois além de terem 9 jogadores convocados nesta Copa, os outros convocados para efeito de estatísticas pertenciam à CBD. A Seleção Brasileira disputou uma única partida, sendo desclassificada logo na estréia ao perder para a Seleção Espanhola por 3 a 1, terminando esta Copa em 14° lugar, na antepenúltima colocação. Após isto a perda de prestígio da Seleção Brasileira foi tão grande, que exceto um amistoso contra a Seleção da Iugoslávia logo após esta Copa em que tomamos uma goleada de 8 a 4, só voltaríamos a disputar uma partida contra uma seleção nacional em 1936, já que nossos adversários passaram a ser clubes ou combinados. COPA DO MUNDO DE 1938: Algisto Lorenzato (Batatais), goleiro, 1 jogo e 5 gols tomados. Arthur Machado (Machado), zagueiro, 4 jogos. Elba de Pádua Tim (Tim), atacante, 1 jogo. Hércules de Miranda, 2 jogos. Romeu Pellicciari, atacante, 4 jogos e 3 gols. COPA DO MUNDO DE 1950: Carlos Castilho (Castilho), goleiro, não jogou. Curiosidade: O zagueiro tricolor Píndaro se torna o primeiro jogador na história a pedir dispensa após receber convocação para defender a Seleção Brasileira. COPA DO MUNDO DE 1954: Caetano da Silva (Veludo), goleiro, não jogou. Carlos Castilho (Castilho), goleiro, 3 jogos e 5 gols tomados. João Carlos Batista Pinheiro (Pinheiro), zagueiro: 3 jogos. Waldir Pereira (Didi), apoiador, 3 jogos e 2 gols. COPA DO MUNDO DE 1958: Carlos Castilho (Castilho), goleiro, não jogou. COPA DO MUNDO DE 1962: Carlos Castilho (Castilho), goleiro, não jogou. Jair Marinho de Oliveira (Jair Marinho), lateral-direito, não jogou. Altair Gomes de Figueiredo (Altair), zagueiro, não jogou. COPA DO MUNDO DE 1966: Altair Gomes de Figueiredo (Altair), zagueiro e lateral-esquerdo, 2 jogos. Denilson Custódio de Machado (Denilson), apoiador, 2 jogos. COPA DO MUNDO DE 1970: Félix Mieli Venerando (Félix), 6 jogos e 7 gols tomados. Marco Antônio Feliciano (Marco Antônio), lateral-esquerdo, 2 jogos. Curiosidade: Além dos dois atletas convocados, tinham o Fluminense como clube do coração, o apoiador Gérson, o lateral-direito Carlos Alberto Torres e o atacante Tostão. COPA DO MUNDO DE 1974: Marco Antônio Feliciano (Marco Antônio), lateral-esquerdo, não jogou. COPA DO MUNDO DE 1978: Edino Nazareth Filho (Edinho), zagueiro e lateral-esquerdo, 2 jogos. Roberto Rivellino (Rivellino), apoiador, 3 jogos. Curiosidades: 01) Rivellino, contundido, não pode participar de todos os jogos. 02) Abel, Gil e Dirceu, que fizeram parte do elenco de pelo menos uma das versões do time que ficou conhecido como Máquina Tricolor, já não faziam parte do elenco do Fluminense, envolvidos que foram em trocas de jogadores com outros clubes cariocas. COPA DO MUNDO DE 1982: Edino Nazareth Filho (Edinho), zagueiro, 1 jogo. Curiosidade: 01) Telê Santana, o terceiro jogador que mais disputou partidas pelo Fluminense (556), seu terceiro maior artilheiro (165 gols) e que começou a sua carreira de treinador neste clube, foi o treinador da Seleção Brasileira na Copa de 1982. 02) Edevaldo, lateral-direito revelado pelo Fluminense, neste ano era jogador do Sport Club Internacional (RS). COPA DO MUNDO DE 1986: Cláudo Ibrahim Vaz Leal (Branco), lateral esquerdo, 5 jogos. Paulo Vítor Barbosa de Carvalho (Paulo Vítor), goleiro, não jogou. Julio César Romero (Romerito), 4 jogos e 2 gols (pela Seleção do Paraguai). Curiosidades: 01) Branco sofreu o pênalti que Zico perdeu na partida em que o Brasil foi desclassificado pela França. 02) Edinho (5 jogos e 1 gol), já havia se transferido para a Udinese, da Itália. 03) Telê Santana também foi o treinador da Seleção Brasileira na Copa de 1986. COPA DO MUNDO DE 1990 : Nenhum convocado. Curiosidades: Branco (4 jogos) e Ricardo Gomes (4 jogos), ex-jogadores do Fluminense, já haviam se transferido para o FC Porto e para o Benfica respectivamente. COPA DO MUNDO DE 1994 : Cláudio Ibrahin Vaz Leal (Branco), lateral-esquerdo, 3 jogos e 1 gol. Curiosidades: 01) O ícone tricolor entre os treinadores, Carlos Alberto Parreira, foi o treinador da seleção nesta Copa. 02) O gol de Branco decretou a vitória brasileira por 3 a 2 nas quartas-de-finais contra a Holanda. COPA DO MUNDO DE 1998 : Nenhum convocado. COPA DO MUNDO DE 2002 : Nenhum convocado. Curiosidade : O zagueiro Lúcio tem no Fluminense o seu clube do coração. COPA DO MUNDO DE 2006 : Nenhum convocado. Curiosidade : Carlos Alberto Parreira volta a treinar a Seleção Brasileira na Copa de 2006 e Lucio volta a ser convocado, assim como o lateral Gilberto, tricolor de coração. Colaboração: Alexandre Magno Barreto Berwanger

Copa 2010

Parreira quebrará recordes na Copa de 2010 Confirmado como o novo técnico da África do Sul, na vaga de Joel Santana, Carlos Alberto Parreira poderá quebrar alguns recordes na próxima Copa do Mundo. O ex-treinador do Fluminense é hoje o recordista de participações de mundiais ao lado do sérvio Bora Milutinovic, com 5 edições cada. Parreira já comandou o Kuwait em 1982, os Emirados Árabes em 1990, o Brasil em 1994, a Arábia Saudita em 1998 e novamente o Brasil em 2006. Já Bora foi técnico do México em 1986, da Costa Rica em 1990, dos Estados Unidos em 1994, da Nigéria em 1998 e da China em 2002. Se nada mudar até a Copa, Parreira chegará então a sua sexta Copa do Mundo, isolando-se como o técnico que mais Copas disputou. O treinador ainda irá igualar a marca de Bora ao dirigir seleções de três diferentes continentes: Kuwait, Emirados Árabes e Arábia Saudita (Ásia), Brasil (América do Sul) e África do Sul (África). Nessas cinco Copas que participou, Parreira comandou suas seleções em 20 partidas. Bora Milutinovic e Zagallo também têm 20 jogos em mundias. O recorde, porém, ainda é do alemão Helmut Schon, com 25 jogos pela seleção da Alemanha Ocidental entre 1966 a 1978. Parreira, caso leve à anfitriã África do Sul às quartas-de-final da Copa de 2010, poderá igualar a macar de Schon e, se for mais longe ainda, irá isolar-se como o técnico com mais jogos na história das Copas. Parreira, no entanto, dificilmente conseguirá igualar o feito do italiano Vittorio Pozzo, até hoje o único treinador com dois títulos mundiais (em 1934 e 1938). Autor: Rodolfo Rodrigues Colaboração: Alexandre Magno Barreto Berwanger

sábado, 24 de outubro de 2009

Série B Carioca

O Goytacaz se reapresentou após o empate com o Olaria, na rua Bariri, quarta-feira passada, pela oitava rodada da fase final da Série do Campeonato Estadual. O time fez trabalhos leves e na manhã de sexta-feira e treino coletivo, quando foi definida a escalação para o clássico regional contra o Quissamã, no Ary de Oliveira e Souza, neste sábado, às 16h. O técnico Dário Lourenço escalou: Erivelton; Eder, Cadão, João Carlos, Hamilton; Bidu, Leandro Leite, Índio, Flávio Santos; Robson e Valdiram. ÚLTIMA RODADA DO PRIMEIRO TURNO DA FASE FINAL JOGOS DIA HORA ESTÁDIO 23/10 16:00 Goytacaz X Quissamã - Ary de Oliveira 23/10 16:00 Riostrense X Olaria - Operário 23/10 16:00 América X Sendas - Giulitte Coutinho 23/10 16:00 Bonsucesso X Artsul - Leônidas da Silva 23/10 16:00 Portuguesa X Nova Iguaçu - Luso-Brasileiro

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Taça Minas

Wagner Augusto Álvares de Freitas* Dois desfalques atormentam o Villa Nova para o jogo de ida das Semifinais da Taça Minas Gerais, no domingo, às 16h, no Estádio Municipal Castor Cifuentes, contra o Uberlândia. O lateral-direito Osvaldir e o meia Carlos Magno estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo e não poderão enfrentar o time do Triângulo, dono da melhor campanha na Primeira Fase da competição com 100% de aproveitamento. Para o lugar de Osvaldir, o substituto natural é Alex Santos. Na vaga de Carlos Magno, há duas opções: o jovem Marlon, um prata-da-casa de 19 anos, e o recuo do atacante Allan para o meio-campo. Nesse caso, o atacante Fabinho faria companhia ao artilheiro Eraldo (nove gols em oito jogos na Taça Minas Gerais) no setor ofensivo. Foi com Allan no meio-campo que o Leão do Bonfim entrou em campo nos seus dois últimos jogos (0x0 com o Tupi e 2x2 com o América). A provável escalação leonina, então, é esta: Thiago Vampirinho; Alex Santos, Carciano, Fernando e Magal; Renan Vieira, Leandro Paraná, Silas e Allan; Fabinho (Marlon) e Eraldo História dos semifinalistas na Taça Minas Gerais Villa Nova (em 1977 e 2006), Uberlândia (em 2003), Tupi (2008) e Uberaba (1980) já conquistaram a Taça Minas Gerais, que ganhou o atual status a partir de 2003, garantindo ao campeão uma vaga na Copa do Brasil. Iniciado em 1973, em outras épocas o torneio valia ou como fase do Campeonato Mineiro ou como uma competição avulsa. Os times-base desses quatro campeões da Taça Minas Gerais foram estes: VILLA NOVA – 1977 Ganga; Índio, Bosco, Dias e Alan; Pirulito, China e Claudinho; Ronaldo, Dirceu Belisquete e Jurandi Técnico – Anísio Clemente, Arizona, Tenente Djalma Martins de Almeida e Martim Francisco VICE-CAMPEÃO: AMÉRICA VILLA NOVA – 2006 Glaysson; Mateus, Carciano, Eddiê (César) e Marcel; André, Paulo César, Emerson e Márcio Guerreiro; Jil (Clodoaldo) e Márcio Diogo (Eraldo) Técnico – Francisco Carlos Ferreira da Silva — Pirulito VICE-CAMPEÃO: UBERABA UBERLÂNDIA – 2003 Denílson; Geison, Thiago Paiva, Ivan e Mendes; Guilherme, Rúdson, Mancuso e Leo Medeiros; Anderson Paulista e Ditinho Técnico – Wagner Oliveira VICE-CAMPEÃO: ARAXÁ TUPI – 2008 Marcelo Cruz; Henrique, Ricardo (Reginaldo), Fernando e Mendes; Róbson, Caetano, Daniel (Lucas) e Leonardo Salino; Ademílson e Toledo (Allan) Técnico – Wellington Fajardo VICE-CAMPEÃO: AMÉRICA UBERABA – 1980 Diron; Celso Roberto, Gilvan (Figueroa), Tim e Aldeir; Lindário, Vandinho Uberaba e Donizete Cabeça; Ílton, Netinho (Caiaba) e Serginho Técnico – Domingos Baroni VICE-CAMPEÃO: AMÉRICA *Wagner Augusto Álvares de Freitas é Jornalista, Escritor, Historiador e Assessor de Imprensa do Villa Nova Atlético Clube, de Nova Lima-MG.

Estrada União e Indústria

Agência Brasil Brasília-DF - Primeira estrada pavimentada do país, a União e Indústria, ligação entre Petrópolis, no estado do Rio, e Juiz de Fora, em Minas Gerais, é alvo de decisão da 2ª Vara Federal de Petrópolis para recuperação e manutenção do trecho inicial, até Três Rios, próximo à divisa mineira. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) e o Governo fluminense têm dois meses para apresentar um projeto de recuperação emergencial dos trechos e o cronograma das obras. A União também é citada como responsável pelo repasse da verba necessária e, assim como os demais condenados,estará sujeita a multa de R$ 10 mil por dia de atraso nos trabalhos. Os réus podem apresentar recurso. A ação civil pública contra a União, o estado e o Dnit foi proposta em agosto do ano passado pelo Ministério Público Federal em Petrópolis, que anexou ao processo registros jornalísticos dos frequentes acidentes nos trechos da estrada em Petrópolis e em Três Rios. VIAGEM PELA HISTÓRIA A origem da estrada se confunde com o acesso da família imperial do Rio de Janeiro à Fazenda Córrego Seco, onde o imperador D. Pedro II costumava passar temporadas durante o verão e que hoje corresponde à cidade de Petrópolis. De lá, a ligação até Juiz de Fora se concretizou a partir de 23 de junho de 1861, com a inauguração da União e Indústria. Construída em cinco anos sob a responsabilidade do comendador Mariano Procópio Ferreira Lage, a União e Indústria foi a primeira estrada na América Latina a ter piso macadamizado, antigo revestimento derivado do petróleo e semelhante ao asfalto. Tinha 114 quilômetros e seu traçado possibilitava uma velocidade de até 20km/h. Para sua construção, Mariano Procópio criou a empresa União e Indústria e recebeu do imperador, em regime de concessão por meio século, a exploração do pedágio sobre cargas transportadas em mulas e veículos de passageiros. Ela foi a primeira responsável pelo desenvolvimento de Juiz de Fora e da Região Sul de Minas. Em 1980, a rodovia foi absorvida pela atual BR-040, que liga Brasília ao Rio de Janeiro, e de seu traçado original persistem construções, como a Ponte de Santana, em Alberto Torres, a Ponte das Garças em Três Rios e a antiga Estação de Paraibuna em Mont'Serrat, município de Comendador Levy Gasparian, construída em 1856 para a troca das mulas durante as viagens entre Petrópolis e Juiz de Fora. Fonte: www.jfhoje.com.br

Edison Arantes do Nascimento (Pelé)

Pelé nasceu em Três Corações,no Sul de Minas, no dia 23 de outubro de 1940. Filho de João Ramos do Nascimento (Dondinho) e Celeste Arantes do Nascimento. Em 1945, mudou-se com a família para Bauru (São Paulo). O nome "Edison" foi escolhido pelo pai para fazer uma homenagem ao inventor Thomas Edison. Os vários filhos do rei Pelé O astro do futebol tem sete herdeiros, dois deles fora do casamento Antes de casar com a cantora evangélica Assiria Nascimento, com quem teve os gêmeos Joshua e Celeste, Pelé foi casado com Rosimeri Cholbi. Da união, que durou entre 1966 e 1978, o rei teve mais três filhos, Jennifer, Kelly e o ex-goleiro do Santos, Edinho. Sobre os filhos da primeira união, o rei do futebol admitiu em entrevistas que se descuidou da educação deles. Tudo porque sempre trabalhou muito e lhe faltava tempo. Quando ainda estava casado com Assiria, ele também disse à reportagens que a nova família reclamava muitos dos compromissos que assumia. Em 1991, Pelé descobriu que tinha uma outra filha. Sandra Regina, na época com 27 anos, entrou com uma ação na Justiça para ser reconhecida. A ex-vereadora de Santos (SP) é fruto do relacionamento de três meses com Anísia Machado. A princípio, Pelé não assumiu a paternidade e não manteve vínculos com a moça. Cinco anos depois, Sandra foi reconhecida e ganhou o direito de usar o sobrenome do pai. Em 2006, ela morreu de câncer. Na mesma época, ele assumiu uma outra filha, Flávia Lutz, que já estava com 20 anos. Ao contrário da outra irmã, ela foi aceita e recebeu ajuda financeira. Pelé disse, em entrevistas, que teve sentimento legal com a menina porque ela não havia pedido nada, apenas queria conhecê-lo e contar sua história.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Futebol

APROPRIAR-SE DE COISAS ALHEIA É CRIME Carlos Roberto Sodré* A imprensa são os olhos do povo na sociedade. Certo? Nem sempre. Continuam dizendo por aí que o campeonato regional é um sucesso. Qual é a sua opinião, torcedor? É com você que eu falo neste momento. Você sempre foi o meu alvo, e você sabe disso. Eis que eu encontro na semana passada, dentro do Banco do Brasil, com o senhor Hélio Fernandes, dirigente da Associação Atlética Bandeirante. O dirigente se mostrando muito preocupado proferiu as seguintes palavras: “estamos desfalcados para domingo, perdemos de três a quatro jogadores. Denunciaram os jogadores do Goytacaz, o clube de Campos proibiu a vinda desses atletas. Outros clubes também perderam jogadores”. A imprensa tem a obrigação de denunciar esse tipo de atitude dos nossos dirigentes, o público tem o direito de saber. O ouvinte, o telespectador e o leitor não estão tendo as informações verdadeiras, por parte de determinados órgãos de imprensa. O que contraria os princípios do jornalismo. Mas por outro lado, o cidadão não pode ficar parado sem sair do lugar. È preciso ir em busca das informações, nunca acreditar em tudo que ouve, em tudo que lê e às vezes não se pode acreditar nem naquilo que se vê. Onde que já se viu, pagar dois mil e quinhentos reais a um jogador de futebol como o Júnior Baiano, nada contra o zagueiro, mas contra a inflação causada no futebol regional. Agora, aqui entre nós, me responda: você sabia que é crime o que estão fazendo, há muito tempo, com o nosso futebol? Crime com o nosso atleta e com os clubes profissionais, que sem saber estão cedendo jogadores para jogarem algumas partidas aqui pelo campeonato regional. Toma juízo, dirigente. Toma juízo, dirigente da Liga Atlética Ubaense. O crime que vocês estão cometendo não é menor do que o desmatamento das nossas florestas. Você que apóia essa idéia, também participa do crime. Você que diz que é um sucesso, também é responsável pela lambança. Você que aplaudi, também é criminoso! *Carlos Roberto Sodré é Locutor Esportivo

Itabirito-MG

Itabirito é uma pequena cidade a 55 km de Belo Horizonte, a capital de Minas Gerais, e seu nome significa "pedra vermelha" na língua indígena e é também o nome do tipo de mineração de ferro na região. A cidade teve sua importância especial no século 18, sendo uma referência geográfica, como o pico do morro Itabirito guiou os viajantes pelo caminho das cidades de Ouro Preto e Sabará. Atualmente, a economia do município está fortemente ligada à mineração de ferro. E, como acontece com muitas outras cidades de Minas Gerais, Itabirito é cercada por morros, que é uma paisagem surpreendente

Curiosidade

Peleja histórica, Pouso Alegre 38 x 00. No início do futebol profissional em Pouso Alegre, nos anos de 1967 e 1968, grandes públicos enchiam o Estádio da Comendador José Garcia nos dias de jogo do rubro-negro do Mandu. E não foi diferente. E 15 de setembro de 1968, num domingo de muito sol, um bom público estava presente para assistir a mais uma partida do glorioso Pouso Alegre Futebol Clube, desta vez, num amistoso com o Grêmio Recreativo Beta, da cidade de São Paulo. Esta partida era um preparativo para a fase final do Campeonato Mineiro da 1ª Divisão de 1968, quando o Pouso Alegre F. C. tentaria subir à Divisão Especial do futebol das Minas Gerais. O jogo iniciou às 16 horas, sob a arbitragem de Armando de Barros. Com um minuto, o rubro-negro já marcava o seu gol por itermédio de Renê. Aos dez minutos do primeiro tempo, o placar já estava 6 a 0. O público, atônito, assistia ao rosário de gols que se seguia, até que terminou a primeira fase com o placar de 17 tentos a favor do PAFC e nenhum contra. No segundo tempo, cada gol que entrava era um delírio e uma comédia para a torcida pouso-alegrense, que nunca havia visto tantos gols numa só partida. Com um gol de Joviano, aos 43 minutos do segundo tempo, encerrou-se o resultado final que apontava o placar mágico: Pouso Alegre 38 X 0 Beta, certamente batendo todos os recordes de placar de futebol em todos os quadrantes do universo. Nesta peleja histórica, o Pouso Alegre F. C. jogou e goleou com: Luiz Carlos, Murilo, Marco Ambar, Bolinha e Gato (depois Bata), Mica e Mário Jorge. Serginho (Joviano), Wilson, Renê e Marquinho. Este fato inusitado e verídico está vivo em nossa memória e na de muitos outros que assistiram à partida, como também na reportagem do JORNAL DE POUSO ALEGRE, de 21/09/68, edição nº 59, que registrou em seus anais este recorde mundial! Fonte: www.tvuai.com.br Colaboração:

Futebol

Taça Minas Tupi 1 x 0 Valeriodoce América 1 x 1 Funorte Classificados; Tupi, Villa Nova, Uberlãndia e Uberaba Confrontos: Tupi e Uberaba Uberlãndia e Villa Nova Série A Santo André 2 x 0 Palmeiras Sulamericana Cerro Portenho 2 x 1 Botafogo River Plate-URU 0 x 1 San Lorenzo Liga dos Campeões Grupo A Bordeaux 2 x 1 Bayern de Munique Juventus 1 x 0 Maccabi Haifa Grupo C Real Madrid 2 x 3 Milan Zürich 0 x 1 Olympique Grupo D Porto 2 x 1 APOEL Chelsea 4 x 0 Atlético de Madri Grupo B CSKA Moscow 0 x 1 Manchester United Wolfsburg 0 x 0 Besiktas

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Artilharia

Túlio é o terceiro maior artilheiro do Brasil em todos os tempos Com os dois gols que marcou ontem pelo Botafogo-DF, na segunda divisão do Campeonato do Distrito Federal, o atacante Túlio chegou a marca de 725 gols em sua carreira. O folclórico jogador, de 40 anos, contabiliza 899 gols. Essa diferença está nos gols como amador (63), em jogos festivos (7) e, principalmente, em 174 gols que o atacante coloca em sua lista, mas que oficialmente não constam em registros dos clubes. O caso de Túlio é um pouco diferente de Romário, que contabilizou gols pela categoria de base e em partidas festivas. Veja a lista de gols de Túlio em cada clube e também a conta de Túlio: Clube Gols (oficias) Gols (conta do Túlio) Goiás (88 a 92) 187 - 187 Sion-SUI (92 a 94) 49 - 64 Botafogo (94 a 96, 98 e 00) 159 - 159 Corinthians (97) 14 - 14 Vitória (97) 12 - 12 Fluminense (99) 10 - 10 Cruzeiro (99) 04 - 04 Vila Nova-GO (99, 01 e 07-08) 99 - 99 São Caetano (00) 20 - 30 Santa Cruz (01-02) 02 - 01 Ujpest-HUN (02) 10 - 40 Brasiliense-DF (03) 20 - 27 Atlético-GO (03) 11 - 23 Tupy-ES (03) 05 - 05 Jorge Wilstermann-BOL (04) 14 - 24 Anapolina-GO (04) 02 - 02 Volta Redonda (05 e 06) 20 - 32 Juventude (05) 01 - 02 Al Shabab-ARA (05) 00 - 00 Fast-AM (06) 04 - 10 Canedense-GO (06/07) 25 - 25 Itauçense-GO (06) 07 - 07 Itumbiara-GO (09) 14 - 14 Goiânia-GO (09) 05 - 05 Botafogo-DF (09) 18 -18 Seleção Carioca 02 - 02 Seleção Brasileira (90 a 95) 11 - 13 Futebol Amador 00 - 63 Jogo Festivo 00 - 07 Total 725 - 899 De qualquer forma, com 725 gols, Túlio é o terceiro maior goleador da história do futebol brasileiro em todos os tempos, atrás apenas de Pelé e Romário. Confira os maiores artilheiros: 01º Pelé - 1283 gols 02º Romário - 896 03º Túlio - 725 04º Zico - 700 05º Roberto Dinamite - 660 06º Cláudio Adão - 561 07º Dario - 559 08º Friedenreich - 556 09º Pinga - 532 10º Sima - 529 Autor: Rodolfo Rodrigues Colaboração: Walmir Gonçalves e Alexandre Ribeiro

Taça Minas

Tupi: Gonçalves; Marcelinho, João Júnior e Cedrola; Felipe Canavan, Marcones, Michel, Felipe Fernandes e Rafael; Rafinha e Raphael Aguiar. Tupi x Valério Quarta - 21/10 Mário Helênio - 20h A: Joel Tolentino Damata Júnior A1: Márcio Eustáquio Santiago A2: Helbert Costa Andrade 4°A: Juan Carlos Montez Maia América X Funorte Quarta - 21/10 Independência - 20h A: Ricardo Marques Ribeiro A1: Guilherme Dias Camilo A2: Marconi Helbert Vieira 4°A: Josué Otaciano dos Santos Obs: A rádio Itabira AM 770 khz (www.radioitabira.com.br) transmite Tupi e Valério, com a equi pe de Luiz Linhares.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Série A

CBF "bate de frente" com Globo e quer rodada de quarta às 19h O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, ameaça alterar o horário de transmissão dos jogos noturnos, que hoje começam às 22h. Segundo ele, partidas nesse horário são inviáveis. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a argumentação do cartola é vista como retaliação à proposta da TV Globo de alterar o sistema de pontos corridos vigente desde 2003 e voltar aos mata-matas. A CBF já divulgou o calendário do próximo ano, mas os horários dos jogos ainda não estão definidos. Gente próxima ao dirigente da CBF afirma que ele levará à frente essa ideia. Além das partidas mais cedo na Série B, Teixeira citou o jogo entre Brasil x Venezuela, em Campo Grande, que começou às 19h - a Conmebol havia marcado toda a última rodada das Eliminatórias para esse horário, mas alguns duelos no final acabaram sendo alterados. O presidente da CBF defende com "unhas e dentes" os pontos corridos. Entre os motivos que aponta para a permanência do sistema estão o fato de que a média de público desta edição, de 17 mil pessoas/partida, é semelhante à do Campeonato Francês e que no atual modelo os clubes atuam em todas as datas programadas, o que não ocorre no modelo dos mata-matas, quando os não classificados para os duelos eliminatórios entram em férias mais cedo.

VIOLÊNCIA NO RIO

A guerra do narcotráfico por Erick da Silva Cerqueira O Rio de Janeiro e o Brasil voltaram a ser notícia em todo o mundo, mas dessa vez não pelas Olimpíadas, e sim, pelo olímpico e hercúleo jogo de "gato e rato" travado entre policiais e narcotraficantes cariocas. O jornal espanhol El País, que havia publicado uma matéria recheada de elogios ao nosso país no dia 12 de outubro, agora publica a notícia: "La disputa entre facciones de dos favelas desencadena un enfrentamiento con la Policía Militar que provoca doce muertos." The New York Times destacou: "2 dead as gang shoots down Brazilian police helicopter". As cenas de guerra que aconteceram neste sábado (17/10) chocaram todo o mundo. A interminável crise na segurança pública carioca é algo absurda. O desrespeito ao poder constituído, em uma das principais cidades turísticas do planeta, é notório e tratado cada vez mais com desdém por quem não vive essa triste realidade. O combate nos morros e o fortalecimento do tráfico de drogas viraram temas de sucessos do cinema nacional. O filme Tropa de Elite, baseado no romance A Elite da Tropa, elevou os agentes do Bope ao nível de heróis nacionais. Prova disso foram os efusivos aplausos no desfile de 07 de setembro no ano do lançamento do filme. Mas parece que nem a tropa do capitão Nascimento conseguiu evitar mais essa tragédia de âmbito internacional. Fonte: www.observatoriodaimprensa.com.br

Futebol

Série D No tarde desta segunda-feira, 19/10, a Confederação Brasileira de Futebol ( CBF) definiu através de sorteio a ordem dos confrontos entre São Raimundo-PA e Macaé-RJ , válidos pela decisão da primeira edição do Campeonato Brasileiro da Série D. O primeiro jogo ficou marcado para o próximo domingo, às 17 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Existia a possibilidade da partida ser disputada no Engenhão, na preliminar do clássico entre Botafogo e Flamengo, adiado pela 12ª rodada do Brasileirão. O segundo jogo está marcado para o Estádio Barbalhão, em Santarém, no dia 1º de novembro, às 18 horas. Em caso de empate, vai prevalecer número de gols marcados na casa do adversário como critério de desempate. Além de São Raimundo e Macaé, Chapecoense-SC e Alecrim-RN também conquistaram acesso à Série C de 2010. Taça Minas Na último partida, o América empatou por 2 a 2 com o Villa Nova, quarta-feira à noite, no Castor Cifuentes, em Nova Lima. Com o resultado, o Leão, líder da chave, com 13 pontos, terminou sua participação na etapa inicial da competição, mas ainda não garantiu presença nas semifinais. Para continuar na briga pelo título, a equipe do Alçapão do Bonfim tem de torcer por um tropeço do Funorte ou do Tupi, que empataram sem gols, quarta-feira, em Montes Claros, e dividem a segunda posição com 11. Na última rodada, o time de Juiz de Fora recebe o Valério (já eliminado, com 5) na quarta-feira, às 20h, no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora. No Grupo B, o Uberlândia garantiu o primeiro lugar, com 18. O Uberaba é o segundo (12). Ituiutaba e Poços de Caldas foram eliminados.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

O Rádio do futuro

Sintonizador de rádios on-line chega ao Brasil por Leandro Renato Chegou ao Brasil o Myine Ira, um sintonizador de rádio FM que, conectado a internet por meio de uma rede sem fio, é capaz de tocar mais de 11 mil rádios on-line. O novo equipamento é fabricado pela Mobimax. O sintonizador não possui caixas de som, dessa forma, para o Ira funcionar o usuário deve ligá-lo ao aparelho de som normal ou a um conjunto de caixas amplificadas. Os cabos necessários e controle remoto acompanham o equipamento. De acordo com o fabricante, basta possuir um roteador wireless que, em apenas três minutos, todas as estações já estarão disponíveis. O aparelho armazena até 40 estações e ainda seleciona as rádios por gênero ou localização. Além das emissoras de rádio tradicionais, a chegada desta nova ferramenta irá possibilitar uma maior ascensão do mercado de web rádios, ao qual vem ganhando cada vez mais novos adeptos. Inicialmente o Myine Ira está custando cerca de R$1mil ao bolso do brasileiro. Com o crescimento das vendas, a tendência é de que o preço do equipamento seja reduzido paulatinamente. Fonte: www.soradio.blogspot.com

Copa 2010

Joel Santana é demitido do comando da África do Sul O brasileiro Joel Santana foi demitido nesta segunda-feira, 19/10, do comando da seleção sul-africana de futebol. Ele não resistiu aos maus resultados da equipe, que perdeu nove das últimas dez partidas disputadas. Joel chegou à África do Sul há um ano e meio, substituindo Carlos Alberto Parreira, que abandonou o cargo por problemas familiares. Agora, Parreira é o favorito para reassumir o comando da equipe, que já está classificada como país-sede para a Copa do Mundo de 2010. A passagem de Joel Santana pela seleção sul-africana foi marcada pela constante pressão da imprensa do país sobre o treinador. Na época da Copa das Confederações, em junho, ele chegou a se indispor com Bora Milutinovic, técnico do Iraque, e um dos cotados para substituí-lo na época. Para melhorar seu relacionamento com a imprensa e os jogadores, Joel frequentou aulas de inglês e esforçou-se para comunicar-se na língua. Mas os resultados da equipe não ajudaram. Desde a segunda rodada da Copa das Confederações a equipe não vencia. Em competições oficiais sob o comando do brasileiro, foram dez partidas, com três vitórias, dois empates e cinco derrotas. Os sul-africanos não conseguiram nem sequer uma vaga na Copa Africana de Nações de 2010, que será disputada em Angola.

ELIMINATÓRIAS 2010 – REPESCAGEM EUROPEIA DEFINIDA

Marco Antonio Campos* Em sorteio realizado hoje em Zurique, na Suíça, a FIFA apontou os confrontos da repescagem europeia para a Copa de 2010. Conforme havia anunciado, o critério escolhido foi separar as equipes em dois grupos baseados no ranking da entidade. Desta forma, França (9ª colocada), Portugal (10º), Rússia (12ª) e Grécia (16ª) ficaram na condição de cabeças-de-chave. No outro lado ficaram relacionadas a Ucrânia (22ª), a Irlanda (34ª), a Bósnia (42ª) e a Eslovênia (49ª). De todos eles, apenas a Bósnia nunca jogou um mundial. Após de definição dos confrontos, um outro sorteio apontou que seleção jogaria a segunda e decisiva partida em casa. Curiosamente, somente a França, dentre os cabeças-de-chave, ficou com este privilégio. Os outros três vão decidir no campo dos adversários. Veja quem joga contra quem, considerando que a ordem corresponde ao mandante do primeiro jogo marcado para dia 14 de novembro. A partida de volta será no dia 18 do mesmo mês. Irlanda x França Até hoje jogaram 14 vezes, com seis vitórias da França, quatro da Irlanda e quatro empates. A Irlanda conseguiu a vaga na repescagem no Grupo 8, vencido pela Itália. Não teve muito trabalho graças à irregular campanha da Bulgária, sua principal concorrente. Por outro lado, a França, no Grupo 7, andou passando sustos e só respirou aliviada nas duas últimas rodadas, quando finalmente assumiu o segundo lugar e se classificou. A Sérvia foi a campeã. Portugal x Bósnia Teoricamente, Portugal saiu ganhando por enfrentar a Bósnia se for levado em conta a inexperiência desta seleção novata. Será o primeiro confronto entre os dois países que nunca se encontraram nem em amistosos. Porém, esta vantagem pode não se tornar realidade em campo. A Bósnia conseguiu com certa facilidade a segunda posição do Grupo 5, onde a Espanha teve 100% de aproveitamento, eliminando seleções mais tradicionais como Bélgica e Turquia. Já Portugal só confirmou a repescagem do Grupo 1 na última rodada e por pouco não perdeu a vaga para a Suécia. A Dinamarca foi a vencedora do grupo. Grécia x Ucrânia Até hoje foram quatro partidas. A Ucrânia leva vantagem com duas vitórias contra uma dos gregos e um empate. Os ucranianos brigaram passo a passo com a Croácia pela repescagem do Grupo 6. A definição veio quando a Ucrânia quebrou a invencibilidade da Inglaterra, a vencedora do grupo, e passaram à frente da Croácia. Na última rodada, as duas equipes tinham adversários fáceis e não houve mudança de posições. A Grécia também lutou contra a Suíça até o último minuto da rodada final por uma vaga direta no Grupo 2. Ficou faltando um gol de Israel que enfrentava a Suíça. Ao que tudo indica será uma disputa equilibrada. Rússia x Eslovênia. Equilíbrio total no confronto. Foram somente três partidas com um empate e uma vitória para cada lado. A Rússia foi a dor de cabeça da Alemanha no grupo 4. Na penúltima rodada, tudo se decidiu com a vitória alemã por 1x0. A rodada final foi apenas para cumprir tabela porque as duas seleções não tiveram adversários que ofereceram resistência dentro do grupo. A Eslovênia, por sua vez, lutou até a última rodada com a Eslováquia por uma vaga direta do Grupo 3. Mas era um grupo difícil onde ainda estavam presentes a República Tcheca, a Irlanda do Norte e a Polônia. Eliminar estas seleções tradicionais credencia a Eslovênia a acreditar em sua segunda Copa, já que estreou em 2002. *Marco Antonio Campos é Locutor Esportivo

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Copa 2010

AS GRANDES FORÇAS ESTÃO NA COPA DA ÁFRICA A Fifa espera pela França Adilson Dutra* Só faltava a confirmação da Argentina, que ontem carimbou o passaporte, para que a Fifa abrisse um largo sorriso de felicidade. Afinal todas as grandes potencias futebolísticas do planeta bola estão classificadas para a Copa da África e até mesmo os "pagões do turismo" (Japão, México, Coréia do Norte, Coréia do Sul e Estados Unidos) já confirmaram classificação. A festa já pode ser preparada e a África do Sul jamais esquecerá a maior festa do continente africano de todos os tempos. A invasão já tem data marcada, falta apenas confirmar os grupos e as sedes em que ficarão os grandes ídolos do futebol. Brasil, Chile, Paraguai e Argentina já estão certos, será que o Uruguai perde a vaga para Costa Rica, de Renê Simões? Pelo que jogou ontem é difícil o time de Lugano e Forlan faltar o compromisso no ano que vem. Estados Unidos, México e Honduras, pela Concacaf; Gana, África do Sul e Costa do Marchem, da África e os oito países europeus, Dinamarca, Suíça, Eslovênia, Alemanha, Espanha, Inglaterra, Sérvia e Holanda, todos estes, mais Japão, as duas Coréias, Austrália, que disputou as eliminatórias pelo continente asiático, também assinaram a lista de presença na Copa 2010 e estão de malas prontas. Falta apenas definir os quatro europeus, que jogam a repescagem em dois jogos (14 e 18/11), o vencedor de Bahen x Nova Zelândia, e o vencedor de Costa Rica x Uruguai, que sairão até o próximo dezoito de novembro, quando a Fifa anunciará os 36 classificados para a Copa do Mundo da África do Sul. Só para confirmar, e corrigir o primeiro tópico, entre as grandes potências está faltando a França, que está na repescagem ao lado de Portugal, Eslováquia, Rússia, Bósnia, Ucrânia e Noruega. Resta saber quem serão os adversários do Brasil. O sorteio está progamado para meados de dezembro e, como todos sabem, será dirigido em quatro blocos: Alta Força, Grande Força, Média Força e Pequena Força, e nesta primeira fase o sorteio sempre pune uma ou duas seleções favoritas incluindo-as em um mesmo grupo. *Adilson Dutra é Jornalista Fonte: http://blogdopenacho.zip.net/index.html

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

ELIMINATÓRIAS 2010 – MINUTOS FINAIS DECISIVOS

Marco Antonio Campos* Quatro vagas para a Copa da África do Sul em jogo e a indefinição perdurou até o apito final na Europa e na Concacaf. De quebra, na América do Sul, o drama só foi aliviado aos 39 minutos do segundo tempo. Foi assim que Suíça, Eslováquia, Honduras e Argentina asseguram presença na Copa de 2010. Somente Ucrânia e Portugal, que não tinham chances de classificação direta, garantiram a repescagem europeia com facilidade. A Suíça sofreu primeiro. Não conseguiu marcar contra Israel enquanto a Grécia derrotava Luxemburgo por 2x1 e ficava na espera de um gol israelense para se classificar. No fim, o 0x0 deu a vaga aos suíços e empurrou os gregos para a repescagem. Meia hora mais tarde, foi a vez da Eslováquia passar sufoco. A magra vitória de 1x0 sobre a Polônia garantia a classificação. Sua adversária direta, a Eslovênia, fazia sua parte e derrotava San Marino por 3x0. Um gol polonês era suficiente para sepultar as esperanças do estreante em Copas. O gol não veio, e a Eslováquia vai para seu primeiro Mundial desde que se separou da República Tcheca e se tornou uma nação independente. O drama da Argentina e do Uruguai durou 86 minutos. O empate em 0x0 bastava para os argentinos, mas um gol uruguaio jogaria a seleção de Messi & Cia para a repescagem contra o quarto colocado da Concacaf. Mario Bolatti acabou com o sofrimento de uma das maiores forças do futebol mundial e fez Maradona perder a linha de vez. Com a classificação confirmada, o técnico e maior jogador da história na Argentina soltou o verbo xingando jornalista de seu país que não perdoaram seus inúmeros erros durante a campanha irregular da seleção. Ao Uruguai restou o consolo de tentar pela terceira vez consecutiva a vaga na repescagem. Conseguiu em 2002, fracassou em 2006 e agora vai desempatar este placar nada agradável. No fim da noite, a emoção final. A vitória garantia a Costa Rica em sua quarta Copa do Mundo (a terceira seguida). Chegou a abrir 2x0 sobre os Estados Unidos e bastava segurar a vantagem para comemorar. Sofreu um gol aos 26 minutos do segundo tempo e o jogo virou uma bomba relógio. Tão tenso que até o técnico brasileiro Renê Simões, geralmente calmo, terminou expulso por reclamação. A tragédia se consumou ao 49 minutos quando os norte-americanos empataram a partida. Honduras, que não tinha nada com isso, ficou com a vaga aproveitando uma vitória magra por 1x0 sobre El Salvador em outro jogo complicado. Honduras só tinha jogado a Copa de 1982, na Espanha. As seleções que só tinham chances de repescagem na Europa não tiveram trabalho diante de adversários fracos. A Ucrânia atropelou Andorra por 6x0 e Portugal goleou Malta por 4x0. Os dois terão uma nova chance no mata-mata europeu. Além de Ucrânia e Portugal, as seleções da Grécia, Eslovênia, Rússia, Bósnia, França e Irlanda ainda sobrevivem. A definição dos confrontos será conhecida na próxima segunda-feira quando a FIFA vai realizar um sorteio, escolhendo os quatro cabeças-de-chave baseados no ranking da entidade que será divulgado no mesmo dia. Atualmente, Rússia, França, Grécia e Portugal estão na frente dos demais e esta ordem não deve ser alterada. Isto evita uma disputa entre França e Portugal que já garantiria a eliminação precoce ou do vice-campeão, ou do quarto colocado da Copa da Alemanha. *Marco Antonio Campos é Locutor Esportivo

Dia do Professor - 15/10

Professor Ataíde Lemos* Quando tudo era escuro As palavras não sabia como falar As letrinhas você me ensinou ajuntar Um novo som para elas dar. Quantas vezes com ternura Pegou minha mão Com meiguice e atenção Repetia varias vezes O que não conseguia aprender. Pouco a pouco meus olhos foram se abrindo E um mundo novo fui descobrindo A beleza existente a minha volta Por muitos lugares levou-me a conhecer. Passo a passo fui aprendendo Somar, dividir, diminuir, multiplicar Meus horizontes tornaram-se amplos Ensinou-me a sonhar E eles realizar. Fez-me descobrir os valores Sentir-me um idealista de pé no chão Por isso, dedico esta humilde poesia Com tamanha alegria e terno amor A você mestre, meu querido professor. *Ataíde Lemos é Poeta e Escritor

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

ELIMINATÓRIAS 2010 – RETA FINAL

Marco Antonio Campos* Nesta quarta-feira, trinta e duas partidas das Eliminatórias vão acontecer pela Europa, América do Sul e Concacaf. Quatro países vão comemorar a classificação para a África do Sul. Outros quatro vão ainda poder continuar sonhando, pois terão nova chance nas repescagens que acontecem em novembro. Por fim, quatorze partidas acontecem apenas para cumprir tabela. Para que ninguém saia privilegiado, a FIFA determinou que os jogos decisivos de cada grupo aconteçam todos no mesmo horário. Veja abaixo, separados por continente, quais são eles. EUROPA Ucrânia e Croácia brigam pela vaga da repescagem. 12:30 ANDORRA X UCRÂNIA CAZAQUISTÃO X CROÁCIA A Ucrânia se garante com uma vitória. Estará classificada, independente de qualquer resultado, se a Croácia não vencer. Só a vitória interessa para a Croácia. Mesmo assim, precisa que a Ucrânia não vença. Suíça e Grécia disputam a vaga direta. Os dois, mais Israel e Letônia, a repescagem. 15:00 SUÍÇA X ISRAEL GRÉCIA X LUXEMBURGO LETÔNIA X MOLDÁVIA Um empate coloca a Suíça na Copa. A derrota só serve se a Grécia não vencer. A repescagem é certa se não se classificar. Para se classificar direto, a Grécia precisa de uma vitória e de que a Suíça perca. Os placares mínimos servem nos dois jogos. A vitória é suficiente para confirmar a repescagem. Se empatar ou perder, Israel não pode vencer. Israel precisa da vitória simples e de pelo menos um empate da Grécia. A Letônia tem chances remotas. Tem que vencer, torcer por pelo menos um empate de Israel e que a Grécia perca. Além de tudo isso, ainda tem que superar a desvantagem de sete gols de saldo a favor da Grécia. Eslováquia e Eslovênia concorrem à vaga direta. Além delas, a República Tcheca tem chances na repescagem. 15:30 POLÔNIA X ESLOVÁQUIA SAN MARINO X ESLOVÊNIA REPÚBLICA TCHECA X IRLANDA DO NORTE Uma vitória coloca a Eslováquia na Copa. Empate e derrota só adiantam se a Eslovênia não vencer. Se perder a vaga para Eslovênia, a repescagem está garantida. A Eslovênia se classifica com uma vitória e se a Eslováquia não ganhar. Caso isso aconteça, pelo menos a repescagem está confirmada. O empate e a derrota só servem para a repescagem se a República Tcheca não vencer. Somente a vitória interessa à República Tcheca. Mesmo assim, precisa que a Eslovênia não vença o fraco time de San Marino. Pouco provável. Portugal, Suécia e Hungria lutam pela repescagem. 15:45 PORTUGAL X MALTA SUÉCIA X ALBÂNIA DINAMARCA X HUNGRIA Vencendo, o time de Portugal está garantindo. Se empatar, a Suécia não pode vencer. Perdendo precisa da derrota da Suécia e de que a Hungria não derrote a Dinamarca por goleada. Somente a vitória é favorável à Suécia. Mesmo assim, precisa que Portugal não ganhe. A Hungria só entra por milagre. Tem que ganhar, Portugal perder e a Suécia não vencer. Ainda será preciso superar a desvantagem de sete gols de saldo que Portugal possui. AMÉRICA DO SUL Argentina, Uruguai e Equador lutam pela vaga. Os três, somados à Venezuela, podem ficar com a repescagem. 19:00 BRASIL X VENEZUELA 20:00 URUGUAI X ARGENTINA CHILE X EQUADOR O jogo do dia é Uruguai x Argentina. Tudo pode acontecer. Quem vencer entra na Copa. O empate garante a Argentina se o Equador não vencer por cinco gols de diferença. Para o Uruguai, o empate ou derrota só confirmam a repescagem se o Equador não ganhar. O Equador entra, pelo menos na repescagem, se ganhar do Chile e houver um vencedor entre Uruguai e Argentina. A vaga direta só é possível com vitória de cinco ou mais gols aliadas a um empate no jogo do Uruguai. As chances da Venezuela são meramente teóricas. Precisa vencer o Brasil, torcer pela vitória da Argentina e ainda que o Equador perca. Se tudo isso ocorrer ainda vai precisar superar a desvantagem de quinze gols de saldo a favor do Uruguai. Ou seja, é preciso golear o Brasil e a Argentina fazer o mesmo. CONCACAF Costa Rica e Honduras brigam pela vaga. A seleção que não conseguir fica com a repescagem. 21:05 ESTADOS UNIDOS X COSTA RICA EL SALVADOR X HONDURAS Costa Rica estará na Copa com uma vitória. O empate ou derrota servem se Honduras não ganhar. Honduras tem que vencer e torcer a Costa Rica não derrotar os Estados Unidos. A rodada será completada com os jogos que cumprem tabela: 13:00 – Alemanha x Finlândia e Azerbaijão x Rússia. 15:00 – Irlanda x Montenegro, Liechtenstein x País de Gales, Bósnia x Espanha, Turquia x Armênia, Romênia x Ilhas Faroë, Lituânia x Sérvia, Bulgária x Geórgia e Itália x Chipre. 15:30 – Estônia x Bélgica. 16:00 – Inglaterra x Bielorrússia e França x Áustria. 17:00 – Peru x Bolívia. 21:05 – Trinidad e Tobago x México. *Marco Antonio Campos é Locutor Esportivo

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Taça Minas

Wagner Augusto* Vencer ou vencer. Esse é o dilema que moverá o Leão do Bonfim em sua última partida pela Primeira Fase da Taça Minas Gerais. Para continuar sonhando com o tricampeonato da competição, o Villa Nova precisa de uma vitória simples sobre o América, no clássico a ser disputado nesta quarta-feira, às 20h, no Estádio Municipal Castor Cifuentes. Além dessa boa perspectiva, o Leão do Bonfim está também muito próximo de garantir o primeiro lugar do Grupo A. Para tanto, basta vencer o Coelho e torcer para que ou o Tupi ou o Funorte não vençam seus dois jogos restantes. Isso se torna bastante factível devido ao confronto direto que haverá entre essas duas equipes. O volante Leandro Paraná, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo no empate por 0x0 diante do Tupi, tem volta garantida ao time titular. A provável escalação leonina é esta: Thiago Vampirinho; Osvaldir, Carciano, Weldes e Magal; Leandro Paraná, Renan Vieira, Carlos Magno e Silas; Eraldo e Allan O árbitro escalado pela Federação Mineira de Futebol (FMF) para o clássico é Flávio Henrique Coutinho Teixeira, auxiliado por Breno Rodrigues e Frederico Soares Vilarinho. O quarto árbitro será Josiene Dienelle Pereira, da Liga Municipal de Desportos de Nova Lima. Villa Nova x América A história do confronto entre Leão e Coelho é antiga e tradicionalíssima. A estatística é esta: TOTAL DE JOGOS: 271 VITÓRIAS DO VILLA NOVA: 92 VITÓRIAS DO AMÉRICA: 104 EMPATES: 75 GOLS MARCADOS PELO LEÃO: 379 GOLS MARCADOS PELO COELHO: 418 TOTAL DE GOLS NO CLÁSSICO: 797 A primeira partida foi disputada no dia 22 de novembro de 1916, em Nova Lima , com triunfo do Villa Nova por um placar elástico e desconhecido. O último jogo entre os tradicionais rivais foi válido pela Taça Minas Gerais deste ano, no Independência, no dia 26 de agosto do corrente: vitória alvirrubra por 4x2 (gols de Eraldo, Carciano, Carlos Magno e Silas para o Leão e Leo e Yan para o Coelho). *Wagner Augusto é Assessor de Imprensa do Villa Nova

Manuel Bandeira (19/04/86 - 13/10/68)

Manuel Carneiro de Souza Bandeira Filho nasceu no Recife no dia 19 de abril de 1886, na Rua da Ventura, atual Joaquim Nabuco, filho de Manuel Carneiro de Souza Bandeira e Francelina Ribeiro de Souza Bandeira. No dia 13 de outubro de 1968, às 12 horas e 50 minutos, morre o poeta Manuel Bandeira, no Hospital Samaritano, em Botafogo, no Rio de Janeiro, sendo sepultado no Mausoléu da Academia Brasileira de Letras, no Cemitério São João Batista.

Futebol mineiro

Taça Minas Resultado: Valério 1 X 1 América Domingo - 11/10 Israel Pinheiro - 10h30 A: Antônio Alves Costa Júnior A1: Marcelo Francisco dos Reis A2: Ricardo Júnio de Souza 4° Árb: Elizabeth Moreno (Liga local) Gols:4-Tiago,aos 31'do 1ºT(Valério) 9-Yan,aos 11'do 1ºT(América) Público:181 pagantes Renda:R$1.485,00 Arbitragem: Funorte x Tupi Quarta - 14/10 José Maria Melo - 16h A:Juliano Lopes Lobato(CBF/FMF) A1:Marconi Helbert Vieira(CBF/FMF) A2:Flamarion Sócrates da Silva(CBF/FMF) 4ºA:Cícero Soares Aquino(Liga Local) Villa Nova x América Quarta - 14/10 Castor Cifuentes - 20h A:Flávio Henrique Coutinho Teixeira(CBF/FMF) A1:Breno Rodrigues(FMF) A2:Frederico Soares Vilarinho(FMF) 4ºA:Josiene Dienelle Pereira(Liga Local) Módulo três Pouso Alegre x Fabriciano Quarta - 14/10 Cel.Erasmo Cabral - 15h A:Emerson de Almeida Ferreira(CBF/FMF) A1:Janette Mara Arcanjo(CBF/FMF) A2:Giancarlo Machado(FMF) 4ºA:Roberto Aparecido da Silva(Liga de Pouso Alegre) Tombense x Tricordiano Quarta - 14/10 Campo Tombense - 20h A:Cleisson Veloso Pereira(CBF/FMF) A1:Cinthia Mara da Silva(CBF/FMF) A2:Pedro Araújo Dias Cotta(FMF) 4ºA:Liga de Ubá Unitri x Mamoré Quarta - 14/10 Sebastião César - 20h15 A:Renato Cardoso Conceição(CBF/FMF) A1:Wesley Moreira de Carvalho(FMF) A2:Ricardo Vieira Rodrigues(FMF) 4ºA:Wellington da Costa(Liga de Uberlâdia)

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Fórmula 1

O anúncio do contrato entre o brasileiro Rubens Barrichello e a equipe Williams deverá ser confirmado nos próximos dias. O acerto foi divulgado pela imprensa internacional, porém, negado pelo piloto o acerto. Ele só confirma a conversa. Barrichello, que disputa a temporada deste ano pela Brawn e está na briga pelo título com o companheiro de equipe Jenson Button (é o vice-lider do Mundial de pilotos, com 71 pontos, 14 a menos que o líder Jenson Button, seu companheiro na equipe Brawn), terá um acordo por duas temporadas com a Williams, que terá motores Cosworth segundo o ex-piloto e comentarista da emissora Luciano Burti. Para o lugar de Barrichello, a Brawn terá o alemão Nico Rosberg. O recordista de largadas da Fórmula 1 será o quarto piloto brasileiro a defender a equipe de Frank Williams. Antes dele, Nelson Piquet, Ayrton Senna e Antonio Pizzonia estiveram lá. A tradicional equipe terá, além de Barrichello, o jovem alemão Niko Hulkenberg, campeão deste ano da GP2. Barrichello já declarou que está decidido em permanecer na Fórmula 1 em 2010. Apesar de ainda não ter confirmado qual caminho seguirá, o brasileiro está confiante em ficar na categoria. Com o acerto, Barrichello vai atingir em 2010 a marca de 300 grandes prêmios na categoria.

ELIMINATÓRIAS 2010 – 19 CLASSIFICADOS

Marco Antonio Campos* Terminada a rodada do fim de semana das Eliminatórias para a Copa de 2010, somente no sábado houve torcida comemorando. Na rodada de ontem, a Tunísia fez a sua parte vencendo o Quênia por 1x0, mas não se classificou porque a Nigéria conseguiu placar igual sobre Moçambique. Desta forma, a decisão ficou para o dia 14 de novembro. A Argélia confirmou seu favoritismo superando Ruanda pelo placar de 3x1 e agora vai definir a vaga do grupo no confronto direto contra o Egito jogando fora de casa. A vantagem é imensa para os argelinos. Classificam-se até com uma derrota por dois gols de diferença. Dezenove países estão confirmados para a busca do mais importante troféu do futebol mundial. Por enquanto, nenhum é estreante. Nesta condição há um grupo muito seleto de concorrentes. Gabão, Bahrein, Letônia, Eslováquia e Bósnia são os que ainda são candidatos a debutarem na África do Sul. A Venezuela poderia figurar nesta lista, pois matematicamente ainda tem chances, mas suas possibilidades beiram o impossível. Restam treze vagas. Quatro delas sairão neste meio de semana. Duas na Europa, com Suíça e Grécia lutando no Grupo 2, e Eslováquia e Eslovênia no Grupo 3. Mais uma será definida na América do Sul, onde Argentina e Uruguai são os candidatos mais próximos com o Equador correndo por fora. Finalmente, a última seleção virá da América Central, na disputa entre Costa Rica e Honduras, que não se enfrentam e jogam fora de casa. A relação final dos 32 países que participarão da Copa da África do Sul só será conhecida em novembro após os quatro jogos da repescagem europeia, do jogo de volta entre Nova Zelândia e Bahrein, do mata-mata entre América do Sul e Concacaf e as três últimas vagas da África. A relação abaixo mostra cada um dos classificados separados por continente, e entre parênteses a última vez que disputaram uma Copa do Mundo. ÁFRICA África do Sul (2002) Costa do Marfim (2006) Gana (2006) AMÉRICA DO SUL Brasil (2006) Chile (1998) Paraguai (2006) ÁSIA Austrália (2006) Coreia do Norte (1966) Coreia do Sul (2006) Japão (2006) CONCACAF Estados Unidos (2006) México (2006) EUROPA Alemanha (2006) Dinamarca (2002) Espanha (2006) Holanda (2006) Inglaterra (2006) Itália (2006) Sérvia (2006) *Marco Antonio Campos é Locutor Esportivo

Flávio, o primeiro jogador a vencer as três divisões do Brasileiro

O goleiro do América-MG, o alagoano Flávio, atingiu um recorde ao conquistar a Série C de 2009: é o primeiro atleta brasileiro a vencer as três divisões do Campeonato Nacional. Flávio venceu a Série B em 1995 com o Atlético-PR; a Série A em 2001 também com o Atlético-PR e a Série C em 2009 com o América-MG. Outro aspecto importante: o Estádio Independência talvez seja recordista no Brasil em decisões das Séries B e C: foi palco da Final da B em 1971 (Villa Nova 2x1 Remo) e 1997 (América-MG 1x0 Vila Nova-GO) e da Final da C em 1990 (América-MG 0x0 Atlético-Go, jogo de ida) e em 2009 (América-MG 1x0 Asa-AL). A ficha do Goleiro Nome Completo: Flávio Emídio dos Santos Idade: 38 Naturalidade: Maceió/AL Altura: 1,89m - Peso: 89 kg Clubes que já defendeu : CSA/AL, Atlético/PR, Vasco/RJ, Paraná/PR e América/MG Colaboração: Wagner Augusto Álvares de Freitas e Alexandre Magno Barreto Berwanger Fonte: www.campeoesdofutebol.com.br

Rio 2016

Fluminense Homenagem ao Grande responsável pelas Olimpíadas de 2016 Cypriano Maribondo* Eu vou contar uma história De um grande clube brasileiro. O Pó de Arroz, tricolor carioca Que no Brasil, foi o primeiro. Com muita garra e coragem, O Fluminense, plantou a semente Do esporte Olímpico Brasileiro Que o tricolor, trouxe p’ra gente O sonho, demorou mais chegou. Foram quase cem anos de luta Em mil novecentos e vinte e dois Ele patrocinou essa grande disputa, Os jogos Olímpicos Lantino-Americanos Dos cem anos do Brasil Independente. Um feito até os dias de hoje, lembrado. Um legado, para o mundo, para a gente. Em mil novecentos e quarenta e nove. Foi a sede das Laranjeiras, que abrigou Os primeiros anos da Seleção Brasileira Seu nome, a história de glorias, marcou No nosso futebol e no esporte amador. O nome FLUMINENSE, sempre aparece. Desde a Taça Olímpica de quarenta e nove. Até hoje, o torcedor brasileiro, agradece. Em dois mil e oito a grande emoção Na final da Libertadores da América Nos estádios do Brasil, jamais se viu. Uma festa para o Futebol, como esta. São vinte e quatro anos sem perder Nas competições da COMMEBOL Um marco histórico do fluminense. Que enche de orgulho o nosso futebol É esta historia tão cheia de beleza Que hoje, este poeta, lhes narrou. Das olimpíadas, do Rio de Janeiro Foi o Fluminense, o grande precursor. Que hoje, para dois mil e dezesseis O Rio de Janeiro e o Brasil, ganhou Hoje, homenageio os cem anos de luta Que o Fluminense carioca, conquistou. *Cypriano Maribondo é Poeta Fonte:www.campeoesdofutebol.com.br Colaboração: Alexandre Magno Barreto Berwanger

domingo, 11 de outubro de 2009

Ary Leite

(Rio de Janeiro em 1930 - Rio de Janeiro em 1986)

O comediante e humorista Ary Leite (Aristides Leite Guimarães), trabalhou nas principais emissoras de rádio e TV do Rio de Janeiro e morreu quando pertencia ao elenco do programa "Viva o Gordo", da Rede Globo.

 Seu personagem mais famoso foi o Seu Saraiva, Tolerância Zero, que ele criou em 1958 e que a TV Globo trouxe de volta no programa "Zorra Total". Desta vez com interpretação do ator Francisco Milani. Na televisão, Ary Leite participou dos programas "Balança Mas Não Cai", "A Festa é Nossa", "Humor Livre" e "Viva o Gordo".

 Ary Leite também fez cinema, onde estreou em 1955 com "Carnaval em Lá Maior" e depois participou de "A Espiã fria em que entrou", "Tô na Tua, o Bicho" e "Os Três Palhaços".

Ary Leite morreu no Rio de Janeiro em 1986, três meses após implantar a  terceira ponte de safena, aos 56 anos. Deixou quatro filhos: Fernando, Débora, Katia e Cássia.

FUTEBOL & POLÊMICA

Mudanças no futebol: dez em campo e "cartão azul" Vice-presidente da Fifa, Jack Warner, estuda alterações radicais nas regras do esporte mais popular do planeta   O futebol mundial pode sofrer modificações radicais. É o que propõe Jack Warner, um dos vice-presidentes da Fifa. A principal delas é a redução para dez jogadores em campo durante uma partida de futebol, além da diminuição das extensões do gramado. "O futebol não precisa ficar estático durante 500 anos. Ao contrário, temos o dever de arranjar formas de melhorar e fazer evoluir o esporte", afirmou Warner, também presidente da Concacaf, durante um evento em Londres, na Inglaterra. Outra sugestão do dirigente que deve causar grande discussão é a expulsão temporária de 10 minutos para os jogadores que simularem faltas ou pênaltis. Uma espécie de "cartão azul". "A Fifa deve ser dura. Um jogador que fizer uma simulação deve permanecer 10 minutos fora do jogo. Essa medida bloquearia atitudes desse gênero. É desonesto. As pessoas estão indo ao estádio para ver um jogo de futebol, não um recital de atores". O presidente da Concacaf tem ainda a ideia de propor o teto salarial no futebol mundial, como já é feito na Liga Americana de Futebol (MLS). Fonte: SMC/Juiz de Fora-MG

Londrina Esporte Clube

O professor Antonio Carlos Gomes apresentou na tarde da última terça-feira, 06/10, na Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), um projeto de reestruturação para o Londrina Esporte Clube (LEC). O clube encontra-se em situação financeira dificílima, com uma dívida de cerca de R$ 4 milhões. A sede campestre (social) do Londrina deverá ir a leilão no próximo mês com valor inicial de R$ 3,2 milhões. O time caiu para a Segunda Divisão do futebol estadual e não fez boa campanha na Série D do Campeonato Brasileiro. Foi publicado pela Comissão Eleitoral o edital para renovação da diretoria: a eleição do Conselho Deliberativo será no dia 8 de novembro. A partir da publicação, o prazo é de 10 dias para inscrição das possíveis chapas, que devem ter 33 conselheiros e 11 suplentes, todos sócios do clube com mensalidades em dia. O Conselho Deliberativo a ser eleito é que apontará o o novo presidente e os ocupantes dos novos cargos da diretoria. Fonte: Agência Londrix Colaboração: Alexandre Magno Barreto Berwanger CONSIDERAÇÃO: Lá e Cá a tragédia é a mesma, só muda as personagens, ou as moscas. Tira o tubo. Para o mundo que eu quero descer!

Taça Minas

Wagner Augusto* O empate por 0x0 obtido diante do Tupi proporcionou ao Villa Nova a possibilidade matemática de se garantir nas Semifinais da Taça Minas Gerais com uma simples vitória sobre o América, no clássico a ser disputado na próxima quarta-feira, em Nova Lima. Além dessa boa perspectiva, o Leão do Bonfim está também muito próximo de garantir o primeiro lugar do Grupo A. Para tanto, basta vencer o Coelho e torcer para que ou o Tupi ou o Funorte não vençam seus dois jogos restantes. Isso se torna bastante factível devido ao confronto direto que haverá entre essas duas equipes. De olho na decisão com o América, o elenco alvirrubro não terá folga no final de semana e no feriado. O lateral-direito Osvaldir e o zagueiro Weldes se recuperaram de contusão e até já participaram da partida em Juiz de Fora. A única baixa até o momento é o meia Thiago Silva, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá a suspensão automática. O atleta, no entanto, não é titular. A Federação Mineira de Futebol (FMF) marcou as datas das Semifinais e da Final da Taça Minas Gerais: elas ocorrerão nos dias 25/10 e 1º/11 e nos dias 08/11 e 15/11, respectivamente. Na próxima terça-feira, o Villa Nova vai anunciar o nome de seu novo fornecedor de material esportivo. *Wagner Augusto é Assessor do Villa Nova

JK

Neta de Juscelino Kubitschek é exonerada do Senado Agência Estado A neta mais nova do ex-presidente Juscelino Kubitschek, Alejandra Kubitschek Bujones, foi exonerada da função comissionada de assistente parlamentar do Senado, que ocupava desde dezembro de 2006. Os servidores da secretaria afirmam que, até o ano passado, ela não dava expediente. Alejandra nega, dizendo que fazia pesquisas para o ex-secretário César Borges (DEM-BA). Ela deixou o Senado para trabalhar numa embaixada. Com salário de R$ 5 mil, Alejandra estava lotada na terceira secretaria desde a época em que o secretário era o então senador Paulo Octávio (DEM), seu cunhado e vice-governador do Distrito Federal. O ato de exoneração, datado do dia 7, foi publicado nesta sexta-feira e tem efeito retroativo ao dia 18 de setembro. Filha da ex-deputada e ex-governadora do Distrito Federal, Márcia Kubitschek e do bailarino cubano Fernando Bujones, Alejandra morava e estudava nos Estados Unidos, antes de se mudar, em 2006, para Brasília.

ELIMINATÓRIAS 2010 – UM SÁBADO DE EMOÇÕES

Marco Antonio Campos* Mais oito países classificados, quatro garantidos na repescagem da Europa e muita emoção. Foram assim os jogos das Eliminatórias deste sábado. Continente por continente, veja como ficou a situação de cada um deles. ÁFRICA A Costa do Marfim fez o necessário para assegurar sua segunda Copa ao empatar com Malauí fora de casa por 1x1. O heroi do jogo foi o iluminado Didier Drogba, que estava no banco de reservas e empatou a partida para a Costa do Marfim um minuto depois de entrar em campo. O Egito fez sua parte vencendo Zâmbia por 1x0 e adiando a definição do seu grupo para novembro mesmo que a Argélia vença hoje a eliminada Ruanda. Camarões e Gabão também venceram seus jogos por 3x0 e 3x1 contra Togo e Marrocos e deixaram para o mês que vem a decisão. Camarões leva vantagem de um ponto. REPESCAGEM ÁSIA CONTRA OCEANIA O empate de 0x0 entre Bahrein e Nova Zelândia não deixou nenhuma das seleções com grande vantagem. A Nova Zelândia poderá decidir em casa, mas o empate com gols favorece Bahrein. A repetição do placar levará a uma prorrogação, que se também terminar sem gols provocará uma disputa de pênaltis para se conhecer o vencedor. EUROPA A Dinamarca garantiu sua classificação vencendo a Suécia por 1x0. O resultado beneficiou Portugal que fez seu papel derrotando a Hungria por 3x0, em Lisboa, e assumiu a segunda posição do grupo. Agora só tem que repetir o sucesso diante da fraquíssima seleção de Malta para garantir uma vaga na repescagem. A Suíça ficou a um empate da classificação. O grupo embolou com a goleada da Grécia sobre a Estônia por 5x2. Os dois têm chances na vaga direta. A mesma Letônia e Israel ainda podem sonhar com a repescagem. Quem fez bobagem foi a Eslováquia. Bastava um empate em casa para assegurar a vaga. No entanto, a derrota para a Eslovênia por 2x0 obriga os eslovacos a vencerem o último jogo contra a Polônia para não correrem o risco de perder a classificação na reta final. Por outro lado, a Eslovênia se mantém na briga. Com chances remotas para a repescagem está a República Tcheca, mas esta hipótese passa por um insucesso da Eslovênia contra San Marino que perdeu todos os seus jogos até o momento. A Alemanha conseguiu a vaga de forma heróica. Bateu a Rússia por 1x0 atuando com um jogador a menos. Para os russos o placar não foi um desastre total porque a repescagem ficou garantida. Da mesma forma, a Bósnia terá uma nova chance de se classificar em novembro. A vitória de 2x0 sobre a Estônia garantiu a segunda posição no grupo em que a Espanha já estava classificada. Quem reverteu uma desvantagem foi a Ucrânia. Ao quebrar a invencibilidade da classificada Inglaterra na vitória por 1x0, os ucranianos deixaram a repescagem bem encaminhada, bastando para isso derrotar Andorra no meio da semana. A Croácia, que não jogou, caiu para terceiro e só entra se a Ucrânia tropeçar. A Sérvia atropelou a Romênia com uma expressiva goleada por 5x0 e também se classificou. Com uma vitória pelo mesmo placar sonre a fraca seleção das Ilhas Faroë, a França assegurou a repescagem e, por enquanto, conseguiu evitar o vexame da eliminação precoce. Para não perder o costume, a Itália se classificou de forma dramática. Um gol no último minuto garantiu o empate em 2x2 com a Irlanda e carimbou o passaporte para a África do Sul. Aos irlandeses restou o consolo de assegurar a repescagem no grupo. Quem sofreu foi a Noruega. Segunda colocada no grupo com apenas cinco seleções, suas esperanças residiam no descarte dos jogos das equipes dos grupos com seis para ficar com uma das vagas na repescagem. A combinação dos resultados tornou impossível esta possibilidade e a eliminação já está confirmada. AMÉRICA DO SUL O Chile fez bonito. Começou perdendo, virou o jogo em dois minutos, sofreu o empate e por fim se aproveitou do desespero da Colômbia para conseguir a classificação com a vitória por 4x2. O placar terminou com qualquer chance matemática dos colombianos que estão fora da Copa. Mesmo perdendo para o classificado Paraguai, a Venezuela não foi eliminada em casa. Suas esperanças ficam para a repescagem, mas são remotíssimas. Terá que contar com uma derrota uruguaia por goleada, uma derrota do Equador e ainda vencer o Brasil por uma grande diferença de gols. Ninguém acredita que esta combinação de resultados poderá ocorrer. Eletrizante foram os minutos finais de Argentina e Peru. O time de Maradona só marcou no início do segundo tempo. Nervosos em campo, os argentinos não conseguiam ampliar a vantagem e ainda sofreram o gol de empate no último minuto. Aos 48, Martín Palermo fez o gol da vitória argentina que mantém as esperanças de classificação. Um empate contra o Uruguai deve bastar. O problema é que o jogo será em Montevidéu e vale a classificação do adversário. Perdendo e o Equador vencendo o Chile, a Argentina estará eliminada. Emoções não faltaram também em Quito. Quando tudo indicava um empate em 1x1, o Uruguai teve um pênalti a seu favor convertido por Diego Forlan quatro minutos após o término do tempo regulamentar. O gol calou o Estádio Olímpico Atahualpa. Mesmo assim, o Equador garante pelo menos a repescagem com uma vitória sobre o Chile. CONCACAF Beneficiado pelos confrontos diretos que ainda vão acontecer no meio da semana, o México assegurou uma das três primeiras posições do hexagonal final e também está garantido na Copa. A goleada de 4x1 sobre El Salvador permitiu a festa mexicana. No início da madrugada deste domingo, as últimas emoções. Depois de um primeiro tempo sem gols, Honduras abriu o placar sobre os Estados Unidos, mas permitiram a virada para 3x2. O resultado garantiu pela sexta vez consecutiva, e nona em sua história, a vaga aos norte-americanos. No outro jogo do hexagonal, a Costa Rica goleou Trinidad e Tobago por 4x0 e entrou na zona de classificação, empurrando Honduras para a repescagem. Estas duas seleções vão definir a última vaga na quarta-feira. Costa Rica tem vantagem de dois pontos e ambas jogam fora. O adversário de Honduras teoricamente é mais frágil, pois se trata de El Salvador, enquanto que os costarriquenhos enfrentam os Estados Unidos. Nos sete jogos de hoje, somente a Tunísia pode se classificar. A vaga virá com uma vitória sobre o Quênia se a Nigéria não vencer Moçambique. Tunísia e Nigéria jogam em casa e todos os quatro ainda têm chances. Nas demais partidas, três são apenas para cumprir tabela: Mali x Sudão, Guiné x Burkina Fasso e Bolívia x Brasil. O jogo restante é da Argélia enfrentando a eliminada Ruanda. Se não perder por dois ou mais gols de diferença, a Argélia jogará pelo empate contra o Egito em 14 de novembro. *Marco Antonio Campos é Locutor Esportivo

sábado, 10 de outubro de 2009

Literatura

PAIXÃO PELO RÁDIO - Do milésimo de Pelé ao milésimo de Romário, a trajetória de José Carlos Araújo, o eterno Garotinho Em 45 anos de locução esportiva, José Carlos Araújo transmitiu mais de três mil jogos e narrou, pelo menos, o dobro de gols. Em "Paixão pelo Rádio - do milésimo de Pelé ao milésimo de Romário, a trajetória de José Carlos Araújo, o eterno Garotinho", o jornalista Rodrigo Taves esmiuça a carreira de um dos mais consagrados locutores do país. O leitor vai se deliciar com os inúmeros causos vividos por Zé Carlos e seus companheiros de jornada; vai conhecer os bastidores de uma época áurea do rádio esportivo, quando ele conseguiu impor-se graças a um talento nato – explorado com disciplina férrea – para descrever jogos de futebol; e vai descobrir como o narrador desenvolveu o dom de captar a linguagem das ruas e levá-las para as suas transmissões – o seu grande diferencial que o mantém, perto de completar 70 anos, com uma incrível jovialidade. É um livro indispensável para estudantes e profissionais da área de comunicação. E também para aqueles que querem conhecer um pouco mais sobre a magia do rádio e do futebol, cujas histórias acabam, inevitavelmente, por se entrelaçar. É uma reportagem biográfica com o tempero das transmissões de José Carlos Araújo. Começou, não parou mais de ler. Fonte: www.maquinariaeditora.com.br

ELIMINATÓRIAS 2010 – HORA DE DECISÃO

Marco Antonio Campos* Neste fim de semana, quarenta jogos vão movimentar as Eliminatórias para a Copa de 2010 e podem definir mais quinze seleções classificadas. Algumas têm maiores possibilidades do que outras. Se acontecer, a rodada da quarta-feira se transformará numa série de amistosos na África, América do Sul e Concacaf, servindo apenas para apontar quais países da Europa vão disputar as repescagens no continente. Ainda haverá a repescagem dos confrontos da América do Sul contra a Concacaf e da Ásia contra a Oceania. Todos estes jogos acontecerão em novembro, com exceção do jogo de ida entre Bahrein e Nova Zelândia, marcado para este sábado. Na Europa, a repescagem tem uma particularidade. São nove grupos, sendo oito com seis seleções e um com cinco. Como são oito vagas para os melhores segundo colocados, para equiparar o número de jogos, os países que ficarem em segundo lugar nos grupos com seis equipes vão descartar os dois resultados contra o time mais fraco. Desta forma, alguns confrontos envolvendo equipes eliminadas podem ser decisivos para se apontar quem vai para a repescagem e qual país ficará de fora. Abaixo, a relação completa das partidas deste sábado e domingo com as chances de cada um. Sábado 09h00 ZÂMBIA X EGITO Jogo de vida ou morte para o Egito. Uma derrota dará oportunidade à Argélia de se classificar no domingo. A Zâmbia tem chances remotas. 09h30 MALAUÍ X COSTA DO MARFIM Um empate é o bastante para a Costa do Marfim de classificar. 11h00 FINLÂNDIA X PAÍS DE GALES Jogo para cumprir tabela. 11h30 CAMARÕES X TOGO Partida decisiva para o grupo. Uma vitória pode classificar Camarões se o Gabão perder. Por outro lado, Togo ultrapassa Camarões com uma vitória e pode até ficar líder se o Gabão não ganhar. GABÃO X MARROCOS Com a vitória Gabão se mantém na briga em qualquer situação. Associada a uma derrota de Camarões significa a liderança do grupo. Marrocos tem chances remotas. 12h30 BAHREIN X NOVA ZELÂNDIA Primeira partida da repescagem entre Ásia e Oceania. O gol fora de casa é critério de desempate. Bahrein vem com moral depois da classificação empolgante com gol no último minuto dos acréscimos contra a Arábia Saudita. O jogo de volta só acontece em 14 de novembro. BIELORRÚSSIA X CAZAQUISTÃO Jogo que pode apontar o último do grupo e influenciar na classificação para a repescagem. 13h00 RÚSSIA X ALEMANHA O jogo mais importante do sábado. A vitória classifica a Alemanha. Em contra-partida, uma derrota significa ter que disputar a repescagem. O empate adia a definição para quarta-feira. ESTÔNIA X BÓSNIA Para a Bósnia uma vitória confirma o segundo lugar e uma chance na repescagem. ARMÊNIA X ESPANHA A rigor a partida só pode ter influência para a definição das oito classificadas para a repescagem. A Espanha já se classificou e a Armênia segura a lanterna. 13h15 UCRÂNIA X INGLATERRA Só a vitória interessa à Ucrânia para ultrapassar a Croácia e ficar na segunda posição para tentar a repescagem. A Inglaterra já se garantiu na Copa. 13h45 LUXEMBURGO X SUÍÇA A Suíça se classifica com uma vitória. 14h00 MONTENEGRO X GEÓRGIA Jogo que deve define o último colocado do grupo e que pode ter influência para apontar os oito melhores segundos da repescagem. CHIPRE X BULGÁRIA Só a vitória interessa a Bulgária para manter suas chances na repescagem. A partida pode se tornar inútil se a Irlanda vencer a Itália mais tarde. 15h00 DINAMARCA X SUÉCIA Jogo fundamental para as duas seleções. Uma vitória classifica a Dinamarca. Já a Suécia tem que vencer por dois gols de diferença para assumir a liderança e adiar a decisão para quarta-feira. O empate é melhor para a Dinamarca, mas não garante a vaga. LIECHTENSTEIN X AZERBAIJÃO Confronto curioso que define apenas o último colocado. Nenhum dos dois venceu até agora e a diferença é de apenas um ponto a favor de Liechtenstein. Pode servir para apontar uma seleção da repescagem. ISRAEL X MOLDÁVIA Se vencer, Israel adia a definição do segundo colocado para quarta-feira. Qualquer outro resultado significa eliminação. 15h30 ESLOVÁQUIA X ESLOVÊNIA Um simples empate separa a Eslováquia de sua primeira Copa do Mundo. A Eslovênia precisa da vitória para se manter viva na briga. Perdendo coloca em risco até a vaga na repescagem. SÉRVIA X ROMÊNIA A Sérvia se classifica com uma vitória. Empatando dá chances à França de se aproximar. ÁUSTRIA X LITUÂNIA A Áustria mantém esperanças de uma repescagem. Mas para isso precisa contar com um tropeço da França, cujo jogo começa meia hora mais tarde. Pode terminar em esforço inútil com uma vitória francesa. A Lituânia está eliminada. REPÚBLICA TCHECA X POLÕNIA Ambos jogam suas últimas fichas nesta partida. Só a vitória interessa e mesmo assim para uma repescagem. A República Tcheca pode ficar em segundo vencendo este jogo e se a Eslovênia perder. Já a Polônia tem chances menores e precisa da mesma combinação de resultados para apostar tudo na quarta-feira. GRÉCIA X LETÔNIA Praticamente o jogo que define o segundo do grupo. Quem vencer fica em ótima posição para isso. Um empate abre chance para Israel que joga meia hora mais cedo. 15h45 BÉLGICA X TURQUIA A Turquia ainda tem chances na repescagem, mas para isso precisa que a Bósnia perca para Estônia mais cedo. O jogo pode se tornar um amistoso se a Bósnia tiver vencido. 16h00 FRANÇA X ILHAS FAROË Só a vitória interessa à França. Qualquer tropeço abre chance para a Áustria e causaria uma crise na seleção por não conseguir vencer o adversário mais fraco do grupo. 16h45 PORTUGAL X HUNGRIA Jogo de vida ou morte para as duas seleções. Quem perder estará eliminado. O empate prejudica os dois. 17h00 IRLANDA X ITÁLIA Basta um empate para a Itália se classificar. A Irlanda precisa da vitória para no mínimo confirmar a briga pela repescagem. 19h00 COLÔMBIA X CHILE O Chile se classifica com uma vitória. O empate serve se a Argentina não ganhar. Até a derrota pode ser suficiente, mas para isso a Argentina tem que perder do Peru, o Uruguai não pode derrotar o Equador, nem a Venezuela pode vencer o Paraguai. Para a Colômbia, só a vitória interessa. EQUADOR X URUGUAI Confronto direto por uma vaga, na pior das hipóteses na repescagem. O Equador estará classificado com uma vitória se a Argentina perder para o Peru e a Venezuela não vencer. Enquanto que o Uruguai precisa ganhar de qualquer maneira para tentar uma decisão em casa, na quarta-feira contra a Argentina. MÉXICO X EL SALVADOR O México se classifica vencendo desde que a Costa Rica não derrote Trinidad e Tobago. El Salvador tem chances matemáticas apenas para a repescagem e está praticamente fora. VENEZUELA X PARAGUAI Não há outro resultado que interesse que não seja a vitória para a Venezuela. Só assim pode continuar sonhando com sua primeira Copa do Mundo. ARGENTINA X PERU Em situação delicada, a Argentina precisa da vitória de qualquer maneira para entrar na zona de classificação. O problema é que para isso o Equador não pode vencer o Uruguai. Se empatar ou perder, até da zona da repescagem pode sair. 23h00 COSTA RICA X TRINIDAD E TOBAGO Uma vitória pode significar o retorno à zona de classificação se Honduras perder. Mesmo perdendo a posição da repescagem não é ameaçada nesta rodada. HONDURAS X ESTADOS UNIDOS Os Estados Unidos se classificam com uma vitória. O empate serve se a Costa Rica não vencer. Ou até a derrota, mas para isso a Costa Rica também precisa perder. Já Honduras tem que ganhar para ficar com a vaga muito próxima. O empate é bom para os Estados Unidos e ruim para Honduras. Domingo 12h00 BENIN X GANA Jogo para cumprir tabela que serve de preparação para a classificada Gana. 13h00 NIGÉRIA X MOÇAMBIQUE Os dois precisam de uma vitória e derrota da Tunísia. No caso da Nigéria esta hipótese significa a liderança do grupo. Para Moçambique é a única chance que tem para tentar a vaga na quarta-feira com mais dois resultados combinados. TUNÍSIA X QUÊNIA A Tunísia se classifica com uma vitória associada a um empate da Nigéria. O Quênia só pode pensar em vencer e ainda precisa de um empate entre Nigéria e Moçambique. Sendo assim, na quarta-feira mais dois resultados combinados precisam acontecer. 14h00 GUINÉ X BURKINA FASSO O jogo pode ser um amistoso se a Costa do Marfim não perder no sábado. Se acontecer, Burkina Fasso continuará com chances. 15h00 MALI X SUDÃO Jogo para cumprir tabela. 15h15 ARGÉLIA X RUANDA A Argélia entrará em campo sabendo o que precisa fazer. Caso o Egito não tenha vencido no sábado, uma vitória confirma o retorno à uma Copa que o país não disputa desde 1986. De qualquer forma, derrotar a eliminada Ruanda já será um grande passo e bastará um empate na quarta-feira contra o mesmo Egito para se garantir. 17h00 BOLÍVIA X BRASIL Confronto de um eliminado contra um classificado. Só serve como treino para o Brasil. *Marco Antonio Campos é Locutor Esportivo e Analista de números