domingo, 30 de novembro de 2008

Rádio Energia FM 96,7

Estou de casa nova, agora na Rádio Energia FM 96,7. Na nova Rádio, vou continuar conciliando minha atividade de contabilista, afinal é ela que mantém o sustento meu e de minha família, principalmente, quando se externa posição política diferente da do "patrão", com a de radialista. A estréia acontece dia 01/12, segunda-feira. É um projeto novo num canal de sucesso, o 96,7. Nomes de relevãncia estarão fazendo parte desse time: Márcio Augusto, Tâmara Lis, Thiago Werneck, Jasqueline Pioli, Dina Alexia e muitos outros. Com mais de vinte anos de carreira, jamais havia ficado tanto tempo fora do ar (onze meses). Tenho um lema de que "radialista sem microfone é igual padre sem paróquia, só os amigos lembram". Estou bastante motivado com esse novo projeto num mercado (Juiz de Fora) em que o rádio foi assassinado, principalmente o AM, e os assassinos e as assassinas ainda não foram presos. Um mercado que revelou Maurício Menezes (trabalhou vinte e cinco anos no rádio carioca e esteve em quatro copas do mundo), Paulo Lopes (um dos maiores salários do rádio paulista), Francisco Barbosa (líder de audiência na Tupi do Rio), Fernando Sérgio, Sérgio Rodrigues, Cláudio Temponi, Aparício de Vitta e alguns outros.

São Paulo F. C.

Ex-presidente do São Paulo Marcelo Portugal Gouvêa morre aos 70 anos UOL
Vítima de complicações em uma operação de ponte de safena, o ex-presidente do São Paulo Marcelo Portugal Gouvêa morreu na noite do último sábado, na capital paulista. Gouvêa estava com 70 anos e, atualmente, ocupava o cargo de diretor de planejamento do clube.
Gouvêa já estava internado no Hospital Sírio Libanês há pouco mais de um mês. O corpo do dirigente será velado no local e o enterro está marcado para as 13h deste domingo, algumas horas antes de o São Paulo entrar em campo com a possibilidade de conquistar o hexacampeonato Brasileiro.
Marcelo Portugal Gouvêa presidiu o São Paulo entre os anos de 2002 e 2006. Os dois mandatos do presidente foram marcados, principalmente, pela conquistas da Libertadores e do Mundial de 2005.
O São Paulo entra em campo neste domingo para enfrentar o Fluminense, às 17h. Em caso de vitória, o time do Morumbi confirma o terceiro título consecutivo na competição. Segundo a assessoria do clube, não está programada qualquer homenagem ao ex-presidente.
Já a Confederação Brasileira de Futebol determinou que em todas as partidas deste domingo seja respeitado um minuto de silêncio em homenagem ao ex-mandatário.

Futebol - Resultados

Série B 38ª rodada (última) Ponte Preta 3 x 1 Criciúma** Marília** 2 x 1 Ceará CRB** 1 x 3 ABC Fortaleza 3 x 0 Brasiliense-DF América-RN 2 x 0 Corinthians* Juventude 3 x 2 Grêmio Barueri* Vila Nova-GO 2 x 0 Bragantino Avaí* 2 x 2 São Caetano Gama** 0 x 0 Bahia Santo André* 3 x 1 Paraná Clube *Classificados **Rebaixados
Série A
São Paulo 1 x Fluminense
Flamengo 3 x Goiás
Botafogo 1 x 3 Figueirense
Coritiba 0 x 2 Vasco
Náutico 2 x 1 Atlético-PR
Internacional 1 x 0 Cruzeiro
Vitória 0 x 0 Palmeiras
Atlético-MG 0 x 0 Santos
Portuguesa* 2 x Sport Recife
Ipatinga* 1 x 4 Grêmio
*Rebaixados
Módulo 3
América 3X2 Funorte
Nassari Mattar - 10h
A: Luiz Carlos da Silva
A1: Marley Leite da Silva
A2: Cinthia Mara da Silva
4ªA: Renato Guedes Souza Abreu (Liga local)
Gols: Luiz Henrique, aos 4'1T e 8'2T e Wilisson, aos 25'2T (América TO); Leandro, aos 14'2T e Osvaldir, aos 36'2T (Funorte).
Público: 2.538
Renda: R$ 17.215,00
Tricordiano 1X1 Santarritense
Elias Arbex - 10h30
A: Átila Carneiro Magalhães
A1: Helbert Costa Andrade
A2: Marcus Vinícius Gomes
4ªA: Cássio Dias Gomes (Liga local)
Gols: Pauloo, aos 15'1T (Tricordiano); Renato, aos 2'1T (Santarritense).
Público: 1.509
Renda: R$ 8.466,50
Fabril 2X1 Guaxupé
Juventino Dias - 10h30
A: Cleisson Veloso Pereira
A1: Jair Albano Félix
A2: Celso Luiz da Silva
4ªA: Evandro José da Silva
Gols: Vinícius, aos 5'1T e Flávio Torres, aos 36'1T (Fabril); Miler, aos 21'2T (Guaxupé).
Público: 500
Renda: R$ 2.125,00
Copa Paulista
XV de Piracicaba 2 x 3 Atlético Sorocaba*
*Campeão
Campeonato Argentino Apertura - Fase única - 17ª rodada Independiente 0 x 1 Banfield

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Com vinte anos de atraso

Estádio Mário Helênio começa a receber cobertura parcial
No ano em que comemora duas décadas de inauguração, o Estádio Municipal Radialista Mário Helênio (foto de Diogo Kling/TM) vai ganhar um presente que é uma antiga reivindicação dos torcedores. A instalação já começou, e o prazo para a conclusão é de 30 dias.
Após a obra, cerca de 5 mil torcedores poderão desfrutar, a cada jogo, do conforto. A cobertura está sendo montada com estruturas metálicas e telhas galvanizadas e custarão R$ 148 mil aos cofres municipais.
Inauguração
A novidade será inaugurada até o final do ano, quando o prefeito pretende promover uma festa em comemoração aos 20 anos do estádio. Na oportunidade, serão distribuídas homenagens aos principais personagens que passaram pelo Mário Helênio. Além disso, será feita uma galeria de fotos históricas do estádio. Nos próximos dias deverá ser concluída a obra de separação de setores para torcidas visitantes atrás do gol. As muretas já foram erguidas, e as grades devem ser entregues ainda hoje.
Além do título, outras frases prontas cabem aqui: "Antes tarde do que nunca", "já não era sem tempo", "de onde menos se espera é que não sai nada mesmo", "finalmente, aleluia", só esperamos que a nova cobertura suporte pelo menos, o próximo vendaval.
Só vendo (ou chovendo) para crer.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Airton Moreira

Um momento na história Eugênio Moreira - Estado de Minas
Airton Moreira foi o responsável por um dos melhores momentos na história do Cruzeiro. Ele montou e dirigiu a equipe que ficou conhecida como Academia Celeste e conquistaria a Taça Brasil de 1966 e o Campeonato Mineiro entre 1965 e 1969. “O Cruzeiro era um antes dele. Ficou famoso e respeitado no mundo inteiro sob seu comando. E não foi mais o mesmo depois que ele saiu”, publicou o Estado de Minas de 25 de novembro de 1975, três dias depois de sua morte, aos 56 anos. “A Airton Moreira se deve a década de glórias que o Cruzeiro viveu no Mineirão (...) e a sua confirmação definitiva como um dos grandes do futebol brasileiro, além, evidentemente, da revelação de craques fabulosos como Tostão e Dirceu Lopes.”
O início dessa história foi curioso. No meio do Campeonato Mineiro de 1964, a diretoria celeste demitiu Mário Celso de Abreu e, para substituí-lo, chamou Airton Moreira, que era gerente de compras do clube, depois de ter sido administrador da Sede Campestre nos anos anteriores. Aos poucos, o novo treinador começou a promover garotos da base, como Dirceu Lopes, Natal, Pedro Paulo (Tostão já estava entre os profissionais), e armou a equipe que surpreendeu o país ao derrotar o Santos na final da Taça Brasil de 1966, com uma goleada por 6 a 2 no Mineirão e uma virada por 3 a 2 no Pacaembu.
Depois de cerca de três anos de muito sucesso à frente da equipe celeste, Airton Moreira deixou o clube de maneira um pouco traumática. Em outubro de 1967, depois da eliminação na Copa Libertadores, o treinador se afastou por motivo de doença. De início, Orlando Fantoni seria apenas um substituto interino. Mas, com a conquista do título mineiro daquele ano, acabou efetivado. Airton continuou como funcionário do clube, mas se afastou definitivamente e nunca mais voltou a dirigir a equipe.
Trocou o Cruzeiro pelo Atlético. Em 1974, trabalhou pela última vez como treinador no Vila Nova de Goiás. Com a chegada de Zezé Moreira ao Cruzeiro em agosto de 1975, Airton voltou para trabalhar com ele (Aymoré era outro irmão que se destacou como treinador). E foi auxiliar de Zezé até morrer. Vítima de hemorragia cerebral, o treinador faleceu às 18h de 22 de novembro, no CTI do Hospital Felício Rocho. Havia mais de um ano, ele tinha hipertensão arterial maligna, que acabou comprometendo seus rins. Seu estado de saúde se agravou no dia 17, quando foi internado.
A CARREIRA
Natural de Miracema (RJ), Airton Moreira começou a carreira de jogador, como zagueiro de muito vigor, mas tecnicamente apenas regular, no Bonsucesso. Veio para o Atlético em 1939 e foi campeão mineiro. Dois anos depois, foi para o Aeroporto, time novo de Lagoa Santa. Também jogou no Botafogo e no Náutico. Em 1946, já era técnico do Metalusina, de Barão de Cocais. Seguiu carreira no Bangu, no Tupi e no Sport de Juiz de Fora. Em 1949, dirigiu o Atlético. Cinco anos depois, esteve no Villa Nova. Em 1956, foi técnico do América. Também trabalhou no Valériodoce, de Itabira.
Sua primeira passagem pelo Cruzeiro foi em 1957, quando conquistou o título mineiro do ano anterior, dividido no tapetão com o Atlético. Ao todo, dirigiu o time celeste em 200 partidas, com 127 vitórias, 33 empates e 40 derrotas. É o quarto técnico que mais trabalhou no clube.
Airton Moreira foi sepultado no Parque da Colina, na manhã de um domingo, 23 de novembro de 1975, com a presença de muitos torcedores. Sobre o caixão, bandeiras dos três clubes de Belo Horizonte. Naquele mesmo dia, à tarde, no Mineirão, o Cruzeiro, sob o comando do irmão Zezé, derrotou o Corinthians por 2 a 0, gols de Nelinho, de pênalti, e Roberto Batata, pelo Campeonato Brasileiro. O goleiro Raul defendeu um pênalti cobrado por Ruço. O time vinha de três maus resultados e iniciou ali uma reação, com três vitórias, que o levaram à semifinal da competição, quando passou pelo Santa Cruz, antes de perder o título para o Internacional.
Colaboração: Carlos Augusto Tostes de Macedo - Vitória-ES

Urna eletrônica

Fraude Nas Urnas Eletrônicas
Ataíde Lemos* Em cada eleição, após as apurações começam as denuncias de falha no sistema eleitoral. Denuncias de que as urnas eletrônicas estão sendo fraudadas tirando a lisura, a transparência das eleições. Porém, a justiça eleitoral nada se fala de tais ocorrências, agem como se fosse despeitos daqueles que perderam.
O Judiciário é o responsável por todo processo que tange as eleições como a segurança urnas eletrônicas. Ela cria os programas “ditos seguros” e ao mesmo tempo é o agente fiscalizador. Isto, já compromete a transparência gerando duvidas. Certamente deveria haver um órgão externo para fiscalizar os programas como a transparência das eleições. Esta ultima eleição denuncias de fraude eleitoral estão ocorrendo em todo pais, de norte a sul. Pessoas que votaram em determinados candidatos e apareceram fotos trocadas ou nem foto surgiram; coincidências de números de eleitores que votaram em branco como os que tiveram votos anulados. Há denuncias de famílias inteiras que votaram em determinado candidato e o voto não apareceu na seção eleitoral. Enfim, denuncias de todo tipo de fraude. No entanto, vemos que a cada eleição o numero de denuncias vem aumentando.
Somos pioneiros nesta tecnologia. Resultados eleitorais com poucas horas após pleito. Porém de nada vale esta agilidade ou de se vangloriar desta tecnologia, gabando de ser um país de terceiro mundo com tecnologia mais avançada referente aos países mais desenvolvidos, se este tipo de eleição está perdendo a transparência. Se de alguma forma a democracia está sendo arranhada no que tange a eleições. Se pessoas votam em determinado candidato e seu voto vai para outro. Talvez o poder Judiciário ainda esteja atrasado em pensar que tem toda a tecnologia de segurança, não se dando conta que há rakers especializados capazes de cometer vários tipos de crimes eletrônicos entrando em vários sistemas e assim, fraudar qualquer software que se imagine seguro.
Em cada eleição, denuncias de fraudes eleitorais através das urnas eletrônicas vem aumentando, o eleitor mais consciente começa a sentir-se receado de votar. Fatalmente isto levará ao desestimulo do voto. Temos lido e ouvido declarações de especialistas que no passado garantiam a transparência das urnas eletrônicas e que já mudaram radicalmente seus conceitos. Não dá mais para que entidades ligadas a transparência no voto, a cidadania fique a parte do que está ocorrendo. É preciso sensibilizar a mídia, as organizações não governamentais e governamentais para que de fato haja uma sensibilização da justiça eleitoral em admitir a necessidade de reformular e repensar em estratégias para que o eleitor tenha certeza que seu voto foi destinado à pessoa a qual escolheu.
Alguns temem que ao imprimir o voto unitário dando recibo ao eleitor possa causar uma forma de coação dos candidatos sobre ele. Este é um risco previsível, no entanto, algo deve ser feito. Certamente com boa vontade e com a competência de profissionais que atuam no judiciário encontrará uma solução, um meio termo para que o eleitor e o candidato se sintam protegidos e de fato aconteça o que tanto se apregoa nas publicidades promovidas pelo judiciário; o voto consciente, mas sem fraude e com transparência. *Ataíde Lemos é Escritor e Poeta

Futebol - Arbitragem

Atlético/MG X Santos/SP Domingo - 30/11 Mineirão - 17hs A:Wagner Tardelli Azevedo/SC A1:Katiuscia Mayer Berger Mendonça/ES A2:Carlos Berkenbrock/SC 4ºA:André Luis Martins Dias Lopes/MG 5ºA:Janette Mara Arcanjo/MG
Internacional/RS X Cruzeiro/MG Domingo - 30/11 Beira Rio - 17hs A:Djalma José Beltrami Teixeira/RJ A1:Hilton Mourinho Rodrigues/RJ A2:Dibert Pedrosa Moisés/RJ 4ºA:Anderson Daronco/RS 5ºA:João Lúcio Monteiro de Souza/RS
Ipatinga/MG X Grêmio/RS Domingo - 30/11 Ipatingão - 17hs A:Evandro Rogério Roman/PR A1:Marcos Antônio Moreira Collodett/ES A2:Gelson Pimentel Rodrigues/ES 4ºA:Renato Cardoso da Conceição/MG 5ºA:Guilherme Dias Camilo/MG
Coritiba/PR X Vasco/RJ Domingo - 30/11 Couto Pereira - 17hs A:Alício Pena Júnior/MG A1:Altemir Hausmann/RS A2:Márcio Eustáquio S. Santiago/MG 4ºA:Edivaldo Elias da Silva/PR 5ºA:José Carlos Dias Passos/PR

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Futebol - Resultados

Guaxupé 2 X 2 Tricordiano Quarta - 26/11 Carlos Monteiro - 16h A: Emérson Almeida Ferreira A1: Marley Leite da Silva A2: Marcelo Francisco dos Reis 4°A: Carlos Reimar dos Santos (Liga local) Gols:10-Hugo,aos 21'do 2ºT e 07-Cabelo,aos 23'do 2ºT(Guaxupé);04-Juliano,aos 10'do 2ºT e 11-Paulinho Paulista,aos 34'do 2ºT(Tricordiano) Público: 289 pagantes Renda:R$1.876,00 Santarritense 1 X 0 América Quarta - 26/11 Cel. Erasmo Cabral - 17h A: Antônio Alves Costa Júnior A1: Carlos Henrique Andrade A2: Frederico Soares Vilarinho 4°A: Mauro Pereira da Costa (Liga Três Corações) Gols: 09-Giliard, aos 29'do 2ºT Público: 228 pagantes Renda: R$797,70 Funorte 2 X 0 Fabril Quarta - 26/11 José Maria Melo - 20h A: Josué Otaciano dos Santos A1: Ricardo Júnio de Souza A2: Vilsa Barbosa Soares Pimenta Público: 637 pagantes Renda: R$3.124,00 Campeonato Paraense Primeira fase 3ª rodada Tuna Luso 1 x 2 Vila Rica Sport Belém 1 x 3 São Raimundo Pedreira 2 x 2 Tiradentes Time Negra 3 X 0 Bragantino Pinheirense 1 X 1 Castanhal Copa Sulamericana Estudiantes 0 x 1 Internacional

Jorge Kajuru

Kajuru comemora estréia de TV online e liberdade para dizer o que pensa
Com um investimento de R$ 112 mil, a TV Kajuru estréia na web na próxima segunda-feira (01/12), às 20h. “Agora que vou ter minha própria TV, ninguém me tira do ar”, disse Jorge Kajuru, comemorando o fato de ter total liberdade para dizer o que pensa, o que lhe rendeu uma série de problemas na justiça. “Isso é o que eu preciso para viver. Vou morar na minha emissora e xingar o povo o dia inteiro. É um sonho e melhor do que dormir com a Angelina Jolie”, diz, brincando.
A emissora ficará no ar 24 horas com esporte, variedades e “bom humor”, como diz o slogan. Até o final de janeiro, Kajuru pretende ter 22 programas inéditos.
Já fazem parte da programação o Coração de Pescador, com Joel Datena, filho de José Luiz Dantena; Bom Te Ver, programa de auditório com Tânia Oliveira; Talento Não Tem Endereço, com filhos de uma dupla sertaneja, para dar oportunidade a jovens talentos; Papo Com o Doutor, com Sócrates, um talk-show, que também vai apresentar o TV Kajuru Pós-Globo, uma mesa-redonda que vai ao ar às quartas e domingo. Kajuru vai apresentar dois programas, o TV Kajuru Denuncia e Cadeira Elétrika, em que ele receberá um convidado e contará com a colaboração de uma mulher para fazer entrevista, “sempre com perfil diferente. Pode ser engenheira, médica, estudante. Depende de quem será o entrevistado”, diz. A maioria deles será semanal, com exceção de Cadeira Elétrika, que será mensal.
A idéia
Embora apresente dois programas, um no interior de São Paulo, pelo SBT, e outro no Paraná, emissora de Ratinho, Kajuru queria ter seu próprio veículo. “Estava desanimado da internet, mas um amigo me mostrou que os vídeos do Youtube em que apareço tiveram mais de 4 milhões de acessos. Percebi que então poderia ter uma TV na internet”.
Estrutura
Para tornar o site uma realidade, Kajuru contou com a ajuda dos amigos Adriane Galisteu, Datena e Ratinho. “Vendi também meu carro, um flat, apostei minha vida nisso. Vou aproveitar e usar comentários desses amigos eventualmente”.
A TV Kajuru terá duas sedes. Uma em São Paulo, que fica pronta até 15/12, e outra móvel, que começa a circular no interior de São Paulo. “Vamos ficar um mês em cada cidade, começando por Ribeirão Preto”. Serão seis funcionários, incluindo criação e produção – os jornalistas Karin Gutierrez e Théo Campos são os produtores. Aqueles que tiverem programas vão dividir com Kajuru o faturamento. “É meio a meio”, avisa, para quem tiver interesse em apresentar uma idéia.
Programas também na TV
Kajuru pretende fechar contratos com canais fechados para a exibição de alguns dos programas que vão ao ar na TV online. “Alguns já vão ser retransmitidos por emissoras de TV a cabo, canais fechados, interior de São Paulo, Paraná, Goiás e Rio Grande do Norte. “Vamos vender, terceirizar para quem quiser”.
Livros
Ele também se prepara para o lançamento de dois livros, a nova edição de “Condenado a falar”, que, diz o autor, está totalmente atualizado, e “Meus orgasmos”, sobre sua vida sem o futebol.

Ubá-MG

UMA PREOCUPAÇÃO COM OS RUMOS DO FUTEBOL DE UBÁ
Carlos Roberto Sodré*
Fui procurado pelo estudante do sexto período de comunicação social, Dimas Baião, da FAGOC (Faculdade Governador Ozanam Coellho) querendo saber como anda o futebol aqui na nossa comarca. O estudante de jornalismo quis saber muito mais. Perguntou individualmente sobre os clubes, sobre os dirigentes e os torcedores. Entusiasmado, o jovem perguntou especificamente sobre um dirigente. Belarmino Campos. Eu respondi que o dirigente é amado e odiado, ao mesmo tempo na mesma proporção, mas de competência indiscutível quando o assunto é futebol. Principalmente quando se fala sobre as leis que regem este esporte tão apaixonante. Expus meu ponto de vista com relação ao futebol, sobretudo o campeonato regional. A vinda dessas estrelas como o Viola, por exemplo. Você gostaria de tirar uma foto com esse atleta? Garanto como a resposta foi positiva. Eu também. Como gostaria de ter em meu currículo entrevistas, fotos e vídeos com astros como esse. O nosso dirigente esquece que com a vinda de jogadores como o já citado, o meu filho, o seu neto, ou seu sobrinho sei lá os garotos ficam todos sem nenhuma chance de jogar. A solução, ou sugestão que deixei para o atuante estudante de comunicação social foi a de ressuscitar a figura de Maurício Singulane. Este sim sempre deu oportunidades para o nosso jogador. Têm muita gente por aí querendo tirar os garotos da rua, principalmente quando vêem a oportunidade de vendê-lo por alguns milhões de dólares. Já dizia um poeta "mente pra mim, mas diz coisas bonitas". Vamos ficar só nas lembranças de clássicos memoráveis como Aymorés X Bandeirante, Industrial X Aymorés e acho que podemos parar por aqui. A pergunta está no ar. O que é que a entidade maior do nosso futebol está fazendo para manter vivas a chama do coração do torcedor Ubaense e Zona da Mata?
*Carlos Roberto Sodré é Radialista (Locutor Esportivo) e estudande de Jornalismo da FAGOC/Ubá-MG

Futebol Mineiro - Arbitragem

Guaxupé X Tricordiano
Quarta - 26/11
Carlos Monteiro - 16h
A: Emérson Almeida Ferreira
A1: Marley Leite da Silva
A2: Marcelo Francisco dos Reis
4°A: Carlos Reimar dos Santos (Liga local)
Santarritense X América
Quarta - 26/11
Cel. Erasmo Cabral - 17h
A: Antônio Alves Costa Júnior
A1: Carlos Henrique Andrade
A2: Frederico Soares Vilarinho
4°A: Mauro Pereira da Costa (Liga Três Corações)
Funorte X Fabril
Quarta - 26/11
José Maria Melo - 20h
A: Josué Otaciano dos Santos
A1: Ricardo Júnio de Souza
A2: Vilsa Barbosa Soares Pimenta
4°A: Paulo Diniz Fonseca (Liga local)

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Tupi 2009

Campeonato Mineiro 01ª rodada Domingo 25.01 Social X Tupi 02ª rodada Quarta-feira 28.01 Tupi X Atlético 03ª rodada Domingo 01.02 Guarani X Tupi 04ª rodada Quarta-feira 04.02 Tupi X América 05ª rodada Domingo 08.02 Ituiutaba X Tupi 06ª rodada Quarta-feira 11.02 Tupi X Villa Nova 07ª rodada Domingo 15.02 Tupi X Democrata 08ª rodada Domingo 01.03 Cruzeiro X Tupi 09ª rodada Domingo 08.03 Tupi X Rio Branco 10ª rodada Quarta-feira 11.03 Uberaba X Tupi 11ª rodada Domingo 15.03 Tupi X Uberlândia

Clube Atlético Mineiro - Títulos

Estaduais
39 vezes Campeão Mineiro
1915, 26-27, 31-32*, 36, 38*-39, 41-42*, 46-47, 49-50*, 52-53-54-55-56 (Penta), 58, 62-63, 70, 76*, 78-79-80-81-82-83 (HEXA), 85-86, 88-89, 91, 95, 99-2000, 2007*
*Invictos
Tricampeão da Taça BH
1970-71-725
Taças Minas Gerais
1975-76, 79, 86-87
Taça Bueno Brandão
1914
Taça Souza Cruz
1919
Taça Clube Bello Horizonte
1919
Torneio Imprensa
1921
Taça Concórdia
1922
Taça XII de Outubro
1925
Taça Triângulo de MG
1927
Taça Superba
1947
Torneio Quadrangular JK
1951
Torneio do Trabalhador
1957
Taça Bias Fortes
1957
Copa Belo Horizonte
1959
Taça Inconfidência
1970
Taça Aureliano Chaves
1977
Torneio dos Grandes do Futebol Mineiro [FMF]
1974
Taça Tancredo Neves
1983
Troféu Jorge Hammer
1999
Taça Itamar Franco
1999
Troféu Clássico dos 200 Anos
2008
Nacionais
Campeão Brasileiro (CBF - Série A)
1971
Campeão dos Campeões Brasileiros (CBD)
1978
Torneio dos Campeões (FBF)
1937 [MG-SP-RJ-ES]
Campeão Brasileiro (Série B)
2006
Vice-Campeão Brasileiro (Série A)
1977 (invicto), 80, 99
Taça Brasil Central
1959, 63, 64, 67 e
Sul/Sudeste
1964
Torneio Aberto do RJ
1937 [RJ-MG]
Torneio Interestadual de BH
1955 [RJ-MG-SP-PE]
Triangular de Franca
1956 [MG-SP]
Torneio de São José dos Campos
1970 [MG-SP-RS]
Taça de Goiânia
1970 [GO-MG]
Taça do Trabalho
1972 [RJ-MG]
Taça Governo de MG
1998 [SP-MG]
Sulamericanos
Campeão da Copa CONMEBOL
1992
Bicampeão da Copa CONMEBOL
1997 (Invicto)
Intercontinentais
Taça Bello Horizonte
1929
Turnier Deutschen Winters (Ale) e Taça Supporters Allez Stade-Paris (Fra)
1950
Torneio de Leon (Méx)
1972
Torneio Conde de Fenosa (Esp)
1976
Troféu Ciudad de Vigo (Esp)
1977
Torneio Costa Del Sol (Esp)
1980
Torneio Internacional de Paris (Fra)
1982
Troféu Villa de Bilbao (Esp)
1982
Torneio Philips de Berna (Suí)
1983
Torneio de Amsterdã (Hol)
1984
Taça Ramon de Carranza (Esp)
1990
Copa Centenário de Belo Horizonte
1997
Three Continents Cup (Vie)
1999
Torneio Millenium (EUA)
1999
Maior público pagante do Mineirão, até 07/07
Atlético
21 milhões, 66 mil, 155
Cruzeiro
19 milhões, 431 mil, 553
Futsal
Mundial Interclubes de Futsal-FIFA
1982
Ligas Nacionais
1997 e 99
Taça Brasil
1985
Copa Ouro (Uru)
1984
Taça Memorial Giovanni Cragnotti (Ita)
1998
Copa Centenário de Futsal
1997
Taça Cid de Botucatu
1998
Campeonatos Mineiros
1968, 73-74, 76-77, 84, 98-99
Metropolitanos
1972, 76-77-78, 81, 84-85, 97-98-99

Módulo 1 2008 - Tabela

A Federação Mineira de Futebol (FMF) divulgou a tabela do Campeonato Mineiro Módulo I de 2009. A competição terá início em 25 de janeiro. Regulamento O Campeonato terá doze clubes, que se enfrentarão em turno único. Os oito melhores colocados se classificarão para as quartas-de-final, seguida de semifinal e final. Os dois últimos da fase classificatória serão rebaixados ao Módulo II. A data limite para inscrição de atletas é 12 de março. Das quartas-de-final em diante, só poderão ser utilizados estádios com capacidade para, no mínimo, dez mil torcedores. O preço mínimo dos ingressos será R$ 10,00. A renda será sempre do mandante, exceto nos clássicos envolvendo Atlético e Cruzeiro.
01ª rodada - Domingo - 25.01
Social X Tupi
Uberlândia X Cruzeiro
Atlético X América
Uberaba X Ituiutaba
Democrata X Guarani
Rio Branco X Villa Nova
02ª rodada - Quarta-feira - 28.01
Tupi X Atlético
Cruzeiro X Social
América X Uberlândia
Ituiutaba X Rio Branco
Guarani X Uberaba
Villa Nova X Democrata
03ª rodada - Domingo - 01.02
Guarani X Tupi
Villa Nova X Cruzeiro
Social X Atlético
América X Rio Branco
Democrata X Ituiutaba
Uberaba X Uberlândia
04ª rodada - Quarta-feira - 04.02
Tupi X América
Cruzeiro X Guarani
Atlético X Uberaba
Uberlândia X Social
Ituiutaba X Villa Nova
Rio Branco X Democrata
05ª rodada - Domingo - 08.02
Ituiutaba X Tupi
Cruzeiro X Atlético
Villa Nova X América
Uberlândia X Guarani
Social X Democrata
Rio Branco X Uberaba
06ª rodada - Quarta-feira - 11.02
Tupi X Villa Nova
Uberaba X Cruzeiro
Atlético X Rio Branco
Democrata X Uberlândia
América X Social
Guarani X Ituiutaba
07ª rodada - Domingo - 15.02
Tupi X Democrata
Cruzeiro X Ituiutaba
Uberaba X Villa Nova
Atlético X Uberlândia
Rio Branco X Social
Guarani X América
08ª rodada - Domingo - 01.03
Cruzeiro X Tupi
Democrata X Atlético
Uberlândia X Rio Branco
Ituiutaba X América
Social X Uberaba
Villa Nova X Guarani
09ª rodada - Domingo - 08.03
Tupi X Rio Branco
América X Cruzeiro
Guarani x Atlético
Villa Nova X Uberlândia
Ituiutaba X Social
Uberaba X Democrata
10ª rodada - Quarta-feira - 11.03
Uberaba X Tupi
Rio Branco X Cruzeiro
Atlético X Villa Nova
Uberlândia x Ituiutaba
Democrata X América
Social X Guarani
11ª rodada - Domingo - 15.03
Tupi X Uberlândia
Cruzeiro X Democrata
Ituiutaba X Atlético
América X Uberaba
Guarani X Rio Branco
Villa Nova X Social

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

JOÃO LÔREDO - Um talento multimídia

DEPOIMENTO AO MUSEU DA TELEVISÃO BRASILEIRA,
João Luiz Rodrigues Lorêdo é João Lorèdo. É filho de Etelvino Ignácio Lorêdo, que foi menino pobre, mas conseguiu vencer como comerciante. Mulato, bonito, casou-se com Luiza, branca. A mãe de João Lorêdo viveu até 2006. Morreu aos 101 anos..
João Lorêdo nasceu em 04 de julho de 1930. Família de seis irmãos, um deles é o famoso Zé Bonitinho (o advogado Jorge Lorêdo), que sempre foram incentivados a estudar. Todos se formaram. João fez Psicologia e também é professor de Português, Geografia, Matemática e História. Com boa base, pois foi interno do Colégio Pedro II no Rio de Janeiro, cidade onde nasceu. João Lorêdo foi sempre um garoto inteligente, mas gostava era de cantar e foi assim que iniciou sua carreira artística. Fez parte do Coro dos Apiacás, de Madame Lucila Villa-Lobos, que foi a primeira esposa do maestro Villa-Lobos.
Já ganhava um pequeno cachê mensal e o pai, sempre ordeiro, fez com que João abrisse uma caderneta na Caixa Econômica Federal, espécie de poupança da época. Já um pouco maior, dirigiu-se à Rádio Mayrink Veiga, e com o apoio do ator Sadi Cabral, se empregou como radio-ator. Era o ano de 1945, quando ele então foi para a Rádio Nacional. Depois foi para a Rádio Tupi. Ao mesmo tempo era professor e, embora garoto, dirigia atores, num teatro amador (Teatro de Amadores da MABE). Começou também a escrever e com 20 anos, com a ajuda da mãe que o financiou, publicou o seu primeiro livro de poemas: "Tempestade", cuja capa foi desenhada por Ziraldo, sendo esse o primeiro trabalho publicado, do hoje famoso caricaturista..
Logo João Lorêdo passou para a Televisão Tupi, levando para ela o grupo de teatro amador e dirigindo-o ele próprio. Era um garoto prodígio. Passou a tomar parte do departamento que preparava as moças para fazerem comerciais ao vivo. Fundou esse departamento, que no Rio não existia. Era o homem dos "sete instrumentos", Começou a escrever para rádio e televisão, era ator e diretor. Estava em todas. Em 1954, ganhou da Revista do Rádio, Medalha de Ouro de melhor ator. Escreveu com sucesso o programa "Variety" e muitos outros para a TV RIO, onde foi Diretor Artístico e de Produção.,. Depois foi para a TV Continental, , ao lado do diretor Costa Lima. Depois voltou para a TV Tupi, tendo passado logo para Diretor Artístico e de Produção. Trabalhou também para a TV Cultura de São Paulo, onde dirigiu programas com Tia Amélia e a cantora Stelinha Egg..
Fazia viagens semanais São Paulo - Rio de Janeiro. Esteve ainda na TV Paulista de S.Paulo, dirigindo programas de humor..
Dirigia também peças de teatro, entre as quais: "A Feia", com Miriam Pires, que foi um enorme sucesso. Em S.Paulo, ao lado de amigos como Walter Ribeiro dos Santos, Tácito Monteiro, e Manoel da Nóbrega; fundou a "Videum Produções”, primeira produtora independente de televisão no Brasil.. E este mesmo grupo assumiu a direção da Rádio Piratininga, que era uma das últimas em audiência, colocando-a logo em um dos primeiros lugares. Passou também a ser Diiretor de Teledramartugia da Rede Tupi de Televisão. Foi aí que o já famoso Boni, da TV Globo, o chamou. Lôredo aceitou. Estavam querendo lançar o "Fantástico, o Show da Vida".
E o rapaz, irrequieto, participou das reuniões iniciais e foi o primeiro a dirigir o programa, no ar até os dias de hoje. Na Globo ficou por 12 anos e ali dirigiu as figuras mais importantes "difíceis" e talentosas da televisão brasileira, como: Costinha, Grande Otelo, Dercy Gonçalves, Chico Anysio. E sempre se deu bem com eles. Segundo Boni: "Lôredo dirige com um chicote numa mão e uma rosa na outra". Na Globo, dirigiu ainda programas de sucesso, como “DERCY ESPETACULAR”,”DERCYCODÉLICA”,”CHICO ANYSIO SHOW”, “CHICO EM QUADRINHOS”, “ALÔ BRASIL,AQUELE ABRAÇO”, “GLOBO REPORTER”, “SATIRICOM” ,”FAÇA HUMOR, NÃO FAÇA GUERRA” com o qual ganhou o Troféu Helena Silveira. Antena de Ouro e todos os demais naquele ano de 1971..
Esteve também na TV Record, na TV Bandeirantes onde dirigiu os programas de J.Silvestre..Em 1974 foi contratado pela emissora de televisão portuguesa RTP para dirigir um programa de humor, marcando a volta de RAUL SOLNADO à televisão, depois da Revolução dos Cravos sendo por isso, o primeiro diretor brasileiro a dirigir programas de televisão na Europa. Ficou por lá 8 meses.Fez amigos, muitos dos quais conserva até hoje. "Não preciso ensinar nada a eles, só orientá-los", diz . João Lôredo publicou na Revista Amiga, em capítulos, o primeiro volume do livro a que deu o nome de:
"ERA UMA VEZ A TELEVISÃO;;;".
Mas, com a morte de Adolpho Bloch, dono da Rede Manchete e da revista Amiga, os demais volumes da história, não foram publicados na revista. Posteriormente, Lorêdo publicou em livro, fato que é um sucesso de vendas.
Tem mais dois livros prontos. Um de poemas, “A VIDA ESCREVEU ISTO...” com prefácio de Jô Soares e “É ASSIM QUE SE RÍ!” uma coletânea de humor,que deverá ter o prefácio de Chico Anísio e capa de Ziraldo.Por serviços prestados a aviação brasileira, recebeu a Comenda de Honra ao Mérito Santos Dumont.
Foi ainda Consultor Artístico da TV Bandeirantes, para as “sitcons” produzidas pela emissora. Vive na cidade de Juiz de Fora, região Sudeste de Minas. E, como sempre, o eternamente irrequieto psicólogo, professor, ator, diretor, escritor, continua de lá para cá. É jovem, é corajoso, é forte e ainda vai fazer várias coisas, pois como ele mesmo diz, gosta de ajudar as pessoas e gosta de trabalhar. "E sou também um tremendo paizão, temho 5 netas. e sou feliz".
Este é João Lorêdo, “o homem dos "sete instrumentos".

Esta é a "justiça" brasileira!!!

LBV anistiada graças a brecha jurídica Sete anos depois de protagonizar um dos maiores escândalos da filantropia brasileira, a Legião da Boa Vontade (LBV) tem hoje um histórico "limpo", graças à brecha jurídica que anulou todas as provas que apontavam para desvio de recursos e outras irregularidades, informa a repórter Leila Suwwan na edição desta segunda-feira do Globo.Há dois anos, sem alarde, conseguiu recuperar seu certificado de entidade beneficente (Cebas) e garantir a isenção tributária retroativa. E agora, com a edição da MP da Filantropia pelo governo, ganhou mais uma benesse: 15 recursos que ameaçavam a atual proteção contra as cobranças foram sumariamente extintos, sem chance de recurso pela União.
A brecha usada pelos advogados da LBV foi a falta de notificação, com três dias de antecedência, das diligências realizadas pelo INSS. As provas colhidas demonstravam que a entidade remunerava ilegalmente seus dirigentes, acumulava patrimônio e desviava recursos para outras empresas do grupo, como a Religião de Deua. Foi o bastante para o CNAS cassar o certificado de filantropia. Nem a tonelada de documentos enviados pela entidade conseguiu demover os conselheiros. Porém, recursos da entidade impediam que o governo recuperasse os impostos que deixaram de ser pagos.
Por conta do erro processual, a Justiça Federal decidiu anular todas as provas. "Sofre, portanto, o processo administrativo de nulidade insanável", concluiu a juíza Raquel Chiarelli. E a cassação do Cebas de 2001 a 2003 foi anulada. Segundo a conselheira Tania Garib, que á época foi relatora da cassação, a anulação de provas não muda os fatos ocorridos "em hipótese nenhuma". Na presidência do CNAS no auge da polêmica com a LBV, o então conselheiro Antônio Brito rejeitou todas as insinuações de que o julgamento foi político ou baseado em interesses persecutórios.

domingo, 23 de novembro de 2008

Celso Garcia

Sidney Rezende* Eu não conheci pessoalmente o radialista Celso Garcia. Mas quando criança eu o ouvia com constância. Tínhamos o hábito lá em casa de duas vezes por semana acompanhar a jornada esportiva. Era um prazer ouvir as narrações de Waldir Amaral, Jorge Cury e Doacey Bueno de Camargo. Mais tarde, três jovens despontaram com muito sucesso, José Carlos Araújo, Edson Mauro e Luiz Penido.

Celso Garcia também narrava, mas não tinha a iluminação na voz dos outros três. Mas aquela equipe me encantava. A forma viva de comunicação, as vinhetas, o dinamismo. Era uma maravilha ficar ali ao lado do rádio testemunhando a história viva à partir do trabalho deles.

Desde cedo eu ouvi dizer que Celso Garcia fôra o descobridor de Zico, o Galinho de Quintino. Céu de estrelas. Era Zico, pelo Flamengo; e Roberto Dinamite pelo Vasco. Depois, Rivelino no Fluminense e o escrete campeão(era assim que se dizia) do Botafogo com Jairzinho à frente, o goleador Roberto... Tempos inesquecíveis.

Hoje, trabalhando na TV, leio para o público a notícia da morte de Celso Garcia, um dos grandes nomes do rádio esportivo brasileiro. É como se um pedaço da minha infância estivesse indo embora. Todos sabemos que o tempo vai se esvaindo mesmo. Mas constatar isso é muito triste.

O Rádio - a que amo tanto - deveria fazer uma linda homenagem aqos seus ícones. Eternizar para os jovens a importância dos talentos. Pessoas alheias ao veículo o estão embrutecendo, tratando-o com o desprezl. Como Stálin querem apagar os nomes da história. Não vão conseguir. Pelo simples motivo que os ouvintes não vão deixar.

*Sidney Rezende (Sidney Nolasco de Rezende) é Jornalista e Escritor. Nascido em Campo Grande-MS, é autor dos livros: - "Deve ser bom ser você" - "Ideário de Glauber Rocha"

- "Jornalismo eletrônico ao vivo"

Fonte: www.sidneyrezende.com

Futebol - Resultados

Série A
Cruzeiro 3 x 2 Flamengo Vitória 4 x 2 Grêmio Vasco 1 x 2 São Paulo Internacional 0 x 2 Fluminense Sport Recife 3 x 0 Atlético-MG Palmeiras 2 x 0 Ipatinga
Série C
Guarani-SP** 2 x 1 Águia-PA
Confiança-SE 3 x 2 Duque de Caxias-RJ**
Atlético-GO** 0 x 0 Campinense-PB** Rio Branco-AC 4 x 1 Brasil-RS
Copa Paulista
Final - jogo de ida
Atlético Sorocaba 1 x 1 XV de Piracicaba
Campeonato Paulista da 02ª divisão
final - jogo de volta
Pão de Açúcar* 2 x 1 Batatais
Campeonato Paraense
Castanhal 1 x 1 Tuna Luso
Campeonato Maraense
Sampaio Correa 1 x 2 Moto Club*
*Campeões
**Classificados para a Série B
Módulo 3
América 5 x 2 Fabril
Domingo - 23/11
Nassari Mattar - 10h
A: Eunílson Cláudio Miranda Silveira
A1: Janette Mara Arcanjo
A2: Marcus Vinícius Gomes
4°A: José Mauro Paixão Primo (Liga local)
Gols: Walace, aos 29'1T e 5'2T, Denis, aos 28'2T, Wilisson, aos 21'2T e Rogélio, aos 35'2T (América); Elvis, aos 7'1T e Flávio, aos 31'2T (Fabril).
Público: 1.869
Renda: R$ 12.075,00
Santarritense 0 x 0 Guaxupé
Domingo - 23/11
Cel. Erasmo Cabral - 10h30
A: Antônio Márcio Teixeira
A1: Jair Albano Félix
A2: Cinthia Mara da Silva
4°A: Evandro Pereira Garcia (Liga Poços de Caldas)
Público: 288
Renda: R$ 727,50
Tricordiano 1 x 0 Funorte
Domingo - 23/11
Elias Arbex - 10h30
A: Carlos Inácio Vítor
A1: Guilherme Dias Camilo
A2: Rodrigo Otávio Baeta
4°A: Cássio Dias Gomes (Liga Três Corações)
Gol: Jonathan, aos 43'1T (Tricordiano)
Público: 1.230
Renda: R$ 6.837,00

O Rádio está de luto

O jornalista e radialista esportivo Celso Garcia morreu na manhã deste domingo, 23/11, no Rio, vítima de câncer. Celso Garcia era conhecido na carreira como o "Garoto do Placar".
O enterro aconteceu neste domingo, no Cemitério de Inhaúma. O presidente do Flamengo, Márcio Braga, decretou luto oficial de três dias e foi observado um minuto de silêncio antes da partida do Flamengo contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando o Flamengo perdeu por 3 x 2.
Entre outros feitos, Celso se destacou pela descoberta de Zico, quando o levou para o Flamengo no dia 28 de setembro de 1967.
Zico divulga mensagem lamentando a morte de Celso Garcia A notícia da morte de seu padrinho e descobridor pegou Zico de surpresa na cidade de Tashkent, no Uzbequistão. O Galinho acabava de desembarcar na capital após o empate em 1 x 1, fora de casa, na última rodada do Campeonato do Uzbequistão conquistado pelo Bunyodkor por antecipação. Foi a esposa Sandra Coimbra que deu a notícia.
Emocionado, Zico declarou:
"Este é um dia muito triste. Celso era uma pessoa especial na minha vida. Além de ser a pessoa mais importante na minha história esportiva, com o passar do tempo ele foi se tornando mais do que um amigo, um membro da nossa família. Era como um filho mais velho do meu pai, que passava quase todo domingo pela minha casa em Quintino antes das transmissões. E acabou virando meu padrinho de casamento com Sandra".
O ex-jogador falou ainda da importância do radialista:
"Celso foi um dos grandes radialistas, um exemplo de comunicador, um guerreiro que viveu drama na vida pessoal com a morte do seu filho vítima de leucemia. Incansável. Deixa uma família estabilizada e muita saudade em todos que o conheceram. Lamento estar longe e não poder dar meu adeus a ele. Lamento muito. Estivemos juntos pela última vez em julho, durante a festa do Juventude de Quintino. Ele estava lá, nunca perdia esse evento".
O comunicado terminou dizendo:
"Vamos sentir saudades do Celso... Já vi muita gente torcer com paixão pelo Flamengo, como eu. Mas o Celso era diferente. Foi o maior rubro-negro que conheci. Pode haver alguém que ame ou tenha amado o clube assim como ele, mas ninguém amava mais o Flamengo do que Celso Garcia. Saudades, padrinho".

Fluminense chega a 900 jogos na Série A

Marca histórica será atingida contra o Inter, no Beira Rio
Fluminense chega a 900 jogos na partida deste domingo, contra o Internacional
Lutando a cada rodada contra o rebaixamento, o Fluminense trata sempre a próxima partida como a mais importante de sua história.
Mas o jogo de domingo, contra o Internacional, no Beira-Rio, terá um ingrediente a mais para ficar guardado na memória. Será a partida de número 900 do Tricolor em Brasileiros de Primeira Divisão.
Coincidentemente, a estréia na competição, em 1971, foi diante do Colorado e no mesmo estádio. Na ocasião, empate em 0 a 0 de dois clubes que começavam ali a escrever suas histórias no Brasileirão. O atacante Lula, que marcou seu nome na história de ambas as equipes, estava em campo pelo Flu.
- Tive o prazer de participar da estréia de duas equipes importantes em minha vida. Depois que deixei as Laranjeiras, ganhei muitos títulos pelo Inter. Foi um jogo histórico, mas não tenho muitas lembranças. Eu me recordo apenas que éramos os campeões explica o ex-jogador, referindo-se ao título do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, em 1970.
Para os mais supersticiosos, vale o registro de que, nas partidas com número redondo do Flu no Brasileiro, o retrospecto tricolor é muito bom (veja quais foram os jogos ao lado). De nove confrontos, o Fluminense venceu quatro e perdeu só um.
Na última partida comemorativa, a de número 800, em 2006, outra coincidência. O confronto também foi em Porto Alegre, mas contra o Grêmio. Remanescentes daquele empate em 4 a 4, Thiago Silva e Arouca estarão em campo amanhã. O zagueiro, ídolo e torcedor assumido do Tricolor, demostra em poucas palavras o seu sentimento por fazer, mais uma vez, parte da história do clube.
- É um momento único, pois nem todas as equipes do Brasileiro têm esse número de jogos. Estamos fazendo história. Espero que nessa partida a gente possa sair com uma vitória que nos ajude a ficar na Série A explicou o camisa 3, sendo complementado pelo amigo Arouca. É um motivo de felicidade estar em campo completando essa marca histórica. É um jogo importante e precisamos do resultado positivo para ficarmos bem na tabela do Brasileiro.
A PRIMEIRA PARTIDA E AS CENTENÁRIAS
1º Jogo1ª partida do Brasileiro de 1971
Em sua estréia em Campeonatos Brasileiros, o Fluminense enfrentou o mesmo Internacional no Beira-Rio. Em campo pelo Tricolor, jogadores como Mickey e Lula. O técnico era Zagallo.
100º Jogo
1ª partida do Brasileiro de 1975
O centésimo jogo foi a única derrota tricolor em partidas comemorativas. O revés aconteceu diante do Coritiba, no Maracanã. O gol foi de Maisena. O técnico do Fluminense era Parreira.
200º Jogo
4ª partida do Brasileiro de 1980
Em março de 80, a maior goleada do Flu em partidas com número redondo: 4 a 0 no Vila Nova (GO). Os gols foram de Robertinho (2), Cristóvão e Zezé.
300º Jogo
11ª partida do Brasileiro de 1985
O jogo de número 300 aconteceu no Morumbi, diante do Santos. Em campo pelo Flu, o hoje coordenador de futebol do clube, Branco. Romerito jogou.
400º Jogo
1ª partida do Brasileiro de 1990
Apenas 3.332 torcedores acompanharam a partida de número 400: vitória de 3 a 0 sobre a Portuguesa. Rinaldo (2) e Jorginho marcaram para o Flu.
500º Jogo3ª partida do Brasileiro de 1995
A convite do governo alagoano, o jogo foi realizado em Alagoas. Vitória fácil do Flu, com gols de Sorlei, Renato Gaúcho e Aílton. Joel Santana era o técnico do Flu na ocasião.
600º Jogo
4ª partida do Brasileiro de 2001
No primeiro jogo centenário do século XXI, empate em 1 a 1 com o Vitória, no Maracanã. O gol tricolor foi marcado por Yan. Naquele ano, o Fluminense terminaria em terceiro lugar.
700º Jogo
46ª partida do Brasileiro de 2003
Além de centenário, o jogo contra o Juventude garantiu o Fluminense na Série A. A vitória na partida de número 700 foi por 1 a 0, gol de Marcelo.
800º Jogo
12ª partida do Brasileiro de 2006 O empate em 4 a 4, entre Fluminense e Grêmio, marcou o jogo de número 800. O Tricolor chegou a estar vencendo por 4 a 2, mas cedeu o empate no fim.
900º Jogo
36ª partida do Brasileiro de 2008
Hoje, 23/11/08, o Flu entrará em campo pela 900ª vez na história do Brasileirão. E a vitória é mais uma vez importante para livrar o time da Série B.

sábado, 22 de novembro de 2008

Futebol - Resultados

Taça Minas
Tupi* 1 x 2 América
*Campeão
Campeonato Paraense
Primeira fase
2ª rodada
Pinheirense 1 x 1 Sport Belém
Série B
37ª rodada
Brasiliense-DF 2 x 1 Vila Nova-GO
Corinthians* 3 x 2 Avaí*
Bragantino 0 x 1 Fortaleza
Grêmio Barueri* 3 x 0 América-RN
ABC 1 x 1 Ponte Preta
Criciúma 4 x 4 Santo André*
*Garantidos na Série A 2009
Série A
36ª rodada
Botafogo 2 x 2 Atlético-PR
Portuguesa 0 x 0 Goiás
Coritiba 5 x 1 Santos

Tupi Campeão

América vence o jogo, mas Tupi é campeão da Taça Minas
O Tupi é o campeão da Taça Minas Gerais 2008. O título veio mesmo com a derrota para o América, por 2 a 1, neste sábado, no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora. O time Carijó levantou a taça no saldo de gols, fez 3 a 1 no primeiro confronto da decisão, semana passada, no Independência. Com o título da Taça Minas Gerais, o Tupi assegurou, pela segunda vez (já havia participado em 2004), presença na Copa do Brasil de 2009. Ao América, para disputar o torneio nacional, resta torcer para o Cruzeiro se classificar à Copa Libertadores. Assim, o time celeste cederia lugar ao Coelho.
Se isso não ocorrer, o alviverde terá de buscar vaga para a Copa do Brasil de 2010, já que voltará ao Módulo I do Campeonato Mineiro.
Tupi 01 (gol de Léo Salino, aos 06min do 02º t) América 02 (gols de Evandro, aos 07 min do 01ºt e Rogério, de cabeça, aos 27min do 02º t).
Público Pagante: 5.017 torcedores, mesmo com chuva e um estádio sem cobertura.
Renda: 27.865,00 (no empate do Botafogo com o Atlético-PR, por 2 x 2, no Engenhão foi de 2.794 torcedores).
Ficha técnica: Tupi: Alan Faria; Henrique, Ricardo, Fernando e Mendes; Robson, Daniel, Caetano e Léo Salino (Lucas - 32' 2ºT); Allan (Marquinhos Alagoano - 41' 2 ºT) e Ademilson (Reginaldo - 30' 2ºT).
Técnico: Wellington Fajardo. América: Flávio; Carlão (Maranhão - intervalo), Preto, Micão e Jean (Faísca - 15' 2ºT); Bruno, Dudu, Fabricio e Leandro Ferreira (Rogério - 15' 2ºT); Luciano e Evandro.
Técnico: Flávio Lopes. Árbitro: Cleison Veloso Pereira Cartões amarelos: Micão (2' 1ºT), Fernando (15' 1ºT), Jean (29' 1ºT), Henrique (44' 1ºT), Maranhão (13' 2ºT), Ricardo (14' 2ºT) e Alan Faria (41' 2ºT). Cartão vermelho: Evandro (42' 2ºT)
O Tupi recebeu a Taça das mãos do Presidente da Federação Mineira, Dr Paulo Schettino.
A partida teve a transmissão das Rádios: Itatiaia AM 610 (Ênio Lima), Globo AM 1150 (Guto Rabelo) e Difusora de São João Nepomuceno AM 1420 (Fernando de Lélis). E contou também com a RÁDIO MINEIRA WEB, em conexão com a Itatiaia.
O Tupi estréia no Campeonato Mineiro contra o Social, 25/01/08, em Coronel Fabriciano, e o América contra o Atlético.
Primeira rodada do Campeonato Mineiro 2009:
Cruzeiro (campeão do Módulo 1) x Uberlãndia (vice do Módulo 2)
Atlético (vice do 1) x América (Campeão do 2)
Tupi (03º do 1) x Social (10º do 1),
Ituiutaba (04º do 1) x Uberaba (09º do 1)
Guarani (05º do 1) x Democrata-GV (08º do 1)
Villa Nova (06º d0 1) x Rio Branco (07º do 1).

Taça Minas 2008 - Decisão

Coelho não joga a toalha Estado de Minas
Fazer os gols que necessita e, principalmente, não levar. Essa é a obrigação do América, hoje, diante do Tupi, em Juiz de Fora, para voltar à capital com o título da Taça Minas Gerais e, de quebra, com a vaga na Copa do Brasil. Campeão do Módulo II, o Coelho assegurou o retorno à Primeira Divisão estadual. Agora, almeja lugar na competição nacional. Para atingir seus objetivos, é bem provável que o técnico Flávio Lopes escale time mais defensivo contra o Galo Carijó. No último coletivo, ele testou duas opções. Mas avisou que só vai confirmar a equipe no vestiário. "Não se trata de mistério. Tenho de fazer a escolha certa, verificar qual será a melhor formação para conseguir o resultado que precisamos", justifica o treinador.
Os jogadores estão confiantes e acreditam que é possível levantar o troféu. Mas não poderão desperdiçar as chances, como ocorreu na primeira partida, no Independência, segundo o goleiro Flávio, um dos mais experientes do grupo. "Temos de ter a atenção redobrada e a tranqüilidade para, quando surgir a oportunidade, fazermos os gols e alcançar nosso objetivo, que é vencer, tirar a diferença de gols e ser campeões".
Os torcedores apostam todas as fichas no armador Luciano. Artilheiro da equipe, ele espera balançar as redes do rival desta vez. "Estamos cientes da importância da partida e encarando-a como se fosse a última das nossas vidas. Vamos para Juiz de Fora confiantes e dispostos a mostrar futebol suficiente para vencer". O volante Carlão, que tem sido improvisado na lateral direita, também esbanja otimismo. Ele acredita que o América tem condições de fazer boa partida. "Temos certeza de que o jogo será muito complicado. Mas nossa equipe não perde em qualidade para o adversário e tem condições de ser campeã".
DESFALQUES
Flávio Lopes poderá contar com o lateral Jean Batista. Julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), terça-feira, ele foi suspenso por um jogo, já cumprido. O volante Moisés cumprirá suspensão por ter sido expulso na partida anterior, no estádio do Horto. Outro desfalque é o atacante Amílton, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.
Obs: A Rádio MINEIRA web trasnsmite Tupi e América, via internet, para todo o planeta e a Rádio DIFUSORA de São João Nepomuceno transmite no AM 1420 khz, com a equipe do Fernando de Lélis, para toda região.

O Jornalista e o diploma

Fenaj apresenta proposta para MTE na próxima terça (25/11)
A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) vai apresentar na próxima terça-feira (25/11) uma proposta do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) de regulamentação da profissão. Segundo o presidente da Fenaj, Sérgio Murillo, o projeto terá quatro pontos principais: a exigência do diploma para todas as atividades que envolvem o jornalismo – repórter-fotográfico, repórter-cinematográfico, diagramador e ilustrador –; o fim do provisionamento; a possibilidade de o jornalista exercer a função mesmo sem a faculdade em cidades onde elas não existam, uma melhor descrição das atividades de assessor de imprensa e professor de técnicas de jornalismo, para que exerçam a profissão apenas com o registro profissional; e a garantia de estágios bem-remunerados para estudantes de jornalismo.
Sobre os estágios, Sérgio Murillo informa que muitos deles – contra a lei – não pagam bem seus estagiários ou até mesmo não os remuneram. “Precisamos criar uma norma para os estágios picaretas que existem no Brasil”, disse. Murillo explica ainda por que quer o fim do provisionamento. “Existem 400 escolas de jornalismo no Brasil. Mesmo em cidades que não têm faculdade, existe uma numa cidade próxima”. O presidente da Fenaj alerta que a transição, contudo, será gradual. “Vamos garantir àqueles que já tem o registro que continuem com ele”.
MTE também vai pedir proposta à ANJ Em reunião na quinta passada (20/11), Murillo conta que o secretário de relações do trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Luiz Antonio de Medeiros, informou que fará o mesmo pedido à Associação Nacional de Jornais (ANJ), para que apresente uma proposta de regulamentação da profissão. O pedido, por enquanto, não chegou à ANJ. O governo também vai elaborar ma proposta. Em 26/11, próxima quarta, Luiz AQntoniu Medeiros precisa apresentar a Carlos Lupi, ministro do Trabalho, uma proposta final sobre a regulamentação da profissão.

Taça Minas 2008 - Decisão

Um dia para fazer história no Estádio Mário Helênio
O Tupi poderá escrever hoje uma das mais importantes páginas de sua história. A partir das 17h, o Estádio Municipal Radialista Mário Helênio poderá ser o palco da conquista do mais importante título dos 96 anos de história do clube: a Taça Minas Gerais. Matematicamente, a tarefa não é complicada, já que o Alvinegro pode perder para o América por até dois gols de diferença que, ainda assim, levanta o caneco. A vantagem foi conquistada pelo time por ter feito a melhor campanha na fase de classificação e, no jogo de ida, semana passada, ter vencido por 3 a 1, no Independência.
Um desfalque
O time que entrará em campo hoje será praticamente o mesmo que vinha atuando. A única mudança será no gol, que terá Alan Faria no lugar de Marcelo Cruz. Titular em todas as partidas desde que chegou ao clube, em janeiro de 2007, o capitão alvinegro recebeu o terceiro cartão amarelo no primeiro jogo da final e terá que acompanhar a partida das arquibancadas. O atacante Ademilson, artilheiro da competição com seis gols, que passou a semana tratando uma contusão, está confirmado, bem como o lateral-esquerdo Mendes, que atuará por força de efeito suspensivo, apesar de ter sido punido pelo Tribunal da Federação Mineira.
O adversário
A escalação do América só será conhecida momentos antes da partida. Por causa de dois desfalques no grupo - o volante Moisés e o atacante Amílton cumprirão suspensão -, o técnico Flávio Lopes só divulgará o time no vestiário. A tendência é que os visitantes entrem com três zagueiros, mas a promessa é de não ficar apenas na defesa e partir para o abafa. O campeão da Taça Minas conquista o direito de disputar a Copa do Brasil de 2008, enquanto o vice jogará a primeira edição do Brasileirão da Série D, fato que não acontece com o América, que já tem vaga na Série C.
Obs: A Rádio MINEIRA web trasnsmite Tupi e América, via internet, para todo o planeta e a Rádio DIFUSORA de São João Nepomuceno transmite no AM 1420 khz, com a equipe do Fernando de Lélis, para toda região.

Tupi, uma paixão

Quando o Tupi entrar em campo em Juiz de Fora: Fernando Gonçalves* "Vão desfilar as emoções" de todo torcedor carijó prestes a ver seu time levantar a Taça, e "Vão repetir-se as tradições"; Desde que fomos apresentados, o time sempre gostou de testar meu coração. "É o Tupi, é o galo, o índio, é o coração batendo, batendo forte em compassada vibração". E é realmente prova de que para ser torcedor do Tupi, tem que estar em dia com o cardiologista. Um primo meu teve um infarto num jogo entre Tupi x Macaé... Ele, com certeza, um legítimo torcedor do Tupi, ficará muito feliz ao assistir lá do céu o galo campeão!!! "Tupi, Tupi é união! Dos campeões, o campeão! É força viva, é muito mais que uma paixão!". Paixão esta que já me fez sair de casa com febre e muito gripado, para assistir Tupi x Unitri, debaixo de muita chuva, com mais 111 pessoas no estádio. Resultado: Cheguei em casa todo molhado, piorei meu estado de saúde, o jogo acabou por falta de luz, mas o Tupi venceu! "É a jogada, o silêncio de um instante, é a repentina explosão dos carijós!" Lances geniais que nos faz parar no tempo, nos calarmos, e, de repente, soltar aquele grito de gol entalado na garganta. "Ao tremular do Alvinegro pavilhão, vibra a torcida, ganha o time inspiração". E esta torcida capaz de proporcinar lindos espetáculos, de lotar o estádio, de "empurrar" torcida de time grande para o cantinho, que é capaz de dar um novo ânimo aos nossos jogadores mesmo quando o fardo é pesado e difícil de carregar. Mas mesmo assim, "Surge na luta a chama viva da esperança e o galo forte, carijó não tem rivais". A chama que não se apaga, pois enquanto houver torcedor carijó em campo, haverá esperança, seja com 20 mil ou 112 pessoas. Eu sempre estarei lá depositando minha torcida, esperança e fé no Tupi. No dia em que o torcedor se afastar da arquibancada, o time acaba. "Grandes vitórias sempre alcança e vive a glória dos imortais!" 22/11- Assim ficará na história: Dia do principal título do Tupi! Os jogadores serão glorificados e imortalizados pela torcida e neste dia também eu comemoro o meu aniversário.Meu maior presente?????
VER O TUPI CAMPEÃO!!!!!!
Avante Tupi!
*Fernando Gonçalves é estudante de Jornalismo (CES/JF), torcedor do Fluminense e do Tupi e simpatizante de mais de uma dezena de clubes, inclusive o bravo Bangu e o glorioso Santa Cruz.

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Futebol - Resultados

Campeonato Paraense Primeira fase
2ª rodada
Bragantino 1 x 3 Pedreira
Tiradentes 0 x 1 Time Negra
Série A Fase única
36ª rodada
Figueirense 4 x 3 Náutico
Copa Sul-Americana Semifinais
Jogo de volta
Estudiantes 1 x 0 Argentinos Juniors
Módulo 3 Guaxupé 1 X 3 América Quinta - 20/11 Mun. Carlos Monteiro - 16h A: Josué Otaciano dos Santos A1: Marley Leite da Silva A2: Ricardo Júnio de Souza 4ªA: Carlos Reimar dos Santos (Liga local) Gols:10-Miller,aos 26'do 2ºT(Guaxupé) 08-Wallace,aos 01'do 2ºT;10-Breno,aos 07'do 2ºT;11-Rogélio,aos 25'do 2ºT(América) Público:359 pagantes Renda: R$1.582,50
Fabril 3 X 0 Tricordiano Quinta - 20/11 Juventino Dias - 16h A: Antônio Alves Costa Júnior A1: Flamarion Sócrates da Silva A2: Frederico Soares Vilarinho 4ªA: Evandro José da Silva (Liga local) Gols:03-Dione,aos 30'do 1ºT;09-Flávio,aos 05'do 2ºT;08-Bruno,aos 43'do 2ºT Público:500 pagantes Renda:R$2.125,00
Funorte 4 X 1 Santarritense Quinta - 17h José Maria Melo - 17h A: Emérson Almeida Ferreira A1: Marconi Helbert Vieira A2: Júnior Antônio da Silva 4ªA: Luiz Carlos Soares Nunes (Liga local) Gols:Ditinho,aos 18'do 1ºT;Welington,aos 02'do 2ºT;Braulio,aos 05'do 2ºT;Leandro,aos 25'do 2ºT(Funorte) Bruno,aos 44'do 2ºT(Santarritense) Público:1.055 pagantes Renda:R$6.072,00

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Futebol - Arbitragem

Tupi X América*
Sábado - 22/11 Estádio Radialista Mário Helênio - 17h
A: Cleison Veloso Pereira
A1: Celso Luiz da Silva
A2: Wenderson Mozzer
4°A: Marcus Vinícius Sá dos Santos
5°A: Francisco Ubirajara Neves de Oliveira (L.F.J.F.)
Módulo 3
América X Fabril
Domingo - 23/11
Nassari Mattar - 10h
A: Eunílson Cláudio Miranda Silveira
A1: Janette Mara Arcanjo
A2: Marcus Vinícius Gomes
4°A: José Mauro Paixão Primo (Liga local)
Santarritense X Guaxupé
Domingo - 23/11
Cel. Erasmo Cabral - 10h30
A: Antônio Márcio Teixeira
A1: Jair Albano Félix
A2: Cinthia Mara da Silva
4°A: Cássio Dias Gomes (Liga Três Corações)
Tricordiano X Funorte
Domingo - 23/11
Elias Arbex - 10h30
A: Carlos Inácio Vítor
A1: Guilherme Dias Camilo
A2: Rodrigo Otávio Baeta
4°A: Mauro Pereira da Costa (Liga local)
Série C
Atlético/GO x Campinense/PB
Domingo - 23/11
Serra Dourada - 19h
A:Evandro Rogério Roman/PR
A1:Márcio Eustáquio S. Santiago/MG
A2:Helberth Costa Andrade/MG
4ºA:André Luiz de Freitas Castro/GO
Série A
Cruzeiro/MG X Flamengo/RJ
Domingo - 23/11
Mineirão - 17h
A:Carlos Eugênio Simon/RS
A1:Roberto Braatz/PR
A2:Erich Bandeira/PE
4ºA:Luiz Carlos da Silva/MG
Palmeiras/SP X Ipatinga/MG
Domingo - 23/11
Palestra Itália - 19h10
A:Arilson Bispo da Anunciação/BA
A1:Belmiro da Silva/BA
A2:Raimundo Carneiro de Oliveira/BA
4ºA:Claudinei Forati Silva/SP
Sport/PE X Atlético/MG
Domingo - 23/11
Ilha do Retiro - 19h10
A:Arnoldo Vasconcelos Figarela/RO
A1:Márcia Bezerra Lopes Caetano/RO
A2:Ailton Farias da Silva/SE
4ºA:Adriano Siebra Paes Barreto/PE
Obs: A Rádio MINEIRA web trasnsmite Tupi e América, via internet, para todo o planeta e a Rádio DIFUSORA de São João Nepomuceno transmite no AM 1420 khz, com a equipe do Fernando de Lélis, para toda região.

Tava indo tão bem....

Grupo Associados nega interesse na Rádio Tamoio e afirma intenção de em adquirir um canal FM
Os Associados não chegaram a um acordo definitivo sobre a negociação da Rádio Tamoio AM 900 kHz. A informação é da desistencia das negociações em torno do possível interesse de um novo canal de FM. A intenção é trazer para o Rio a programação de uma nova rede de emissoras de rádio recem-formada pelos Associados. Dia 14 de dezembro será definido o futuro da Rádio Tamoio.Sobre a informação do interesse da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), que também apresentou uma proposta de arrendamento de toda programação da Rádio Tamoio, O fato justifica-se sobre a possibilidade da rádio evangélica Nova AM 990 kHz voltar á ser a Rádio Record em 2009 gerando uma nova proposta de programação. Tentamos um contato com a assessoria de imprensa da Iurd e foi solicitado um prazo para resposta.A programação popular transmitida pela Tamoio é montada e gerada da FM 93 emissora pop-jovem do Sistema Verde Mares.

Futebol - Resultados

Amistosos
Escócia 0 x 1 Argentina
Brasil 6 x 2 Portugal
Gols: 4'1ºT Danny (0-1); Luís Fabiano 8'1ºT (1-1); 25'1ºT Luís Fabiano (2-1); 10'2ºT Maicon (3-1); 12'2ºT Luís Fabiano (4-1); 16'2ºT Simão Sabrosa (4-2); 19'2ºT Elano (5-2); 44'2ºT Adriano (6-2).
Copa Sulamericana
Internacional* 4 x 0 Chivas
*Primeiro clube brasileiro finalista da competição

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Milésimo gol de Pelé

O TEMPO PASSA DEPRESSA DEMAIS
Os anos estão passando muito rapidamente, imagine você, amigo blogueiro, que lá se vão quarenta e cinco anos, em que sentado nas arquibancadas do Maracanã, levado pelo meu saudoso pai (Zebinho), vi Almir, que depois se tornou um bom amigo, detonar o timaço do Milan, do conterrâneo Amarildo, debaixo de uma chuva tipo "arrasa quarteirão", e levar o Santos FC a conquistar o seu segundo título mundial inter-clubes. Um jogo feio, truncado, onde a força física dos santistas superou o talento dos italianos. Almir jogara na vaga de Pelé, que voltou da Itália, onde o Santos perdera o primeiro jogo pelo placar de 4x2, contundido.
O Milan fez 2x0 e o jogo parecia definido, mas Almir comandou a virada, 4x2, e os jornais daquela época destacaram a bravura do "Pernambuquinho", apelido do ex-craque de Vasco e Flamengo, sem deixar uma pitada de maldade com a fera do Santos, tido com um jogador que usava doping para entrar em campo. A tempestade acendeu o Santos, que conseguiu virar o jogo em meio a um futebol "aquático". No lamaçal, o Santos marcou quatro gols em 20 minutos, batendo o Milan por 4 a 2. A virada heróica alvinegra levou a decisão da taça para um terceiro, e último, embate.
Dois dias depois, precisamente em 16 de novembro de 1963, novamente no Maracanã, outro triunfo alvinegro sobre os italianos, desta vez por 1 a 0 e sem chuva, deu ao Santos o bicampeonato mundial de clubes. E, felizmente, lá estava eu, com os meus 14 anos, de mãos dada com meu pai, voltando para a rua José Higino, ali na Tijuca, a pé, com a chuva caindo novamente, mas com o rosto coberto de uma felicidade sem tamanho.
Seis anos depois, já crescido e independente, lá vou eu de novo rumo ao Maracanã, desta vez não para ver Almir, que já abandonara o futebol e vivia rodando pela Galeria Alaska, em Copacabana, onde viveu até morrer assassinado por tentar defender uma de suas amigas da galaria. Mas eu dizia que seis anos depois voltava eu ao Estádio Mário Filho para presenciar um outro fato histórico, o MILÉSIMO GOL DE PELÉ.
Na noite de 19 de novembro de 1969, uma quarta-feira, Santos e Vasco se enfrentavam pela Taça de Prata no Maracanã. O jogo estava empatado: Benetti abriu o placar para o time cruzmaltino aos 17 minutos de jogo, Renê, contra, igualou o marcador aos dez do segundo tempo. Aos 34 minutos da etapa final, Pelé caiu na área do Vasco após um choque com o zagueiro Fernando. O pernambucano Manoel Amaro de Lima não teve dúvidas: marcou pênalti. O que se viu depois foi um dos momentos mais comentados na história do nosso futebol, talvez mais lembrado que o Dia da Bandeira: o milésimo gol de Pelé, há exatos 39 anos.
*Adilson Dutra é Jornalista

Futebol - Resultados

Série B 37ª rodada
São Caetano 2 x 1 Juventude
Paraná Clube 4 x 0 CRB Campeonato Paraense Primeira rodada - Primeira fase
Tuna Luso 0 x 0 Pedreira
Vila Rica 0 x 1 Sport de Belém
Tiradentes 1 x 1 Bragantino
Castanhal 2 x 1 Time Negra

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Calçadão, uma triste realidade

Ao passar pelo Calçadão da Halfeld nesta terça-feira, 18/11, tive a triste impressão de estar chegando a um cemitério, tamanho aspecto fúnebre ali instalado pela "nova" iluminação pública. A história e os fatos nos contam que o calçadão sempre inspirou modernidade, bom gosto, futurismo, apesar de alguns prédios sem conservação, falta de adequação com o espaço público (em dia de chuva um vendedor de amendoim consegue atravessar sua carrocinha na entrada de uma galeria, sem ser incomodado pela "fiscalização") e dos golpistas que ali ficam aguardandando as velhinhas metidas a espertas para aplicar seus golpes. O calçadão tem a maior concentração de agências bancárias, lojas de departamentos e telefonias.Concentração de desocupados e passagem de mulheres bonitas, pessoas apressadas, outras, nem tanto. O nome Halfeld remete aos alemães que aqui chegaram e fundaram uma nova cidade. Há historiadores que afirmam, desconheço os motivos, de que foi Antonio Dias Tostes, o fundador da cidade. Diverge quanto ao fundador sem desconhecer o local em que tudo começou, o morro da boiada.
Qualquer que seja seu fundador, o calçadão não honra sua origem. Conseguiram nos últimos tempos favelizar esse local que é, ou foi, um dos principais cartões postais da cidade. Permitem, ou se omitem, perante uma feira de artesanatos em que se vende tênis "importado" do Paraguai, calça jeans vendidas na rua Tereza, de Petrópolis, outros de procedência, no mínimo duvidosa, como se artesanato fosse, em detrimento de alguns verdadeiros artesãos que dali tiram o seu sustento e de sua família. As luminárias ali colocadas ao que tudo indica, foram copiadas das existentes na praça da Estação. As de lá sim, combinam com o conjunto arquitetônico do entorno da praça. Uma modificação desse porte não pode ser feito ao gosto de seu governante e sim, de um grupo, classe (engenheiros e arquitetos), comerciantes ali estabelecidos, e se possível, da população. Os problemas dos bairros são inerentes aos seus moradores, os do centro, em especial, o calçadão, são de toda população. A vontade do dono é empreendida em suas empresas, se as possuírem, casas e clubes, o que não é o caso de uma prefeitura. Qual o destino dos antigos postes que foram retirados? Serão alocados para algumas praças, das muitas existentes, sem ou pouco iluminadas? O desfecho da "operação colírio", foi um autêntico "AREIA NOS OLHOS"

Eleições

Apresentadores de rádio e TV ganham espaço na disputa eleitoral por aparecerem na mídia Comunicadores de rádio e TV tem sido um bom negócio para os partidos políticos. Por aparecerem na mídia e terem um espaço permanente para fazer suas campanhas, radialistas, apresentadores e artistas angariam muitos votos, o que acaba gerando descontentamento de outros candidatos. Para o deputado Custódio de Mattos (PSDB-MG) - que em 2004 perdeu as eleições da Prefeitura de Juiz de Fora para o radialista Carlos Alberto Bejani (PTB), que renunciou ao cargo após ser preso - "esse fenômeno é uma deformação sintomática do nosso sistema eleitoral. Isso acontece porque o único critério dos partidos é quem tem voto. E isso é um convite a esse tipo de candidato-celebridade".
Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Arthur Virgílio Neto (AM), líder do PSDB no Senado, quer aprovar uma legislação proibindo radialistas a apresentadores de TV de aparecer em programas no ano anterior às eleições. "É um absurdo os radialistas ficarem fazendo campanha diariamente, durante os quatro anos que estão no mandato", afirmou Virgílio, que teve seu candidato à Prefeitura de Manaus, o atual prefeito Serafim Correa (PSB), derrotado pelo ex-governador Amazonino Mandes (PTVB), cujo vice é o deputado e radialista Carlos Souza (PP).
Os principais responsáveis pela eleição de radialistas e apresentadores de TV, de acordo com Antonio Augusto de Queiroz, do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), são os programas com caráter assistencialista. Como exemplo, ele citou ao Estadão o caso da recém-eleita prefeita de Natal, Micarla de Souza (PV). Ela apresentava um programa de TV e seu pai, o falecido senador Carlos Alberto de Souza, foi um conhecido radialista no Rio Grande do Norte. "Com certeza essa eleição da Micarla tem um rescaldo do programa de seu pai, que tinha um caráter bem assistencialista", disse Queiroz. Para ele, em momentos de crise as celebridades são mais valorizadas; em 2006, com o mensalão e a história dos sanguessugas, treze comunicadores foram eleitos deputados, entre eles o apresentador Clodovil Hernandes (PR-SP) e o músico Frank Aguiar (PTB-SP).
Mas o fato de aparecer na mídia sempre colaborou com os políticos: Marta Suplicy, candidata derrotada à Prefeitura de São Paulo, ficou conhecida nacionalmente ao comandar um programa de TV sobre sexo. "Fica muito difícil nós concorrermos com esses caras. É uma concorrência desigual todo dia", afirmou o recém-eleito prefeito de Joinville (SC), Carlito Merss (PT). Fonte: Portal Imprensa

Oração do Radialista

Gióia Junior Senhor, faça deste microfone um condutor da verdade. Mantenha-me firme e sereno para equilibrar o meu senso de justiça. Direcione o meu conhecimento para produzir faíscas de esperança. Não permita que me perca pelos caminhos distantes da razão. Jamais deixe algum sentimento distorcer a essência do que precisa ser dito. Senhor, ilumine as minhas palavras para que elas carreguem alento. Conceda-me sabedoria para falar e bastante paciência para saber ouvir. Inspira-me com bons pensamentos e que eu defenda apenas o que acredito. Senhor, mantenha-me seguro todos os dias na sinuosa pista da humildade. Que a minha voz se faça ouvir sem frieza nem sensacionalismo. Livra-me da arrogância, do medo, da vaidade e da indiferença. Evite que usem indevidamente a minha voz para prejudicar alguém. Faça de mim porta voz da cidadania, da credibilidade e da isenção. Senhor, impeça que eu induza a pré-julgamentos ou a condenações. Corrija o meu excesso de individualidade e me torne mais flexível. Dá-me firmeza para eu não escorregar nas armadilhas da palavra. Senhor, proteja minhas cordas vocais, ferramenta do meu ganha pão. Proteja, Senhor, a todos os meus ouvintes, razão do meu trabalho.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Futebol Mineiro

Módulo 3
Exagonal Funorte x Santarritense Quinta - 20/11 José Maria Melo - 17h
Guaxupé x América Quinta - 20/11 Mun. Carlos Monteiro - 16h
Fabril x Tricordiano Quinta - 20/11 Juventino Dias - 16h Fonte: http://www.fmfnet.com.br/

"xô capeta"

Tamoio e Tupi ainda não chegaram a um acordo final A direção do grupo Verdes Mares de Comunicação pode á qualquer momento desfazer a negociação com os Associados. A informação de momento é que a IURD entrou com uma proposta no negócio. Com a possibilidade da rádio evangélica Nova AM 990 kHz volta a ser a rádio Record em 2009, faz a cúpula da igreja Universal do Reino de Deus ter interesse em outra emissora de rádio no Rio.A programação popular transmitida pela Tamoio é gerada da FM 93 emissora pop-jovem do Grupo Verdes Mares. Novas informações á qualquer momento no BRN. Fonte: Brasil Rádio News

Futebol Mineiro

Resultados:
Varginha 1 x 1 Guaxupé
Domingo - 16/11
Melão - 10h30
A: Paulo Sérgio Ribeiro
A1: Adenílson Alves Teixeira
A2: Frederico Soares Vilarinho
4ºA: Evandro José da Silva (Liga Três Corações)
Gols: Tiago Rodrigo, aos 44'do 1ºT(Varginha); Rob Gol,aos 20'do 1ºT(Guaxupé)
Público: 92 pagantes
Renda: R$495,00
Tricordiano 2 x 2 Sul Mineiro
Domingo - 16/11
Elias Arbex- 10h30
A: Válter Charles Assunção Gonçalves
A1: Ricardo Júnio de Souza
A2: Júnior Antônio da Silva
4ºA: Cássio Dias Gomes(Liga Local)
Gols:09-Jonathan,aos 25'do 1ºT e aos 28'do 2ºT(Tricordiano); 02-Iago, aos 04'do 2ºT e 07-Antônio Carlos, aos 44'do 2ºT
Público: 934 pagantes
Renda: R$5.360,50
Venda Nova 0 x 1 América
Domingo - 16/11
Frimisa - 10h30
A:Luís Carlos Silva
A1:Marcelo Francisco dos Reis
A2:Mauro Antônio Ferreira dos Santos
4ºA:Carlos Inácio Vítor(FMF)
Gol:Wilison, aos 27'do 1ºT
Público: 74 pagantes
Renda: R$1.060,00
Funorte 1 x 1 Pirapora
Domingo - 16/11
José Maria Melo - 10h30
A:Cleisson Veloso Pereira
A1:Marco Antônio da Silva
A2:Carlos Henrique Andrade
4ºA:Agnaldo Gonçalves Queiroz(Liga Local)
Gols: 16-Leandro,aos 24'do 2ºT(Funorte); 23-Luciano,aos 23'do 2ºT(Pirapora)
Santarritense 0 x 0 Nacional
Domingo - 16/11
Cel. Erasmo Cabral - 10h30
A:Elmivan Alves Andrade
A1:Marconi Helbert Vieira
A2:Vilsa Barbosa Soares Pimenta
4ºA:Eunilson Cláudio Miranda Silveira(FMF)
Público: 289 pagantes
Renda:R$1.060,00
Guarani 0 x 4 Fabril
Domingo - 16/11
Gino Maria Rossi - 10h30
A:Átila Carneiro Magalhães
A1:Cinthia Mara da Silva
A2:Marley Leite da Silva
4ºA:Mauro Pereira da Costa(Liga Três Corações)
Gols: 09-Flávio Torres, a 01'e aos 10' do 2ºT; 10-Diego dos Santos, aos 15' e aos 32'do 2ºT

RÁDIO CARIOCA - 710 khz

A SUCESSORA DA RÁDIO VERA CRUZ A Rádio Carioca pertenceu até 2008 à editora Paulus, que por sua vez pertence à Sociedade de São Paulo (padres paulinos). Até o momento, a rádio tem programação eclética de dia, e programação católica de noite. A Carioca foi afiliada da rede Paulus Sat, sediada em São Paulo. Esta foi a época em que o padre Marcelo Rossi foi ouvido no Rio pela primeira vez, antes de se transferir para a Rádio Globo. Com a venda da paulistana América AM para a rede Canção Nova, a Carioca se desfiliou da América e se afiliou à Rádio Aparecida AM, cuja programação católica é transmitida pela Carioca à noite e de madrugada. Com a venda da Carioca AM para a Fundação Catedral, ocorrida em 2008, estão previstas mudanças na Carioca. Inicialmente, a equipe de esportes será desfeita, o diretor Mauricio Furlam deverá deixar a emissora, alguns comunicadores poderão ser mantidos ou demitidos, e a sede da rádio será transferida para a sede da Catedral FM 106,7, que é ligada à Arquidiocese, como toda a Fundação Catedral. A tendência é que a Carioca AM se torne a legítima sucessora em AM da Rádio Vera Cruz AM 1440, a primeira emissora que a Arquidiocese teve.Pode ser que a atual grade da Catedral FM seja transferida para a Carioca AM, deixando a Catedral FM livre para se tornar uma rádio musical. DADOS DA RÁDIO: Sede da outorga: Rio de Janeiro Endereço: Rua México, 111 slj - Castelo - Rio de Janeiro - RJ Telefone do ouvinte: (55)(21) 2220-3656 Fonte: www.radiorj.cjb.net

domingo, 16 de novembro de 2008

Futebol - Resultados

Campeonato Maranhense
Moto Club 1 x 0 Sampaio Correa
Copa Paulista
Atético Sorocaba* 4 x 0 Santo André
XV de Piracicaba* 3 x 1 Mirassol
*Finalistas
Série C
Duque de Caxias 4 x 1 Rio Branco-AC
Brasil de Pelotas 2 x 0 Confiança-SE
Águia-PA 2 x 1 Atlético-GO
Campinense 0 x 0 Guarani
Série A
Flamengo 5 x 2 Palmeiras
São Paulo 3 x 1 Figueirense
Goiás 3 x 1 Botafogo
Santos 1 x 0 Internacional
Atlético-PR 2 x 1 Vitória
Grêmio 2 x 0 Coritiba

Justiça, mesmo que tardia!!!

Comissão anistia Jango com indenização de R$ 644 mil por perseguição política KAMILA FERNANDES
da Agência Folha
A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça concedeu na última sexta-feira, 14/11, anistia ao ex-presidente João Goulart, cassado pelo golpe militar em 31 de março de 1964 e exilado do país até sua morte, em 1976.
Além de Jango, recebeu a anistia sua viúva, Maria Teresa, que ingressou com os dois pedidos na comissão, em 2004.
Além do pedido oficial de desculpas da União, reconhecendo que houve perseguição política a ambos, a Comissão de Anistia decidiu por uma indenização equivalente a um salário de advogado sênior a Jango (ele era bacharel em Direito), no valor de R$ 5.425 mensais, retroativo desde setembro de 1999, o que soma R$ 644 mil (a serem pagos em parcelas durante dez anos), e mais R$ 100 mil pelos 15 anos que Maria Teresa viveu no exílio no Uruguai e na Argentina, a serem pagos em uma parcela única.
O julgamento dos pedidos de anistia aconteceu no encerramento da 20ª Conferência Nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), em Natal. Esta foi a 16ª sessão realizada pela Comissão de Anistia neste ano pelo país -houve julgamentos em outras três instituições afetadas pela ditadura: a UNE (União Nacional dos Estudantes), a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e a ABI (Associação Brasileira de Imprensa).
Segundo Paulo Abrão, presidente da comissão, já foram pedidos mais de 62 mil pedidos de anistia, sendo que 38 mil já foram apreciados e apenas 3.000 indeferidos. A média de indenizações pagas é de R$ 3.000 mensais.
Presente ao evento, o ministro Tarso Genro (Justiça) afirmou que vai acolher a decisão. "O presidente João Goulart foi derrubado por suas virtudes, não por eventuais defeitos, e esta anistia é na verdade o encontro do Brasil consigo mesmo. Um ato de justiça que o Estado faz e um reconhecimento do grande brasileiro que ele foi", afirmou.
Para Christopher Goulart, advogado e neto do ex-presidente, a concessão da anistia foi um ato de justiça. "É um pedido de desculpa não só a João Goulart, mas por toda a agressão que a democracia brasileira sofreu em 1964", disse.